História A Escolha - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Hinanaru, Inogaara, Itakonan, Sasusaku, Shikatema
Visualizações 16
Palavras 2.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Capítulo 11


Voltei para sala Sasuke estava cochilando no sofá com Sarada dormindo em seu ombro. Segurei a bancada, mordi os lábios, aquele homem era o meu sonho de consumo, Sasori é bom comigo mas nunca menti para ele, nunca usamos a palavra eu te amo, somente eu gosto de você, resolvi guardar esse sentimento para bem lá no fundo do meu coração, me sentia uma traíra com a minha amiga. Esta frio o tempo.

- Sasuke acorde. Coloquei a mão em seu ombro, balancei bem devagar.

- Ham. Ele disse acordando.

- Você adormeceu aqui no sofá, vá se deitar sua cama é definitivamente mais confortável e mais quente que esse sofá. Falei

- Ah sim obrigado por me acordar Sakura. Sorriu era um sorriso lindo, ele levantou com Sarada no colo e a levou para o quarto.

Tenho toque, ajeitei as almofadas que caíram no chão e  fui para o quarto dormir.

No dia seguinte, Sasuke me trouxe a proposta irrecusável, eu trabalharia como chefe no hospital da minha área, teria seu antigo apartamento de solteiro após o 6º mês da Sarada, nesse primeiros meses, a alimentação dela seria somente leite materno, ele não queria dar misturas já que sua filha pegava tão bem o peito, o meu salário serio o dobro daqui, acabei aceitando.

Na outra semana estávamos nos mudando, arrumei minha malas, tinha conseguido falar com Sasori, ele ficou feliz com a minha promoção, daqui há 3 anos ele voltaria e assim veríamos como iria ficar, o nosso apartamento ficaria sublocado para seu amigo fujão Deidara, que estava voltando dentro de um mês do Camboja.

Shion estava com Sarada no colo, enquanto eu ficava na parte de trás do jatinho particular da família Uchiha, Sasuke estava  trabalhando com seu laptop. Mandei mensagem para as meninas, elas queriam fazer um happy hour comigo, mas infelizmente tinha um empecilho, ainda amamentava, elas não gostavam da Shion,  Sarada mamava de 3 em 3 horas, mas nossa Uzumaki resolveu a questão como a casa dela era perto do Uchiha, alias do lado, então as boas vindas seria ali. As meninas ficaram empolgadas, tive que contar tudo a elas o que houve, bom Shion estava enganada que seu marido teria vergonha dos seus amigos saberem que eles tiveram filho por uma barriga de aluguel. As meninas aceitaram numa boa, mas foram maldosas, queriam que o bebê fosse meu com Sasuke, acabei confessando que também gostaria mas isso seria cruel, tinha uma amiga que sofreria no meio disso tudo, elas meio que entenderam, como os meninos souberam da minha chegada e Sasuke queria mostrar a filha, as meninas tiveram que aceitar a Shion, na casa da Uzumaki.

Chegamos na casa da família Uchiha, Shion me levou para o quarto de hospedes próximo da Sarada, assim ficaria mais fácil amamenta-la como o Sasuke queria. Aceitamos sua sugestão,  a empregada me ajudou a colocar as roupas no cabide e nas gavetas. Tomei um banho relaxante, sentei na cama enrolada na toalha, Ino me ligou.

- Fala porquinha.

- Testudinha, estamos arrumando as coisas quando for as 19horas, você vem para cá falar conosco.

- Tudo bem. Respondi e desliguei.

Comecei a ver as mensagens das meninas, Tsunade me desejou boa sorte na minha nova empreitada, agradeci, fui nua para minha gaveta pegar uma calcinha, esta conversando com as meninas rindo das loucuras delas, quando a porta se abriu, achei que era a Shion com a Sarada, hoje ela estava grudada na menina, coloquei minha calcinha, quando virei tomei um susto não era Shion e sim o Sasuke, ele me olhava com os olhos arregalados assim como os meus.

- Me desculpe. corri para dentro do armário peguei um vestidinho leve.

- AAAh eu que deveria me desculpar por entrar no seu quarto assim, é que Sarada esta agoniada para mamar e Shion está conversando com as amigas vim fazer um favor a ela. Sasuke olhava para todos os lados sem graça.

- Ah sim me dá ela aqui, que eu a alimento. Ele me deu,  sentei na beirada da cama, Sarada era uma esfomeadinha, sentia o cheiro do leite já corria para mamar com seu pescoçinho, coloquei o seio para fora ela pegou de uma vez.

- E aí gostou do quarto? Precisa de alguma coisa? Começou o Sasuke.

- Não esta tudo bem, é bem grande e espaçoso, mas eu gostaria de um dia poder ver o apartamento que me foi oferecido, decora-lo conforme eu gostaria.

- Ah sim tudo bem, vou ver um dia que esteja disponível e Itachi possa me cobrir, levamos você lá para ver de perto, afinal você só tinha visto em fotos.

- Ok, combinado.

- As meninas estão indóceis para te ver, pena que elas não gostam da Shion como gostam de você. Ele disse me olhando.

- Bom pelo menos hoje em dia elas se cumprimentam, é aos poucos as coisas vão se encaixando, você vai ver, eu sou o elo entre elas, e te garanto que Sarada essa menina linda, vai ser o elo que as liguem mais. Mexi com a filha deles, que segurava meu seio como se fosse sumir enquanto mamava, Sasuke olhou para sua filha e sorriu.

- Ela é linda né? Perguntou sorrindo para a bebezinha com as bochechas vermelhinhas.

- É linda demais mesmo, vou sentir falta dela quando me mudar.

- Bom se quiser pode morar aqui conosco fazer companhia para Shion, ajudar a criar a nossa filha. Falou

- Bom eu preciso de um lugar só meu, até por que tem Sasori, daqui há três anos ele volta vamos formar uma família, e vocês não podem me ter aqui para sempre seria estranho.  Agradeço pelo convite. Sorri

- Então você esta noiva?

- Digamos que sim, mas sem anel, eu e Sasori temos um jeito diferente, chegamos a conclusão que gostamos um do outro, nos curtimos e que queremos ter uma família, pensamos iguais, resolvemos dar esse passo.

- Não parece muito mecânico a relação de vocês? Desculpe estou me metendo onde não sou chamado.

- Tudo bem, olhando pelo seu lado é estranho mesmo. Sarada desfaleceu depois de mamar, ela sempre apagava, eu achava engraçado o jeitinho dela, dei para o Sasuke ele a colocou no colo dando uns tapinhas na costa para arrotar, me ajeitei.

- Tchau Rosada. Falou Sasuke na porta do quarto e assim fechando, sentei na cama bufei.

- Ah Sasuke preciso sair dessa casa, você me deixa maluca, nenhuma relação será plena para mim por que não é com você. Uma lagrima caiu do meu olho, fui para o banheiro entrei no box liguei o chuveiro novamente, sentei no chão comecei a chorar, era ali que eu descarregava todos os meus problemas, quando cansei de chorar sequei meu cabelo, coloquei uma calça jeans com uma bata larguinha meu corpo ainda não tinha voltado ao normal.

Desci, falei com Sasuke já que Shion estava no telefone com as suas amigas da escola, fui antes para ajudar a Hinata ela estava com um bebe de colo seria difícil para ela cuidar de tudo sozinha, Sarada já tinha mamado então estava livre por três horas.  Sasuke tinha me mostrado a casa pelo jardim, fui andando até lá. Apertei a campainha, Hinata me atendeu, quando ela me viu ela sorriu, logo ganhei um abraço.

- Vamos entra Saky.

Entrei na mansão, ela me levou até seu pequeno.

- Olha que menino lindo, parabéns. Falei ela sorriu de felicidade.

- è lindo mesmo a cara do pai mas me deixa feliz ter a família crescendo. Respondeu.

- Vim te ajudar, você sozinha com um bebe deve ser difícil.

- Que nada, esta tudo tranquilo Naruto resolveu fazer churrasco, cada um deles irá trazer o que for  beber as meninas trarão o que podemos beber, então esta tudo tranquilo. Mas me conta sobre você, por que nos escondeu que seria barriga de aluguel? Logo do Sasuke a sua paixão desde a infância.

- Bom a Shion estava gravida naquele dia do acidente e acabou perdendo o bebê, bom ela veio confidencializar comigo que ela e o marido não estavam bem, ela tinha descoberto que não poderia mais ter filho seu útero não conseguiria mais sustentar uma gravidez, ela tentou se matar, se jogou na piscina, a encontrei desacordada com os pulsos cortados, corri para o hospital, ela tinha perdido a vontade de viver, seus pais não ligam para ela, o Sasuke por mais que me doa era o único que a dava atenção, sem ela poder dar o sonho dele um dia ela o perderia, ela não aguentou perder ele e tentou se matar, depois de três dias em estado mudo ela veio com essa ideia de eu ser a barriga de aluguel, aquilo me doeu muito era um filho do Sasuke, mas eu poderia realizar o sonho dele de ser pai e ajudar minha amiga, querendo no fundo eu era masoquista teria um fruto que parte era do amor da mina vida carregado por mim, mas não quis aceitar eu entendia que no fundo ia dar algum problema, Shion conseguiu me convencer,  e acabamos aceitando fomos no medico dela, ele fez os exames na hora, como não tomo remédio mais por que Sasori esta longe estava no período fértil o medico tentou a inseminação e pronto realizado, engravidei de primeira.

- Cacete, e você como esta se sentindo no meio dessa família?

- Me sinto mal, porque eu não esqueci o Sasuke, e me sinto uma traidora porque Shion o ama e eu ainda tenho sentimentos pelo marido dela mesmo que não correspondido, evito ficar perto dele, mas Shion não colabora, não quero falar isso para ela e causar um desgaste no casamento percebi que eles estão estremecidos desde que o Sasuke apareceu na minha porta e descobriu a verdade.

- Bom mas você vai aqui com eles?

- Sim pelos 6 meses de vida da Sarada, eles optaram pelo leite materno.

- Olha se você precisar pode vir para cá, eu e Boruto ficaremos com você sempre que precisar, estou em casa mesmo sozinha.

- Obrigada amiga, por me entender.

- A deixa de ser boba amigas são para essas coisas. Falou Hinata sorrindo logo as meninas chegaram, todas com barrigões enormes, começamos a conversar, tomamos suco, Hinata deu de mamar para Boruto.

A campainha tocou, Hinata foi abrir.

- Olha quem está aqui Uchiha, vem ver o seu afilhado. Sasuke estava com Sarada no colo ela estava agoniada.

- Deixa eu entregar a Sarada primeiro ela acordou meia hora mais cedo, esta reclamando deve estar com fome.

- estranho ela tem o horário certo. Respondi.

- Não pela quantidade que saiu dela sujou tudo fralda roupinha até a roupa de cama. Falou rindo, a peguei no colo, ela começou a procurar meu seio foi mamar. Sasuke foi até o berço do seu afilhado, pegou o Boruto no colo.

- Que rapaz grande, parece com seu pai mas é bonito coisa que ele não é. Falou com bebe que mordia a mão.

- Uchiha, você mandou bem heim rapaz sua filha é linda. Falou Ino

- Obrigado mas não a fiz do medo convencional, foi inseminada,  a Sakura que cuidou da gestação toda por nós. Falou olhando para mim, sorri.

- Isso que é esperma de respeito, nem virou os olhinhos deixou o gene lindo. Falou Temari

Começamos a rir, Naruto chegou e Sasuke foi ajuda-lo, Sarada ficou no meu colo.

- Sakura ela tem tanto alguns traços seus, é o Uchiha mas lembra você. Falou Tenten olhando.

- Também reparei isso. Falou Ino

- Deve ser porque estou com ela o tempo todo aí parece comigo. Falei rindo.

Os meninos chegaram vieram me dar um abraço, Sasuke foi buscar a Shion e o carrinho da Sarada.

Ficamos sentadas conversando enquanto Shion bebia um drink olhando a Sarada,  Os meninos bebiam perto da churrasqueira enchendo a cara, até que foi divertido contem causos engraçados de alguns plantões, alguns Ino presenciou foi bem divertido.

Quando deu 22 horas, os rapazes estavam mais que bêbados até o Sasuke. Sarada estava com vontade de mamar.

- Bom meninas acho que esta na hora de irmos, os rapazes estão mais para lá do que pra cá. Além de ter chegado hoje, ainda estou cansada.

- Ok, vou também. Falou Tenten

Elas chamaram os meninos, Shion me acompanhou, peguei o carrinho com Sarada comecei a empurrar. Shion foi chamar seu marido, não ouvi o que ele disse mas Shion estava puta, logo Sasuke veio cambaleando para meu lado.

- Deixa eu levar ela? Pediu

- Bom se quiser... Não poderia me meter ele era o pai.

- Sasuke você bebeu demais, não vai levar a Sarada assim. Gritou Shion, eles dois começaram a discutir, peguei o carrinho e empurrei até em casa, sentei no sofá dei de mamá pois a mini Uchiha começou a chorar de fome.

- QUAL É O SEU PROBLEMA? Gritou Shion

- VOCÊ MENTIU PARA MIM. Gritou o Uchiha de volta. Sarada ficou assustada com a gritaria, levei para meu quarto enquanto ela mamava, botei ela deitada na cama e eu do lado dela, ouvi alguns vidro espatifando sabia do gênio da Shion, ela quando se irritava muito ela quebrava as coisas. Segurei os dedinhos da minha pequena, ela terminou de mamar e apagou, sentei na cama com ela sobre meu tronco em pé para arrotar. Dormimos assim, de manha Shion me acordou para pegar sua filha, aproveitou para dar banho nela e trocar de roupa, ela pediu desculpas pela briga, disse que acontecia como todo casal.


Notas Finais


E aí estão gostando??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...