História "A dor é forte, mas ainda amo você." Hanahaki!Ycaro e Saiko - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Carlos Ycaro "Ycro" Gabryel, Rodrigo "Saiko" Ximenes
Visualizações 52
Palavras 612
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), LGBT, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Mó nd haver essa história, mas tbm eu achei mó triste e eu até chorei um pouco enquanto eu escrevia kdjsfkjfjkkplsa ;--;..

Capítulo 1 - Capítulo único.



 Se lamentar, não vale a pena, você só perde tempo, fazendo questão de se lamentar por horas, chorar a beça por quem não lhe merece. As vezes, a vida é um pouco dura, acabamos nos apaixonando por pessoas erradas e sem nós nem mesmos queremos isso para nós. O destino é como uma arma, ele te dá um tiro sem ao menos você mesmo perceber o quão dói ser assim, mas eu não acho tanto isso. É meio estranho dizer isso agora, mas hoje de manhã, cuspi o máximo de flores possíveis e elas não pararam de sair ainda, estou no banheiro, vomitando como se não houvesse o amanhã. Me pergunto, quando será que isso pode acabar... Me falaram que eu poderia fazer uma pequena cirurgia, para retirar essas flores mas, se eu fizer, eu não vou amar mais ninguém como um dia eu amei tanto. Eu não quero isso, mesmo sendo horrível. As flores são tão lindas, as cores me encantam a cada vez que olho para cada uma, cores pasteis me deixam contente, mesmo sabendo que a cada hora que cuspo e até vomito elas, posso estar perto da minha morte. Apreciar a vida é a mesma coisa que amar flores, eu amo elas igual amo você. Toda vez que chego perto de ti, sinto meu coração palpitar mais e até mais do que já era antes, as vezes, percebo o quão iludido eu sou e como eu estou enganado, sobre todas as coisas que eu já fiz por você. Você sempre me deu um belo sorriso e isso me encanta, fico triste só de imaginar que nunca talvez eu possa te ter, do meu lado e junto de mim. Mas, pelo menos, somos amigos e eu tenho você aqui comigo, isso me deixa tão feliz.... Oh, enquanto eu contava isso, sem querer veio uma dupla de flores, rasgando a minha garganta, saindo por minha guela e entrando dentro da pia, elas são maravilhosas.. Elas são bem mais lindas do que as anteriores, ambas tem uma cor diferenciada da outra, a primeira é amarela, com pequenas "falhas" nas pontas. As falhas, eram de cores um pouco escurecidas e elas eram azuladas, como o toque do mar, sobre o calor intenso do verão, batendo contra si em todos os angulos. A segunda flor era um pouco mais recheada com essas falhas, era da cor violeta com preto. O que deixava elas mais lindas, eram o fato de que havia um pouco do meu puro sangue entre elas. Essas flores, me matando por dentro, sinto dor no peito e na cabeça. E mesmo que eu morra, eu não irei desistir de te amar, eu não irei me rebaixar a essa dor, eu prefiro morrer do que ter que te perder para toda a eternidade da minha memória.. E mesmo que eu morra, mantenha seu sorriso, seja feliz e tenha uma vida feliz, não fique triste, okay? eu estou bem, mesmo também não estando tão bem assim. Prefiro ver a felicidade em seu sorriso do que ver a tristeza em seus olhos. O quanto eu te amo por tudo isso, é o quanto eu queria poder te dizer tudo isso pessoalmente, mas eu estou prestes a morrer então né. Apenas digo-lhe uma coisa pequenina sobre tudo isso....

                                                                      Eu te amo, e sempre vou te amar.
















 Após isso, Ycaro foi encontrado morto, soterrado por flores de todo o tipo que você imaginar e ele deixou uma carta, uma pequena carta em sua mão, e lá estava escrito "Para Saiko". O que aconteceu? não posso dizer por completo, mas o mesmo cometeu suícidio, pulando de um prédio alto que lá se hospedava e fim :").



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...