História A Cloud - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Fios De Cabelo, Fotógrafo, Modelo, Nuvem, Taeseok, Vhope
Visualizações 23
Palavras 915
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Shonen-Ai, Universo Alternativo
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi ooooi! Como estão? Espero que bem!
Bom, eu tirei a ideia dessa 'fic' das fotos mais recentes que o Taehyung postou no twitter, e tive ainda mais interesse em por isso em prática quando 1: minha amiga elogiou o cabelo do Tae após ver uma das fotos e 2: quando eu vi o gif do Hoseok cheirando/beijando a cabeça do Tae.
Foi o máximo que minha mente conseguiu desenvolver, e ficou bem curtinha, mas eu espero mesmo que gostem! <3
Até lá embaixo <3

Capítulo 1 - Beijos, abraços ou um cafuné?


Amor? Bom dia!

No momento em que começar a ler isso aqui, provavelmente estarei no trabalho, mas quero que me imagine contigo, sentado na cama com você entre minhas pernas, enquanto eu acaricio seus fios e digo cada uma das seguintes palavras em seu ouvido.

Por falar em fios… Sabe o quanto eu os amo, não sabe, Tae? Eu, definitivamente, sou apaixonado por cada pedacinho seu, cada mania, cada característica, porque cada uma dessas coisas faz você ser o homem que eu mais amei e que mais amo, mas você — e todo mundo que nos conhece — sabe que de todas as coisas, o meu maior ponto fraco são os seus cabelos.

Às vezes eu lembro de quando nos conhecemos, se recorda? Naquele encontro de fotografia que fomos e eu automaticamente me apaixonei por você, sem sequer saber seu nome, mas já tendo a certeza de que era o homem mais lindo que já tinha visto e de que ninguém no mundo ficaria tão bem com os fios tingidos em um vermelho vivo da forma como você fica. Eu fui o seu modelo naquele dia, por pura coincidência, já que ninguém me conhecia, ninguém te conhecia e, consequentemente, acabamos virando uma dupla.

Lembro também que alguns dias depois, talvez uma semana, você acabou conseguindo o meu número para me mandar as fotos — foi quando descobri que além de estupidamente bonito, você também era um fotógrafo espetacular — e, por um acaso, eu te convidei para sair ao mesmo tempo em que você me chamou para um outro evento pois queria me fotografar outra vez. Pensando bem, depois de tudo o que vivemos, acho que está mais para ‘destino’ do que para ‘coincidência’.

No dia do nosso segundo “encontro” foi a primeira vez em que tive a oportunidade de tocar os fios mais macios do mundo, mesmo você tendo mudado a coloração para um roxo há poucos dias. Foi quando você deitou a cabeça no meu colo alegando estar exausto, estávamos debaixo daquela árvore que você adora fotografar no parque, lembra disso?

Foi naquele mesmo lugar que demos o nosso primeiro beijo, alguns meses depois, você estava tão lindo naquele dia, desta vez seus fios estavam em um tom castanho que contrastava com a cor caramelada de sua pele. Eu tive a certeza de que estava apaixonado por você naquele dia, Taehyung, e acabei descobrindo que era recíproco quando fomos pra minha casa e eu passei boa parte da noite apenas tocando seus cabelos com meus dedos, lembro até mesmo de você ter brigado comigo por eu estar tentando fazer tranças nos seus fios — mesmo que nenhuma se fixasse, realmente — e em meio a risadas, nos beijamos muitas vezes, trocamos os mais intensos olhares, enquanto eu ainda fazia um lento cafuné em você.

Desde então isso se tornou um vício, tocar qualquer parte sua se tornou um vício, fazer os mais diversos carinhos em você era meu novo passatempo preferido; o que só se intensificou naquele dia em que me pediu em namoro no meio do parque, com todos os nossos amigos fotógrafos e modelos amadores nos olhando com curiosidade. Naquele dia eu te fiz meu, e pude tocar partes suas que ainda não tinha tido oportunidade, pude dormir com você em meus braços enquanto sentia o cheiro gostoso do seu shampoo de algodão, e descobri que tudo em você era perfeito, não só seus cabelos, mas cada pedacinho de pele que meus dedos foram capazes de tocar era extraordinariamente macio e me dava a famosa sensação de estar tocando uma nuvem, pois elas parecem ser macias, tão macias quanto a textura de sua pele.

E eu, Jung Hoseok, jamais pensei que te admirar viraria uma rotina, mas virou, e eu não me arrependo nem um pouco de ter aceitado essa rotina, não me arrependo nem um pouco das vezes em que você chega do trabalho cansado e eu te faço dormir com um cafuné, sequer me arrependo de ter o apelidado de ‘minha nuvem’, confesso que é o apelido ideal pra você, não só pela maciez de seus cabelos ou de sua pele bronzeada, mas também por você já ter colorido os fios com as cores mais fantásticas e variadas que podemos encontrar no céu dia após dia, aquelas cores que se mesclam com o branco das nuvens e torna tudo ainda mais belo. Tão belo quanto você.

Acho que não preciso nem dizer como estou amando o fato de agora você estar deixando seu cabelo crescer, não é? Já disse isso vezes o suficiente para que você, inclusive, brigasse comigo por tantos elogios e por eu simplesmente estar ainda mais grudado em ti do que antes, mas vou continuar frisando o quão gostoso é acariciar os fios longos que agora cobrem tua nuca. Céus, Taehyung, eu o amo tanto!

Já que o conheço o suficiente para saber que detesta textos longos, vou parar por aqui, mas já aviso que quando eu chegar em casa direi e mostrarei a você muito mais motivos para eu te amar, muito mais motivos para que você acredite que és o homem mais bonito do mundo e vou provar, assim como todos os dias, que o meu coração pertence somente a você e, sendo assim, está muito bem protegido.

Feliz aniversário de namoro, Taehyung, e obrigado por aturar meus ‘dedinhos nervosos’ acariciando seus fios macios de cabelo ao longo desses quatro anos.

Eu amo você, minha nuvem, e como presente para esse dia importante, te deixo escolher: Beijos, abraços ou cafuné?


Notas Finais


FOI ISSO!! <3
Eu espero que tenham gostado, amorecos! Não ficou tão boa quanto eu queria, mas ainda assim eu gostei do resultado rs E EU AMO MEU VHOPE (não mais que YoonSeok, mas a gente releva), e peço que relevem os errinhos também, a.
Obrigada a quem leu, a quem deu uma chancezinha pra esse bebezinho, e também pra @amaissugastan pela capa (TE AMO, MEU AMÔ)

Em breve estarei não só no Spirit, mas também no wattpad e no inkspired, então se já quiserem ir lá nos dois me seguir, em ambos o meu user é @hoseokkao.
E caso queiram conversar comigo, podem comentar aqui, chamar na MP ou me procurar no twitter (@hoseokkao)
Então é isso, amo vocês! <3 Até a próxima <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...