1. Spirit Fanfics >
  2. A Escolha >
  3. Parem!

História A Escolha - Capítulo 12


Escrita por:


Capítulo 12 - Parem!


Fanfic / Fanfiction A Escolha - Capítulo 12 - Parem!

~ Pov de Emilye ~

*suspiro*

Estou muito preocupada com João, ontem ele não foi a escola, ele falta. Mas... Ele me avisa quando ele vai faltar, mas dessa vez, ele não me avisou.

Pensando assim. Lembro do dia que eu e o João nós conhecemos.

{ Momento em que João e Emilye se conhece}.

~ Pov de João ~ 

Eu e meu pai estamos se mudando, depois de tudo que aconteceu. Estou com dez ano agora.

 Eu e ele só queríamos paz, vou sentir falta do vovô Jorge. Mas prometo vim visitar ele.

Agora vamos morar na Cidade grande, meu pai não tava gostando muito da ideia, mas ele estava fazendo isso por mim. Ele suspeitava que a minha mãe deveria está morando lá. Então resolvemos nós mudar.

~ alguns minutos depois...

Vamos mora em um apartamento. Não é lá essa coisas, mas é melhor do que nada.

Ajudo o meu pai a trazer as coisas para dentro do nosso apartamento.

Assim que terminamos. Eu fui banhar, para tira o suor. Termino e vou para o meu quarto, me deparo com o meu pai. Ele parece triste.

- Tudo bem pai?

Meu pai- Tá. Tá tudo bem.

Não acreditei muito.

- Pai. ~ ele me olha.

- Vai ficar tudo bem. São coisas nova pra nós, mas... vamos nos sair bem. ~ digo sorrindo.

~ alguns dias depois...

Hoje é meu primeiro dia de escola, na Cidade grande. Estou um pouco nervoso, confesso. Afinal, eu não conheço ninguém nessa cidade. 

Meu pai conseguiu arranjar um emprego, está trabalhando com auxiliar farmacêutico, não sabia que o meu pai entendia de remédio, mas... beleza. Ele também quer fazer faculdade de Medicina. Estou muito orgulhoso do meu pai.

Meu pai- Vamos João! Você não chegar atrasado, no seu primeiro dia de aula.

Pego minha bolsa, eu vou para o carro.

~Chegamos na escola~

Nossa! Essa escola,  é enorme!

Estou perdidinho aqui.

Alguém me cutuca.

???- Oi. Você é novo por aqui? 

Era uma voz angelical. Olho para trás, uma garota, bonita, dos olhos castanho, de cabelos escuros lisos.

???- Oi. Me chamo Emilye Dantas. Você é novo por aqui né? 

- Sim. ~ eu a respondo.

Emilye-  Como se chama?

- João... João Jones. ~ Nossa! Os olhos dela... brilhava. Não sei porque... mas... Meu rosto está vermelho.

Emilye- Você é novato? Né? 

- Aham.

Emilye- Quer ajuda?

- Quero. Quero sim.

Emilye- Deixa-me ver, o seu papel.

- Tá. Toma. ~ entrego na sua mão.

Ela olha, e coloca uma mecha de cabelo, para atrás da orelha.

Emilye- Olha, que legal. Caímos na mesma sala. ~ diz sorrindo pra mim.

Fico meio que envergonhado.

Emilye- Vamos.

Sigo ela, até a nossa sala.

Chego na sala, e sento no fundo. Na última cadeira, da primeira fila. Estou arrudiado de animais, só tem gente doida aqui.

Gostei!

Emilye está na porta da sala, com duas garotas, ela é muito bonita.

~ Pov de Emilye ~

Camila- Esse é o novato?

- Sim.

Camila- Ele é bonito.

- Cê acha?

Camila- Olha pra ele garota! Ele o mais bonito da sala.

~ começamos a rir ~

Até que ela está certa.

* alguém me esbarra *

- Opa, descul... ~ me interrompe.

???- Sai da frente tampinha. ~ era uma voz de um garoto.

Camila- Você chamou quem de tampinha? Felipe.

Paula- Presta atenção por onde você anda menino.

Ele rir da cara das meninas.

Paula- Tá rindo de que pateta? ~ ela se a próxima até ele.

* Camila e Paula eram as garotas mais briguentas da escola, ou seja, a maioria da turma, tinham medo delas. Na verdade, a Paula não gosta de brigar, mas ela luta pelo o que é certo.*

Felipe- Vocês acham que eu tenho medo de vocês?

Léo- Vão bora Felipe. ~ (amigodo Felipe)

Nando- É cara, vamos. ~ (amigo do Felipe)

Então eles vão para os suas cadeiras.

Camila- Esses moleques são muito idiota.

Paula- Verdade.

- Esquecem gente.

Camila- Você também Emilye, tem que parar de ser assim. Você não pode dar liberdade para as outras pessoas, fazerem o que quiser com você.

Paula- Sou contra a violência. Mas... ela tá certa. Você precisa se cuidar mais.

Concordo com a cabeça. 

~ A professora entra e todos vão se sentar ~

~ hora do intervalo ~

Vou até a cantina, e compro um lanche pra mim.

Camila- Emilye.

- Oi.

Camila- Vamos jogar bola, o professor liberou a quadra e a Paula trouxe a bola. Vamos?

- Depois eu vou.

Camila- Tá bom. 

Ela sai chutando a bola. 

???- Eai tampinha.

Alguém aparace na minha frente. Eu olho, e era o Felipe e os meninos.

Eu estava no refeitório, percebi que não tinha ninguém, além de mim e eles. Que estranho.

Felipe- Cadê a sua protegidas? 

Léo- Cê tá sozinha?

Nando- Elas estão na quadra!

Léo- Então você tá sozinho?! ~ eles começaram a rir.

- O que vocês querem? 

Felipe- Relaxa.

Nando- Nós queremos só o seu lanche.

Léo- Então anda, me dá.

- Não! Se vocês quem?! Comprem. ~ digo segurando firme o meu lanche.

Léo- Você não vai dá? Então vamos tomar!

Eles vem em minha direção.

- Sai de perto de mim.

Felipe puxa o meu cabelo.

Felipe- E agora?! Você vai me dá o seu lanche?

Os outros meninos começaram a rir.

Felipe me empurra, eu acabo caindo no chão. O meu lanche se espalha no chão.

Nando- Olha o que você fez?!

Léo- Sua tampinha!

Léo me chuta no estômago, eu começo a gofar.

- Parem!

Felipe- Para?! Não, não quero parar.

Ele me chuta, Nando joga um copo de suco em mim. Felipe se a próxima. Ele se agacha.

Felipe- Você merece uma lição!

E me dá um soco e eu apago...

Continua...









Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...