História A Dama do Inferno-Jenlisa (G!P) - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Blackpink
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Personagens Originais, Rosé
Tags Chaelisa, Chaesoo, Hentai, Jenlisa, Lisoo
Visualizações 83
Palavras 1.107
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Drama (Tragédia), Droubble, FemmeSlash, LGBT, Mistério, Misticismo, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yuri (Lésbica)
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 5 - A História de Chaeyoung Final


Fanfic / Fanfiction A Dama do Inferno-Jenlisa (G!P) - Capítulo 5 - A História de Chaeyoung Final

Rose estava na escola com o boneco de palha em sua bolsa ,indecisa sobre o que fazer, não sabia se era certo e mesmo que fosse não queria ir para o inferno quando morresse, afinal ela era uma pessoa muito boa era injusto certo? Mas ela queria se livrar de Wendy.

Ela estava pensativa na sala de aula enquanto o professor falava até que um tumulto perto da onde ela sentava lhe chamou a atenção

—Soube que ontem a noite roubarão o shopping da cidade–Disse um dos garotos

—E eu soube que foi dessa sala

Rose não acreditava no que ouvia,mas sua atenção foi para a porta da sala que se abriu de forma brusca.

—Park Chaeyoung?–O diretor chamou com voz grave–Na minha sala imediatamente!

Ela assentiu, pegou sua bolsa e foi para a sala do diretor, chegando lá ela se sentou e por algum motivo ela temia do que estava por vir.

—Park Chaeyoung vou ser direto –O diretor disse–Ja chamamos até sua mãe

—Oq!? Por que?

—Como me explica isso!?–Disse mostrando a foto dela com um homem mais velho que Wendy a obrigou dar em "cima"

—Mas... Como...?

—Sinto muito, é uma pena você é um exemplo de aluno mas você sabe das regras! Se envolver com cara mais velhos é inadmissível! E dessa maneira a única consequência que posso te dar e cancelar sua vaga para a faculdade.

—NÃO!!!–A mãe de Rose apereceu–Por favor direto eu lhe imploro! É o sonho dela.

Rose viu sua mãe ajoelhar aos pés do diretor emplorando a ele, e aquilo foi demais para Chaeyoung.

              [X]

Chaeyoung pisava forte até o terraço sabia que Wendy estava lá , quando viu a garota deu um empurrão nela

—Qual é o seu problema !?

—Eu é que pergunto!? Você chega aqui me empurrando tá pensando que é quem!?

—Voce!? Por que!? Por que está fazendo isso comigo! Por sua causa eu não vou mais para a faculdade! O que eu te fiz!

Wendy revirou os olhos e dessa vez foi ela quem empurrou Rose que caiu no chão e o relógio que sua mãe lhe deu que era de seu pai foi para o chão e Wendy pisou em cima.

—Não....–Rose disse com lágrimas nos olhos

—Voce merece isso! Por sua causa eu perdi a minha vaga na faculdade! Mas agora ela vai ser minha–Wendy disse e puxou o cabelo de Rose–Você é uma aberração !

Ela foi embora largando Rose lá, ela se arrastou até o relógio e o colocou sobre o peito se lamentando.

—Nao chega! Isso foi demais!

Foi até sua bolsa e pegou o boneco, suspirou fundo e puxou a fita vermelha, uma rajada forte de vendo envolveu Rose e o boneco virou pó em sua mão.

Estava feito e agora não tinha mais volta.

              ~°~

Wendy estava na frente da escola tinha mandado mensagem para Rose ela queria se vingar da garota por tela tratado daquela maneira, já era noite umas 22:00 para ser exato.

—Droga cade essa garota!?–Wendy esbravejou e viu um vulto passar.

Olhou para trás e viu Rose que caminhava com lentidão para dentro da escola que agora estava toda escura, Wendy sorriu achando que aquilo era uma tentativa de tentar assusta-la.

Entrou para dentro da escola com um sorriso maldoso os corredores esram escuros iluminados apenas pela luz da lua.

—Chaeyoung...? Cadê você ?

Ela continuou a andar e então sentiu um cala frio lhe atingir ao chegar no corredor do laboratoria de química, passou a mão por seus braços e suspirou e quando voltou seu olhar para frente tomou um sustou ao ver sua amigas sem olhos.

—Voce gosta de maltratar as pessoas não é Wendy?–Falava as duas juntas–Por que faz isso com Rose Wendy por que!?

Falaram e deram um passou para frente, e Wendy recuou já se tremendo

—Q-quem são vocês!?

As duas viraram a cabeça para o lado e então a cabeça de ambas caiu no chão fazendo Wendy atregalar os olhos

—Aberraçao! Aberração!–Repetia as cabeças agora no chão.

Wendy gritou e sai correndo sem rumo deixando para trás Jimin e Jungkook rindo do pavor na garota.

Após um tempo correndo ela já estava ofegante e parou próximo às escada para respirar e então sentiu algo puxar seu braço

—Oi docinho–Dahyun falou próxima a ela com um ar sombrio

—Quem é vc!? Me solta!!!

—Nos? Nos somos seu pior pesadelo –Jimin disse simplista

—Por que fez aquilo com Chaeyoung?–Dahyun perguntou ainda segurando a garota.

—Ela mereceu!

—Entao não se arrepende de seu pecado?–Jungkook perguntou

—Nem um pouco!

—Tsc tsc–Dahyun balanço a cabeça negativamente.–Voce ouviu isso dama?–Disse olhando para trás

Wendy virou a cabeça para trás avistando Lalisa seu cabelos negros e longos com a franja da mesma cor, a pele impalidecida, um dos olhos vermelhos como o sangue e o outro todo negro como um de uma pessoa possuída pelo demônio, em seu corpo usava um Kimono roxo florido e em seus braço carregava um pulseira com um sininho pendurado, onestamente poderia dizer que a mulher havia saído de um filme de terror daqueles pesados que envolvem possessão.

Lalisa se aproximou de garota e passou os dedos suavemente pelo seu rosto e Wendy estremeceu ao sentir os dedos gelados da mulher de cabelos negros.

—Pobre sombra envolta em escuridão, tuas ações trazem dor e sofrimento a humanidade–Disse de forma calma sem expressão–Tua alma vazia afoga-se nos teus pecados de que forma desejas ver a morte?

Dito isso Wendy sentiu uma dor no peito e gritou, Lalisa estendeu o braço com a pulseira fazendo o sino balançar e depois disso Wendy viu tudo preto.

Acordou muito tempo depois, tendo a visão que estava em um barco onde o rio não tinha cor e havia neblina por toda parte, e afrente avistou Lalisa remando calmamente.

—O que eu tô fazendo aqui!?

—Eu levarei essa dor para o inferno –Disse calma ignorando a mulher enquanto passavam pelo templo que dava acesso ao inferno .

             [X]

Era um novo dia, Rose estava saindo da relojoaria e seu relógio estava novo em folha, e para a sociedade era como se Wendy nunca tivesse existido, apenas ela se lembrava.

—Obrigada!–Agradeceu ao relojoeiro

Ela saiu e logo avistou sua mãe na feirinha, lhe abraçou com um sorriso.

—Que bom que concertou querida–A mãe sorriu

—Mamae se importasse eu fizer a prova para a faculdade de novo?

—Eu sabia que diria isso, seu pai teria orgulho de voce–Deixou um selar em sua testa

—HEY ROSE VAMOS LOGO!!!!–Jisoo gritava

—ESTOU INDO!!!

Rose saiu correndo para calçar Jisoo e Jennie enquanto seus cabelos balançavam ao vento com a brisa fresquinha anunciando a primavera, agora ela estáva livre de sua tortura e esse segredo era dela.

Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...