História A coreógrafa Park Jimin-hot-bts - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 325
Palavras 1.023
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi nenys! ^-^

Mais um capítulo pra vocês.

Espero que gostem!

Boa leitura <3

Capítulo 7 - Cap-7


Fanfic / Fanfiction A coreógrafa Park Jimin-hot-bts - Capítulo 7 - Cap-7

Desliguei o telefone e fiquei pensando em dormir pois estava exausta, meu dia tinha sido realmente exaustivo, o relógio marcava 16:00hrs ainda estava cedo, mas eu estava cansada então umas 2 ou 3 horas de sono não faria diferença. Coloquei meu celular pra despertar as 18:00hrs. Fechei os olhos e dormi. 


• ஜ • ❈ • ஜ • 


 Acordei, mas eu não acordei com o despertador, peguei meu celular em cima do criado mudo e vi que eram 23:00hrs tomei um susto, eu acho que estava em coma.. Me despreguicei olhei pra cama da keitty e ela ainda não tinha chegado, já fui ficando preocupada. Resolvi ligar pra ela pra ver se estava tudo bem. 


  LIGAÇÃO ON


 -S/N: ONDE TU TÁ GURIA? - falei gritando mesmo por que eu tava preocupada.

 -K: AAA, NÃO PRECISA GRITAR INFERNO! - Falou gritando também. 

 -S/N: Então tu preferi que eu deixe pra gritar quando tu chegar em casa? - tava preocupada com aquele animal

. -K: Para com isso S/N! Eu tô em uma boate perto da Universidade. Relaxa, tu não quê vim pra cá não? - ela tava com a voz meio rouca parecia que estava bêbada, também preferi nem perguntar nada.  

-S/N: EU NÃO. Amanhã tem aula, se eu fosse você eu voltava logo caramba! Vou dá 10 minutos pra ti chegar aqui ou então eu vou ti buscar! - eu ia buscar ela mesmo.

 -K: Aa, fala sério, tu não é nada pra mim, nem minha mãe tu é! - ah, tu quê me dá lição de moral é? Pera lá.

 -S/N: E daí se eu não sou sua mãe, pelo menos você tem alguém que se preocupa contigo, eu sou tua amiga sua anta! Volta logo para casa ou então eu vou aí te buscar. - Dei uma no olho dela logo. 

 -K: AAA, TÁ BOM SUA CHATA! EU JÁ TÔ INDO 2 BJO. 

 -S/N: Tá, tchau.


 LIGAÇÃO OFF


 O celular em cima do criado-mudo e fui lavar meu rosto no banheiro aproveitei enquanto a Keitty  ainda não chegava resolvi esperar ela na secretaria, não necessariamente na secretaria mas eu estava com fome e lembrei que tinha uma lanchonete bem do lado da universidade. Saí do banheiro e fui no meu closet pegar um short uma blusa e um casaco por que tava um pouquinho frio. Fiz um coque meio bagunçado no cabelo, peguei o dinheiro dentro da minha bolsa meu celular, sai do meu quarto, tranquei e desci as escadas. Saída da Universidade isso aí na lanchonete sorte que era 24 horas, eu pedi só um hamburguer e uma coca-cola.



• ஜ • ❈ • ஜ •




 Comi e quando estava saindo da lanchonete e Keitty atravessando a rua e foi correndo atrás dela. 

 -S/N: KEITTY! - gritei chamando a atenção dela

 -K: S/N - Me abraçou do nada.

 -S/N: Tá tudo bem? - olhei pra ela e ela estava chorando. - keitty?

 -K: Vamos entrar? Ti conto lá dentro. - segurou na minha mão. 

 -S/N: Claro - fiquei paralisada pensando em coisa ruim- Vamos. 

 Fomos andando e o caminho todo até o nosso quarto foi em silêncio, entramos e ela foi logo se sentando na cama. Tranquei a porta e sentei do lado dela.

 -S/N: Pode começar. - ficou um minuto de silêncio,  parecia que ela estava pensando por onde ela iria começar. 

 -K: Sabe aquele menino que falei que eu estava na casa dele? - assenti. - Então.. Eu já conhecia ele. 

 -S/N: Mas tu não falou que tinha conhecido ele num restaurante por aqui? - perguntei com uma sobrancelha levantada. 

 -K: Falei aquilo que era só pra bagunçar contigo. - Dei um sorriso ladino. - Eu vim pra cá pra Coréia ano passado e conheci ele, nós viramos grandes amigos... Mas com um tempo eu fui gostando dele, eu viajei pro Brasil e tive que ficar praticamente 4 meses sem ver ele, mas ainda nos comunicavamos por chamada a vídeo pelo computador. 

 -S/N: Entendi... Mas e ai? Por que cê tava chorando? - sinceramente eu estava muito preocupada. 

 -K: Nessa boate em que eu fui, eu estava com ele, e eu tava preocurando ele pra me despedi por que tu mandou eu vir embora. - ela parou um pouco e deixou uma lágrima escapar. - Eu fui atrás dele, eu fui lá pro estacionamento procura-lo. - ela deixou outra lágrima escapar, parecia que ela estava segurando o choro, por impulso peguei na mão dela ajudando ela á continuar. - E eu vi a pior cena da minha vida. - ela começou a chorar. - Eu vi ele aos agarros com a minha pior inimiga Mano!   

-S/N: Acalma-te meu anjo, não chore, ele não ti merece você sabe disso, não precisa ficar chorando por macho, por besteira, por um simples  descuido você vai se desabar em lágrimas? Ah por favor! Tem vários homens melhores do que ele por ai, homem que sabe valorizar. Ele é um escroto filho da puta. Se eu ver esse cretino na minha frente eu juro que eu vou enfiar uma faca no bucho desse cão.

 -K: s/n, como vou me acalmar sendo que ele sabia que Eu odiava aquela garota eu falava todas as vezes que eu odiava ela e ele sempre ia lá e me dava conselho e fazia eu levantar minha cabeça e pensar em coisas melhores e tal e aí ele vai e faz isso cara. - começou a chorar e novo.

 -S/N: amiga Levanta a tua cabeça agora ele não vai mais fazer isso por ti,  agora quem é que tá fazendo isso tudo por ti sou, coloca tua alto-estima pra cima mana não perde a tua postura de linda maravilhosa e gramulosa tu tem que mostrar para ele que com ou sem ele tu vai ficar bem, entendeu cara? EU TE AMO MUITO! Eu sempre vou tá aqui pra ti ajudar no que precisar. - abracei ela e começamos a chorar juntas. 

 -K: AAA, MUITO OBRIGADA. EU TE AMO TANTO!

 -S/N: Beleza, agora para de chorar e vai limpar esse rosto, vai tomar um banho e fiquei tranquila, que tudo isso passa. Ok? - ela assentiu e foi para o banheiro. 


Notas Finais


Bejo mores.💜

Relevem os erros🌸

~Não desistam de mim♥~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...