História A Club Of Passions - DDLC (Sayori X Natsuki - Monika X Yuri) - Capítulo 3


Escrita por:

Visualizações 45
Palavras 4.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Fluffy, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri (Lésbica)
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sadomasoquismo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente, esse capítulo provavelmente vai ficar monstruoso de grande, então recomendo que leiam com uma pipoquinha pra acompanhar!
E por favor me desculpem pela demora pra trazer mais capítulos, eu estava em semana de prova e queria que esse capítulo saísse épico!
Mais então sem mais delongas...
Fiquem com o capítulo!

Capítulo 3 - Acho que estou apaixonada...


Fanfic / Fanfiction A Club Of Passions - DDLC (Sayori X Natsuki - Monika X Yuri) - Capítulo 3 - Acho que estou apaixonada...

POV Monika 04:00

Ontem conversei com a secretaria sobre eu abrir um novo clube, e eleste autorizaram! Mais só tinha um probleminha... Eu precisava ter ao menos mais um membro para poder abrir o clube, foi nessa hora que Sayori salvou o meu pescoço! (Piada ruim! Meu Deus! Tá já parei...)  E no final de tudo ela ainda me agradeceu por EU salvar o dia dela! Ela é simplesmente adorável, então resumindo, Sayori aceitou se juntar ao clube, assim , depois das aulas eu comuniquei a secretaria e eles me entregaram as cópias dachaves das salas do terceiro ano, que praticamente só estava sendo usada como armário de limpeza... Então, aqui estou eu, acorda às 04:00 Hrs da madrugada para fazer panfletos para distribuir, com a ajuda da Sayori na escola amanhã...


☆QUEBRA DO TEMPO☆DEPOIS DAS AULAS DE AMANHÃ☆


As aulas passaram voando, e logo a hora de mostrar o clube para a Sayori chegou, como ela não sabia o caminho, eu fiz sinal para que ela me seguisse, mais, no meio do caminho percebi o erro que cometi, logo para e bato com a mão em minha testa:

Monika - Como eu sou idiota! 

Sayori - hã? 

Monika - esqueci de te perguntar o mais importante!

Sayori - E o que seria de tão grave pra você bater na própria testa e se chamar de idiota? 

Monika - esqueci de te perguntar o seu nome! Me desculpe, eu sou um desastre! 

Sayori - Ei! Não se preocupe com isso, afinal eu posso te disser agora, e além do mais, um desastre teria a exelente idéia de criar um clube de literatura? 

Monika - Não...

Sayori - pois bem, não se culpe dessa forma, apenas tente mudar o que tem de errado sem se menosprezar, se fizer isso sua auto-estima irá lhe agradecer! 

Monika - estou vendo que não errei em nenhum momento em te nomear vice-presidente! 

Sayori - Não vai se arrepender Monika! Gosto de ajudar as pessoas! Digo sorrindo. 

Monika - Bem Sayori, aqui será a sala do nosso clube daqui pra frente, então precisamos antes de tudo limpá-la. 


Sayori e eu pegamos duas das vassouras que estavam encostadas no armário de limpeza, e então limpamos a sala toda.

Confesso que eu nunca precisei limpar nada mais do que o meu quarto, já que a empregada que meus pais contrataram normalmente realiza todas as limpezas necessárias da casa, então de qualquer maneira foi uma experiência nova! Depois de eu e Sayori terminarmos a limpeza da sala, nos sentamos em duas cadeiras para descansar. Depois de um tempo me lembro de pedir à Sayori para entregar os panfletos amanhã na hora do intervalo para as séries veteranas da escola, logo depois desse momento de clareza eu a chamo:

Monika - Sayori! 

Sayori - Sim? 

Monika - preciso que você distribua esses folhetos para os alunos das séries veteranas na hora dointervalo de amanhã, que ficam ao leste da escola, enquanto eu distribuo para as séries doscalouros, que ficam ao leste da escola... Enquanto digo essa frase, tiro minha pasta com os panfletos da minha bolsa.

Sayori - Claro! Se é pelos novos membros! Eu a entrego metade dos panfletos. 


Depois de um tempo conversando sobre coisas aleatórias, Eu vejo a hora no meu celular e digo:

Monika - Já é tarde, acho melhor irmos embora ☆QUEBRA DO TEMPO☆DEPOIS DAS AULAS DE AMANHÃ☆


As aulas passaram voando, e logo a hora de mostrar o clube para a Sayori chegou, como ela não sabia o caminho, eu fiz sinal para que ela me seguisse, mais, no meio do caminho percebi o erro que cometi, logo para e bato com a mão em minha testa:

Monika - Como eu sou idiota! 

Sayori - hã? 

Monika - esqueci de te perguntar o mais importante!

Sayori - E o que seria de tão grave pra você bater na própria testa e se chamar de idiota? 

Monika - esqueci de te perguntar o seu nome! Me desculpe, eu sou um desastre! 

Sayori - Ei! Não se preocupe com isso, afinal eu posso te disser agora, e além do mais, um desastre teria a exelente idéia de criar um clube de literatura? 

Monika - Não...

Sayori - pois bem, não se culpe dessa forma, apenas tente mudar o que tem de errado sem se menosprezar, se fizer isso sua auto-estima irá lhe agradecer! 

Monika - estou vendo que não errei em nenhum momento em te nomear vice-presidente! 

Sayori - Não vai se arrepender Monika! Gosto de ajudar as pessoas! Digo sorrindo. 

Monika - Bem Sayori, aqui será a sala do nosso clube daqui pra frente, então precisamos antes de tudo limpá-la. 


Sayori e eu pegamos duas das vassouras que estavam encostadas no armário de limpeza, e então limpamos a sala toda.

Confesso que eu nunca precisei limpar nada mais do que o meu quarto, já que a empregada que meus pais contrataram normalmente realiza todas as limpezas necessárias da casa, então de qualquer maneira foi uma experiência nova! Depois de eu e Sayori terminarmos a limpeza da sala, nos sentamos em duas cadeiras para descansar. Depois de um tempo me lembro de pedir à Sayori para entregar os panfletos amanhã na hora do intervalo para as séries veteranas da escola, logo depois desse momento de clareza eu a chamo:

Monika - Sayori! 

Sayori - Sim? 

Monika - preciso que você distribua esses folhetos para os alunos das séries veteranas na hora dointervalo de amanhã, que ficam ao leste da escola, enquanto eu distribuo para as séries doscalouros, que ficam ao leste da escola... Enquanto digo essa frase, tiro minha pasta com os panfletos da minha bolsa.

Sayori - Claro! Se é pelos novos membros! Eu a entrego metade dos panfletos. 


Depois de um tempo conversando sobre coisas aleatórias, Eu vejo a hora no meu celular e digo:

Monika - Já é tarde, acho melhor irmos embora. Digo isso colocando minha mochila nas costas.

Sayori - É verdade! Temos muito o que fazer amanhã! Sayori também colaca sua mochila.


Sayori e eu nos separamos e fomos embora. No caminho para o meu condomínio, passei em frente do meu antigo condomínio e lembranças não tão felizes me vêem à tona...

 ♧FLASHBACKS ON♧


POV Monika 

Eu me lembro de alguns amigos que fiz naquele condomínio, quando eu tinha uns 6 à 7 anos, eles eram legais... Maioria deles focava em zoar e desprezar uma das meninas que moravam lá em questão, ela tinha lindos cabelos roxos igual a seus olhos, só por que ela morava com a avó e por não ter as mesmas condições que eles, e isso me deixava muito chateada e com vergonha de me chamar de amiga deles, eu não conseguia ficar indiferente com aquela situação... Me dava um nó no estômago naqueles momentos... Eu só queria abraça-la e diser à ela que estava tudo bem, mas acho que por eu andar com os garotos que zombavam dela, quando eu tentava me aproximar... Ela simplesmente saia chorando... Aquilo me dava uma dor imensa no coração... Mais eu não sabia o motivo, eu era apenas uma criança...


"Amigo da Monika" - Hahaha! Lá vem a neta da velha dos gatos do condomínio! Outros riram com ele. 

???? - M-med-deixem e-em paz, p-por favor! Sai correndo chorando 

Monika - Hey Espera! Saio correndo atrás dela. 

Ela para de correr quando chega em uma árvore que fica no centro do condomínio, no meio da rotatória da rua principal, ela senta e se encosta no tronco da arvore, depois abaixa sua cabeça e chora ainda mais. Eu me aproximo com cuidado para não correr o risco de ela sair correndo de novo, ela se lamentava, como se estivesse conversando com a árvore:

???? -Por que eles me chamam dessas coisas Dona Árvore?! A minha avó não tem culpa se ela gosta de gatos, e eles nem mesmo fizeram um arranhão naqueles meninos, pra eles ficarem me zoando! Ela dá alguns soluços depois dessa frase e eu dou alguns tapinhas nas costas dela. A mesma se assustar.

Monika - Ei se acalme, eles não vão te zoar de novo, eu estou aqui e vou te proteger!

???? - Q-quem é você, e por que quer me defender?!

Monika - Eu me chamo Monika, e quero te defender por que o que eles fizeram com você não se faz com ninguém! Eu quero ser sua amiga! Não precisa assustar! Aqui... Tome isso... Entrego à ela um paninho lilás que carregava em meu bolso  ( Sim! Isso mesmo! Esse é o paninho que a Yuri deu para a Sayori que a Yuri tem até hoje!) Enchugue suas lágrimas, vai te fazer bem!

???? - O-obrigada... 

Monika - Mais então... Agora que você já sabe o meu nome, você pode me dizer qual é o seu?

???? - P-posso... o meu nome é Y... A garota é interrompida pelos garotos que chegaram.

"Amigo da Monika" - Hey Monika, por que você tá junto com a esquisitona!? 

Monika - Ela não é esquisitona entendeu!? E eu estou com ela por que daqui vocês não vão passar! Me levanto e abro meus braços ao redor da garota, barrando a passagem deles. Vocês não podem continuar fazendo isso com ela! Vocês não tem esse direito e ninguém nesse mundo tem! Ele ri e depois diz:

"Amigo da Monika" - Bem Monika, eu acho que você esqueceu que não pode fazer parte da turma se pensa dessa maneira, e se for amiga de uma esquisitona como essa menina... Então vou refrescar sua memória... Ou você vira amiga da esquisitona, ou volta a fazer parte da turma, e então... De que lado você está?

Monika - É sério que vocês ainda me perguntão de que lado eu estou?! Não é óbvio que eu prefiro ter ao menos uma amiga de verdade do que vários ignorantes e arrogantes a ponto de zombarem dela sem motivo como vocês!? Além de ignorantes e arrogantes, Vocês são cegos, só sabem olhar para seus próprios problemas e não estão nem aí se os outros estão sofrendo ou não! Não posso acreditar no quanto fui tão tola a ponto de imaginar que poderia ser amiga de vocês! E pra esperar tanto tempo pra finalmente poder agir e defendê-la das suas ações irracionais! (E o prêmio de melhor discurso contra o bulyng e a zombaria vai para... Monika! Essa é minha garota! Sempre contra o desrespeito!)

Não mais amigo da Monika - Bem  pessoal, a Monika escolheu o lado dela, junto com aquela esquisitona, ela não é mais uma de nós, vamos embora!


Eles vão embora e a garota me abraça e diz:


???? - Obrigada! Ninguém nunca fez algo assim por mim! Senti lágrimas escorrendo em meus ombros, mas desta vez, não teve nenhum soluço da parte da garota, então, ela estava chorando de alegria! Aquilo me deixou tão feliz, que retribui o seu abraço.

Monika - Não foi nada! Afinal... é isso que os amigos fazem não?!

????- E-então... I-isso quer dizer que s-somos amigas?! ☆Seus olhos estavam brilhando☆ enquanto ela sorria.

Monika - Mais é claro! E agora ninguém mais vai tirar sarro da sua cara! Por que eu estou aqui e vou te defender! Custe o que custar!


Ao longe vejo meu pai me chamar, eu digo à garota que já voltava, mais não sabia que meu pai estava me chamando para irmos embora pra nos mudarmos de condomínio, ele só havia tocado nesse assunto ontem, e disse que iríamos somente na semana que vem, então meu pai me puxou e me arrastou para dentro do carro sem me dar a chance de me despedir da garota, mais, mesmo dentro do carro eu precisava me despedir, então abri o vidro e com o carro já em movimento gritei para a garota:

Monika -  Hey garota! Não se esqueça de mim Ok!?

???? - Mais para onde você vai!? Quem vai me proteger agora!?

Monika - Não se esqueça do mais importante! Sempre seremos amigas! 

???? - Espera! E o seu lenço! 

Monika - Considere um presente, pra que você não se esqueça de mim! Adeus!

???? - Adeus Monika! Minha única amiga...(disse baixinho)


FLASHBACKS OOF

Eu nem ao menos soube o nome dela, me pergunto se ela ainda mora naquele condomínio, eu falhei com ela, eu falhei com muitas pessoas que precisaram da minha ajuda! Eu sou um monstro! Mais preciso me recompor, ou senão não irei manter o foco necessário para aturar a imaturidade dos calouros amanhã...


☆QUEBRA DO TEMPO☆INTERVALO DE AMANHÃ☆


E... Como o esperado,  nenhum dos calouros ao menos se interessou no que eu estava oferecendo, como eles podem ser tão infantis! Isso me dá nos nervos! Mais não demorou muito para um dos calouros fazer uma observação bem sem noção:

Calouro - Hey tia, você não ta muito nova pra querer ler coisas que só o pessoal da pré história lia, é sério! Quem liga pra livros de capa quando se tem livros pra baixar no celular, que ainda sim são uma perda de tempo! Outros calouros riram com ele. Você acha que eu vou querer ler um livro antigo desses enquanto eu poderia estar jogando FREE FIRE!? Mais garotos riram.

Monika - E eu que estava achando que você já é bem crecidinho pra querer jogar joguinhos com um roteiro de quinta e um enredo péssimo! (Nada contra FREE FIRE, até por que, eu jogo, foi só pra Monika dar uma patada nesse babaca mesmo!)

Todos que ouviram - OOOOOOOOOOOH!


Foi muito bom ter colocado aquele garoto no lugar dele, até por que ler livros não é uma perda de tempo! E eu tenho certeza que esses calouros só encostam em um livro quando os professores passam algum trabalho!(Tipo eu vei! Humildade Monika! Por favor!) Enquanto esperava que algum calouro fosse ao menos perguntar o que eu estava segurando, sinto algo me cutucando, me viro mais não vejo ninguém: 


Monika -hã?

??????? - Hey! Aqui em baixo! ^_^


Olho para baixo e vejo uma garotinha


??????? - O que foi?! Eu não tenho culpa de você ser tão gigante! Ou você acha que eu tenho!?

Monika - Ahh não! Eu não acho que você tem culpa de nada! Mais, por que você me chamou?

??????? - Quero saber o que você tem aí! 

Monika - Ahh isso? Aponto para os panfletos 

??????? - Você é surda? O que mais séria!? Ela cruza os braços.


Já vi que essa vai ser difícil... Dou um suspiro e digo:


Monika - Não... eu não sou surda, mais se você quer dar uma olhada... dou um panfleto à ela. 

??????? - Finalmente você entendeu! Achei que ia ter que desenhar! Ela pega o panfleto da minha mão.


Ela parece estar lendo bem animada, ☆seus olhos estavam brilhando☆, mais, quando ela termina de ler ela franze a testa,  bufa e me entrega o papel:


??????? - Será que tem vaga pra entrar nessa droga!? Mais saiba que só estou entrando NESSE CLUBE por que o clube de anime já está cheio!

Monika - Sim! Claro! Mais antes vou precisar saber seu nome...

??????? - Aff!  É Natsuki... E o seu gigante!?

Monika - O meu é Monika! E bem vinda ao clube! Estendo minha mão para apertar a dela.

Natsuki - Ugh! Pra que tanta formalidade! É só um clube! Ela se recusa a apertar a minha mão.

Monika - Ok ok... Se você preferir assim... 

Natsuki - E onde fica esse tal clube?! Ela cruza novamente os braços e uma expressão interrogativa aparece em seu rosto.

Monika - Nas salas não usadas do terceiro ano, vamos nos juntar à 

Vice-presidente do clube e aos membros que ela conseguiu depois das aulas!

Natsuki - Ok... Mais...

Monika - Mais...?

Natsuki - Ugh! Eu não sei onde é! Pronto! Satisfeita!?

Monika - Não se preocupe com isso, eu venho à sua sala depois das aulas pra te mostrar o caminho! Mais Você precisa me diser qual é...

Natsuki - Não! Meus colegas não precisam saber que vou me juntar à um clube de literatura! Você pode me esperar perto daquele bebedouro...

Monika -Ok ok... Não vou te forçar à nada... Dou um joinha pra ela.

Natsuki - Que quliche! Ela revira os olhos.


♢SINAL TOCA♢


Monika - Bem... Te encontro no bebedouro!

Natsuki - Até mais gigante! Pela primeira vez ela sorri.


Ela é tão fofinha, mesmo sendo esquentadinha daquele jeito...


Nas aulas eu evitei ao máximo tocar em qualquer assunto com a Sayori... Já que ela é tão boa com as pessoas, praticamente deve ter conseguido uns cinco membros... Que vergonha, conseguir apenas um membro, que ainda por cima parece só ter entrado por que o clube de anime já estava cheio... Mais acho melhor me concentrar nas aulas...


☆QUEBRA DO TEMPO☆DEPOIS DAS AULAS☆


As aulas se passaram, arrumei meu material o mais rápido possível, para não deixar Natsuki esperando, mesmo assim, de alguma maneira a Sayori conseguiu ser mais rápida que eu, a ponto de eu não vê-la mais depois que sai da sala, ela deve ingerir muito açúcar pra ser enérgica desse jeito!


Chegando próximo ou bebedouro, escutei algumas risadas:


Garotos - Hahaha! Olha só! Parece que a mais machona da sala ainda tem alma de criancinha! Olha pra isso! Mangá?! Quem nesse mundo gosta de mangá!? Hahaha! (Vai tomar no cupnoodles! Eu gosto de mangá! E muita gente também seu BAKA!)


Não aguentei e fui ver o que era... Era a Natsuki! Ela estava caída no chão,  chorando e vários mangás estavam esparramados pelo chão à sua volta, e um menino que estava ao lado dela estava com seu pé esquerdo esticado para frente, como se ele a tivesse feito cair.


Monika - Hey Idiotas! Quem vocês pensam que são pra julgarem os gostos da Natsuki assim!? Ninguém tem esse direito, assim como vocês gostam de jogos sem graça ela gosta de mangá! E isso não é motivo pra rir dela!

Natsuki - Monika... Acho que Natsuki não esperava essa ação vinda de minha parte...

Garoto - Vem galera, vamo deixar as otakus sozinhas! (Isso mesmo Monika! Otakus devem se unir!)


Eles vão embora e eu ajudo a Natsuki a levantar e a pegar seus mangás:


Monika - Você está bem?! Se machucou com o tombo?!

Natsuki - Não... eu estou bem, eu sou forte! 

Monika - Hehe, não duvido disso! Sorrio para Natsuki.

Natsuki - E por que você fez isso?

Monika -Isso o que?! Me faço de desentendida.

Natsuki -Você sabe...

Monika - Sei o que?! Eu sabia o que ela queria dizer, mais queria ouvir dela...

Natsuki - Ugh! Você meio que... Me ajudou e calou a boca daqueles palhaços...

Monika - Ahh... Isso... Não foi nada!

Natsuki - A sim! Foi sim! Eu queria dizer...

Monika - Queria dizer... Quis precioná-la um pouquinho...

Natsuki - Ugh! O-o-o...

Monika - Obrigada?

Natsuki - É essa palavra aí!


Eu puxo Natsuki pra perto de mim e lhe dou um abraço


Monika - É isso que os amigos fazem!

Natsuki - A-a-amigos!? 

Monika - Claro! Sermos amiga agora! Você nunca teve amigos?

Natsuki - É-é-é c-claro que eu já tive amigos! Um monte de amigos!

 

Eu seguro meu riso e digo:

Monika - Bem devemos ir... A Sayori já deve estar nos esperando...

Amiguinha! Digo a última parte apenas para irritar a Natsuki...

Natsuki - Ugh! Para de abusar da sua altura! Eu não consigo te bater!


Rimos um pouco e fomos até a sala do clube...


☆QUEBRA DO TEMPO☆


Depois de chegarmos ao clube, vimos Sayori conversando com uma garota que, quando percebe que entramos, num rápido movimento virá sua cabeça para o chão impedindo que eu a reconhecesse...  Olhei para Sayori com um olhar de decepção e abaixei minha cabeça, depois disse à ela:


Monika - Me perdoe Sayori, só consegui mais um membro!

Sayori - Não seja por isso! Eu também só consegui mais um membro, veja... Ela aponta para a garota de cabelos roxos


Ao olhar pra ela, eu me lembro da garota que defendi no condomínio, a semelhança entre elas é incrível, os lindos olhos, o cabelo sedoso, comecei a pensar na possibilidade de eu finalmente ter encontrado ela, isso seria ótimo! Mais espero com todas as minhas forças que ela não guarde mágoas de eu a ter abandonado com aqueles babacas! Eu não iria aguentar se ela não quisesse mais ser minha amiga! Não posso mais ficar incarando ela, ou vou assustá-la e entregar para Sayori o que estou pensando...

Monika - Certo, me desculpe pelo pecimismo, mais então... Por que todas não nos apresentamos uma para a outra?

Sayori - É uma Ótima idéia! 

Todas nós nos apresentamos e depois disso, ficamos conversando, hora sobre literatura, hora sobre coisas aleatórias. Depois de um tempo, Natsuki me pergunta oque poderíamos fazer amanhã:

Natsuki - O que Faremos amanhã Monika? 


Antes que eu pudesse se quer pensar em alguma resposta, Yuri perguntou:

Yuri - Posso dar uma sugestão? 

Natsuki - Eu perguntei para a Monika e não pra você Yuri! Parece que você continua incherida como sempre! 

Yuri - Ahh, eu não queria passar por cima da sua pergunta... Eu apenas queria... Compartilhar uma idéia! Yuri abaixa sua cabeça.

Sayori - Mais é claro que não passou por cima da pergunta da Natsuki, pode compartilhar sua idéia conosco não é Natsuki? 

Natsuki - Tanto faz! 

Yuri - Bem... Yuri suspira. -Acho que poderíamos fazer uma espécie de piquenique interativo, cada uma traz algo para comer ou beber e algum livro ou enciclopédia que ache interessante para compartilharmos enquanto comemos. Como Yuri não ficou sem ar depois dessa frase!? Ela é incrível!

Monika -Eu concordo com a Yuri!  E vocês Sayori e Natsuki? 

Sayori - Eu adorei! Amo piqueniques, sempre tem tanta comida! 

Natsuki - Até que essa idéia não é tão estúpida! Vou fazer e trazer cupcakes! 

Monika - Muito bem então! Eu me levanto da minha cadeira- Estamos combinadas? Coloco minha mochila nas costas. 

Sayori, Natsuki & Yuri - Sim! 


Todas colocam suas mochilas e vão embora, mas, eu poderia perder Yuri de vista, precisava saber se ela realmente era a garotinha que conheci no meu antigo condomínio e, se ela realmente fosse a garotinha, eu devia sérias desculpas à ela...


Segui Yuri e adivinha... Ela simplesmente estava quase entrando no meu antigo condomínio, mais antes que ela fizesse isso, eu pulei nela e a abracei, ela quase caiu e ficou sem entender, mais eu a abracei tão forte que ela apenas retribuiu o meu abraço e perguntou:

Yuri - Você estava me seguindo Monika?! Se sim... Por que? 

Monika -Eu finalmente encontrei você Yuri! Não vou te abandonar de novo!  Eu te prometo!

Yuri - M-me achou?! Como assim?! Me abandonar? Do que você está falando Monika?!

Monika - Você não se lembra de mim? Então isso significa que você perdeu o paninho lilás que eu te dei?!

Yuri - M-Monika É-é-é você mesmo! D-digo, a mesma Monika que me deu esse paninho?! Ela tira o paninho que eu dei a ela do seu bolso.

Monika - Sim Yuri! Sou eu! Que bom que eu finalmente te achei! Pensei que nunca mais veria minha amiga! Você está bem Yuri!? Aqueles idiotas continuaram zombando de você?! Você pode me perdoar Yuri?!

Yuri - Se acalme Monika! Eu estou bem e graças à você, aqueles trouxas pararam de zombar de mim! E eu não preciso te perdoar... Você só me ajudou! E em nenhum momento me prejudicou a ponto de eu precisar te perdoar!

Monika - Por favor Yuri me diga que me perdoa,  eu não irei embora até você me dizer! Eu a abraço com mais força.

Yuri - Mais eu não quero que você vá embora, esse abraço está tão confortável! Quando Yuri percebe o que disse, fica vermelha e me larga, o que também me fez corar um pouco, depois pede desculpas:

Yuri - S-s-sinto muito M-Monika! E-eu não s-sei o que deu em mim! Yuri olha para baixo envergonhada. (Eu sei o que deu em você Yuri, Paixão!( ͡° ͜ʖ ͡°)

Monika - Ei não se  preocupe! Eu também gosto dos seus abraços! Digo sorrindo. E Yuri fica ainda mais vermelha do que já estava. 

Yuri - Bem de qualquer forma, acho que está ficando tarde, e eu não quero que você pegue um resfriado por caminhar à noite exposta ao sereno por minha causa de ter tomado o seu tempo! (Que fofo da sua parte se preocupar com a Monika Yuri!( ͡° ͜ʖ ͡°)

Monika - Certo, mais eu vou quando você já estiver na sua casa!

Yuri - O-Ok, já vou entrar... dou mais um abraço em Yuri.

Monika - Se cuide Yuri! Não estou mais aqui pra te proteger! Ela me abraça também.

Yuri - O-Obrigada Monika, aprendi muita coisa graças à você, entre elas aprendi a dar conta daqueles manés sozinha! Eu devo muito à você Monika!


Aquela frase me deu um desejo imenso de agarrar o rosto da Yuri e... Espera! Por que esses pensamentos estão ivadindo minha mente?! Xô! Vão embora! Saiam! (Nossa Monika! Você tá assanhadinha né menina!( ͡° ͜ʖ ͡°) Logo depois que a Yuri entrou na casa dela eu fiz o que prometi e fui para casa...


Quando cheguei, guardei minhas coisas, tomei um banho e me aprontei para ir durmir, pois como Yuri tinha dito, já estava ficando tarde, mais por algum motivo eu não parava de pensar na Yuri... Eu... Acho que estou... Apaixonada!♡♡♡




Notas Finais


Bem pessoal... Como eu disse o capítulo ficou monstruoso, mais muito obrigada pela paciência que vocês tiveram pra esperar tanto tempo pra eu trazer o capítulo e pra ler ele também por que meu Deus! Dá pra essa capítulo virar um filme de tão longo que ele ficou! Mais estou foi isso! Espero que vocês tenham gostado, Ahh e muito obrigado pelos comentários positivos que vocês me deram nos outros capítulo! Sério isso me ajuda demais a saber que vocês gostam do que eu estou fazendo! Então falou e
Fui :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...