1. Spirit Fanfics >
  2. A Empregada ( Imagine You and Jikook). >
  3. Perguntas.

História A Empregada ( Imagine You and Jikook). - Capítulo 6


Escrita por:


Capítulo 6 - Perguntas.


Fanfic / Fanfiction A Empregada ( Imagine You and Jikook). - Capítulo 6 - Perguntas.

Pela manhã,08:00AM.

P.O.V Hee

Terminando de arrumar meu cabelo em um coque alto e bem apertado,me olho no espelho e em segundos vejo os flashbacks da noite passada. Suspiro e dou leves tapinhas em meu rosto para espantar tás pensamentos.

Saindo do meu quarto,fecho a porta e assim que me viro dou de cara com Jimin. O mesmo sorrir ao me ver e rapidamente retribuo o sorriso.

_ Bom dia senhor - digo me abaixando um pouco,logo voltando a minha postura.

_ Bom dia Hee - diz.

_ Senhor,será que eu poderia sair do trabalho por um tempo para resolver um problema pessoal? - pergunto enquanto sinto toda atenção do loiro sobre mim.

_ Claro. Eu e Jeon não resolvemos almoçar em casa,então pode resolver suas coisas tranquila - fala tudo com um sorriso no rosto.

Colocando suas mãos dentro dos bolsos da sua calça,o mesmo se aproxima ficando poucos centímetros do meu rosto. Subo meu olhar para encara-lo,mas ao ver àquelas íris castanhas me arrependo amargamente pelo ato feito.

_ Bem,tenha um bom dia e até de noite.

Assim que termina de falar o mesmo passa por mim e vai embora. Suspiro fundo,ainda sentindo seu cheiro invadir minhas narinas.

_ Parou! - sussurro para mim mesma.

Não posso ficar pensando nesse tipo de coisa com o meu superior e depois de ontem eu nem deveria estar aqui,usufruindo da sua boa vontade em me ajudar.

Depois de um longo confronto em meus pensamentos saio daquela casa em busca de uma farmácia mais próxima. Só hoje de manhã vim me lembrar que eu e o Jeon não usamos camisinha.

Tudo oque eu menos quero agora é um filho.

Ao entrar no estabelecimento vou até o farmacêutico e peço o remédio para se tomar em ocasiões como essas. Depois de um tempo saio do estabelecimento e vou em direção a minha residência que não era tão longe.

Ao entrar no meu humilde apartamento de um cômodo vejo roupas jogadas pelo sofá,pia cheia de pratos que esqueci de lavar. Tudo uma tremenda bagunça,então suspiro fundo buscando coragem de onde não tinha pra começar a arrumar aquela zona.

◾◾◾

Terminado de guardar os pratos vou até meu guarda-roupa e pego uma boa quantia de roupas e peças íntimas pra passar alguns dias,meus produtos de limpeza e algumas maquiagens.

Coloco tudo dentro de uma mochila grande e em seguida a coloco sobre os ombros. Depois de arrumar tudo saio do apartamento e vou embora.

Tenho que voltar ao meu trabalho,não quero ter que fazer as coisas na carrera.

Enquanto andava passo por uma empresa gigante e bem chique,tinha muitos carros parados em volta. Pessoas chiques e bem vestidas também.

Enquanto olhava sem querer esbarro em alguém,dando de cara em seu peitoral firme. Rapidamente me afasto do homem e olho em seus olhos firmes e tão gentis ao mesmo tempo.

_ Oh,me desculpe senhorita. Lhe machuquei?

Sua voz grossa me fez arrepiar na mesma hora. Arrumo minha postura já que estou um pouco incomodada pelo peso da mochila em meus ombros.

_ Tudo bem,foi apenas um choque de corpos. Me desculpe também,não estava olhando atentamente. - sorrio - bem,tenha um bom dia senhor.

Rapidamente passo pelo rapaz e vou andando pelo caminho já conhecido por mim. Enquanto eu andava ficava pensando em minha vida ou em minha relação com Jeon.

Assim que chego ao meu trabalho subo as escadas e vou até meu quarto,rapidamente coloco a mochila sobre a cama e suspiro aliviada enquanto alisava meus ombros doloridos.

_ Acho que me empolguei com as coisas..

Deixo pra arrumar tudo depois e vou logo começar a fazer as coisas da casa. Quero acabar logo tudo para poder descansar um pouco já que nenhum dos meus chefes estará aqui.


P.O.V Autora 


Sentado sobre a cadeira confortável giratória,Jeon batucava impaciente a caneta sobre a mesa enquanto lia papeladas e mais papeladas. Era tão cansativo para o moreno que sua visão chegava a pesar com tantas letras pequenas sobre aquele papel.

Sua mente se perdia na noite anterior que teve com a mulher que agora trabalha em sua casa,em como ela lhe causou tantos desejos. Chegava a ser impossível se concentrar naqueles papéis em sua frente.

_ Que merda..

Murmura enquanto levava suas mãos sobre os fios sedosos e bem arrumado de seu cabelo,o deixando levemente bagunçado.

Nesse exato momento um ser loiro e pequeno entra em sua sala,chamando sua atenção e quando o moreno ver quem era rapidamente abre um sorriso em seu rosto.

A imagem do seu esposo que tanto ama a atravessar aquela porta e a trancar faz o maior relaxar na cadeira,enquanto seus olhos percorria a cada detalhe do corpo do mais velho.

Jimin sabia que seu marido estava tenso hoje e claro que queria ajudá-lo a relaxar,ainda mais depois de uma reunião chata e cansativa.

Após se aproximar o bastante do maior,o menor vira a cadeira do mais novo para ficar em sua frente. Rapidamente ocupando o colo do moreno que sorrir malicioso.

_ Você não deveria estar resolvendo os negócios do contrato senhor Jimin?

Pergunta o moreno enquanto agarrava a coxa grossa e bem marcada pela calça social apertada do loiro.

_ E você não deveria estar resolvendo esse monte de papéis que estão em cima de sua mesa,senhor Jeon Jungkook?

Rebate o mais velho com um sorriso em seu rosto. Seus dedos percorre o rosto liso e bonito do moreno,passando seu indiciador pela pequena cicatriz na bochecha do marido.

_ Sim,eu deveria mesmo..- suspira se afundando no pescoço do loiro.

_ Está pensando sobre a noite de ontem?

Pergunta o loiro enquanto sentia o nariz do moreno roçar em sua pele lhe causando arrepios,a respiração quente se chocava contra a pele do menor o deixando totalmente anestesiado pelo toque do mesmo.

_ Sim. Hee foi muito boa ontem,mesmo que ela no começo tenha exitado muito. - diz

Jeon sobe seu rosto para encarar o loiro,que olhava atentamente em seus olhos.

_ Eu percebi que ela ficou um pouco estranha hoje. Será que ela vai pedir demissão? - pergunta o loiro enquanto deslizava a mão sobre a nuca do maior.

_ Não sei,ela realmente não está em uma boa situação para pedir demissão. Mas quando você irá tentar algo com ela?

O moreno suspiro relaxado com os dedos macios e pequenos do menor em sua nuca.

_ Quero esperar um pouco. Vamos com calma,ela parece ser bem inexperiente com esse tipo de coisa.

Avisa o loiro recebendo total concordância do maior que sorrir e ataca os lábios do companheiro. Os lábios carnudos do menor são empurrados contra os do moreno enquanto a língua do mais velho adentra tal boca alheia,explorando aquele local tão conhecido pelo mesmo.

A mão grande do maior sobe pela coxa do loiro até parar em seu membro,sem demoras o moreno esfrega tal volume o sentido enrijecer sobre sua palma.

O loiro afasta sua boca mas sem antes deixar uma leve mordida no lábio do maior. Sentindo o toque do mais novo em seu membro que já se encontrava duro e implorava para se livrar daquela calça apertada.

_ Eu amo o efeito que tenho sobre você..eu mal te toquei e você já está tão duro sobre minha mão.

Sussura o maior rente ao ouvido do loiro que se contorce em seu colo,deixando o moreno incrivelmente excitado e duro por ver tal cena.

_ Jungkook-ssi.. - arfa o loiro em resposta aos atos do homem mais novo.

Pronto para desfrutar mais daquela sensação que era ter o mais velho em seu colo,o mesmo é surpreendido por uma batida na porta seguida de uma voz fina e conhecida pelo moreno.

Mordendo os lábios em frustação Jimin sai do colo do mais novo,relutante e com o membro duro entre suas pernas. O alto de cabelos escuro se encontrava no mesmo estado,louco para continuar oque tinha começado mas sabia que tinha que adiantar os papéis em sua mesa.

_ Bem,continuamos em casa?hum? - pergunta o menor enquanto pegava alguns papéis sobre a mesa.

_ Com certeza. Pra quê os papéis? - pergunta o moreno.

_ Eu não quero andar por aí com uma ereção a amostra - explica o loiro.

O mais velho rir mas concorda e volta a sua atenção aos papéis,enquanto o loiro saía com os papéis em suas mãos em frente a sua ereção.

P.O.V Hee

Depois de terminar tudo subo até meu quarto,com preguiça e cansaço ao mesmo tempo. Me esforço para arrumar as coisas que eu trouxe de casa em seu devido lugar.

Olho de relance pra tela do celular vendo que era cinco horas. Daqui a pouco os dois chegariam do trabalho e eu ainda não tinha feito nada pro jantar.

Corro e arrumo minhas roupas no guarda-roupa e os produtos no banheiro,pego as maquiagens e as coloco sobre a penteadeira. Rapidamente saio do quarto e vou até a cozinha enquanto nesse meio tempo penso em alguma comida rápida e prática.

◾◾◾

Após terminar tudo,arrumo a mesa e assim que termino de colocar os pratos ouço passos pela sala e algumas vozes já conhecida por mim.

Rapidamente caminho até a sala e assim que paro me deparo com Jeon encostado na parede enquanto Jimin o beijava intensamente. As mãos do maior apertava a cintura do loiro e desciam até sua bunda,fico paralisada apenas vendo aquela cena.

Engulo seco ao sentir meu corpo quente,imaginando aqueles dois me tocando assim como eles se tocam. Rapidamente saio de meus pensamentos assim que ouço o menor me chamar enquanto se afastava do esposo.

_ Ah,me desculpem. Eu só queria lhes dar boas vindas - explico enquanto sinto minhas bochechas queimarem no mesmo momento.

_ Relaxa,não é como se você não soubesse que a gente faz esse tipo de coisas- sorrir o mais alto enquanto tira seu blazer.

_ Aish! - repreende o loiro.

_ Tudo bem. Bem,vocês vão jantar agora? - pergunto menos constrangida pelo momento embaraçoso de agora a pouco

_ Sim! - respondo os dois em coro.

Sorrio de lado e vou até a cozinha sendo acompanhada pelos dois,que assim que viram a mesa cheia de comida se sentaram em seus devidos lugares e começaram a devorar oque vinha pela frente.

Fico apenas encostada no balcão enquanto observo os dois homens comerem apressadamente,parecendo duas crianças famintas.

_ Venha! Se junte a gente. - chama o moreno me tirando dos pensamentos.

_ Sim,sim.

Me aproximo e me sento ao lado do mesmo,mas logo me arrependo de tal ato quando sinto sua mão deslizar por minha coxa desnuda. Rapidamente bato em sua mão enquanto olho pro loiro em nossa frente que misturava sua comida entretido.

Viro meu rosto pro lado e olho furiosa pro alto que apenas sorrir de lado enquanto pegava um pouco de arroz do seu prato.

_ Está gostando de trabalhar aqui,Hee? - pergunta Jimin me fazendo olhar pro mesmo.

_ S-sim. Estou gostando muito de trabalhar aqui senhor Park - falo nervosa enquanto belisco a carne em meu prato.

Era tão difícil olhar em seus olhos e não contar a verdade. Sinto o peso dos meus atos em meus ombros e me sinto péssima por trair a confiança do loiro,que desde que cheguei aqui foi muito legal comigo.

~~~

Depois do jantar os dois rapazes foram para seu quarto e desde então não desceram,provavelmente devem ter dormido já que eles estavam bastante cansados pelo trabalho.

Cuido de guardar o último prato em seu devido lugar e em seguida desligo as luzes da cozinha,depois da sala. Me espreguiçando subo as escadas enquanto solto finalmente meu cabelo,que já estava um pouco marcado por estar desde manhã preso.

Ao entrar em meu quarto fecho a porta a trancando em seguida. Assim que me viro vejo Jeon em pé encostado entre a entrada do banheiro,com um sorriso no rosto.

Sentindo meu coração pular coloco a mão no peito,suspirando fundo volto a encarar aquele ser moreno e bonito em minha frente.

_ Você não deveria estar no quarto com seu esposo? - pergunto furiosa por sua falta de educação em entrar nos quartos das pessoas sem permissão.

_ Deveria? - pergunta enquanto anda em minha direção,transbordando todo aquele charme em cada passo que o mesmo dava.

_ Sim! Agora por favor,sai. - peço andando pra trás assim que vejo nossa aproximação diminuir rápidamente.

Sinto minha costas bater contra a porta de madeira,olhando pro moreno que agora para em minha frente. Fecho os olhos assim que sinto seus dedos tocaram meu braço,roçando as pontas enquanto subia por meu ombro até chegar em meu pescoço me causando arrepios.

_ Você não gosta quando eu te toco? - pergunta com sua voz baixa e rouca. Sua mão sobe pra minha bochecha,passando seu polegar por minha pele me fazendo abrir os olhos para encarar os seus que me olhavam com atenção.

_ Você sabe a resposta..- respondo em seguida levo minha mão sobre a sua e a tiro do meu rosto. - mas isso não importa. Agora sai,por favor!

O moreno aproxima seu nariz da minha testa subindo mais um pouco até chegar em meus cabelos,inspirando o cheiro deles.

_ Isso irá importar mais pra frente - diz se afastando.

_ O que isso quer dizer? - pergunto curiosa enquanto saio de perto da porta para chegar mais perto do alto que apenas sorrir de lado.

_ Tenha uma boa noite.

O mesmo passa por mim e sai do quarto sem me responder mais nada,me deixando bastante curiosa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...