História A culpa não é minha... - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Culpa, Magia, Mistério luta, Suspense
Visualizações 9
Palavras 396
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Me empolguei . É que eu tinha que postar .

. Tô amando deixar a valerie atrevida e as vezes tímida. ❤
No próximo vai ter o treinamento com Elizabeth. Fiquem ligados

Capítulo 10 - Namorado de mentirinha ...


-Como é que é?!

Isso definitivamente não era para ter saído deste jeito .

Ele soltou meus pulsos e me olhou confuso

- Não , não é o que você está pensando, só vamos fingir, Não que eu não queira te namorar de verdade , NÃO , eu não quero , quer dizer ... -

Que droga aconteceu aqui ?!

Sua expressão confusão só aumentou mais ainda.

- aconteceu que eu disse para minha irmã que estou namorando e vou levar meu namorado para jantar amanhã aqui em casa . Mas eu nao tenho um namorado -

Ele demorou alguns segundos para entender. 

Lerdo

- ah não , você só me mete em problemas. -

-por favor, faço o que você quiser , só me ajude neste problema . Minha irmã é uma idiota, so quero que ela me deixe em paz -

Até hoje odeio implorar

- ok . Mas você vai ficar me devendo duas -

Eu não mereço

- você é incrível -

Me arrependi de falar isto

- eu sei - falou passando uma mão nos cabelos , os bagunçando .

- ok , ok , agora temos que ir para …-

A porta do meu quarto é aberta me interrompendo

Tem como tudo isso piorar ?

- filha , seu pai e eu vamos . .. quem é esse ? -

E eu travei . Nenhuma palavra saiu da minha boca

- sou o namorado dela , David , muito prazer senhora Taylor -

Minha mãe ficou radiante .

- oh , sem formalidades , pode me chamar de Letícia .

E la estavam eles conversando , enquanto eu ficava com cara de taxo .

- David , temos que sair . -

- oh , claro amor , até amanhã dona Letícia! -

Só foi sair de casa que começamos

- amor ? Sério isso ? -

- somos namorados meu bem -

- de mentirinha , querido -

- eu sei . E só para destacar . Você é uma péssima atriz -

-eu nunca namorei , idiota . -

- eu sei , sua mãe me contou várias coisas sobre você , incluindo que você é uma assassina , espero que não me mata uma bala no meio da minha testa se eu conversar com outra garota -

Arregalei os olhos .

- eu ja enterrei aquela história, junto com aqueles homens - falei fria

- perdão madame.

- tanto faz .-



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...