História A Discípula do Leão - Capítulo 11


Escrita por:

Visualizações 109
Palavras 3.484
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aiolos resolve ficar com Saori e dá um basta no relacionamento com Tis pelo zap, deixando a menina entristecida e decepcionada.

Capítulo 11 - Tudo o que eu Sempre Quis


Fanfic / Fanfiction A Discípula do Leão - Capítulo 11 - Tudo o que eu Sempre Quis

Alguns dias se passaram e Aiolos não retornava pra casa. Aioria, indignado e entristecido ao ver a decepção da garota, se arrumou e, pegando seu carro, foi até a Mansão Kido sendo atendido pelo Tatsume. Não demorou muito, Aiolos chegou acompanhado por Saori.

Aiolos sorrindo ao ver o irmão: Maninho... Veio me ver, né? – Observando o olhar sério do irmão ele mudou o semblante – Aconteceu alguma coisa?

Aioria revenciou Saori e pediu permissão p conversar com  o irmão a sós, a qual foi concedida.

Aiolos fica assustado, afinal não seria atoa q seu irmão iria atrás dele assim: O q aconteceu? Tô preocupado...

Aioria com o ar de raiva olha pro Aiolos: Preocupado!? Preocupado tô eu com  Tis q há dias não se alimenta e não sai do quarto... Acho q o mais correto seri... – Aiolos interrompe

Aiolos com ar de desprezo: Por isso odeia ficar com cancerianas... Elas são mt emotivas e exageradas...

Aioria : Exagerada? Vc tem noção do q fez??? Aquela menina é mt forte irmão.. Ela pode ter até muito mimimi de cancerianos, mas ela tá arrasada! Vc terminou por uma mensagem de zap. Nem foi homem p conversar cara a cara com ela! – Aiolos olha p baixo envergonado – Vc achar cert o isso?

Aiolos sem graça: Eu não tive coragem... O q eu falaria? Q ela não é o meu tipo? Ou q ela é pouca demais p mim? Eu tinha muito desejo por ela, mas já acabou pq vi q ela não me satisfaria.

Aioria pucha a gola da blusa do irmão: Vc não consegue mesmo perceber o quanto ela é especial né? Ela é maravilhosa, carinhosa.. Ela é perfeita... Seu eu tivesse a sorte q vc tá desperdiçando não deixaria escapar! – Aiolos arregala os olhos – Qualquer um faria de td p te-la em seus braços e vc q a tem a despreza dessa forma... Se eu fosse vc... – Aiolos interrompe o irmão

Aiolos olha dentro dos olhos do irmão com olhar compadecido: Aioria, eu nunca percebi q vc a amava... Por que vc não me contou antes? Se soubesse nunca teria ficado com ela.

Aioria ficou encabulado com aquelas palavras proferidas por seu irmão, mas desconversou: Não mude de assunto! O negócio é q eu quero  saber o por quê de vc ter feito a garota se apaixonar dessa forma se vc n sentia o mesmo porela? Ou melhor... vc só queria mesmo era tirar a virgindade dela e depois a largar? É isso seu idiota!?

Aiolos se assustou com aquela delaração: Como? Ela perdeu a virgindade? Eu tirei???

Aioria  sacudindo o irmão: Não se faça de desentendido! No dia q vcs estavam no quarto e q eu ouvi ela pedindo p parar por causa da forte dor q estava sentindo... Nesse dia, após vc a jogar pra fora de seu quarto em meus braços nua envolvida num lençol como uma vagabunda ela foi até meu quarto deseperada pq havia perdido um pouco de sangue e não estava nos dias de sua regra!

Aiolos, espantado, ficou um tempinho em silencio e depois falou quase sem voz: EU tirei a virgindade dela? Porque ela não me falou?

Aioria soltou o irmão qd percebeu q ele estava tão assustado quanto a menina naquele dia: Vc não sabia? – Aioria ficou mudo por uns segundos e logo depois concluiiu olhando com desprezo p irmão – Também como ia perceber, se vc tava com Saori em seus braços, né?

Aiolos esfregou as mãos na cara: Como eu... q sacanagem eu fiz com ela!!! Eu só a tirei do meu quarto naquela noite por causa de suas batidas insistentes na porta... Eu fiquei puto pq vcc dava um de pai o tempo td.. Mas agora tá td se encaixando... – Aiolos olhou dentro dos olhos do irmão –Aquela super proteção era pq vc ama aquela menina e eu não percebi...Vc queria ela pa vc desde o início, não era? Eu fui mt egoita pq queria ela por 2 motivos... 1° era pq a garota me encantou com aquele corpo maravilhoso e 2° pq eu queria esquecer Saori.

Aioria sem graça tenta esconder seus sentimentos: Eu!? Apaixonado por ela? Imagina... Ela foi sua namorada.

Aiolos acariciou a cabeça do irmão: Me perdoe pq não percebi... Eu e ela já não dá mais.. Eua té gostva de Tis, mas Saori resolveu me aceitar e eu tô muito feliz com ela.

Aioria virando as costas e indo embora: Vejo que não vai adiantar de nada eu ficar aqui – Ele olha pra trás antes de sair pela porta – Só não se arrependa se vc perder essa garota depois.

Aiolos: Vc cuida dela melhor do q eu. Era p ela ter sido sua e não minha. – Aioria olhou p ele com olhar reprovador.

Assim Aioria entou em seu carro chorando de raiva e foi pra casa. Aioria tentou de tudo pra animar a garota que já estava mais aliviada um pouco com aquele fora, chegando até a tirar uns sorrisos de seus lábios.

Incomodado pq a garota tomou um banho se enfiando no quarto novamente sem comer nada o dia todo, Aioria prepara uma sopa com bastante vitaminas.

Aioria batendo na porta: Tis, fiz um jantar especial pra vc.

Tis, abrindo a porta, olha pro raaz sorrindo mas ainda desanimada: Obrigaada mestre, mas quero ficar aqui quietinha.. Tô sem fome. – Ela senta na cama.

Aioria sentando ao seu lado insiste em fazê-la comer: Tis, tem 3 dias que paticamente vc não come nada. – vendo q ela não e importou, ele coloca um pouco de sopa na colher e leva até sua boca – Se vc não tá com fome, como por mim.. Afinal eu fiz essa janta com muito carinho pra vc. – Como ela não aceita ainda, ele insiste mais um pouco.. acariciando seu rosto ele pede com carinho – Deixa eu te mimar.... – Assim ele leva a colher novamente de encontro a boca dela q aceita desta vez.

Assim, ele conseguiu fazer com q ela jantasse aquela noite. A noite estava chuvosa e, no seu quarto já preparada pra dormir, Tis está com muito medo de dormir sozinha pq os raios e relampagos estavam em excesso dando um apagão na cidade, o q deu medo a garota.

Apavorada, Tis bate na porta de Aioria desesperadamente, o qual é abraçado fortemnte ao abrir a porta.

Tis abraçada nele chorando: Por td q é mais sagrado pro senhor, deixa eu dormir ctg hj, por favor!

Aioria acha incoveniente pq ele é homem e ela é mulher, mas ao perceber o quanto q ela tremia de medo ele deixou.

Assim, por insistência dela em dormir com ele na mesma cama, ele vira de costas pra evitar maior contato, pois ela sabe mt bem q aquela roupinha deixa ele maluco. De repente, um estrondo enorme se ouve do céu, o qual clareou completamente  deixando a garota desesperada. Ela agarra Aioria pelas costas quase entrando nele.

Abraçada ao seu mestre ela se desespera: Por favor mestre, me abraça!?

Assim, ela comove o rapaz q se vira pra ela, mas não resite em admirar seu corpinho: Pq vc pediu isso? Vc já percebeu q eu fico louco qd vc usa seu baby doll.

Tis morde o lábio inferior e coloca o dedinho na boca olhando fixamente pros olhos do rapaz com uma mistura de provocação e  ingenuidade: Se o senhor preferir, eu tiro ele aqui. – ela segura a pontinha da blusa e levanta retirando, mas ele interfere.

Aioria abaixando a blusinha: Não mexe assim cmg, senão vou ter q sair aqui do quarto.

Ele acaricia seu rosto fazendo a menina fechar os olhos e suspirar. Pegando a mão de seu mestre q estava em sua face, ela dá um beijo e a deslisa por seu corpo repouando aquela mão masculina em seu seio esquerdo.

Suspirando fundo ela fala com ele: Tá sentindo como o senhor deixa meu coração desparado?

Aioria enlouquecido de tesão tenta se segurar: O q vc tá fazendo garota!? Não tá percebendo que isso é perigoso?

Tis acaricia sua face: O senhor não percebe mesmo, né? – Tis chega seus lábios proximo ao ouvido dele e sussura - Eu to morrendo de vontade de vc!

Ouvindo isso, o rapaz não se contém e toma a garota em seus braços apaixonadamente num beijo envolvente. Seus instintos falaram mais alto e ele, por aquela noite, perdeu a consciência e se entregou ao seu amor sem pensar em mais nada.

Seus beijos percorreram todo corpinho dela. Suas mãos se deliciaram em cada parte daquele corpo, levando a menina a loucura, enquanto seus lábios sussuravam palavras provocantes de amor em seus ouvidos, mordendo, lambendo e fazendo a garota sair de si.

Enquanto ele beijava seu pescoço, suas mãos começaram a subir por dentro de sua blusinha, até q seus seios foram tocados. Envolvido de prazer, Aioria tira a blusinha dela.

Admirando seus seios enquanto os toca: Hummm... Gostosos demais! – Assim, ele não aguenta e e encosta os lábios neles, lambendo, beijando e se entregando o momento.

Suas mãos percorreram corpo abaixo da garota, chegando até seu shortinho o tirando. Seu tesão foi tanto q, enquanto ele beijava seus seios, sua mão invadiu a calcinha da menina num toque íntimo, a fazendo delirar.Seus lábios desceram pelo corpo da garota, lambendo, beijando e mordendo até chegar por cima da calcinha. Percebendo q ela tava muito excitada, ele abre suas perninhas e, por cima da calcinha, encaixa a cabeça entre suas pernas dando um beijo louco de prazer, fazendo a garota gemer de leve. Ele brinca assim um pouquinho, até q seus dedos afastam a calcinha para o lado, fazendo o rapaz não se aguentar somente em olhar, dando um beijo enlouquecido ali, passando a língua e se deliciando em seu corpo, fazendo a menina gemer loucamente chegando a se contorcer na cama. Quanto mais ela gemia, mas tesao ele ficava. Assim, ele passava a lingua na garota a excitando cada vez mais enquanto seu dedo penetrava nela

Tis gemendo enlouquecida: Ainnn... mestre... nossa... Como isso é gostoso!

Ele olhando pra dentro dos olhos dela sorri safadamente: Vc não viu nada ainda...

O prazer era tamanho q ela teve orgasmo triplo. Ele foi subindo os beijos ate chegar novamente em sua boca, dando um beijo puro de amor. Ele, q já estava sem roupa, teve sua cueca invadida por aquelas mãozinhas pequenas.

Ela olhando pra ele: Eu não sei o q fazer... me ensina?

Ele tira a cueca e pega a mãozinha dela ensinando o movimento que o satisfaz. Enlouquecido de tesão, ele pede um beijinho íntimo a ela.

Ele acaricia sua cabeça: Vc não precisa se não quiser, mas se fizer vai me deixar maluco...

Tis sem saber direito o q fazer: Mas, como eu faço? Me ensina...

Ele olha surpreso p ela pq achava q ela não faria: Fingue q é o picolé mais gostoso do mundo, fecha os olhinhos e chupa, lambe e morde a vontade... – Ela fecha os olhos e começa a beijar com muito desejo, o q deixa o rapaz maluco – A-Ahh.... Hummm q delícia.... – ele acaricia sua cabeça – Tem certeza q essa é a primeira vez mesmo? – Ele suava frio – Porra, vc tá me deixando louco de tesão!!! Que boquinha gostosa!

Ela olha pra ele passando a lingua de cima p baixo dando uma mordiscada de leve em cima colocando na boca novamente fazendo ele pirar de tesão se contorcendo todinho: Tô fazendo direitinho?

Aioria olhando aquele rostinho ofegante:Melhor do q queria...

Ela levanta sua cabecinha indo de encontro aos labios dele e a beija enquanto a coloca por debaixo de seu corpo tirando sua calcinha.

Lambendo sua orelha, ele sussura:Não aguento mais de tesão! – Ele abre uas perninhas e encaixa seu corpo no dela se esfregando intimamente sem penetrar – Posso?

Tis assustada ameaça se afastar: Não.. dói muito!

Ele acaricia sua face e dá um beijinho em sua boca: Não va doer mais não pq vc não é mais virgem. - Ela se entrega nos braços dele e ele começa a penetrar fazendo um movimento bem devagar – Mas, mesmo assim, prometo q farei bem devagar p não doer.. e se doer eu paro.

Ele beija seu pescoço enquanto vai empurrando devagar, fazendo a menina geme de prazer, até q ela reclama de dor. Excitado, ele percebe algo surpreendente q o deixa alucinado.

Aioria ofegante:Não acredito... A-Ahh.. q delícia..... Seu hímem ainda tá aqui... O q eu faço agora q tõ enlouquecido por vc?Deixa eu continuar?

Tis assustada, mas cheia de tesão: tá doendo muito mestre.. tô com muito medo!

Ele, muito experiente, continua empurrando mais devagar pra ela não se assustar e, com uma das mãos, acaricia o ponto de maior prazer de sua pepeca, deixando a menina com muito tesão ao mesmo tempo q a penetra: E assim, moh? Dói ainda?

Tis gemendo de prazer: Tá doendo um pouquinho, mas tá muito gostoso.

Aioria penetra empurrndo mais forte um pouquinho acelerando a carícia no ponto m´´aximo de prazer de sua pepeca, além de começar a beijar seus seios , deixando a menina pirar de tesão.

Já alucinado, não se aguenta de vontade de romper o hímem: Posso continuar?

Ela deixa e ele, carinhosamente, continua acariciando seu ponto de prazer p aliviar a dor e, com a outra mão abraça a menina falando muito excitado em seu ouvido deixando a menina se arrepiar toda: Vai doer um pouquinho, mas prometo fazer ficar gostoso... – Acariciando sua pepeca com a outra mão, ele começa a empurrar com mais força começando a romper o hímem devagar pra não machucar a menina. Ele pira de tesão, sua frio e fica totalemnte enlouquecido – A-Ah... q delícia... q gostoso... – começa a acelerar e forçar mais o movimento na penetração rompendo bem lentamente seu hímem – Ahhh.... Tá quase amor.... – Ela gme de prazer e de dor e ele fica louco com isso cada vez mais, porém, se preocupa com ela – Se quiser parar vc pede, tá moh...

Ela abraçada com ele: Tô com muito medo, mas não para não... Tá doendo, mas tá muito gostoso...

Ouvindo isso, ele aumenta um pouquinho mais a pressão e rompe o hímem: Hum.... rompeu.... eu não acredito nisso.. que tesão...Assim ele começa a fazer o moviemnto livremente e bem amoroso se entregando de coração ao momento chegando a virar os olhos de prazer..Enquanto ele a penetra, beija  sua boca escorregando seus lábios até seu ouvido sussurando totalemnte envolvido pela garota:humm... Eu te amo! – assim morde sua orelha a fazendo pirar de tesão.

Os gemidos da garota o deixava Aioria enlouquecido, Tis sentia um pouquinho de dor, mas o tesão era tanto q ela não queria parar. Suas mãos alisavam o corpo do rpaz e suas unhas o deixavam louco qd passava por sua pele. Cheia de desejo, ela o envolvia com beijos ardentes e um chupão se fez no pescoço do rapaz acidentalmente. Aioria e Tis curtirm cada momento se entregando um ao outro. O rapaz se deliciou com seu corpo a colocando em varias pocisoes diferentes, levando a garota a loucura.

Cheia de tesão Tis arranha o peito de seu mestre: Ainnnnn... Aioria... q delícia... , vc é muito gostoso... Não me deixa não!!! Por favor, Não me deixa não....

Ele acariciou seu rosto olhando fixamente em seus olhos: Eu tava louco por vc tem tempo.. pq te deixai logo agora?

Ela deixa uma lágrima escorrer em seu rosto: Promete?

Ele olha pra ela sorrindo gentilmente: Vc é tudo q eu sempre quis!!! – Eles se beijam apaixonadamente.

Após umas 3h enlouquecidas de amor, o rapaz q levou a menina a ter vários orgasmos com sua vasta experiência , mesmo ela sentindo uma pontinha de dor, chegou ao seu ponto máximo de prazer, se entregando de corpo e alma ao momento que tanto desejava.

Como a chuva já havia passado em ele perceberem, a luz voltou também. Assim eles se levantaram p ir tomar um banho qd ela se deparou com o lençol ensanguentado, se assustando mesmo sabendo q ia sair um pouquinho de sangue. Aioria a acalmou e a levou p um gostoso banho, trocando o lençol antes de entrar no banheiro. Debaixo do chuveiro eles se entregaram novamente por mais 2h de amor.

Na cama juntinho dela pra dormir, Aioria acarcia o rosto da garota completamente apaixonado.

Tis olha p ele com medo: O senhor vai me deixar de lado tb né?

Aioria sorrindo gentilmente: Pq essa pergunta? Acha q só pq tirei sua virgindade não vou mais te desejar? – Ele repara uma lágrima escorrer em sua face e seca – Eu quero vc pra mim... – Ele dá um beijo na boca da menina – Eu te amo mais do q tudo!

Amanhaceu e Tis acordou ntes de Aioria indo pra cozinha preparar o almoço, pois a noite tinha sido tão boa q eles dormiram até tarde. Pensando em agradar seu mestre, ela prepara um almoço digno de um rei. Aproveitando q ele ainda dormia, ela preprar numa bandeija o café da manhã e leva até o quarto, acordando seu mestre, q se surprende com aquele gesto.

Dando um estalinho em sua boca, ele agradece pelo café alegremente e exige q ela tome com ele. Após o café, o leonino a joga em su cama e enchendo de beijos e carícias, ele tira sua roupa devorando novamente seu corpo fazendo um amor gostoso q terminou no chuveiro.

Após um gostoso e prazeroso banho a dois, eles se sentam um ao lado do outro pra almoçar e Aioria se encnta com o cadápio: Que delícia!

Tis, envergonhada, ajeita uma mecha de cabelo por trás da orelha: O senhor gostou?

Aioria emocionado por tudo q estava acontecendo: E como não gostaria? Vc cozinhando p mim.. isso é um privilégio enorme... - Ele dá um selinho em sua boca.

Após o almoço eles se sentam no sofá bem coladinhos p namorar quando a campainha toca. Tis se levanta pra atender e leva o maior susto qd se depara com Dohko. Ele estava com uma caixa de bombom em uma das mãos em formato de coração e na outra tinha um buque de flores. Dohko fez uma declaração de amor pra Tis e convida a menina pra sair a qual rejeita tanto o convite quanto os presentes. Como ele insistia demais, Aioria ficou com muito ciumes e Dohko percebeu q tinha alguma coisa acontecendo entre eles, mas peferiu ir embora sem levantar suspeitas de sua desconfiança. Prometendo p si mesmo q ia vigiar os dois.

A noite chega e Tis vai p cozinha acompanhada de Aioria pra servir a janta. Só q ela resolve abrir novamente o armário de baixo empinando o bumbum. Ela tava usando um mini vestido q, ao abaixar apareceu sua calcinha, deixando o rapaz cheio de vontade. Chegando por trás, ele acaricia ela intimamente, pedindo q ela permacesse assim contando o q ele sentiu no dia q ela encostou o bumbum no corpo dele e ele não podia fazer nada além de ficar excitado. Levantando seu vestidinho, ele abaixa sua cacinha e, desabotoando sua bermuda, ele faz amor com ela ali mesmo de roupa e tudo. O clima tava tão gostoso, q Aioria pega  a sentando em cima da bancada de frente p ele e a pega de jeito. Enquanto se entregava ao desejo, suas maõs invadiram o sutien da menina expondo seus seios q foram loucamene beijados por ele, fazendo a menina virar os olhinhos de tesão. Estava tudo maravilhoso, quando eles ouviram a porta da sala se abrir. Rapidamente o rapaz desce a menina da bancada abotoando sua bermuda enquanto ela ajeita sua roupa escondendo a parte q foi exposta de seu corpo.

Era Aiolos que, chegando na cozinha pegou seu irmão ajeitando a bermuda todo suado e ofegante e a menina toda descabelada. Ambos se assustaram e ficaram com o rosto avermelhado qd viram o rapaz. Aiolos olha pro irmão com um olhar reprovador, mas não fala nada.

Ele para na frente dela: Parece que me esqueceu rápido né?

Aioria sem graça tenta disfarçar: A gente ia jantar agora.

Aiolos olhando p cara deles com raiva: Eu sei... – Se sentando a mesa – Então não terá mal se eu me sentar p jantar também.

Aioria e Tis olham um pro olho do outro e se sentam perto pra jantar. A janta permaneceu em silencio, até q, assim q terminam, Aiolos se oferece pra ajudar Tis a lavar louça. Aioria interrompeu disfarçando o ciúmes.

Aioria puxou  a menina pela mão carinhosamente: Pô irmão.. vai ter q deixar p amanhã pq a minha namorada vai dormir cmg agora. – Ele dá um estalinho em sua boca – Vamos moh?

Aiolos se levanta assustado: O quê!?

Tis olha pra ele e sorri: Namorada!? Eu!? Tá falando sério!?

Aioria acaricia seu cabelo olhando fixamente pros olhos lacrimejantes dela: Eu não te falei q vc é tudo que eu sempre quis? Vem cmg.. Tô muito cansado....

Olhando pro Aiolos q ficou com cara de tacho ele desejou uma boa noite e entrou p quarto com a menina trancando a porta seguir.


Notas Finais


Aioria e Tis se envolveram de uma maneira tão apaixonante que se entregaram de coração um ao outro, deixando Aiolos morrendo de ciúmes.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...