História A Era dos Caminhantes - Capítulo 99


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ação, Apocalipse, Caminhada, Caminhantes, Contaminação, Drama, Ficção, Mortos, Mortos Vivos, The Walking Dead, Zombie, Zumbis
Visualizações 8
Palavras 645
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Ficção, Ficção Científica, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 99 - 8.9 Um Pouco Tarde... Demais


I...

Jow havia deixado Giovanna e os Walkers entrarem na casa.

A garota contou para os dois traficantes tudo que aconteceu.

- Então, deixa eu ver se entendi. - Jow anda de um lado para o outro confuso, usava uma calça jeans e uma camisa cinza. Segurava uma AK 47 usada pra intimidar os visitantes. - O nosso patrão foi pra favela juntar todos pra uma guerra contra o grupo desses caras que acabaram com geral dos nossos amigos?!

- Isso. - Confirmou Giovanna. - não amigos, Felipe era o mais amigo meu e foi morto por um dos nossos.

- Tudo bem. - Disse War. - Eu e Jow ficamos aqui pra evitar coisas desse tipo. Não somos de ficar roubando e matando a toa então decidimos ganhar a confiança de Italo e fazer a segurança aqui, em seu "templo".

Well observava os dois com cautela, Rinaldo e Caren também estavam alerta.

- Mas não viemos aqui pra dar notícias. - Well quebra a conversa dos Traficantes. - Viemos atrás da moça que está presa em algum lugar da casa.

- A Anjo. - Completou Rinaldo. - Angelina.

War olha pra Jow, os dois pareciam não entender do que os Walkers estavam falando.

- Anjo? - Perguntou War. - Do que estão falando?

- A pronto. - Resmungou Caren. - Vão dizer que não sabem que o patrão de vocês mantem uma prisioneira na casa?

- não, realmente. - Falou Jow. - Nós ficamos cuidando do perímetro a maior parte do tempo. Nem olhando todos os lugares da casa.

Giovanna olha pra casa decepcionada de certo modo.

- Então deve ser tarde demais.

II...

< Dados do indivíduo Z18 armazenados >

- Okay, podemos ver o que Italo tinha. - Isabelle pega as amostras de sangue e analisa os resultados, sua expressão muda para surpresa. - Sífilis, é o que Italo tinha.

Na sala também estavam Cadu e Wesley. Os dois olham tão surpresos quanto ela.

- Sífilis... Pelo jeito não são só doenças incuráveis. - Isabelle olha para os dois. - Isso é ruim.

- Ele deve ter pego enquanto estrupava alguma inocente. - Disse Wesley. - Maldito nojento.

- Você não está entendendo Wesley. Irei tentar fazer mais exames.

- O que você quer dizer Isah? - Cadu demonstrava um nervosismo. - É pior do que imaginamos?

- Se essa transformação ocorrer em pessoas com qualquer tipo de doença certamente a muito mais desses zumbis brancos por aí, pessoas com diabetes, gripe, asma... Vai saber o que tanto provoca essa mutação.

- Não vamos esquecer de uma coisa. - Disse Wesley enquanto se afastava da parede onde estava encostado. - Se atingisse todas essas doenças teríamos vistos muitos desses transformados e a muito tempo, certamente nossa sobrevivência não teria durado até hoje.

Isabelle pensa no assunto.

- Verdade. É muito complexo pra eu resolver sozinha, não iria dar nem se eu quisesse

Cadu a olha novamente

- O que está querendo dizer?

- A energia do CCD está se esgotando. - Respondeu Isah decepcionada. - Eu vi a alguns dias, todo esse pessoal, a energia acaba sendo mais usada, sem a  manutenção que deveria ser feita em nossa rede logo ficaremos sem eletricidade, meus equipamentos irão desligar.

- Vai tudo explodir? - Questionou Wesley. - Incinerar o lugar para evitar que a caixa de pandora liberte todo o mal?

- Talvez. - Respondeu Isabelle. - Eu estou confusa meninos, não sei o que fazer, parece que sou a única cientista bioquímica do país.

Isabelle se abaixa começando a chorar.

- Não parece ter uma cura pra esse vírus e ainda por cima tudo parece complicar.

Cadu vai até ela tentando consolá-la.

- O que importa é que você está tentando, todos estamos. Juntos vamos conseguir.

- A energia aqui é solar né, vou ver o que está acontecendo. - Wesley sai do laboratório sem dar atenção para Isabelle e suas lágrimas...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...