História A cidade de ninguém - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 5
Palavras 462
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 6 - Preciso de reforços


 - como poderia ajudá-la senhora - uma recepcionista sorria falsamente para Oliver e eu

-gostariamos de falar com o CEO da empresa

- infelizmente ele está ocupado - Oliver sentou em cima da mesa da recepção

- ele não estaria ocupado para o filho do presente, só uma dica: eu não sou molenga como Oliver - ate eu fiquei surpresa com aquilo

- sr. Dominic! Você pode entrar - ela nos deu crachás vips,

- Ela te conhece? - sussurro enquanto vamos até a sala do CEO

- todos nessa cidade tem medo do Dominic então as vezes eu finjo ser ele para conseguir o que preciso?

- me lembre de nunca ter algo que você precisa

- tá bom - entrámos dentro da sala e um homem de uns 46 anos estava sentado num sofá enorme

- quem seriam vocês?

- oliver rothchild e mady grace

- Oliver! Quanto tempo, como vai seu pai

- bem, eu acho

- o que o filho do Prefeito estaraia fazendo aqui?

- minha amiga quer fazer uma perguntinha- eu me sentei em cima da mesa do escritório

- você poderia explicar como o prefeito recebeu 3 milhões da sua empresa

- eu não sei nada sobre isso... - puxei a gravata dele

- eu não estou afim de brincadeira, agora me conte tudo que você sabe, entendeu - peguei uma faca pequena que escondia dentro da minha bota

- tá bom eu conto! Só tira essa faca de perto de mim

- desembucha!

- o prefeito usa essa impressa de faixada para vender energia para outras cidade

- que tipo de energia ele produz que dá tanto dinheiro?

- e...energia nu...nuclear - ele gaguejava de medo

- você sabe o quão isso é contra lei

- eu não tive escolha, ninguém aqui tem, ele nos ameaça

- mas se vocês não saírem daqui provavelmente vão morrer por causa da radiação

- nossas lembranças foram apagadas a maioria da população está enlouquecendo pouco a pouco com a radioatividade - Oliver tentava esconder sua tremedeira

- você sabe aonde fica a usina?

- fica em algum lugar na mata, ninguém sabe a localização certa, só o que sabemos é que se aquilo explodir não sobrará nem um único tijolo dessa cidade

- eu preciso ligar para o demian - Oliver me olha confuso

- que é demian

- é o meu editor, ele tem alguns contatos com a polícia

- me prometam uma coisa, não contém o que eu falei nesse escritório, se não minha cabeça vai rolar - ele já estava suando frio só de pensar

- prometemos, agora vamos Oliver, temos que acabar com essa farsa

O relógio estava correndo, aquela usina nuclear podia explodir a qualquer instante levando toda cooper bedy pro esquecimento



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...