História A CONCIERGE DO CRIME (Camren) - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Camila Cabello
Tags Camilacabello, Camren, Dinahjane, Laurenjauregui, Normani
Visualizações 7
Palavras 2.674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishounen, Drama (Tragédia), LGBT, Mistério
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - IV


Na manhã seguinte, Dinah acordou com enxaqueca apenas em pensar no que poderia acontecer na reunião. Sabia que existia quase cem por cento de chance do acordo ser negado, no final das contas se tratava de uma pessoa extremamente perigosa com inúmeros recursos, liberdade seria a última coisa a ser dada para Camila Cabello. Entretanto, mesmo assim, lá estava a loira, com o corpo desnudo debaixo d' água bem quente com os olhos fechados, estava tentando relaxar o máximo possível. Assim que terminou seu banho, enrolou o corpo em uma toalha branca felpuda e pegou outra para secar seu cabelo. Os pés tocando o piso gelado a levaram até seu closet que ficava ao lado, sua procura pela roupa não demorou muito, acabou optando um vestido social de mangas longas na cor azul escuro, acompanhado sempre de um belíssimo par de saltos. Não demorou muito para estar devidamente maquiada e com o cabelo em ordem, pronta para encarar a toca dos lobos logo cedo. 

Logo que chegou ao complexo avistou Normani sentada em uma das salas de interrogativo acompanhada de dois agentes da CIA e os mesmos estavam fazendo inúmeras perguntas enquanto analisavam as respostas dadas pelo polígrafo. Em uma sala um pouco mais a frente  estava Thali na mesma situação. Na sala ao lado do rapaz estava Lauren e na última sala estava Camila. A alta e esbelta loira parou de frente para o vidro de Camila, mas não ficou nem cinco minutos sozinha pois logo Normani foi liberada juntamente com Thali. As únicas duas pessoas que permaneceram passando pelo teste do polígrafo era Camila  e Lauren.

- O que está acontecendo? - Perguntou Dinah para seus dois agentes no momento em que ambos pararam ao seu lado.

- Megan chegou aqui acompanhada de alguns agentes da CIA especialistas em interrogativos alegando saber de tudo e que queria mais informações. Disse também  que este caso está além de nós - Respondeu a negra levando uma de suas mãos até sua nuca em um claro sinal de nervosismo. 

- Imaginei que isso iria acontecer, mas não pensei que fossem começar direto com o interrogatório. Pensei que fossem ler a proposta primeiro - Alegou a loira cruzando as mãos na frente do corpo segurando com mais força a pasta que tinha em uma das mãos.

- A Senhorita Camila fez uma proposta? - Perguntou Thali com os olhos escuros arregalados com a notícia, o rapaz sempre tinha uma postura nervosa, como se vivesse com medo constate, todos percebiam, menos ele. 

- Sim, Thali, ela fez uma proposta para conseguir um acordo de imunidade - Respondeu Dinah de forma clara para o rapaz que apenas assentiu sem dizer nenhuma palavra.

- Isso só pode ser uma piada, ela não vai conseguir um acordo, de onde essa maluca tirou isso? - Acrescentou Normani de maneira indignada enquanto batucava um de seus pés cobertos por coturno no chão de forma irritada. Dinah apenas observava a ação encarando fixamente para a mulher ao seu lado direito.

- Apesar de tudo agente Kordei, essa maluca - Apontou com sua mão esquerda para o vidro na qual dava para enxergar Camila sentada com a maior cara lavada do mundo como se não fosse com ela - Vive sua vida nas sombras a quase dez anos. Sua inteligência é inigualável. Ela cresceu sabendo lidar com criminosos. Enquanto você frequentava a escola ela estava aprendendo a atirar em traidores. Se Cabello acredita que existe a possibilidade de conseguir um acordo de imunidade é porque algo ela sabe. Em todos os meus anos dentro dessa agência nunca vi essa mulher apostar para perder. Não sei o que ela quer aqui dentro, mas existe grandes chances de sair ganhando, basta que aprendamos como nos beneficiar também. - Acrescentou de forma ríspida sem desviar o olhar da negra ao seu lado que nada disse, apenas assentiu. Por outro lado Thali tinha um sorriso discreto nos lábios, quase imperceptível - Vamos para a sala de comando ouvir o interrogativo de Jauregui e Cabello. - Disse por fim virando as costas e saindo. Seus agentes apenas concordaram e seguiram a mulher pelos corredores do local.

Os passos de Dinah eram apressados, ela queria realimente saber o que estava sendo dito por trás daquelas paredes. Logo que chegaram na central de controle Thali foi o primeiro a disparar para seu computador para colocar nas telas as imagens das câmeras e microfones das salas de interrogatório onde ambas as mulheres se encontravam. Dinah permanecia de pé ao lado de Normani com uma mão no queixo com a pasta na outra mão. 

- Você já teve contato com Lauren Jauregui  antes de se entregar? - Perguntou um homem enorme de cabelos negros assim como sua barba. Sua pele era morena e estava usando um terno bem alinhado, mas seus olhos estavam faiscando enquanto olhava para Cabello sentada a sua frente que mantinha a mesma expressão despreocupada de antes.

- Não - Respondeu a mulher sem muitos voltas, mas o polígrafo apontava como mentira e ela sabia disso. Enquanto isso, a mesma pergunta era feita a mulher de olhos verdes que deu a mesma resposta, porém seu polígrafo apontava como verdade. Para todas as pessoas ali presentes não estava fazendo sentindo. Para Dinah e Normani nada fazia sentido. Entretanto Thali previa essas respostas.

- Você já foi condenada por algum crime ? - O homem de voz grossa Perguntou para Cabello mais uma vez. A mulher apensas esboçou um sorriso debochado nos lábios e negou com a cabeça rindo.

- Acusada? Sim. Condenada? Ainda não - Respondeu como se fosse óbvio mas o homem parecia inconformado - Vocês estão perdendo muito tempo comigo, deveriam estar mais preocupados com o avião que irá cair em Miami por volta das 10:30 A.M. Depois não digam que não exerci o meu papel de cidadã contando informações cruciais para a segurança do país - Alegou com um sorriso e um olhar impiedoso ao homem que pareceu mais irritado ainda que espalmou sua mão com força na mesa.

- VOCÊ ACHA QUE ESTAMOS BRINCANDO? VOCÊ SABE A DIFERENÇA DO FBI PARA A CIA? SE NÃO SOUBER EU ENSINO - Gritou para que todos ouvissem, fazendo até com o que Thali se assusta-se e Dinah passa-se a mão pelos seus cabelos, mas Camila se mantinha imóvel e com as sobrancelhas arqueadas.

- Você sabe o que isso significa para mim? - Perguntou ao homem que estava caminhando de um lado para o outro com o rosto vermelho tentando acalmar sua raiva - NADA pois eu não me importo com ameaças. Se quiser me bater e me manter trancafiada em uma das prisões no meio do nada, fique a vontade, não importa o que acontecer, tudo o que tinha a dizer já disse, conforme-se com isso - Respondeu de forma ríspida deixando o homem ainda mais irritado que apenas saiu da sala batendo porta sem dizer mais nada - Dinah se eu fosse  você checaria as informações da marinha neste exato momento - Alegou a mulher para uma das câmeras, sabia que a loira observaria tudo. 

Dinah com os nervos à flor da pele apenas girou seus calcanhares e distribuiu as tarefas, pedindo para que Thali verificasse os planos de voo de todas as aeronaves que chegariam a Miami por volta dessa hora enquanto Normani estava encarregada de ligar para o aeroporto e fazer a verificação das aeronaves que pousaram ou não na cidade. Ao mesmo tempo em que os dois agentes realizavam as ordens estabelecidas por sua superior, a mesma se dirigia a sala de reuniões para discutir a razão de todo aquele alarde, o acordo de imunidade. 

Seus passos eram apressados, sua mão direita, com as unhas bem pintadas de vermelho, carregava uma pasta na cor preta na qual continha a proposta feita pela própria Camila Cabello. Conforme chegou a sala se deparou com rostos conhecidos por ela, Megan Adams, Justine Bennett e Steve Hayes, os três membros que representavam o Departamento de Justiça Americano. 

- Bom dia - Disse Dinah se forma calma e sútil ao ocupar seu lugar na mesa. 

- Bom dia - Responderam todos em uma única voz. - Bom, vamos começar, por qual motivo estamos aqui? - Perguntou a mulher de cabelos ruivos sentada na ponta da mesa, seu nome era Justine.

- Bom Senhora Bennett, estamos aqui porque Camila Cabello se entregou na central e solicitou em pedido formal um acordo de imunidade - Respondeu Dinah de forma séria enquanto distribuía cópias do documento para os três representantes que a encaravam  como se estivesse contando uma piada - Está manhã enquanto respondia ao interrogatório alegou que um avião iria cair em Miami por volta das 10:30 AM, meus agentes estão confirmando essa informação neste momento - Completou se recostando no encosto da cadeira encarando todos a sua frente,

- Não podemos confiar nela, Jane, assim como não podemos assinar esse acordo, o promotor nunca irá aceitar levar isso adiante - Alegou desta vez um homem de meia idade, olhos azuis e cabelos grisalhos, mais conhecido como Hayes. - Cabello é uma mentirosa nata, sua vida é feita de mentiras, não temos como continuar com isso. Ela precisa ser condenada por traição - Completou o homem passando a mão pelo seu queixo enquanto olhava diretamente para a loira.

- Ele tem razão, não podemos levar isto adiante - Completou desta vez a senhora de meia idade de cabelos grisalhos sentada ao lado de Dinah, essa era Megan Adams, a Diretora do Departamento. A mulher iria se pronunciar mais uma vez, mas a porta foi aberta pela agente Kordei de maneira bruta entregando um relatório para os quatro sentados ao redor da mesa redonda.

- Desculpe interromper, mas o avião que acabou de cair em Miami era o que estava vindo de Luxemburgo. Verificamos mais a fundo e constamos que na lista de passageiros um nome se destacava , o de Sophie Scott, uma agente infiltrada no cartel juarez  - A mulher negra de olhos escuros falou de forma rápida, como se tudo dependesse daquilo, e de fato dependia. 

- Jane, você tem vinte e quatro horas para resolver este caso com a ajuda de Camila Cabello, caso não seja resolvido, não iremos adiante com o pedido de imunidade proposto por ela - Alegou Megan fazendo com que os outros dois a encarassem com os olhos arregalados, mas Dinah se manteve séria e apenas assentiu se levantando e saindo da sala sendo acompanhada por uma Normani eufórica. 

- Quero  que levem Cabello para a caixa novamente e chame a agente Jauregui para a sala de controle, temos um caso para resolver - Disse a loira ao andar pelos corredores, Normani apenas concordou e saiu em direção oposta, estava indo para a sala de interrogatório buscar Camila e Lauren. Assim que chegou, avisou o que estava acontecendo e pediu para dois agentes acompanhassem a latina até a caixa metálica enquanto ela e Lauren iriam até a sala de controle como foi solicitado. 

Logo depois de todos estarem em seus devidos lugares, Thali ligou as câmeras do enorme objeto metálico revelando uma Camila usando um uniforme azul escuro e coturnos, mas seus cabelos estavam impecáveis caindo pelos ombros. 

- O que você sabe sobre o avião que caiu? - Perguntou Dinah com as duas mãos apoiadas na mesa que estava na frente da tela que exibia o rosto de Camila.

- Esqueceu Jane? Eu falo somente com Lauren Jauregui - Respondeu a mulher revirando os olhos como se estivesse cansada daquela situação. Dinah apenas de virou e fez sinal com a cabeça para que a mulher fosse até onde Camila estava, querendo ou não, precisavam de respostas. Naquele dia a mulher de olhos verdes havia optado por usar uma saia social na cor azul que ia até seu joelho, acompanhada de uma camisa branca sem detalhe algum, apenas com dois botões abertos e seus inseparáveis saltos. Seu cabelo estava amarrado em um coque e em seus languid um batom vermelho destacava o desenho da mesma onde acabava constrastando com sua pele pálida Camila observava cada detalhe da mulher, gostava daquilo, e sem duvidas a achava deslumbrante. 

- Estou aqui - Disse Lauren abrindo os braços e parando em frente à jovem criminosa que apenas abriu um sorriso de canto - O que você tem a dizer sobre o que aconteceu? - Perguntou enquanto cruzava os braços e apoiava todo o peso do seu corpo em sua perna esquerda. 

- Se eu puder lhe mostrar quem sabe tudo fique mais claro - Respondeu de forma clara enquanto erguia a sobrancelha - Mas dessa vez sem algemas - Acrescentou enquanto a mulher de olhos verdes ponderava a ideia, mas acabou aceitando, não tinha escolha. Sendo assim, pediu para que dois agentes levassem Camila até a sala de comando mais um vez. Assim que ambas pisaram no local foi possível perceber a cara fechada de Normani, a alegria de Thali e a falta de expressão de Dinah, o que fez a latina soltar uma risada baixa - Bom, você é o Thali, estou certa?  - Perguntou apontado para  o rapaz que estava atrás do computador com a maior cara lavada do mundo que apenas concordou - Irei dizer uma sequência de fatos ocorridos e você irá mostrá-los a todos, ok? - Perguntou e o rapaz apenas condecorou mais uma vez. e assim o fez, citou cerca de cinco acidentes que o ocorrem ao redor do país ao longo de três anos, o que chamou a atenção de todos pois ainda não estava claro para eles. - Estes fatos não foram acaso, ao contrário, foram muito bem pagos e  realizados por um grande conhecido meu: O Autônomo - Disse de frente para Lauren que observava tudo com um grande ponto de interrogação explícito em seu rosto.

- Como esses casos estão ligados ? - Perguntou a jovem agente de olhos verdes para Camila que caminhava de forma elegante até a ponta da mesa se recostando - O que isso tem a ver com a morte da agente? - Questionou mais uma vez enquanto caminhava e apontava para cada imagem apresentada na enorme tela.

- Eles ligados não estão, porém o único ponto que compartilham é o homem que os fez. Se ele derrubou esse avião para matar uma agente infiltrada  significa que está no país e que tem mais trabalho em território americano - Respondeu enquanto olhava fixamente para Lauren que concordava. 

- E como encontramos ele? - Perguntou Normani ficando ao lado de Lauren para encarar diretamente Camila que ainda estava com a mesma expressão de antes.

- Vocês? Não, eu o encontro - Respondeu com uma risada debochada enquanto endireitava a postura novamente. 

- Vocês trocam email por acaso? - Perguntou Normani de forma irônica o que fez Camila rir em descaso e negar com a cabeça.

- Prefiro resolver meus negócios frente à frente agente Kordei - Respondeu de forma clara e revirando os olhos como se fosse óbvio. 

- Então você já o viu? - Dessa vez foi Dinah que se pronunciou, o que chamou a atenção de todos.

- Apenas uma vez, mas tenho um contanto que pode nos ajudar neste caso - Respondeu para a mulher loira que concordou assim como tordos ali presentes.

- E onde iremos para encontrar seu contanto? - Perguntou Normani de forma ríspida, não se sentia confortável com aquela situação, mas não podia fazer nada, definitivamente

- Senhorita Jauregui me diga um país - Falou Camila olhando diretamente para Lauren que estava sem entender.

- Rússia - Respondeu sem muitos rodeios enquanto dava os ombros o que fez Camila abrir um sorriso discreto. Enquanto isso os demais a olhavam  com um ponto de interrogação na testa.

- Então Jane, nesse caso, a Senhorita Jauregui e eu iremos encontrar meu contanto em Moscou - Alegou batendo as palmas das mãos como se fosse óbvio - Sugiro que pegue uma roupa adequada para nosso jantar querida - Acrescentou com um sorriso debochado fazendo todos olharem para a latina incrédulos. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...