1. Spirit Fanfics >
  2. A Dog Walker - Jung Hoseok >
  3. A dog Walker - Capítulo 27

História A Dog Walker - Jung Hoseok - Capítulo 27


Escrita por:


Notas do Autor


Olha o que a quarentena faz rs

Capítulo 27 - A dog Walker - Capítulo 27


-Preciso sim, mas de uma coisa eu tenho certeza, quero ir onde você estiver.


...


No dia seguinte acordei bem cedo e coloquei tudo na ponta do lápis, cheguei a uma conclusão. Fui até o quarto onde Hobi estava e o chamei para ir no meu.


-Hobi, eu - respirei fundo. - cheguei a uma conclusão.


-S/n desculpa, eu fui muito egoísta, em nenhum momento pensei em você,  só pensei em mim. Caso você queira ficar no Brasil, eu te apoio, isso não vai diminuir meu amor por você.


-Hobi eu preciso falar, calma. -Ele estava nervoso, e eu o entendo, afinal, ele tinha que voltar para casa em tres dias e poderia voltar sem mim.-Você sabe que meu sonho é construir algo e pretendo crescer, minha mãe disse que me ajudaria a abrir a loja aqui, seria perfeito, pois aqui não tem ninguém que faça esse tipo de serviço, seria uma inovação!- Disse sorrindo e com brilho nos olhos. - Porém, o que adianta ter dinheiro, sucesso, fama, se eu nao tenho o mais importante, que é você ao meu lado, desfrutando de tudo isso junto comigo. - Esse momento já estávamos chorando.


-S/n, eu não quero que você perca essa oportunidade, isso que sua mãe te ofereceu.


-Hobi, isso eu posso conseguir com meus esforços, mas alguem como voce, eu nunca irei encontrar. 


-S/n você está  disposta a deixar a sua única família e ir embora comigo?


-Hobi, não só estou disposta, como vou! Eu sou capaz de deixar tudo por você.


-S/n eu juro que vou lutar por nós, e vou realizar seus sonhos. 


-Vamos crescer juntos.


Juntamos nossas testas e continuamos conversando mais um pouco, até minha barriga roncar, então descemos para tomar o café da manhã.


Assim que chegamos na cozinha, minha mãe e o vovô estavam sentados na mesa, minha mãe estava toda animada pois o vovo decidiu ficar um bom tempo no Brasil.


-Filha, estava pensando na cor que podemos usar na sua loja.


Olhei para Hobi que engoliu em seco, baixou a cabeça e voltou a comer.


-Mãe eu estava pensando. - fui interrompida.


-deixa eu terminar depois você fala o que quer. Mas eu imaginei alugarmos um salão com dois andares pelo menos, o lugar vai ser cinza e amarelo, na recepção podemos colocar.


-Mae! - Fui ignorada.


-O balcão vai ser cinza mais claro e colocamos nichos amarelos, algumas plantinhas.


-Mae!


-Ainda no andar de baixo podemos fazer duas salas separadas, uma para os cachorros e outra para gatos, assim eles não vão brigar e os donos podem ficar mais sossegado.


-Mãe!


-Oh céus pelo amor de Deus, tem como você calar sua boca e deixar a menina falar?


Vovo se levantou e se posicionou, mamãe e eu ficamos sem reação, nunca vimos meu avô tão nervoso do jeito que ele estava, foi assustador.


-Papai, só estou tentando ajudar ela, afinal, estamos planejando o futuro dela.


-Mamae, eu resolvi que nao quero ficar, vou voltar para coreia.- joguei a merda no ventilador.


-O que? voce esta louca? Nem por cima do meu cadaver voce vai voltar.- Ela disse se levantando para me intimidar.


-Como assim eu nao vou voltar? Voce disse para eu escolher e eu escolhi voltar.


-Só que voce nao vai embora, te dei opção mas voce nao tem uma.


-Mamae, eu nao quero ficar aqui, eu quero voltar e ficar com o Hobi.


-Filha, a mamãe está te dando uma oportunidade única, Hobi, explica para ela que ela não pode perder essa oportunidade?


-Não meta o menino nesses seus assuntos, filha a S/N não quer ficar, deixa ela ir.


-Mas papai, é uma chance unica, uma oportunidade que nem eu e nem você teve.


-Mas ela teve a melhor oportunidade que foi encontrar alguém para amar, coisa que você nunca teve.


-Eu não aceito isso, mas também não vou atrapalhar vocês, vou me retirar, licença.


Ela se levantou e foi para o quarto, estava chorando, me senti um pouco culpada, porém eu precisava fazer o que achava melhor, fui para o meu quarto deixando apenas Hobi e o vovô na cozinha.


Eu já tinha dormido a tarde toda, senti um carinho gostoso sendo feito no meu cabelo, quando abri os olhos Hobi estava lá, sorrindo.


-Dormiu bem minha princesa?


-Dormiu sim.


-Como você está se sentindo?


-Triste, feliz, são tantos sentimentos, mas o único que tenho certeza que não está aqui, é a dúvida. Me perdoa por fazer você escutar tudo aquilo.


-Sem problemas, eu e sua mãe já conversamos.


-Sério?


-Sim, eu entendo ela. Ela pediu para me colocar no lugar dela então a compreendi. E é difícil ser pai. - Ele disse rindo. - Então eu perguntei se alguma vez ela não escutou os pais dela, e mesmo assim persistiu no sonho, ela começou a chorar


-Chorar? Como assim?


-S/n, sua mãe não pode gerar filhos, e mesmo assim ela queria ser mãe, sua vó pediu para ela não adotar pois era a vontade do universo ela não ter filhos, sua mãe mesmo assim passou por cima de tudo e te ganhou de presente, sua vó mandou ela devolver e ela não quis, você é o sonho da sua mãe, e ela só quer o seu melhor, mas agora ela entendeu o que é o melhor para ela, as vezes não é para você.


-Nossa, lá vai mais lágrimas. - Disse rindo e secando algumas.


-Posso entrar? - Olhei para porta e vi a mamãe e o vovô lá parados, Hobi foi se levantar mas minha mãe não deixou.


-Querida, me perdoa fazer você passar por tudo isso.


-Mamãe, não precisa explicar, eu te amo e sei que só quer o meu melhor. -Me levantei e a abracei.


-Te amo muito filha 



Após nós entendermos parece que a palavra dia mudou para horas, pois os três dias que faltava para voltar para casa, resultou em 3 horas, podemos assim dizer.


As malas já estavam arrumadas e partimos para o aeroporto, assim que chegamos deixei o vovô no carro e fui buscar dois carrinhos para colocar as malas


-Filha só dois carrinhos? Mas eu estou com quatro malas, e tem a de vocês, como vou colocar tudo?


Ah! Esqueci de falar, mamãe vai para Coreia passar uns dias, ela falou que queria ver como estava a cidade natal dela rs. Será que vai dar ruim?


Notas Finais


Espero que gostem ♥️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...