História A Discórdia da Rosquinha - VHope - Capítulo 1


Escrita por: e EryMaknaeLove

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V), Personagens Originais
Tags Armisseokjin, Autoras, Bangtan Boys, Bottom!taehyung, Bts, Erymaknaelove, Hopetae, Hopev, Hoseok!top, Jung Hoseok, Kim Taehyung, Lemon, Nsfw, Pwp, Rpg, Taehyung!bottom, Top!hoseok, Vhope, Yaoi
Visualizações 75
Palavras 898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Era pra ser oneshot
Mas vai ser twoshot mesmo
Nem aí

A Érica vai editar as notas, então eu não faço ideia do que ela vai por aqui rs

Vocês vão saber mais sobre esse plot no próximo capítulo, vai tudo ficar mais claro digamos assim

Baseado na mente doida dela e na minha mente racional

Ah, é uma das minhas primeiras menções de lemon, não sou muito experiente, mas espero que goste

Boa leitura ❤


---------- × ----------

a
Oi, aqui é a Érica, e sim, eu não escrevi nada dessa fanfic, mas eu pedi a ela pra me pôr como co-autora já que ela me menciona nela

E realmente, a ideia desas fanfic é genial, é tipo um RPG bem... Doido, se é que posso dizer

E sim eu sou doida, tiro ideia de qualquer porra que eu ver '-'

Enfim, boa leitura²

Capítulo 1 - O pavor de ser manipulado


— H-Hobi… eu não consigo mais… — Taehyung sussurrou abafado, sentindo dores nas coxas pelos vários minutos cavalgando. Era culpa da Érica. Estavam no meio da transa de “Taehyung, o celular”, e ela continuava escrevendo. O corpo de Taehyung estava prestes a explodir de tesão, mesmo com a dor.

— Só mais um pouco, TaeTae… — sussurrou de volta, levando a mão até o membro pulsante dele e lhe masturbando rápido, era tão incrível que Taehyung precisou parar. Seus joelhos se encostaram na cama e ele escondeu seu rosto no pescoço de Hoseok, abrindo a boca e sentindo seu orgasmo vir com força, junto com os jatos quentes dentro de si.

Se afastou para encarar Hoseok, mas mal podia manter seus olhos abertos. A testa franzida e totalmente ofegante.

Seguiram o resto de tudo o que ela havia escrito, depois se separaram. Hoseok lhe deitou com cuidado e começou a se vestir. Tae se deitou de bruços.

— Tudo bem…? — perguntou preocupado.

Recebeu um murmúrio como resposta. Um farfalhar de tecido foi ouvido e Tae sentiu que Hoseok estava lhe pondo a cueca.

— Agora não… — interrompeu, e Hoseok parou — Eu preciso de um tempinho…

— Quer que eu…

— Resolvo depois… — encarou as cortinas, vazando luz forte pelas beiradas. — Ela não podia ter dito que fizemos de noite? Queria dormir um pouco…

— Você sabe como ela é, um pouco da nossa vida sexual depende dela. — Hoseok riu baixo. Taehyung estremeceu quando suas mãos tocaram suas costas. Uma massagem, com leves selinhos nelas, lhe deixando com os nervos bambos.

— U-Um celular não era o que eu esperava… que vergonha…

— Não precisa, já fizemos tanta coisa. — Deu-lhe outro selinho, dessa vez na nuca. — E a Nathalia, o que ela tem feito com você?

— Nada de mais, a única coisa que me fez ficar constrangido até agora foi sentar inocentemente no colo do Jeongguk enquanto eu tentava limpar o rosto machucado dele.

— Posso sentir ciúmes?

— Talvez, eu sei que ela pensa em me colocar com o Namjoon ou o Yoongi. Você também. — Pensou um pouco, escondendo seu rosto no travesseiro. — Na verdade, você não pode. Depois das cintadas que você me deu aquele dia, eu não quis nem olhar na sua cara.

— Você sabe que eu não fiz por querer… nunca faria isso com você independente desse fetiche.

Murmurou outra vez, aproveitando os toques gentis dele.




[...]




Respirou fundo antes de abrir os olhos, mas não sentiu diferença nenhuma nos movimentos que fez. Observou suas mãos e repetiu o gesto, outra vez havia se tornado um robô raposa. Caminhou de lado para o outro atrás das cortinas, recebendo inesperadamente um forte choque elétrico e extremamente dolorido.

Olhou ao redor. Haviam cadeiras vazias e enfeites soltos do teto, chegava a ser triste. A porta era muito distante do palco e seus pés estavam presos a pequenos trilhos.

— Porra, Érica!

Recebeu mais um choque, gritando de dor. Sua voz robótica lhe assustou, logo suas engrenagens automáticas começaram a se movimentar e seu corpo passava a se mexer em uma dança infantil.

Na sua cabeça, conhecia tudo aquilo, até mesmo os choques. Sabia que havia uma bailarina cega e assassina de seguranças com uma audição supersensível, que havia um palhaço bebê doentio que enganava aos novatos daquele emprego, e um urso amedrontador que não saía de jeito nenhum da sala das câmeras. Já escutava os sons baixos da “criança” o chamando para fora.

Esperou para que acabasse, aquela era uma das piores situações que já esteve.




[...]




Separou seu rosto de Hoseok, encarando-o atentamente enquanto Érica terminava de digitar. Quando pôde finalmente mover-se por si só, deitou a cabeça no ombro dele e começou a fungar. Os dedos de Hoseok subiram até os seus cabelos, lhe fazendo carícias leves que provocavam vários arrepios em si, parecia mais troca de afeto do que uma preliminar.

— Dessa vez, foi horrível… — disse Taehyung.

— Tudo bem?

— Você só me pergunta isso toda vez que ela acaba. Claro que eu não estou bem, o máximo que ela já fez com você foi te transformar num híbrido. A Érica já me fez um dinossauro!

— Não posso fazer mais que isso, bebê. Você melhorou da última vez?

— Ela disse quatro meses… eu estou melhor, de qualquer forma. — Endireitou-se na cadeira e passou as mãos no rosto.

— E hoje? — acariciou suas coxas, arrancando um suspiro de Taehyung.

— Sabe, Hobi-ah… eu acho que essa foi uma das vezes que eu mais senti alguma coisa. Foi… diferente… Eu literalmente consegui sentir o que ela queria que eu sentisse. Não falo dessas outras coisas, empatia, mas bem mais forte. — Seus olhos lacrimejaram outra vez, não demorou para sentir as lágrimas descendo rápidas e calorosas pelo seu rosto. — Ele… eu fui mandado pra fora de casa por ser homossexual!

A voz de Taehyung foi cortada por soluços fortes, e ele voltou a chorar.

— Bebê… — disse Hoseok, tomando-lhe o rosto entre as mãos macias — Você sabe que é apenas ficção, não é?

— Mas…

— Sabe que você ainda é o garoto humilde criado numa fazenda pelos avós porque os pais eram muito ocupados, eh?

Taehyung engoliu um seco, encarando a expressão acolhedora dele de baixo para cima. Os polegares alheios escorregaram pelas suas bochechas.

— Eu estou aqui, não importa quem sofra mais a cada história, vou sempre olhar pra você e dizer o quanto eu te amo.

Fungou novamente, vendo Hoseok sorrir de leve.

— Que tal uma massagem nos pés?


Notas Finais


Só quero ver o que ela vai aprontar aqui...

Agora vocês se sentirão mal por gostar das fanfics dela

Érica seu monstro

Sua franga das rosquinha

Sua maníaca dos fantoche

Gosta de daddy!kink e assuntos pesados? Leia minha fanfic vhope: https://www.spiritfanfiction.com/historia/nao-toque-em-mim--vhope-13390356

Gosta de jikook? Leia minha fanfic jikook: https://www.spiritfanfiction.com/historia/enjoyour-lie--jikook-abo-12414396

See ya ❤

---------- × ----------

Demonia divulga as fanfics dela e não divulga as minhas, valeu, Nathalia >:(

Aqui sou eu de novo (lê-se a Ery)

Primeiro: eu não sou um monstro, você que é. Escreveu aquela fanfic q o Tae sofre pesado e ainda vem me culpar?

E se um dos meus personagens sofre, eu sempre faço o melhor para eles ficarem bem de novo (diferente da sua fanfic q até agora não sei o que vai acontecer com o Tae)

GENTE ELA SURTOU SÓ PORQUE EU TIVE IDEIA COM LENTE CONDENSADO E IA METER A ROSQUINHA NO MEIO '-' eu desisti dessa desgraça só por causa dessa fanfic. Ela disse que ia ter lemon nela (filha da mãe, vey. Ela sabe que meu ponto fraco é VHope se fodendo gostos- desculpa, eu sem querer me descontrolo)

Maníaca dos fantoches? PORRA EU NEM COMECEI ESSA FANFIC CARAI ;-; e maníaca por quê? Oxe

"Agora vocês se sentirão mal por gostar das fanfics dela"; vão não, cala a boca, vocês que são meus leitores, amo vocês tá? E leitores dela, NÃO ESCUTEM ELA, talvez eu possa ser meia doida da cabeça, mas minhas fanfics são boas e algumas normais, tá? ;-; (eu tenho algumas crack!fic)

Agora as fanfics que ela mencionou ali

Do celular:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/taehyung-o-celular-13740294

E a que o Tae era robô e levou choque:
https://www.spiritfanfiction.com/historia/please-help-me-13865605

É isto, eu não sou doida e em alguns casos não escutem a Nath

Tchau e se cuidem ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...