História A Chefe - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Fifth Harmony, Justin Bieber
Personagens Camila Cabello, Lauren Jauregui
Tags Camilacabello, Camilag!p, Camren, Camreng!p, Fifthharmony, Jariana, Laurenjauregui
Visualizações 220
Palavras 1.789
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Transsexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Vestido que ela ta a usar

Capítulo 5 - Playboy dos infernos


Fanfic / Fanfiction A Chefe - Capítulo 5 - Playboy dos infernos

Cameron Pov

Puta que parou ela está sem calcinha, eu tenho certeza disso! Esse vestido que devia chamar tentação, está marcando as curvas perfeitas dela e eu sei que não tem espaço para nem lingerie ali, sei disso eu sei. Como ela veste uma coisa dessas? Ela não tem medo não? PUTA QUE PARIU, que mulher é essa? Estou no inferno de cara com o capeta! Puta merda, essa mulher quer me matar de tesão e ela vai conseguir.

-Cameron que cara é essa? Ta passando mal? - se gozar é passando mal tou morrendo

- Não Lauren estou bem. - ela me olhou franzir o cenho

- Podemos ir? - eu preferia ficar aqui tirar esse vestido pecaminoso e te foder todinha mas se eu falar isso ela me mata sem dó

- Claro.

- Nossa eu acho que você não está bem. Posso cancelar o compromisso se você preferir. - ela estava preocupada, sendo que a minha assassina é ela céus

- Estou sim vamos

Dei passagem para ela entrar no elevador e por Deus, a bunda dela parecia dizer "Oi Cameron como vai querida quer me provar?" eu mal conseguia manter a boca fechada e ela lá com cara de santa. Meu pai deve querer me ver morto, isso ai. Ele me manda viajar com essa tentação so para morrer e ele dar tudo para Allyson, mas o que ele vai fazer com Ariana.

- Deus Cameron tá drogado? - perguntou Lauren seria- Estou avisando que chegamos na recepção e você não escuta.

- Ah desculpe-me estava a pensar em meu pai. - ela riu

- Saudades do papai ou do cartão de credito dele?

- Nem respondo. - eu disse a conduzindo no carro

Do hotel até ao cassino eu tentava não atropelar ninguém, porque minha mente estava no corpo e na bunda de Lauren, a mulher quando se sentou e cruzou as pernas eu rezei para ela não abaixar o olhar e dar de caras com o bilauzão em sentido. Não me consigo concentrar com essa tentação ao meu lado.

O cheiro, os cabelos, corpo, rosto de bonequinha de porcelana aí tudo nela me chama atenção, me atenta eu sou de carne e osso ela não percebe? Chegamos no cassino e como recebidos por o dono que babou em Lauren na cara dura, mas ela o ignorou e seguimos o cretino até uma mesa com 5 mulheres e uns 15 homens, mas Lauren era a única que conseguia prender atenção de todos.

- Jessica, Emma e Helen que saudades meninas. - disse ela dando beijinhos mas meninas e a bunda bem empinado bem a minha frente

- Olá Lauren nossa ta arrasando nesse vestido. - Lauren riu

- Olá rapazes boa noite a todos. - ela sorriu lindamente e sentou, eu ajudei ela a colocar sua bundinha linda na cadeira e sentei do seu lado cumprimentado a todos apenas com um Oi

- Olha quem ta vindo. - Lauren na mesma hora virou e sorriu, mas seu sorriso era enorme ela levantou e só deu tempo de ver seus pés saindo do chão

- Laur minha gata ta poderosa. - disse Dinah Jane

- Ursão que saudade. - ela é a tal ursão. Como Dinah deixa ela chamá-la de ursão?

- Lauren ela vai acabar te matando com esse abraço de urso. - disse Normani indo dar um beijo nela

-Mani! - elas agora se abraçaram - Mulher ta linda Hein.

- Cameron você por aqui?- disse Dinah vindo me cumprimentar

- Resolvi fazer parte dos negócios. E você o que faz aqui? Não estava em Londres ursão? - Dinah é uma das advogadas de peso da empresa

- Pedi para Laur a um mês me mandar para NY e ela aceitou, cara vamos trabalhar juntos isso não vai prestar. E ursão só ela e meu amor podem me chamar e queres continuar vivo chamas-me pelo meu nome. - mandou me olhar assassino e Lauren negou

- Agora que todos chegaram, vamos pedir as bebidas que estou com sede. - disse Lauren sentando outra vez

- Lauren querida, vai falir o cassino hoje? - perguntou a tal Jessica

- Opa pretendo!

Bebidas, conversas e olhares para a tentação ela parecia não ligar e conversava animadamente com todos. Muito simpática e muito inteligente Lauren é bem respeitada pelo que percebi, ninguém apesar dos olhares tentam alguma coisa com ela, a mulher impõe respeito mesmo.

Logo ela é Normani foram jogar e o papo na mesa era sobre isso, todos diziam o quanto ela joga bem e que desafia-la é perca de tempo. Mas eu ouvi isso e decidi ir encarar a fera de frente. Quando cheguei na mesa ela jogava, tinha um bando de baba na direção de Lauren, ela estava segurando dois dados e nesse momento é pintou seu bundão delicioso e os jogou.

- Ah não pelo amor de Deus ganhou tudo. - disse Normani - To fora fali. - elas riram

- Poxa Mani mais uma rodada.

- Eu te desafio Lauren. - ela me olhou

- Aff to vendo que Alejandro vai ter que pagar essa conta. - ela se sente

- Veremos! Laur eu aposto cinquenta dólares no 7 vermelho e quinhentos dólares no 21 preto.

- Vamos lá quero ver Cameron perder para Laur. - disse Dinah chegando com o pessoal

- Fechado mas se perder eu dobro aposta para dois mil dólares e uma rodada do melhor uísque para todos.

- Meu Deus essa aposta ta muito alta! - disse Normani

- Ela vai pagar mesmo. - eu disse e Lauren me fuzilou

- Vamos Cameron esta com medo por isso a demora?

Nossa senti medo mesmo, sua alta confiança me deixou surpreso ela apenas ficou me fitando e eu girei a roleta que caiu no 7 vermelho

- Lauren querida, vai preparando a grana. - ela riu

- Ou não! Vamos tem mais uma rodada. - girei dessa vez caiu no 31 vermelho, merda ela gritou e me olhou - Dois mil dólares e uma rodada do melhor uísque! Cameron quer mais eu dobro a aposta.

- Aceito!

- Sou eu agora. - disse ela vindo do meu lado - Irei manter seu 7 vermelho e seu 21 preto. - ela colocou as fichas e respeitou fundo mordeu os lábios e girou - Uau 7 vermelho! - disse 3la piscando para mim

- Agora quero ver se consegue o 21 preto. - ela sorriu e girou, eu olhava atentamente a roleta e quando parou eu queria morrer, Lauren acertou os dois números.

- Não precisa ficar triste eu pago o uísque. - disse ela sorrindo e pegando as fichas

- Depois a gente aposta mais ta. - eu disse e ela deu de ombros indo sentar

A noite estava me so divertida, Normani, Jessica e Lauren foram e muitas máquinas Emma e Helen foram embora cedo junto com dois clientes, o resto já estavam bêbedos e catando mulheres pelo cassino. Dinah e Normani foram dançar em uma pista que tinha do outro lado e Lauren veio sentar.

Logo Jessica foi embora e ficou eu e a Lauren sentados. Ela estava bebendo um coquetel e eu uísque já estava delirando antes de imagina agora com bebida na cabeça. Uma hora mais tarde Lauren me olhou e disse com uma voz meio rouca

- Cameron vou embora minha voz ta sumido por ter gritado um monte e estou cansada. Irei de táxi para que você continue se divertindo.

- Também vou depois que você me faliu não tem nada para fazer aqui. - ela gargalhou

- Tadinho bad boy!

- Vai zoando, ainda ganho de você. - ela levantou e eu também

- Sonhar não paga imposto querido, continue então com seus sonhos.

Fomos embora e depois de despedir de Normani e Dinah 3 chegando na cobertura eu simplesmente não resisti e segurei Lauren pela cintura e antes de ela dizer alguma coisa eu a beijei desesperadamente. Mas o que nunca aconteceu comigo, acabará de acontecer ela me deu um tapa tão forte que meu rosto ardia.

- Nunca mais faça isso playboy de merda! Não sou uma vadia que você costuma levar para a cama quando bem entende! - fique puto com o tapa e perdi a cabeça

- Tá sendo difícil Lauren? Isso é seu charme? - ela foi capaz de enfiar mais um tapa na minha cara

- Não querido não sou difícil mas meu corpo não é lixo para eu transar com um babaca como você. Nunca irei transar com você Cameron tire o cavalinho da chuva palhaço, porque jamais irá me ter. - ela berrava

- Ah duvido. - eu disse louco - Conheço seu tipo Lauren e sei que logo vai se jogar para mim! - porra ela meteu outro tapa

- Cameron vai bater punheta pensado em mim, isso será o mais perto que me terá. - ela entrou em sua suíte batendo porta

- Ta fugindo porque sabe que não consegue resistir a mim. Você é como qualquer outra, como sua amiguinha Allyson uma vadia! Não pensei que ela fosse voltar mas ela voltou

- Escuta aqui seu mauricinho de merda, eu ao contrário de você tenho carácter e por favor não fale de Allyson, ela nao esta aqui para se defender. Seja homem e diga na cara dela o que sente. E se você me considera uma vadia isso para mim não é nem uma revelação surpreendente, porque homens como você que recebem um não como eu te dei, acham que todas são vadias. Cameron eu pensei que você era legal, mas definitivamente estava enganada. - ela estava chorando - E por favor temos que nos aturar até terça-feira por tanto seja capaz de me respeitar, porque eu não irei aguentar um babaca tentado me agarrar outra vez. - ela deu as costas e entrou chorando para a suíte

Porra Cameron você foi um merdas mesmo! Eu me batia mentalmente a mulher agora tá chorando, me achado um crápula e tudo culpa minha. O que eu fui fazer?

Lauren POV

Tudo bem que Cameron é lindo, desejável mas ele simplesmente passou dos limites me agarrando a força! Um filhinho do papai que nunca recebeu um fora e achou que podia me levar para a cama quando bem quisesse. O pior foi ouvir ele dizer que eu e a Ally somos vadias, ah esse cara pediu para ser o mais odiado do mundo.

Chorei de raiva de mágoa. Cansei de ouvir homens me taxarem de vadia por eu não querer transar com eles. Mas Cameron me surpreendeu desconcertada. Eu estou totalmente surpresa, não esperava isso dele. Playboy dos infernos.

Terei que atura-lo até terça feira, mas tudo bem eu consigo, porém ele que me aguarde vai conhecer o inferno particular dele. Dormi mal, estava revoltada com o que aconteceu e decepcionada também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...