1. Spirit Fanfics >
  2. A decisão que mudou minha vida (akatsuki) >
  3. Capítulo 2

História A decisão que mudou minha vida (akatsuki) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


dois capítulos no mesmo dia🤪😳

Novamente, essa fanfic não tem intenção de insultar ou atacar nenhum dos personagens incluídos.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction A decisão que mudou minha vida (akatsuki) - Capítulo 2 - Capítulo 2

— Tudo bem, já que é uma missão eu aceito — Eu disse parecendo estar com a situação em minha mão, mas não era isso.

— Isso é ótimo, deixe-me dizer o que você fará?! Bom, você deve fingir que fugiu da aldeia, pode inventar o que quiser... E diga que não tem pra onde ir, eles devem te dar abrigo — Tsunade-sama disse.

— Entendido, mas antes... A senhora poderia me dizer qual seria o meu time a partir de agora? — Perguntei.

— Claro, você ficaria no time sete... Mas essa missão não te impede de se aproximar deles — Ela disse — Terminando, tem algo que queira fazer?

— Sim! — Bolei um plano rápido — Eu quero lutar com cada um do meu novo time, se eles quiserem...

— Bom, por mim tudo bem... Sakura, já que você é do time sete ficará encarregada de avisar os outros — Tsunade-sama disse olhando para Sakura.

Nossa conversa havia terminado. Sakura e eu saímos da sala da Hokage e fomos até um possivel lugar onde Kakashi estaria.

— Hey, Kakashi sensei! — Sakura acenou para o mesmo, que se virou confuso.

Ele se dirigiu até nós duas e Sakura continuou.

— Eu tenho novidades... A S/n entraria no nosso time, mas ela tem uma missão nivel A, então ela não poderá — Sakura finalizou.

— Sério? Isso é triste, mas você vai para essa missão sozinha, S/n? — Ele me perguntou.

— Sim, só eu... Bom, já que estou aqui eu posso fazer o pedido. Eu quero lutar com você, Kakashi sensei — Terminei minha frase e pude o ver me olhando confuso.

— Desculpe, eu acho que eu não entendi —Ele disse.

— Antes de sair em missão, eu quero lutar com você e com seus alunos — Eu disse — Ouviu agora?

— Acho que é muito pra você, nosso time não é fraco e... — Ele respirou fundo — Quer saber? Tudo bem, vou avisar os meninos e te encontro no estádio.

Ele saiu em direção oposta a que estávamos.

— Nós duas não vamos lutar mais por hoje, né? — Sakura disse e eu sorri.

(...) No estádio...

Eu estava sentada no chão quando eles chegaram, Naruto com o enorme sorriso de sempre e Sasuke imprevisível... Nada incomum.

Primeiro eu lutei com Naruto, foi uma luta simples no começo, mas como a intenção não era matar ele não me machucou muito.

O segundo a lutar comigo foi o Sasuke, eu estava deixando o melhor pro final. É obvio que eu já não estava lutando tão bem, a minha luta com Naruto foi pesada.

Sasuke tinha bons movimentos e conseguia me acertar mesmo que eu me esquivasse, por isso levei tantos socos.

As primeiras lutas haviam terminado, nós combinamos de só usar o Taijutsu, e foi o que fizemos.

Ultima luta do dia, Kakashi. Ele não parecia prever meus movimentos, eu consegui acertar ele nas primeiras vezes. Em algum momento eu tentei o acertar, mas ele me derrubou e me deitou contra o chão, me deixando sem movimento nos braços e apertando minhas pernas.

— Ah... Kakashi, não — Ele me olhou e eu consegui inverter as posições, colocando ele no chão e prendendo seus braços e o enforcando.

Eu já estava cansada e certa de que já havia ganhado, mas uma grande quantidade de sangue começou a sair do meu nariz e pingou em minhas mãos, que acabaram sujando o pescoço de Kakashi.

Eu saí de cima do mesmo e comecei a limpar meu nariz. A Sakura veio em minha direção e comandou meus movimentos para que o sangramento cessasse.

— Ok... Acho que isso foi o bastante — Kakashi disse — Você vai para sua missão hoje? Isso é, se conseguir andar...

— Sim, preciso ir enquanto o ferimentos estão bem naturais — Eu me levantei e abracei a Sakura.

— Ei, espera um pouco... Você quis lutar com a gente pra se machucar? — Naruto perguntou confuso.

— Sim, em partes. Eu precisava ter ferimentos reais, senão eles não acreditariam — Eu disse me dando conta de que não havia dito nada sobre a missão — Bom, foi isso. Obrigada por aceitarem lutar comigo e agora eu preciso ir...

Kakashi me segurou pelo braço me olhando  no fundo dos olhos.

— Você não disse a missão que iria — Ele disse.

— Tudo bem... Sakura, você pode explicar por favor, sinto que estou atrasada — Eu disse.

Sakura concordou e eu me despedi de todos o mais rápido possivel e sai de lá.

Fui até a sala da Hokage e avisei que iria embora, pude ver alguns amigos e me despedi dos mesmos. Não sei quando vou vê-los de novo.

(...)

Agora sim, estou bem longe da vila e tenho algumas desculpinhas, eles precisam me dar morada.

Essa missão é mais perigosa do que parece.

Eu cheguei perto do esconderijo deles e me sentei lá, esperando que algum deles sentisse o meu chakra.

Depois de muito tempo, eu já havia cochilado, eu ouvi passos e vozes.

— Meu Deus, deixa ela aí Deidara — Uma voz masculina ecoou pelo local enquanto eu sentia algo tocando em mim.

— Hm...? — Abri meus olhos e pude ver um garoto loiro tocando meus ferimentos do rosto, então era isso que doía.

— Você acordou ela, Sasori — O garoto loiro disse fazendo o ruivo revirar os olhos irritado — Oi, mocinha... Você está perdida?

— NÃO por favor! — Eu gritei e o empurrei, um pouco de atuação salvará minha pele — Não me mata por favor, eu faço o que você quiser.

— Ei calma, eu não vou fazer nada com você... Nós queremos te ajudar — O loiro disse.

— Você é quem quer ajudar, eu não — O ruivo disse.

— Pff... Cala a boca, Sasori! Menina, eu não vou te fazer mal... Você está muito machucada — Ele tocou em um dos ferimentos, me fazendo recuar.

— Eu... — Eu não tinha mais imaginação, mas continuei — Ele fez isso comigo... Ele... Ele me machucou!

— Ele? Ele quem? — Ele olhou meu rosto e viu algumas lágrimas escorrendo.

A coisa ficou mais séria do que eu imaginei.

— Sasori, vai na frente! Eu preciso levar ela comigo — Ele disse ao ruivo, que olhou indignado, mas o fez.

Eu olhava o chão fixamente com vergonha, e senti seus braços me envolverem e logo ele me pegou no colo.Mesmo assustada e tentando entrar no plano, eu não recuei... Pela primeira vez, eu me senti confortável com um homem, depois do que o Danzou fez comigo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...