História A Dama Do Tráfico - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Barbara Palvin, Chaz Somers, Justin Bieber
Personagens Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Barbara Palvin, Drama, Justin Bieber, Revelaçoes, Romance, Segredos, Traição
Visualizações 189
Palavras 2.782
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Chamaaaaaaaa Fio

Estudos afirmam que eu sou louca

Hj tem treta...

Leiam as notas finais

///!!!!!

Capítulo 12 - Sangue Amaldiçoado


Fanfic / Fanfiction A Dama Do Tráfico - Capítulo 12 - Sangue Amaldiçoado

--- Eu não tenho família -fala Josh-

                   FLASHBACK ON

   Estava na casa do Justin, quando Pattie me trouxe um álbum de fotos, nele estavam as fotos antigas de Josh e Justin

      ---- Essa foi tirada no parque de diversões, era a primeira vez dos dois -fala Pattie rindo- Essa o Josh tinha 17 anos, foi quando se meteu com más companhias

      Fala me mostrando a foto de um garoto que parecia muito com o Justin, era simplismente idêntico

                  FLASHBACK OFF

    ---- Eu te quero tanto -fala me agarrando-

      ---- ME SOLTA -grito mais em vão-

    ---- O Justin vai me pagar por ter te tirado de mim -me prensar na parede-

      ---- Você não teria coragem de matar seu irmão -ele rir-

     ---- Por você eu sou capaz disso -ele fala na maior naturalidade-

          Desgraçado

    Tenta me beijar, mais viro o meu rosto, logo ele vira o meu rosto novamente e me beija, em nenhum momento eu correspondi, deixando o mesmo irado

      ---- ME BEIJA CARALHO -fala dando um tapa ardido na minha cara-

      Se ele não estivesse me prensando eu teria caido com tudo no chão

     Logo ele tenta me beijar novamente e eu cedi, pois eu não podia fazer nada, se eu negasse, ele iria me bater mais aibda ou até mesmo me matar

     Ele beija bem, confesso, mais ainda prefiro os beijos calorosos de Justin

      ---- Quero sentir você sentando no meu pau -fala no meu ouvido e aperta um dos meus seios-

       Ele imediatamente me joga na cama e sobe em cima de mim beijando o meu pescoço

       ----- PARA -grito ofegante-

     Saio da cama correndo, quando ele estava se preparando pra vim atrás de mim, a porta é brutalmente jogada ao chão, e logo vejo Justin e Victor e Roggero entrando

      ---- Justin -abraço o mesmo-


                Justin Bieber Pov's

     Cheguei na mansão irado por não ter trago a Angel, porra, eu fui burro o suficiente para entrega-la de bandeja ao 'L' , mais aquele filho da puta vai pagar, Ah se vai

      Pedi pra Gertrudes dar um banho em Hannah  e lhe dar tudo que pedir

       Lilly ficou desesperada quando entrei na mansão apenas com Hannah

     ---- Cadê ela? -fala pegando Hannah no colo-

     ---- Ele a levou -falo com a cabeça baixa-

     Ela não fala nada apenas começa a chorar, Chaz ficou na sala para consolar

     Mia ficou triste e chorou também, disse que iria ajudar, mais eu neguei, é muito perigoso

      Fui para o escritório acompanhado de Victor, Jarden , Roggero, Nolan e Ryan

      ---- Mano, nós precisamos desenrrolar esse bagulho -fala Victor sentando- Esse cara mexeu com a gangue errada

    ---- Temos qua agir agora-fala Roggero-

     ---- Temos que ter um plano, pois não sabemos onde eles estão -fala Nolan-


       ---- Me dar um mapa que contem apenas o continente Americano?

    ---- Aqui -fala Ryan e lhe entraga o mapa-

     ----- Estamos aqui -marca com a caneta- Uma vez eu me encontrei com L aqui, em uma casa da sua propriedade, foi lá que negociamos as drogas e armas

     ----- Ela deve estar lá -falo levantando-

   ----- Sim, mais temos que nos preparar -fala Jarden-

         Pegamos mais dez fuzis, coletes a prova de balas e mais outras armas

      Entramos nos nossos carros e fomos rumo ao lugar que Roggero indicou

      Estacionamos um pouco longe do lugar, e fomos a pé até a casa, tinha uns 10 seguranças ao redor da casa

           Os meninos e as gangues foram na frente, eu fui atrás, eu quero pegar o filho da puta e vou mata-lo da pior maneira possível

     ----- Passa a visão -falo na escuta que usamos para nos comunicar-

      ----- Parece que a casa tá limpa -fala Chaz-

             Eu achei uma escada  e fui descendo lentamente até chegar em um corredor que tinha mais ou menos umas cinco portas, fui arrombando cada uma delas, até chegar na última

      ----- Encontrei, preciso de apoio -falo na escuta-

       Logo Victor e Roggero chegaram, perguntei por Jarden e o mesmo disse que havia levado um tiro na perna e um Vegan levou ele para o hospital

Arrombamos a porta e encontrei Angel no canto e.... Josh?

      ----- Justin -Angel corre e me abraça-

    ---- Levam ela para fora daqui -falo e a mesma me olha-

     ---- Eu não vou te deixar aqui -fala chorando-

     ---- Faz o que eu tô mandando porra -falo irritado-

      ---- Vamos ficar do lado de fora, caso precise de assistencia parceiro -fala Victor e eu afirmo com a cabeça-

     Logo eles sairam deixando apenas eu e Josh no sótão

     ---- Que brincadeira é essa -falo não acreditando-

      ---- Olha só, se não é o meu irmãozinho -fala rindo- olha o que você se tornou, estou orgulhoso

     ---- Você... você está vivo -falo caindo uma lágrima no meu rosto-

     ---- Sim, estou -fala- e você se tornou tudo que eu queria, um traficante que comanda a maior gangue de Las Vegas, o seu único problema foi ter se envolvido com a Angel, a mulher que eu amo

     ---- Como você pôde fazer isso com sua família? -falo ofegante- você nos fez sofrer esse tempo todo ao redor de um túmulo vazio, qual o seu problema?

     ---- O mesmo que o seu -fala- ainda bem que você deixou de ser policial porque agora, pra eles você é só uma aberração... Como eu -ri fraco-

     ---- Você é um filho da puta mesmo -falo sentindo nojo-

     ---- Ainda bem que somos irmãos -me lança um olhar desafiador-

      ---- Me avise quando começar a levar as coisas mais a sério -falo levantando o fuzil-

      ---- Não leve a vida muito a serio, você não vai sair vivo dela! -fala rindo-

    ---- Você é doente

   ---- Eu sempre estava ali, do seu lado -fala sentando na cama- o tempo todo cuidando de você, Você vê, mas não observa.

      ---- Eu devia te matar -falo apontando a arma pra ele- pelo menos agora você morre de verdade e em vez de chorar, eu vou soltar fogos e fazer uma festa

      ---- Atira -fala abrindo os braços- vamos

      Não falo nada, apenas saio do quarto, eu não estava conseguindo raciocinar, o irmão que eu jurava que estava morto, era líder de uma gangue , e o pior que ele forjou sua própria morte apenas pra se ver livre da famili, confesso que foi muito esperto da parte dele

      ---- Hey Justin, você acha que isso acabou? -fala Josh na porta com um aparelho na mão- eu explodir esse caralho todo, espalhei bombas pela casa toda e você vai morrer aqui -ri alto- imagina, você morto, enquanto eu estarei transando com a gostosa da tua mulher, dando um prazer que você não dar a ela

        Meu sangue ferveu, minha vontade era de matar esse filho da minha mãe, mais vou me controlar, é sangue do meu sangue porra. Se eu matar ele, de alguma forma eu irei derramar o meu sangue também

      ---- E sua filha? -continua- Puta merda, vai ser um prazer ouvir aquela princesa me chamando de pai

     ---- Quer saber? -rio sem graça- vai te foder -mostro o dedo do meio pra ele e saio andando-

       Resolvi sair pela porta de trás, quando eu fecho a porta de trás de mim chegando a um pequeno jardim, ouço um barulho e creio que a parte do sótão já havia explodido, corri e logo senti pequenos um baque sobre meu corpo pois eu havia caído no chão

     Eu vi aquela casa pegando fogo, eu logo senti a maior tristeza do mundo, o meu irmão havia morrido de verdade, ou pelo menos eu acho


                  Angel Wayne Pov's

     Victor e Roggero me levaram pra fora e logo Nolan, Ryan e Chaz vieram me abraçar

     ---- Você está bem? -pergunta Chaz-

   ---- Ele te machucou? -foi a vez de Nolan falar-

      ---- Deixem ela falar seus putos -fala Ryan-

       ---- Eu estou bem, apenas estou preocupada com Justin, ele ficou lá dentro -falo chorando novamente-

      Quando nós nos viramos, uma grande explosão aconteceu, logo vimos a casa toda pegando fogo

       ----- JUSTIN!! -grito chorando tentando sair dos braços de Nolan, pois o mesmo me impedia de entrar na casa-

       ---- Justin? -fala Roggero na escuta- Justin?

     ---- Vamos fazer a limpa ao redor da casa -fala Victor-

      Logo avistei Justin saindo da parte de trás da casa, ele estava arrastando a perna, provavelmente havia quebrado

Corri e o abracei

     ----- Achava que não estava mais entre nós -falo e dou vários selinhos nele-

     ----- Eu ainda vou viver muito, te garanto -fala e dar um sorriso-

      Logo ouvimos cirenes, todo mundo correu para os seus carros e saimos cantando pneu

             MANSÃO WAYNE BIEBER

      Justin foi na frente com os meninos, e eu fiquei babando o meu jardim, achava que eu não iria vim aqui nunca mais

      Voltei pra mansão e vi Lilly desesperada batendo em Chaz e Justin e os dois só riam

       ---- PORRA, VOCÊS ESTÃO RINDO DE QUE? A MINHA AMIGA MORR... -ela para de falar assim que entro na porta-

        Ela me dar aqueles tipicos abraços de urso, eu não morri na mão do L, mais acho que Lilly vai me matar com esse abraço

      ---- Chega -falo rindo-

    ---- Deixa eu ver se você está inteira -fala me analisando- todos os dedos, as duas orelhas e ....

     ---- Eu tô bem Lilly -falo rindo-

   ---- Que bom que está bem -fala Mia vindo me abraçar-

      Eu correspondo o abraço e Lilly fica com a mior cara de cu

      ---- Minha querida -fala Gertrudes me abraçando, correspondo o abraço-

       ---- Cadê Hannah? -pergunto-

    ---- Está lá em cima dormindo -fala Mia-

      Eu subo e vejo lá a minha princesa dormindo que nem um anjinho

      Fico um tempo admirando ela e depois dou um beijo nela e vou pro meu quarto tomar um longo banho, chego no mesmo e já tem alguém no banho, provavelmente é Justin

     Tiro minha roupa e vou totalmente nua ao banheiro, entro no box e Justin me olha e em um passo me agarra

     ---- Achava que tinha quebrado a perna -falo sacástica-

      ---- Eu caí de mal jeito e torci o pé, nada de mais. Vou ficar bem -fala distribuindo beijos pelo meu pescoço-

      Ele me preciona no vidro do box e coloca meus braços pra cima e os segura apenas com uma mão, a outra ele pega o meu rosto e me beija com toda fúria

       Em seguida ele levanta apenas uma perna e me penetra, a água que descia do chuveiro ajudava na lubrificação

        Ele gemia no meu ouvido me deixando mais louca ainda

          Gozamos e terminamos de tomar banho em paz, tirando as mãos bobas de Justin quando me passava o sabonete

            Vesti um vestido soltinho e uma melissa qualquer e desci, estavam todos na sala rindo e conversando, até Gertrudes estava no meio

      Victor, Roggero e Jarden iriam dormir aqui, ah! O tiro de Jarden foi de raspão então ja trouxemos ele pra casa

      Sentei ao lado de Lilly que me abraçou de lado, e Justin sentou ao meu lado, ele estava em um calção jeans e uma camisa manga curta cinza

       ---- Vamos fazer uma festa amanhã? -propoe Mia-

      ---- Legal amor -fala Ryan-

     ---- Bora fazer um baile funk nessa bagaça -fala Victor e Justin, Ryan, Nolan, Roggero,Jarden e Milena olham sem enteder nada-

      Como Eu, Lilly e Mia erámos brasileiras, conhecíamos muito bem

       ---- Pode ser -falo- não curto funk mais vai ser legal

       ---- Eu também não curto, mais se rolar Michael Jackson eu vou -fala Lilly-

      ---- Rock In Roll na veia -fala Mia e tidos riem, menos Lilly-

      ---- Pois vamos fazer um baile diferente tá ligada? -fala Victor- faz uma suruba de músicas

     ---- Gostei -dou um sorriso-

    ---- Ae fião -fala Mia-

    Logo todos começaram uma conversa entre si, Justin conversava com os meninos e eu fui com as meninas para a cozinha

      ---- Que cara maluco -fala Lilly-

   ---- Ainda não acredito, o cara era irmão do Justin? -Lilly pergunta e eu confirmo com a cabeça-

       ---- Parece coisa de novela -fala Gertrudes-

        Milena em nenhum momento tentou se aproximar de nós, ficava toda hora em cima do Nolan, isso estava me deixando irada

      ---- Aquela garota não sai mais da cola do Nolan -reviro os olhos-

        ---- Verdade, Ela é muito chatinha -fala Mia- se tu tivesse visto a frescura dela

     ---- Todos estavam aflitos e ela na maior frescura aqui -fala Lilly-

   ---- Ela queria me fazer de empregada dela -comenta Gertrudes- ela me pediu um copo de água e eu fui buscar com prazer, assim que cheguei, ela me mandou voltar porque queria suco de laranja natural

     ---- Ela que beba suco de laranja no inferno -falo irada-

       ---- Parece que ela ainda é virgem, e não liberou ainda pro Nolan -fala Lilly rindo-

       ---- O QUE? -grito espantada e começo a rir-

      ---- Vi Nolan comentando com Chaz lá em casa -ri-

      ---- Mais eles estão juntos apenas dois anos -fala Mia- quem consegue ficar dois anos sem sexo?

     ---- o Nolan é o tipo de cara que não liga só pra sexo -fala Lilly e eu confirmo-

      ---- Fiquei sem transar com Ryan por um mês e ele me traiu -comenta Mia-

     ---- Eu não sei se Justin me trai, mais é bem provavel que não -comento-

      ---- Vou ver se Hannah acordou -fala Gertrudes-

      ---- Acho que ela só vai acordar quando o dia clarear, pois agora que são 02:30 da manhã, se quiser ir dormir, está liberada

      ---- Pois boa noite a todos -fala e quando ela fechou a porta da cozinha escuto a voz de Milena-

     ---- Eu tô com fome -fala-

  ---- O meu horário de trabalho acabou a horas dona Milena, só estou acorada agora porque estava preocupada com a dona Angel-fala Gertrudes-

      ---- Tô pouco me fodendo, entra na porcaria dessa cozinha e faz o que eu tô mandando -fala grossa-

     Meu sangue ferveu, as meninas me olharam, e eu sai da cozinha com tudo assustando Milena, acho que ela não sabia que eu estava na cozinha

      ----- Tu tá surda ou tá com o ouvido no cu? -falo irritada- ela não é tua empregada então fala direito com ela ou eu arranco esses teus cabelos ai. pode ir Gertrudes, se ela está com tanta fome assim, ela vai entrar na cozinha e vai fazer alguma coisa com as próprias patas dela

      ---- QUEM TEM PATAS É VOCÊ VADIA -grita-

      ---- NÃO CHAMA ELA DE VADIA SUA CAPIVARA -grita Lilly, se fosse em outra cituação eu teria rido que nem louca-

      Como Lilly é baixinha, ela foi pra cima da Lilly e eu a puxei pelos cabelos

       ---- Pra onde você pensa que vai? -falo a segurando pelos cabelos-

     ---- ME SOLTA SUA PUTA DESGRAÇADA -grita e me pega pelos pés me fazendo cair-

      Ela sobe em cima de mim e começa a me dar tapas, Mia e Lilly tiraram ela de cima de mim e jogaram no chão, subi em cima dela comecei a lhe dar murros na cara

      Os meninos chegaram assustados

     ---- Que porra é essa? -pergunta Justin rindo-

      ---- NOLAAAAN, ME AJUDA -a vadia grita-

      ---- Para Angel -Nolan me tira de cima dela e me segura pela cintura, creio que ele queria tirar uma casquinha de mim na quele momento-

      ---- Isso foi pouco -falo enquanto vejo Victor e Ryan levantar a mesma-

     ---- Rala daí Ryan, ela sabe se levantar -fala Mia puxando Ryan-

      ----- Já pode soltar minha mulher Nolan -fala Justin tragando um cigarro de maconha-

      Nolan me solta e eu vou onde Mia e Lilly e abraço as mesmas

     ---- VAMOS EMBORA NOLAN -fala a vadia toda descabelada, o nariz dela estava saindo sangue-

     ---- Alguém aqui me fala o porque da briga? -pergunta Chaz-

     ---- Essa vadia ai tratando mal a Gertrudes -fala Mia-

       ---- Ela mereceu cada murro que eu dei nessa cara cínica dela -falo e eu e as meninas rimos-

    ---- Essa briga de vocês me excitou pra caralho -fala Nolan-

     ---- Confesso que também fiquei -fala Justin rindo-

      ---- Nada é mais excitante que briga de mulher -fala Chaz-

     ---- Tem razão -fala Jarden-

    Fomos todos para a sala e Nolan foi embora com a puta da namorada dele

      Justin ria, mais eu sei que ele não estava feliz e  eu percebia isso

       ----- Você está bem? -sussurro-

    ---- Sim -fala me fala olhando-

     Falei que iria dormir, Jarden e Victo faz o mesmo

    Dei mais uma olhada em Hannah e fui dormir, ja estava dormindo quando senti Justin me envolver em seus braços

     ---- Todos já foram dormir? -pergunto-

   ---- Sim -fala e logo pego no sono-


              (...)

 

   




     

    

    

    

     

 



Notas Finais


Desculpa a demora pra postar, eu sou pobre então eu só posto quando estou com internet! Kskksksksk

Estou com muitos capitulos acumulados, quero postar logo uffa ksksksk bye


Xoxo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...