História A Dona da Porra Toda- Jungkook ( Repostando) - Capítulo 71


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 232
Palavras 571
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lembrando que eu não faço apologia ao crime, isso é ficção e eu não romantizo bandidagem, abuso e tortura.

Isso é F. I. C. Ç. Ã. O, nada é real e um dia a Trice pagará por seus crimes.

Boa leitura!

Capítulo 71 - Capítulo LXXI- Segunda temporada


Fanfic / Fanfiction A Dona da Porra Toda- Jungkook ( Repostando) - Capítulo 71 - Capítulo LXXI- Segunda temporada

Continuando... 

E mais uma vez me encontro em meio a uma favela, tive que vir ao vidigal, ninguém mexe com minhas crias. O dono desse morro vai me ouvir, e vai me deixar fazer um belo estrago na cara desses tres retardados.

Cheguei na entrada do morro e dei de cara com dois marmanjos com um fuzil. Ja dei conta desse tipinho na época que eu era bandida.

x1- Onde a patricinha acha que vai? 

Trice- Quero ver seu patrão, libera ai que to com pressa. 

x2- Ih oh lá, a paty tem medo de morrer não. 

Trice- Medo é uma palavra que não existe no meu dicionário. 

x1- Corajosa demais

x2- Ou burra demais

Trice- Da pra liberar ou ta dificil seus babacas. 

Um dos caras se irrita e vem pra cima de mim, eu saco minha arma e dou um mata leão nele.

Trice- Eu falei, chama a porra do dono desse morro agora. 

x1- Calma mina, eu vou mandar um raidinho pra ele, qual teu nome? 

Trice- Beatrice Carter

O cara que eu domei olha pra mim apavorado.

x2- Beatrice Carter, das viúvas negras? 

Vejo que não fui esquecida e ainda sou temida.

Trice- A própria, em carne e osso. 

x1- E gostosura, porra mano, eu era teu fã, ja bati muita punheta pensando em tu, como não te reconheci. 

Que escroto!!

Eles passaram o radinho e logo o k7 me manda subir.

Trice- Então é isso, eu quero a cabeça dos três. 

K7- Eles são teus mina, tenho uma porra de uma consideração por teu pai, ele deu força pro meu coroa, tu tem minha aprovação pra torturar eles.

Trice- Agradecida k7

K7- Pena que tu e teu pai sairam dessa vida, tu era zika meu, cresci ouvindo meu coroa falar da tua gangue, todos ficam surpresos quando ouve a historia das viúvas negras, uma gangue formada por mulheres, e tua fama aumentou nos morros depois que tu matou o Cobra.

Trice- Meus dedos estão coçando para arrancar o pau desses moleques.

...

Davi- Me solta sua puta ah

Ele grita de dor, depois que eu arranco um de seus dedos. Os outros dois eu ja matei, to afim de brincar com apenas um.

Trice- Foi bom drogar minhas meninas? 

Davi- Ah eu vou sair daqui e vou te matar. 

Arranco outro dedo

Davi- Desgraçada me mata logo. 

Trice- Ainda falta oito dedos... ops são sete

Davi- Ah vadia maldita

Trice- Cansei da tua voz, mostra a lingua. 

Davi- Oque vai fazer? 

Puxo sua língua e ele me morde. 

Trice- Não deveria ter feito isso.

Corto sua lingua com toda minha raiva. Pego um alicate e arranco seus dentes. Ele já não tinha mais forças de gritar.

Trice- Drogou minhas meninas para estuprá-la com esse teu pinto pequeno.

Pego seu pau e passo a faca, e logo coloco o pinto em sua boca.

Trice- Cansei de você, isso é por ter drogado minhas filhas. 

Dou um tiro em sua coxa

Trice- Isso é por ter cogitado a possibilidade de estuprar minha menina.

Acerto um tiro no seu ombro. 

Trice- Esse é por ter atirado no meu genro. 

Acerto sua barriga

Trice- E por ultimo, esse é por ter se metido com as crias de Beatrice Carter. 

Dou um tiro no meio de sua testa.

....

K7- Caraca, quero morrer teu amigo.

Trice- Valeu parceiro, te devo essa. 

K7- Vou cobrar ein. 

Saí da sala da tortura renovada,encontrei novamente os dois brutamontes na entrada.

Eles me olham temerosos, cara eu sou muito foda. 

Passo por eles

Trice- Buuh

Eles me olham prendendo a respiração. 

Saio do morro morrendo de rir, otários! 


Notas Finais


Aliviei um pouco na tortura, sim estava bem pior.

Hehe Trice lacradora.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...