História A Chama do Dragão de Fogo(o começo) - Capítulo 9


Escrita por: e Ranaika-Chan

Postado
Categorias A Origem dos Guardiões, Mitologia Grega, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Afrodite, Annabeth Chase, Apollo, Ares, Artemis, Atena, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Cronos, Demeter, Dionísio, Grover Underwood, Hades, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Íris, Jack Frost, Jason Grace, Leo Valdez, Luke Castellan, Nêmesis, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Personagens Originais, Piper McLean, Poseidon, Quíron, Rachel Elizabeth Dare, Thalia Grace, Tyson, Will Solace, Zeus
Visualizações 11
Palavras 1.120
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Mutilação, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Capitulo oito


lugar era seco e quente, a terra era seca, como o Nordeste do Brasil na seca.

Uma luz dourada brilhou e Daphene apareceu.

- Onde estamos?- Indagou Blum.

- Em Dominó, agora, mas ela não era assim.- respondeu Daphene, Blum sentiu uma dor no coração, ela sentia que tudo aquilo que aconteceu era culpa dela, mas não sabia o por que.

De repente a terra começou a tremer, todas as luzes do sol, começaram a falhar

. - O que está acontecendo?- Eles te acharam, mesmo que seja em sonho

.- Ouça Blum, a sua história está apenas começando, a guerra se aproxima. Comece a treinar seus poderes para....- Daphene sumiu. Tudo ficou escuro, Blum sentiu calafrios percorrer o seu corpo, sem dúvidas, ela estava com medo.

- Olá pequena chama!- uma voz feminina falou.- Quem está aí?-

- O seu pior pesadelo!- Então Blum viu, Caius com uma espada em seu coração, Mila estava sem seus braços e Ala estava sem sua cabeça.

- O que aconteceu?- Blum sentiu seu corpo queimar, tanto pela raiva quanto pela dor.

- Você fez isso! Seu poder matou eles! Passe para o meu lado e eles continuaram vivos.

- NUNCA!- Blum gritou e sentiu uma explosão sair de seu corpo.

- Ela tem mesmo a chama...- A vós sussurrou - Eles todos vão morrer, POR SUA CULPA BLUM HILARY!-

- NÃO! EU NÃO VOU DEIXAR!- Gritou Blum e tudo girou.

Ao abrir os olhos, Blum estava nos braços de Caius chorando.

"O que está acontecendo comigo?" Caius e Blum pensaram no mesmo tempo.

Blum nunca havia chorado perto de alguém. Caius sempre foi alguém cruel, depois daquele acontecimento antes de ser o príncipe dragão sentimentos não era algo que ele tinha, mas, contudo ele estava lá tentando acalmar Blum.

Depois de Blum adormecer em seus braços ele pensou: "Como alguém tão frágil como Blum,pode ser o pássaro de fogo? Ou até mesmo a chama?"

Sem que ele mesmo percebe-se dormiu ainda abraçado a Blum. Blum acordou sozinha na cama, ela franziu o cenho. Logo a porta se abriu revelando Caius com uma bandeja em mãos.

- Que bom que já está acordada,vou descer e pagar a nossa noite, coma enquanto isso.- Caius falou e Blum assentiu. Caius saiu novamente. Blum se espreguiçou começou a fazer uma trança para controlar seus fios rebeldes, logo ela estava com uma trança do lado esquerdo com uma mecha solta do mesmo lado. De dentes escovados ela se sentiu para comer. Faltava 15 minutos para Mila chegar e nesse meio tempo ela tomaria um bom banho.

Blum se assustou com Caius abrindo a porta de repente. É pegando sua mochila e a de Blum.

- Vamos logo Blum! Eles logo chegaram aqui!- Então Blum entendeu e correu e pegou uma sapatilha preta e saíram por uma passagem secreta. Logo estavam atrás do hotel em um beco.

- Onde Mila estuda?- perguntou Caius.

- Por que quer saber?-

- Porque precisamos achá-la, ou podemos ir sem ela? Você quer mesmo que os Avincent nos encontre?-

- É por aqui!- disse Blum indo em direção a escola

Quebra de tempo

Ao longe avistaram Mila sentada na calçada da escola com dois Avincents ao seu redor um em cada esquina da escola já que a escola se encontrava entre duas esquinas. Estavam impossibilitados de chegar perto de Mila sem que os Avincent os reconhecem.

- O que vamos fazer?- Caius murmurou

- Tive um ideia!- Blum rapidamente pegou seu celular mandando uma mensagem para Mila, que retornou com uma ligação entrando na escola.

- O que eu faço Blum? Eu só estou com roupas, estou sem cadernos mem livros!-

- Calma! Hoje não é educação física? Faça o seguinte, lance um feitiço que deixe a sala com aquele cheiro de água de esgoto, como aquele cheiro da última aula!-

- O que eu faço depois?-

- Tem um buraco no muro atrás da escola, a rua é praticamente deserta, então na hora que saírem para a quadra você corre pra fora! Ok?-

- Vou tentar fazer que tudo certo! Até logo Blum!-

- Até, Cuidado e Boa sorte!-

Depois da ligação Caius e Blum saíram de trás do grupo de pessoas que estavam do outro lado da rua, quais nem perceberam a presença deles e se dirigiram a um supermercado próximo da escola.

- Blum pegue 20 reais de salgadinhos, eu vou pegar algo para bebermos ok?-

- Tudo bem-

Blum dirigiu-se ao lugar onde estavam os salgadinhos.

- Com licença, poderia me ver 20 reais desses salgadinhos por favor?- a mulher assentiu. - Obrigada…- mas a mulher não soltou o pacote em que estavam os salgadinhos.

- Qual é o seu maior sonho?- Blum arregalou os seus olhos, ela nunca pensou em ter um sonho, sua vida sempre foi muito sem graça para sonhar. Mas ela se lembrou, se ela é mesmo a chama ela tinha uma obrigação... um sonho.

- Salvar o mundo!-

- E você conseguirá… pequena chama!- Então Blum viu, ela era muito parecida com a mulher, exceto pelos longos cabelos ruivos, mas os olhos pareciam os mesmo.

- Vamos Blum!- Blum olhou para Caius e quando voltou o seu olhar para a mulher, ela tinha desaparecido.

Ela franziu o cenho, mas, foi ao encontro de Caius.

- O que houve?- Caius perguntou enquanto esperavam na fila do caixa.

- Nada, por que está me erguntando?-

- Você está estranha…-

- Impressão sua.- Blum falou olhando pra baixo, ela não sabia como falar o que ela viu.

- Me diga, estamos juntos nessa… vamos enfrentar uma guerra juntos lado a lado.- Caius tocou gentilmente o rosto de Blum, tentando ler o que os seus olhos iriam transmitir. Antes que ele pudesse olhar para os olhos de Blum chegou a vez deles no caixa,

A mulher do caixa os olhou torto, talvez pela grande, literalmente grande, diferença de idade entre eles. Blum aparentava ter seus 15 anos, o que era verdade, Caius aparentava ter por volta de uns 17/18 anos, sendo que tinha mais de 100 anos. Avincents e drakhirins tem um envelhecimento muito mais lento que os humanos e também a magia, mesmo que enfraquecida, diminuía ainda mais o processo de envelhecimento.

Depois da conta paga, Caius olhou para Blum e falou:

- Vamos mana, tenho que te levar pra escola e depois ir trabalhar- Blum de imediato entendeu, ele estava disfarçando para não desconfiarem.

Ao saírem, pegaram uma rua antes que os levariam ao mesmo destino da que eles estavam mais cedo, era um pouco mais longe mas não ouviria risco de encontrarem um dos avincent que estavam a vigiar Mila. Logo chegaram em um pequeno parquinho que ficava atrás da escola, dava pra ver o buraco do muro da escola, não seria difícil alguém não passar por ali. Eles se sentaram no balanço e começaram a comer enquanto Mila não aparecia.


Notas Finais


Hello! Adivinha quem está saindo de hiatos? Eu msm,vou fazer o possível pra postar um capítulo por semana(até o fim do ano eu quero terminar está fic junto a da nerd,para provar a mim msm q fiz algo útil este ano.) A história foi revisada pela @ranaika-chan (minha bff) a da nerd tbm será revisada por ela. Então acho q é isso. Até semana q vem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...