História A Cidade Homossexual - (DESTIEL) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Bela Talbot, Benny Lafitte, Castiel, Charlene "Charlie" Bradbury, Dean Winchester, Gabriel, Garth Fitzgerald IV, Jo Harvelle, Kevin Tran, Personagens Originais, Ruby, Sam Winchester
Tags Castiel, Dean, Destiel, Drama, Winchester
Visualizações 64
Palavras 605
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, LGBT, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um cap curtinho pois estou um pouco sem tempo rsrsrs
enfim, boa leitura ♥

Capítulo 8 - Episódio 8 - Finalmente em Casa


 

 — Então Castiel, agora que somos namorados o que você quer fazer primeiro? — Dean pergunta maliciosamente

— Você escolhe Dean, eu aceito o que você decidir — Castiel responde segurando na mão do
Winchester

— Eu estou pensando em algo um pouco mais romântico, talvez um jantar em algum restaurante?

— Tendo a sua companhia já está ótimo para mim Dean! Um jantar romântico seria bem legal mesmo. Por que não chamamos os nossos clones também? E fazendo assim um encontro duplo

— Até que não é uma má ideia Cass! Vamos procurá-los então — Dean e Castiel então sai à procura de seus clones deixando Sammy sozinho ali.

 

POV Sammy

Bom acho que estou sozinho afinal, enfim a única coisa que posso fazer é ficar no hotel assistindo algum filme e depois dormir. Esse hotel é tão simples que só tem canais ruins nessa TV de merda, o jeito será dormir mesmo

— Eu não deixar você dormir — Arcanjo Gabriel aparece ali sentando na cama de Sam

— Gabriel? O que está fazendo aqui neste hotel?

— Eu apenas quis te visitar… não posso?

— Pode sim, eu só achei meio estranho, nos acabamos de nós ver ali fora

— Eu queria seu irmão e meu anjinho mais à vontade, mas agora que eles já não estão mais aqui podemos conversar sobre o nosso terrível relacionamento e também sobre o quão insensível você é comigo

— Eu não estou entendendo nada… e por que eu sou insensível se eu não fiz nada?

— É que você é muito lerdo! Não consegue perceber os meus sentimentos que estão pulsando para fora e que está na ponta do seu nariz. Você pode estar certo… talvez eu devesse ser mais direto com você, então tudo bem, eu serei!

— Então diz logo do que se trata — Gabriel se levanta da cama, pega na mão de Sammy e começa a se declarar

— Eu gosto de você Sam… não, eu não gosto de você, eu te amo! Igual meu irmãozinho Castiel ama o seu irmão Dean… eu estou tentando te mostrar isso mas você nunca percebia — Sammy se encontrava vermelho de vergonha e sem palavras naquele momento — Agora é você que precisa me dizer seus sentimentos… você também gosta de mim? Pelo menos um pouco?

— Eu… nem sei o que dizer… eu acho que gosto de você

— Acha? Agora você me acabou comigo… Eu me cansei de tudo isso, levarei vocês de volta para o mundo real e sumirei da sua vida Sam. Só espero um dia conseguir entrar no seu coração, pois esquecer de você é impossível demais para mim… bom, acho que isso é um adeus ou talvez um até logo! Eu te amo Sam, só espero que não se esqueça

— Espera!! — Uma luz forte e resplandescente toma todo aquele quarto de hotel e em uma piscar de olhos Sammy acorda em sua cama no bunker. Ele vai até a sala e lá ele encontra seu irmão e seu amigo se beijando, parece que suas memórias não foram afetadas afinal e mesmo conseguindo voltar para casa que ele tanto queria, uma angustia tomava conta de seu interior, o deixando bem mal e inconsolável naquele momento.

— Ei Sammy conseguimos! Estamos finalmente no bunker. Não faço ideia de como saímos de lá, mas isso não importa por ora, o importante é que conseguimos sair daquele inferno… e você não parece feliz com isso, não me diga que estava gostando daquele lugar?

— Não é nada disso, eu estou muito feliz por estar em casa outra vez, mas eu estou meio mal… eu vou me deitar, mas se divirtam. — Sam sai dali voltando para seu quarto se deitar enquanto Dean e Castiel continuam a pegação.

 

Gabe…

 

 


Notas Finais


Gostaram? espero que sim ^^
falta uns três capítulos então aguardem ♥

continuação domingo!
Fiquem com Chuck e até mais <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...