1. Spirit Fanfics >
  2. A Crush On My Boss - (Chanbaek) >
  3. Capítulo 17

História A Crush On My Boss - (Chanbaek) - Capítulo 17


Escrita por:


Capítulo 17 - Capítulo 17


No dia seguinte

A amanhã de Baekhyun avia sido bem calma. Ele acordou, tomou seu banho, e se arrumou. Saiu do apartamento, e foi até um cafeteria, para comprar um frappuccino. E seguiu para seu trabalho. Optou por ir a pé, já que tinha saído cedo de casa.

Chegou na empresa e subiu para o andar onde trabalhava. Entrou na sala, e a mesma estava vazio. Chanyeol ainda não avia chegado.

Então o Byun aproveitou para ficar a sós com seus pensamentos. Estava muito confuso sobre o que avia ocorrido na noite anterior. "O que somos agora?", "Será que ele só me beijou por impulso?", "Quem era aquele mulher?", esses eram os que mais se repetiam na cabeça de Baekhyun.

Se sentou em sua cadeira, e passou a fazer alguns trabalhos, revisar alguns contratos, carimbar alguns documentos, e relé alguns termos da empresa. Estava tão concentrado no que estava fazendo, que nem percebeu quando Chanyeol entrou na sala.

- Oi... - diz e o menor da um pulo na cadeira, pelo susto que levou. E o mais velho ri da expressão alheia - Calma sou eu.

- Que susto... - respirou tentando normalizar sua respiração. - Não faz mais isso.

- Me desculpe... - puxou o menor, que se levantou da cadeira, se aproximando do mais alto, e sendo abraçado pela cintura. - Não queria lhe assustar. No quê tava tão concentrado?

  -Em alguns documentos, e termos da empresa. - diz, enquanto Chanyeol passava seu nariz, em seu pescoço, o fazendo se arrepiar.

- Dormiu bem? - inquiriu, ao deixar beijos calmos no pescoço alheio.

- Muito e você? - recebeu um assenti do mais velho, o fazendo da um sorriso frouxo.

Derepente escutam batidas na porta e se afastam imediatamente. Chanyeol ando até sua cadeira, e se sentou. Baekhyun voltou a se sentar em sua cadeira. Park logo deu permissão para que a pessoa entrasse.

- Senhor Park, a Senhorita Ji-Eun está aqui. - a secretária diz ao abrir a porta.

- Mande ela entrar. - a secretária fecha a porta por alguns segundos, e volta a abri-la, dando passagem para que Ji-Eun entrasse.

- Bom dia, Chany. - anda até a cadeira do mais novo, e se senta no colo alheio. - Tava com saudades de você. Por quê não foi me vê ontem?

- Eu tava em uma reunião. - levou o olhar para o menor, que o encarava incrédulo, mas logo desviou seu olhar para os documentos em sua mesa.

- Você poderia ter indo lá para casa. - diz se ajeitando no colo do maior, o puxa pela nuca, e deixa um beijo um pouco demorado nos lábios alheio.

- Ji... Ji-Eun! - interrompe o beijo. - Não estamos a sós. - a mesma olha ao redor da sala, e vê um Byun, um tanto nervoso por estar naquela sala, naquele momento.

- Ah, desculpe-me. - se levanta, e vai em direção a mesa de Baekhyun, faz uma reverência, e estender a mão. - Prazer Lee Ji-Eun, mas pode me chamar de Iu.

- Prazer Iu. Sou Byun Baekhyun. - retribuí o aperto de mão alheio, e sorriu fraco, ao ter sua mão livre. Se senta novamente.

- O que vamos fazer hoje? - anda novamente até o mais novo, que a impede de se sentar de novo em seu colo, fazendo a sentar na cadeira em frente a mesa.

- Nada. Estou muito ocupado. - diz levando sua até para a tela do netbook.

- Sério?!... - suspira, cruzando os braços. - Tem certeza que está muito ocupado, posso fazer algumas coisas que você adora hoje. - fala de forma manhosa.

- Iu! Já falei que não estamos a sós! - bate na mesa, e a mesma revirar os olhos com o ato.

- Que foi?! Ele é só um funcionário! - olhar para Baekhyun, e retorna o olhar para Chanyeol.

- É... Licença, eu vou pegar um café para mim. Querem alguma coisa? - indagou com uma carinha triste no rosto, que não passou despercebido aos olhos do mais velho.

- Capuccino, para mim. - diz a mais velha.

- E o Senhor? - disse em um tom explícito.

- Nada, Baekhyun. Obrigado. - o menor ao ouvir sai da sala, e bate a porta.

- O que deu nele? - inquiriu ao vê o ato do Byun.

- Ele só não tá tendo uma boa manhã. - se encosta na cadeira, e massageia as têmporas. - Fala logo o que você veio fazer aqui? 

Meus pais querem que você vá jantar lá em casa amanhã... - diz se levantando, e pegando seus pertences. - E não adianta recusar.

Ela sai da sala antes que Park podesse dizer algo coisa



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...