História A Donzela - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Jiraiya, Kizashi Haruno, Mei, Sakura Haruno, Sarada Uchiha, Sasuke Uchiha
Tags Romance, Sasusaku
Visualizações 87
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Festa, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 11 - O retorno de Mei


Havia se passado alguns meses e o senhor Albuquerque lutava em busca de compradores para suas plantações mas fora inútil. Sarah continuava com mais ódio da Condessa, queria vê o Conde mais foi proibida de se aproximar das terras Uchihas.

Na casa Uchiha, Sasuke e sua amada estavam a cada dia mais apaixonados. O conde fazia de tudo pelo o bem da sua esposa, lhe entregava rosas todos os dias só para agrada-la.

Na vila, a notícia o que Conde fizera com Marquês, havia se espalhado rapidamente. Mei que acabará de chegar de viagem ouvia a noticia atentamente de seus vizinhos. Ela não conseguia acreditar no quê havia ouvido.

__ Pelo visto o Conde ama muito sua esposa, para punir os Marquês __ Comentou a vizinha sorridente.

__ Eu achei que ele trataria sua esposa de outra forma __ disse Mei com a cara fechada.

__ Eu creio que ele, não seja como o pai.

__ Pai?! __ surpreendeu-se.

__ Sim. Eu tenho parentes que trabalha no casarão, e pelo o quê sei durante anos houve o Conde pai e o Conde filho. O conde pai morreu há alguns anos __ sorriu a vizinha. Mei sorriu falsa e entrou em sua velha cabana pensativa. Ela andou pra lá e pra cá diversas vezes.

__ Maldita, eu casei aquela estúpida com aquele homem para se infeliz e a tonta é tratada como uma princesa __ falou batendo os punhos na mesa.

Mei estava com muito ódio, e não suportava a ideia de quê, sua enteada podia esta feliz em seu casamento. Ela andava por toda a cabana pensando o quê poderia fazer, para estragar o sorriso de Sakura.

Na casa Uchiha, O Conde andava por um lado e para outro esperando o médico descer. Sua esposa havia passado mau o dia anterior, então achou melhor chamar um médico, já que ela continuava mal. Sasuke estava impaciente, já tinha mais de meia hora que o médico estava com ela no quarto junto com uma das criadas.

Ao vê-lo descendo as escadas Sasuke corre ao encontro do médico.

__ Ela tem algo grave? __ perguntou preocupado.

__ Não __ sorriu __ parabéns, o senhor e a senhora Condessa vão ter um bebê.

__ Esta falando sério?! __ o Conde disse surpreso.

__ Sim, sou médico há mais de 20 anos, conheço uma mulher grávida só de olhar.

__ Essa é a melhor notícia que eu recebi em toda a minha vida __ O conde sorriu como um bobo, subiu as escadas correndo e foi direto para os aposentos vê sua amada esposa. O médico saiu em seguida para seu consultório.

Sasuke abraçava sua esposa fortemente, que sentia-se protegida nos braços dele.

__ mal vejo a hora dele nascer __ comentou ele.

__ Sasuke, e se for uma menina?

__ Eu não me importo, será criada como uma princesa __ colocou suas mãos no ventre de sua amada.

Eles ficaram ali, por um bom tempo.

Enquanto isso, Mei vagava próximo as terras do Conde, olhava tudo atentamente. Depois de ficar observando por um tempo, ela entra nas terras do Uchiha, andando rumo ao casarão, mas a acaba dando de cara com guardas armados.

__ Quem é você? __ questionou um dos guardas.

__ Eu vi vê a Sakura, sou parente dela, me chamo Mei __ respondeu.

__ Pode passar __ respondeu o mesmo guarda analisando Mei dos pés a cabeça.

Mei voltou a ir em direção o casarão.

Enquanto isso, Sakura pentea seus cabelos em frente ao espelho. Imaginando como será seu pequeno, e tudo que viria agora em diante. Sua felicidade era visível.

__ Pode entrar __ falou, após ouvi alguém bater na porta.

__ Senhora, uma mulher está lá na sala querendo vê-la ___ disse a criada que adentrou o cômodo.

__ Ela disse quem é? __ questionou a Condessa.

__ não minha senhora __ respondeu.

A Condessa saiu de seu quarto e seguiu para sala, ficou um pouco receosa de ser os Albuquerque. Mas sabia que seria impossível, já que Sasuke proibiu a entrada deles. Ela desceu as escada curiosa, olhou atentamente por todo o local até chegar o último degrau e vê a mulher que lhe trouxe tanta dor.

__ Vejo que seu destino não foi exatamente como eu esperava __ Falou.

__ O quê faz aqui? __ questionou. No fundo a doce condessa tremia de medo, mas se manteve firme.

__ Já faz tanto tempo, que a gente não se vê. E a primeira coisa que você faz é me questionar !? __ sorriu falso.

__ Eu quero que á senhora saía daqui __ falou com o semblante fechado.

__ Você já manda na casa __ disse em tom de deboche ___ Você se deu bem __ analisou á sala.

__ Saía daqui __ repetiu. Sakura tremia, não imaginou que passaria por este momento. Revê sua madrasta era algo que ela não esperava.

Mei simplesmente ignorou as palavras de sua enteada, e fingiu não ouvir.

__ Eu pedi que a senhora fosse embora ___ fechou os punhos. A Condessa não sabia se sentia medo ou raiva da mulher a sua frente, devido seu estado é algo totalmente normal.

Mei sorriu e sentou-se na poltrona.

Sakura aproximou-se dela e meteu sua mão na cara da mulher de cabelos alaranjados. Foi por puro impulso, no fundo ela não queria, mas sua raiva, sua mágoa foi maior do quê tudo.

__ Como você ousa __ gritou Mei passando suas mãos no local atingindo.

Sakura nada disse, manteve sua postura.

__ Você não passa de um produto barato, a qual não serve pra nada __ levantou-se furiosa __ Caso você não saiba eu vendi você para o Conde.

__ Eu já sei disso __ falou com os olhos marejados.

__ E você é uma trouxa __ riu.

__ Saía daqui __ gritou, chamando a atenção dos criados da casa que foram vê o quê esta acontecendo.

__ Senhora esta tudo bem? ___ perguntou uma velha de cabelos negros, e pele pálida.

__ Por favor, tiram essa mulher daqui __ pediu.

Os criados foram até Mei para expulsa-la, mas o Conde entra na sala e eles param.

__ O quê esta acontecendo aqui? __ falou com a voz exaltada __ O que está mulher faz aqui? __ olhou para Mei com desdém.

__ Senhor está mulher esta incomodado a Condessa __ falou um dos criados.

__ Saía daqui agora __ disse indo até Mei e puxando ela pelos os braços e jogando-á para fora __ tirem está meretriz das minhas terras __ falou olhando para os seus guardas.

E entrou em casa em seguida e caminhou até sua esposa.

__ Você está bem? __ perguntou.

Sakura apenas balançou sua cabeça que sim.


Notas Finais


Desculpem todos o erros.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...