História A Droga Do Amor (ABO) - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7, TWICE
Personagens BamBam, Dahyun, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jihyo, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Nayeon, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Tzuyu
Tags Bts, Got7, Jikook, Markson, Namjin, Taeyoonseok, Twice
Visualizações 389
Palavras 971
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura nenês ❤

Capítulo 23 - Ele pega onde quiser


Fanfic / Fanfiction A Droga Do Amor (ABO) - Capítulo 23 - Ele pega onde quiser

              °•°•°• Jimin °•°•°•

Voltamos para a sala, e todos estavam lá, reunidos. O trio no sofá maior, Omma jin deitado no colo do appa Nam no chão e eu e o Jungkook no outro sofá.

Ele estava sentado do meu lado, e estava jogando um joguinho no celular. Quando ele foi até a cozinha falar comigo, eu me senti protegido. Meu lobo, se sentiu seguro e confiou no alfa dele, coisa que nunca aconteceu com outros meninos. Ter o jungkook do meu lado é uma coisa boa. Por mais que as vezes ele seja grosso, arrogante e um pouco chato, ele sabe cuidar de mim, é como se ele se importasse, e a cada minuto o sentimento dentro de mim aumenta.

O amor é algo que não se pede pra vim. Pode ser a primeira vista ou que demore um certo tempo. Com o Jungkook é diferente, nos conhecemos a pouco tempo, e mesmo com a ignorância dele, eu gostei dele. Foi uma coisa inesperada pra mim. Mas eis a questão, será que ele sente o mesmo? Ele não demonstra tanto, mas ele cuida tão bem. 

Ah Jeon Jungkook, eu te amo. Não me ilude igual aos outros...

6:00 PM

Sg: - Eai galera, vamos?

- Vamos pra onde? 

Jh: - Brincar... - Voltamos a ser criança e eu não sei?

Jk: - Não me digam que é verdade ou desafio...

Tae: - É Kook, esse mesmo!

Ok, verdade ou desafio. Não deve ser tão ruim assim, não é? É apenas um jogo. Que mal pode acontecer?

- Ok, vamos brincar! - O JungKook olhou pra mim com uma cara confusa, meio estranha. - Que foi biscoito?

Jk: - Você já brincou disso?

- Eu só observava as pessoas jogando...

Jin: - Ai Jimin, não perca a inocência - E isso vai me fazer perde-lá?

Nj: - Inocência? Opa, cheguei!

Sg: - Vamos logo!

O Hobi pegou uma garrafa de vidro e colocou no chão, e logo após pediu pra que todos nós fossemos para o chão, fazendo uma roda. No meio colocaram aquela garrafa, e agora eu queria desistir. 

Quem começou foi o Namjoon, girou a garrafa que caiu no Tae. 

Nj: - Verdade ou desafio?

Tae: - Verdade! 

Nj: - Humm, ok! É verdade que você crusha pessoas dessa roda?

Tae: - S-sim... - acho que agora todo mundo sabe quem era os crushs dele. - Agora eu giro.

A garrafa parou no suga. É agora que o negócio vai pegar fogo.

Tae: - Verdade ou desafio, açúcar?

Sg: - Desafio!

Tae: - Oh, desafio você dizer quem pegaria daqui da roda.

Sg: - Você. 

Eu vi o Tae corar e eu ri com isso.

Sg: - Minha vez!

A garrafa caiu em mim, e dessa vez me deu um certo medo.

Sg: - Eai Chim, verdade ou desafio?

- É-é... desafio...

Sg: - Uh, desafio você sentar no colo do Jungkook e rebolar!

Jk: - Como é que é? 

- Suga hyung, não faça isso! Mude o desafio, sim?

Jin: - É hoje que o negócio fica maior! - Entendi a referência, mas ignorei.

Jk: - Não vou ficar duro aqui na frente de vocês não porra, nem pensem nisso.

- Eu não vou rebolar no colo de ninguém. 

Sg: - Então vou aliviar... um beijo no JungKook e não se fala mais nisso.

- Ah... eu... JungKook... - nós já nos beijamos, mas estávamos inconsciente, e agora não, lembraria de tudo, será que ele vai querer?

Jk: - Vem Jimin.

- Mas jungk...

Jk: - Vem logo Jimin!

Ele se levantou e me puxou para perto dele. Colocou a mão em minha cintura e me deixou mais perto ainda. Levei meus abraços ao seu pescoço, e ele me puxou para um selinho. Pensei eu que seria apenas um selinho, ele aprofundou o beijo, não pediu passagem com a língua. 

Era um beijo calmo. Um beijo que transmitia carinho. E foi ai que percebi que havia uma coisa a mais, só não tinha certeza. Aos poucos, o beijo ia ficando mais rápido, e o prazer estava levando a gente ao paraíso, quando ele ia pedir a passagem com a língua, alguém nos interrompeu. 

Nj: - Não se comam na frente da gente!

- Desculpa.

Jk: - Ei, somos amigos hein!

Tae: - Gente, amigos dão esse tipo de beijo agora é? Não sabia, vem aqui hobi e suga, vamos fazer o mesmo.

Jh: - Opa.

Sg: - Só bora!

                 °•°•°• Tae °•°•°• 

Eu tô surtando! Meus crushs falaram que iriam me beijar! Tá, tecnicamente falando, não foi bem assim. Mas de uma forma ou outra, eles aceitariam se eu chamasse de verdade!

- Tá bom, vamos continuar!

Jh: - Não deixa o Jikook perto, porque se não se pegam ali mesmo!

Jk: - Argh!

Jm: - Tô com fome.

Sg: - É gravidez. 

Todos nós rimos. Falando sério, foi engraçado. 

Jk: - Tae, tem toddynho na geladeira?

- Sim, comprei vários pra ti. - Sabia que ele ia pedir, toda vez ele pedia. 

Jk: - Tu é foda mesmo! Te odeio. 

- Também te amo JungKook!

Ele foi na cozinha e pegou várias caixinhas de toddynho. Colou em cima do seu colo e começou a abrir uma caixinha. Percebi que o Jimin queria um, ficava observando aquilo direto. 

Jk: - Ei minnie, você quer?

- Minnie?

Jk: - Cala a boca seu viado.

- Falou o Hetero. 

Jk: - Jiminnie, você quer? - sim, ele me ignorou.

Jm: - S-sim.

Jk: - Pode pegar.

O Jimin foi pegar a caixinha, coisa que não deu muito certo, não é?

Jin: - Jiminnnn!

Jm: - Que susto omma! O que foi?

Nj: - Ia pegar o que no jungKook hein? 

Jm: - Toddynho ue.

Jin: - Olha onde que tá esse toddynho!

Jk: - Ele pode pegar onde quiser!

Agora o Jungkook se lascou todo! Pegar onde quiser? Ih rapaz...

Jk: - Quero dizer, ele vai só pegar o Toddynho gente...

O Jimin chegou perto dele e sussurou algo em seu ouvido. Só vi quando o Jungkook arregalou os olhos, e depois sorriu malicioso. Eu imagino até o que seja...

Coitado do Jimin. Depois disso tudo, sairá daqui arrombado mais do que já é!



Notas Finais


Eitaaaaa!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...