1. Spirit Fanfics >
  2. A chama que transcende a realidade >
  3. Capítulo 2

História A chama que transcende a realidade - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Eaeeee aqui estou eu mais uma vez trazendo capítulos desta fanfic linda maravilhosa

Espero que gostem xD

Boa leitura!

Capítulo 2 - Capítulo 2


No capítulo anterior...

“Eu trago uma proposta para você, Natsu Dragneel”. Leyven deu um sorriso de canto ainda me olhando

“E qual seria sua proposta?”.


Neste capítulo...


Natsu Pov’s On

Leyven de repente havia assumido um semblante mais sério, me assustei com aquilo. Talvez ele seja bipolar ou coisa assim, melhor tomar cuidado vai que ele fica agressivo e resolve me atacar, sinto que isso não acabaria bem pro meu lado.

“Para isso preciso contar a história toda, você tem um tempo para isso?”. Leyven me olhou com o mesmo semblante sério. Agora eu iria jantar com o Happy, mas é melhor ouvir o que ele tem a dizer primeiro

“Não tenho nada para fazer mesmo. Vamos entrar em casa, assim temos mais privacidade para conversarmos”. Fui andando em direção a porta, Leyven e Happy vinham atrás de mim. Eu estou com um mau pressentimento sobre essa história... Será que dá pra fugir ainda? Eu posso me mudar para Crocus ou Hargeon, mas ele é um deus... Melhor não, vai que ele vem atrás de mim, aish quanto trabalho eu só queria ir jantar agora, estou com uma baita fome, imagino que Happy também deve estar. Devia ter comido algo na guilda, ahh como eu queria mudar o passado...

“Pode sentar no sofá, Leyven” Happy que não havia falado nada até agora, se pronunciou, com certo receio. Leyven apenas assentiu com a cabeça e se sentou, eu me sentei na poltrona que ficava na frente dele

“Certo, vamos começar a história, ela começa há vários séculos atrás... Quando meu pai ainda assumia o posto de Deus supremo, ele e minha mãe eram muito felizes juntos, mas tentando nos proteger de outro deus, chamado Rinko, que era para ser seu melhor amigo ele acabou se ferindo, uma ferida que acabava com sua imortalidade...” Ele deve ter passado por muita coisa difícil, saber que seu pai se sacrificou por você é um peso enorme, com certeza é um assunto delicado para ele, se para mim já dói lembrar que Igneel sumiu sem deixar vestígios, imagina a dor dele.

“Pode ir com calma, temos tempo para conversar ainda”. Conforto ele, sei como é perder um pai, essa é uma dor que te assombra pro resto da vida

“O Senhor aceitaria um chá?” Happy que estava ao lado de Leyven no sofá o olhou esperando uma resposta

“É claro se não for muito incômodo...” Leyven sorriu fraco e abaixou a cabeça, ele parecia colocar as coisas em ordem em sua cabeça. Happy se levantou e foi para a cozinha fazer o chá e depois de alguns minutos ele voltou com uma bandeja com as xícaras para nós.

“Obrigado pelo chá amigão”. Passei a mão em cima da sua cabeça fazendo um carinho, e em um pulo ele foi parar deitado na minha cabeça.

“Certo, depois do incidente, meu pai viveu por mais alguns milhares de anos, ele me treinou fazendo com que meu poder aumentasse, logo após sua morte eu tive que assumir o trono, eu me casei com uma outra deusa e tivemos três filhos... Mirai, a filha mais nova, Kako, o filho mais velho e Ushijima o filho do meio, e aí que está o problema... Obviamente estes meus filhos conforme o tempo foram crescendo, e cada um foi adquirindo uma personalidade diferente... Depois que cresceram, Rinko conseguiu os corromper trazendo eles para o lado do mal, eles armaram um golpe contra mim, e por causa disso estou com parte de meus poderes selados, sem chances de lutar contra eles” Ele levantou a cabeça e olhou nos meus olhos

“Acho que sei onde eu entro nesta história toda...” Pelo visto se eu aceitar acabará sobrando para mim

“Eu treinarei você e seu companheiro Happy, para que possam viajar nas dimensões em que meus filhos estão e os traga de volta para o lado do bem!” Até pareceu aquelas cena de filmes em que o novo treinador super experiente, aponta o dedo para você e parece que um universo surge em cima de sua cabeça, e você consegue ver estrelas, planetas e lá está você, totalmente mudado mais forte do que qualquer um.

“Viajar em dimensões? Isso está meio estranho, existe outras dimensões além desta?” Happy colocou sua patinha em seu queixo de forma pensativa, enquanto olhava para cima

“Cada um de meus filhos está em uma dimensão, existem diversas dimensões, mas especificamente cada um deles está de acordo com seu nome, Mirai está no futuro, Kako no passado e Ushijima no presente. Vocês terão que ir nessa viajem atrás deles em cada dimensão diferente”

“Então, você acha que isso pode demorar quanto tempo mais ou menos?” Eu não gostava da ideia de ter que abandonar a Fairy Tail, eles eram minha família que me acolheu desde que era criança, não posso deixa-los assim por causa de um homem que acabei de conhecer

“Seu treinamento e de Happy demoraram alguns anos, na dimensão que iremos treinar um ano aqui será dez anos lá, somando em torno de mais um ano e meio tentando trazer meus filhos de volta... Mais ou menos seis anos eu acho, já que podemos atrasar com imprevistos”. Leyven parecia ter um hábito de ficar massageando as mãos, desde que sentou ele não parou de fazer isso, ele realmente é muito estranho, agora ele me olhava com um brilho nos olhos, na esperança de que eu aceitasse sua proposta e fosse com ele treinar imediatamente

“Mas porque a gente?” Happy perguntou o que estava na minha cabeça desde que ele disse a proposta... Existem tantos magos poderosos por aí e ele me escolhe? Eu não acho que tenho tanto poder para superar deuses.

“Vocês tem potencial, se eu os treinar com certeza irão ser fortes, até mais do que eu já fui!” Leyven apertou seu punho e se levantou subitamente. “Vocês terão que se esforçar, um homem sábio uma vez disse que o trabalho duro vence o dom natural! Vocês se tornaram os mais poderosos de todas as dimensões, isso eu posso garantir!”

“Leyven, eu gostaria muito de te ajudar e conseguir poder... Mas isso mexeu muito comigo, não sei se sou capaz de abandonar minha família”

“Natsu, se você treinar ficará mais forte para proteger sua família, isso será vantajoso para os dois lados, eu prometo que você será recompensado” Leyven tocou no meu ombro na tentativa de me fazer aceitar o que ele propunha. “Te dou uma semana para pensar certo? Aproveite o seu tempo e pense bem na minha proposta”. Leyven da mesma forma que apareceu, sumiu! Simplesmente sumiu como se nunca tivesse existido, eu até pensei que seria algo de minha cabeça, mas não era possível

Eu simplesmente me dirigi a cozinha para fazer os peixes para mim e Happy. “Esta com fome amigão?”

Happy respondeu com sua frase e tom costumeiro. “Aye Sir!”.

“Vamos pensar bem sobre esta proposta Happy, mas não comente com ninguém da guilda, isso vai ser um segredo nosso”. Acariciei a cabeça dele, ele apenas assentiu em concordância e se sentou a mesa na espera do peixe. Não vai ser fácil decidir sobre nossa viajem, eu quero ser forte, mas não quero abandonar minha família, isso está mexendo muito com minha cabeça... Vou comer que assim eu relaxo mais


Flashback off


Caminhava pelas ruas em direção a nossa casa juntamente com Happy, as ruas não pareciam estar muito movimentadas, poucas pessoas olhavam as lojas ou paravam para conversar, hoje era um dia bem monótono... E seria o penúltimo dia que teríamos para fazer nossas escolhas, apesar de me questionar sobre minha decisão final, eu acho que é o certo, e farei isso por mim e pela minha família. Eu andava tão imerso em pensamentos que quando notei eu e Happy já estávamos em casa e ele estava sentado ao meu lado no sofá

Happy chamou minha atenção, dizendo meu nome repetidas vezes e finalmente comecei a prestar atenção no que ele falava... “Natxu, não importa qual sua escolha eu vou ir com você, você é meu pai lembra?” Ele me deu um sorriso que realmente me ajudou a colocar os pensamentos em ordem

“Obrigado amigão, de verdade eu não sei o que faria sem você”. Me aproximei dele e o abracei. “Estamos nessa juntos amigão, unidos faremos o impossível”. Dei um dos meus famosos sorrisos

“Aye, temos mais um dia não é? Amanhã iremos fazer uma festa de despedida na guilda o que acha?” Happy começou a pular no sofá, bem animado com a ideia de uma festa, deveria estar querendo vários peixes

“Claro Happy, afinal passaremos um tempo fora, amanhã iremos festar muito!” Essa é a escolha certa a se fazer, eu sinto isso, esta viagem com certeza irá mudar eu e Happy... Mudar para melhor!


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo...
Quero agradecer a quem favoritou a história e dizer que amo muito vocês!
Kissus de Nutella p vcs gente ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...