1. Spirit Fanfics >
  2. A Elementarista >
  3. Kevin

História A Elementarista - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Meu Deus, quarentena tá me deixando bem doida mesmo :)

Aqui está uma história autoral (coisa q nunca me imaginei fazendo) espero que gostem e tenham uma boa leitura :3 💕

Capítulo 1 - Kevin


Fanfic / Fanfiction A Elementarista - Capítulo 1 - Kevin

Trancada em um lugar estranho, adormecida por um logo tempo. Uma garota tão pequena e magra, pálida como neve. Mas ela não queria mais dormir, já estava na hora de acordar.

Sutis olhos cinzentos se abriram no meio da escuridão, perdidos. A garota levantou e olhou em volta, há apenas escuridão.

Ela começou a caminhar sem rumo. O local é como um globo escuro, onde a única coisa que você consegue ver é a si mesmo, ou era para ser isso.

Uma pequena luz branca apareceu na frente da garota, mas quando ela foi tentar pegar, a luz fugiu. a menina correu até a luz, quando conseguiu toca-la, o chão começou a quebrar, como se fosse uma bola de cristal.

- Está tudo bem agora Jenny. - Falou uma voz misteriosa.

Antes que Jenny falasse algo, o chão se quebrou por completo, fazendo -a cair no céu.

Ela olhou em volta e viu que só tinha mar. Além de estar caindo em alta velocidade. Com medo do seu destino, Jenny apenas se vira de costa para o mar e fecha os olhos, ela podia sentir que estava chegando perto, conseguia sentir sua colisão.

- Não é hora de morrer Mestra. - Susurrou uma voz no ouvido de Jenny.

Seus olhos cinzentos se abriram rapidamente e agora ela não estava mais caindo, está flutuando no ar, com uma bolha de água envolvendo seu corpo.

- O Quê? - Disse Jenny assustada com o acontecimento.

- Tudo bem, vou te levar para um lugar seguro. - Falou um homem híbrido abaixo de Jenny.

Ele é metade homem, metade raposa, seus cabelos e cauda são brancos e macios, seus olhos tem um tom vermelho-sangue.

- Quem é você? - Perguntou Jenny.

- Seu Guardião. - Sorriu o homem. - Vamos para um lugar seguro.

Ele estalou os dedos e rapidamente eles foram teletransportados a superfície.

- O que está acontecendo? Quem é você? Que história é essa de Guardião? - Jenny tinha uma bomba de perguntas a fazer.

- Bem, primeiro, você estava presa, segundo, eu me chamo Kevin, terceiro, guardiões são seres que protegem seus donos desde o dia em que ele nasce, mas falhei deixando -a por tanto tempo naquele lugar. E você acabou perdendo suas memórias, então as coisas iram ficar difíceis para você Mestra.

- Então, oque eu faço para relembrar-me?

- Eu não faço ideia Mestra.

- Por que não me chama de Jenny?

- Não posso Mestra, quando nós guardiões nascemos, não podemos chamar nossos Mestres de outra coisa, nem se eles nos obrigarem. - Respondeu a raposa.

- Mas se você não pode me chamar de Jenny, então quem me chamou de Jenny? - A morena lembrou que quem acordou ela, a chamou de Jenny.

- Me desculpe Mestra, eu não sei, senti sua presença na Terra e fui até ela, quando cheguei, você estava despencando do céu.

- Entendo. - Comentou Jenny cabisbaixa - Kevin, me explique mais sobre os Guardiões.

- Sim, Mestra. Os Guardiões são criaturas híbridas que nascem para proteger seu mestre. Poucos humanos nascem com um Guardião, os que nascem com, possui magia. Mestra, você possui a magia elementarista. - Explicou Kevin.

- Que legal - Falou Jenny com um sorriso no rosto.

De repente, Kevin ficou aflito, suas orelhas mexiam de um lado para o outro.

- Mestra, vamos sair daqui, agora!

- Oque houve? - Pergunta Jenny aflita.

- Eles estão aqui.

- Eles quem?

- As pessoas que prenderam-na naquele lugar. - Kevin puxou Jenny e colocou-a em seus braços.

- Procurem-na em todo lugar! Ela não deve estar longe. - Gritou uma voz de um homem.

Flashes passaram na cabeça de Jenny de repente. "Me soltem!" "Não me coloquem aqui!" .

- Não deixe eles me pegarem Kevin - Abraçou Kevin aflita.

Kevin estalou os dedos rapidamente, fazendo -os se teletransportar à uma casa.

- Onde estamos?

- Em uma mansão abandonada no meio da floresta, estamos seguros aqui.

- E os que ousarem tentar entrar, são expulsos pelo meu guardião. - Falou uma voz de uma mulher na porta. Jenny se vira para ver quem é.

Uma garota alta de cabelos castanhos e olhos verdes está parada olhando para Jenny e Kevin.

A morena olhou para Kevin com uma cara de: Quem é ela?

- Jenny essa é Kim, sua melhor amiga e Kim, Jenny perdeu as memórias.

Kim suspirou decepcionada.

- É uma pena, mas de toda forma que bom que está a salvo. - Abraçou-a forte.

Lágrimas escorreram pelo rosto de Jenny, vendo isso Kevin não aguentou e começou a chorar também.

- Bem vinda ao lar Jenny.


Continua....


Notas Finais


Finalmente eu me desprendi das one shots TwT.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...