História A dirty killer and your lies - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Visualizações 2
Palavras 275
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Pansexualidade, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem,

Srutxh fkrudv?
hvwdv dshqdv dsuhqghqgr frpr r pxqgr h.

idfd-ph olpsr,idfd-ph vreulr.

dqwhv txh hx pdwh-r.


uhvwdp pdlv xp, ghvhmd FRQWLQXDU?

Shift-3-

Capítulo 1 - Querido diario


“Querido diário,

 

A maioria das histórias há um começo feliz, onde os personagens sorriem e estão em harmonia,entretanto, a minha não há.

 

Caramba,como eu sou mal-educada. esqueci de me apresentar...

meu nome é Sooji-kun, mas a maioria das pessoas me chamam de Soo.

Sou uma garota de 20 anos e tenho um irmão caçula de 3 anos chamado Ichi.

 

Há poucos anos atrás, sendo mais precisa, há 3 anos atrás, meus pais adoeceram.

A doença era extremamente perigosa e contagiosa então ambos tiveram que ser encaminhados à emergência o mais rápido possível.

 

Em meio á os esforços dos médicos, eles tiveram uma parada cardíaca e faleceram.

Eu não estava triste naquele dia por causa deles, por mim, poderiam ter morrido na hora do meu parto.

 

Eu estava triste por ver as lágrimas de Ichi escorrendo pelo seu rosto. Ele era tratado bem por meus pais, ou quase isso, eu e a minha irmã gêmea Saki fazíamos de tudo para ver um sorriso na face de Ichi, até fingir falso luto pelos nossos falecidos pais.

 

Bem, o por que que eu não gosto dos meus pa”

 

-Droga!- Exclamou soo - A tinta da caneta acabou…- seu tom de voz ficara cada vez mais baixo,demonstrando desânimo.

 

ela simplesmente concluiu que era melhor terminar aquilo depois, e se dirigiu à porta de casa...

 

Ichi estava na creche, a soo tinha um tempo para ficar em companhia consigo.

 

A mesma pegou uma garrafa de vodka e um cigarro. E  acendendo o cigarro, ela tomou vodka o bastante para a fazer dormir.

 

ela estava em um mundo invejável, o mundo dos sonhos, e nada poderia a deixar cabisbaixa agora.


 

Nada.


Notas Finais


Desculpa por esse cap ser muito curto @-@

bem...

até o prox cap


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...