1. Spirit Fanfics >
  2. A Dança Da Minha Vida >
  3. Pode contar comigo

História A Dança Da Minha Vida - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Oi gente mais um capítulo 🧡

Capítulo 10 - Pode contar comigo


Fanfic / Fanfiction A Dança Da Minha Vida - Capítulo 10 - Pode contar comigo

Acho que essa foi a primeira vez que Draco chorou em sua vida.

Ela tinha achado outro? Desde quando? Desde quando estavam juntos? Ele foi traído?

Essas perguntas só o fazia chorar mais, fazendo sua dor de cabeça aumentar. Tinha ido ao seu escritório, e lá ele desabou completamente

4 anos com ela. Eles estavam noivos , iam se casar, os preparativos já estavam prontos. O lugar, a comida, os convidados e até mesmo a aliança.

Porque ela foi embora? Ele sempre fez de tudo para mante- lá por perto e não adiantou nada. 

Ligou para os preparadores do casamento, para cancelar tudo e depois , mandou seu secretário vender a aliança para um joalheiro.

Teria que esquecer dela. Teria que seguir sua vida. Se dedicar a Slytherndor e seus amigos.

 Escutou batidas na porta e disse "entre" 

Hermione entrou e arregalou os olhos ao ver o estado em que Draco se encontrava. Seus olhos estavam muito vermelhos, ele havia chorado, tinha profundas olheiras roxas debaixo de seus olhos, seu rosto estava mais pálido do que o normal, seus olhos estavam tristes , sem vida.

- Draco! O que aconteceu? Você tá bem? Precisa de alguma coisa?- Hermione correu até ele

- Tudo bem sim, eu só, não dormi muito bem- disse ele. É claro que ele não iria dizer a ela, eles não tinham intimidade, mais ela queria ter, queria ajudar ele.

- Bem, tem um senhor querendo falar com você na sala de Harry- disse ela abaixando a cabeça

- Obrigado, já estou indo


   *****************

- Bem, como já expliquei ao senhor Potter, o torneio é onde você se apresenta, para competir com outras duplas e grupos. Gostamos do que vimos ontem, vocês dançaram muito bem e as três últimas garotas também, queria saber se gostariam de participar do torneio? O vencedor ganhará 20 mil dólares.- disse o dono do "torneio"

Eles só poderiam estar sonhando, 10 mil era a quantia exata que Sirius disse que precisava para não fechar a Slytherndor, além de pagarem o que devem, sobrará.

- Sim, claro que gostaríamos


  Finalmente uma boa notícia, ele estava tão feliz, que por um período, esqueceu de seus problemas. Ele queria mostrar que estava feliz , queria compartilhar isso com alguém, então lembrou- se dela, que perguntou se ele estava bem e se precisava de algo


- Hermione, conseguimos!- disse Draco correndo e abraçando a garota que ficou confusa

- o que conseguiu Draco?

- Sirius, o dono da Slytherndor, disse que precisávamos de 10 mil dólares para pagar o que devíamos , se não íamos fechar. E hoje apareceu um cara, dono de um torneio de dança, dizendo que gostaram das nossas apresentações de ontem, e perguntou se gostaríamos de participar, e que o prêmio era 10 mil, se ganharmos , com esse dinheiro conseguiremos pagar Sirius e ainda sobraria- disse ele sorrindo a cada palavra

- Meu Deus Draco! Que incrível!- disse Hermione abraçando-o 

Depois eles ficaram conversando sobre vários assuntos, até que os dois ficaram em silêncio. Hermione queria saber porque estava daquele jeito, queria ajuda- ló, mais para saber sobre ele, ela sabia que teria que deixar ele saber sobre ela.

- Sabia que meu pai ele tirou sua própria vida na minha frente? Eu tinha 15 anos- disse ela sorrindo amarga. Percebeu que Draco a encarava atento agora

- Como isso aconteceu?- perguntou ele com a voz baixa

- Meu pai era dono de uma grande joalheria, mais quando ela faliu, ele ficou doido. Afogava às mágoas com prostitutas e com bebidas , e chegou até me bater alguma vezes quando estava bêbado. Naquele dia, ele chegou da rua e foi ao escritório, percebi que algo estava errado. O segui até o escritório, e assim que cheguei lá, ele estava parado, no meio da sala, com a arma em suas mãos. Ele me viu e murmurou um "desculpa" e em seguida atirou contra si próprio- disse ela com lágrimas no canto dos olhos

- Eu sinto muito, de verdade. Você é incrivel. Conseguiu passar por tudo isso sozinha, mesmo depois de perder o pai e bem... A mãe- Draco disse dando um meio sorriso a ela

Eles ficaram em silêncio por um bom tempo, até Draco quebrar o silêncio

- Daphne foi embora. Ela não apareceu ontem para dançar, fui procura- lá em casa e não a encontrei, não tinha sapatos, roupas , maquiagens dela, nada! Sua irmã Astoria, me entregou uma carta, que ela me deixou, ela encontrou outra pessoa. Já estava tudo pronto para o casamento, até a aliança e ela foi embora- disse Draco despejando tudo

- Eu, sinto muito, Draco. Minha mãe sempre me dizia que uma coisa nunca sai da sua vida, se outra melhor não entrar. Você superar, você é incrível. Tem uma família incrivel aqui dentro e é dono de um lugar incrivel.- disse Hermione tocando lhe o ombro

- Obrigado Hermione. Foi muito importante para mim- disse Draco segurando em sua mão

- no que precisar pode contar comigo, sempre

Logo em seguida, chegou mensagem no celular de Hermione:


  *        Rony      *

Ótima notícia!

Vamos competir em um torneio.

O prêmio é de 20 mil dólares!

Esteja aqui às 16:00, vamos explicar melhor.



Notas Finais


Eai?💜
GALERA VÃO LA NA MINHA NOVA HISTÓRIA, FAZENDO UM FAVOR🧡
https://www.spiritfanfiction.com/historia/maldita-carta-18509833


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...