1. Spirit Fanfics >
  2. A Escolha do Rei (Jikookabo) >
  3. 11 Capítulo

História A Escolha do Rei (Jikookabo) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Então, tudo bem?

Aqui está o capítulo 11. Tentarei postar o 12 ainda hoje, mas não prometo nada.
Amanhã vou ter teste de Filosofia, por isso, tenho de estudar, pois vou ter exame à disciplina em Julho, logo convém que eu tire boas notas.
Desculpem o capítulo pequeno, mas não consigo fazer muito mais, prometo compensar-vos nos próximos.

Capítulo 11 - 11 Capítulo


[No Castelo]

-Bom dia Jin-hyung_disse entrando na cozinha_

-Bom dia Jiminie. Dormiste bem?

-Um pouco sim.

-Jimin, posso te perguntar uma coisa?

-Claro.

-Ontem, tu parecias um pouco tenso enquanto estavamos a conversar. Aconteceu algo?_perguntou preocupado com o mais novo_

-Na verdade aconteceu sim uma coisa.

-Podes contar-me o que aconteceu?

-Não é nada demais. É só que......estou com um pouco de medo, Jin. Hoje à noite vai ser o jantar em que o Jungkook me vai apresentar para os conselheiros.

-Tu estás com medo do que eles podem fazer contigo, né?

-Sim. Lá na cidade, as pessoas dizem que os conselheiros do castelo não são nada simpáticos e que sempre põem defeitos em tudo. Tenho medo de que eles não gostem de mim e que comecem a fazer comentários desagradáveis_suspirou_

-É assim, Jimin, eu não vou mentir para ti. Os conselheiros realmente são bem arrogantes e colocam defeitos em tudo o que vêem e.......parece que eles não gostaram nada de saber que o Jungkook escolheu um ômega.

-Aish, eu não quero ir a este jantar. E se eles fizerem algo comigo?_disse nervoso_

-Eu acho que não. Eles não se vão atrever a dizer nada desagradável sobre ti em frente ao Jungkook.

-Estás a dizer-me que aquele rei rude vai proteger-me? Quer dizer, ele já me tinha dito que ia fazer isso. Mas ainda assim não confio totalmente nele.

-Podes ter a certeza de que ele o vai fazer.

-Duvido. Apesar de ele se mostrar um pouco mais cuidadoso com as suas ações, não sei se o está a fazer porque é o correto, ou se é só para que eu não me oponha às decisões dele.

-Eu compreendo o teu lado, mas......não penses isso do Jungkook. Eu sei como ele parece rude e frio........_suspirou_mas acredita quando te digo que ele tem os seus motivos para ser assim.

-Eu entendo que ele tenha os seus motivos, mas eu não tenho nada haver com isso.

-Eu sei e espero que um dia possas entender o lado dele. E, como é óbvio, que um dia ele entenda o teu também.

-Ok_suspirou_Eu vou indo, podes dizer ao Jungkook que eu não como pequeno-almoço (café da manhã) hoje? Não estou com muito apetite.

-Jimin!_disse com um tom repreensivo_Ontem não jantaste e hoje não comes outra vez?

-Ontem o Jungkook levou-me uma sopa. Disse que não me queria ver doente ou a desmaiar por fome. Então eu perguntei-lhe se ele se preocupava comigo.

-E o que é que ele disse?

-Ele disse que sim, que se preocupava comigo_suspirou bobo ao lembrar-se da noite anterior_

-E pelos vistos alguém gostou de ouvir isso, né?_disse com um sorriso de lado fazendo Jimin desfazer a expressão de bobo apaixonado_

-Aaa....e-eu v-vou i-indo. Tchau hyung_disse atrapalhado saindo da cozinha rapidamente_

Jimin, após sair da cozinha, dirigiu-se à biblioteca. Enquanto caminhava para lá, o ômega apenas pensava no porquê de o seu lobo se ter agitado ao lembrar-se do alfa e da maneira cuidadosa com que ele agiu na noite anterior. Ao chegar na biblioteca, Jimin escolheu um livro e sentou-se numa das poltronas próxima a uma janela abrindo o mesmo ainda pensativo.

-Porque é que o meu lobo se agitou tanto ao lembrar-me do Jungkook? Talvez eu esteja.....não, não posso estar apaixonado por ele. Provavelmente é só impressão minha_disse logo começando a ler o livro deixando estes pensamentos de lado_

...........................

[No Escritório de Jungkook]

-Que porra, porque é que tem de haver tantoa papéis para eu ver? O que é que eu fiz para merecer esta merda_suspirou irritado_

-Eu já sabia que tu não eras muito certo das ideias, mas daí a falar sozinho. Ficaste doido foi?_disse entrando no escritório e soltando um risinho_

-Kkkk, olá para ti também Jin hyung. E não, eu não estou doido. Apenas não aguento mais tantos papéis.

-Então prepara-te para os colocares de lado, porque eu preciso de falar contigo_disse sentando-se na cadeira em frente a Jungkook_

-Tem mesmo de ser agora? Eu preciso de acabar isto de uma vez por todas.

-Não, claro que não. Podemos falar noutra altura se preferires. Era sobre o Jimin, mas se os papéis são mais importantes, falamos depois_disse começando a levantar-se_

-Jimin? Aconteceu alguma coisa? Alguma coisa má?_perguntou um pouco desesperado_

-Não, Jungkook. Não aconteceu nada de mal, fica tranquilo_riu do amigo e sentando-se novamente_

-Então conta-me o que se passou.

-Os papéis não tinham prioridade?_disse cruzando os braços e arqueando uma das sobrancelhas_

-Desembucha lá.

-Ok, ok. O Jimin está inseguro por causa do jantar de hoje.

-Como assim?

-De manhã ele contou-me que, na cidade, os conselheiros não são vistos com muito bons olhos. O que não é mentira.

-Ele está com medo deles, não é?

-É o que parece.

-Mas ele não tem de ter medo deles. Se algum se atrever a ofendê-lo, vou ter o prazer de acabar com ele.

-Paz e amor, por favor. Não quero violência, ainda mais perto da minha cozinha.


Notas Finais


Link da roupa do Jimin:
https://aminoapps.com/c/armyaminobr/page/blog/um-principe-jimin/RZkj_dwuwuWwGJ38oLKL86Doqg87EKz7z0

Tal como eu disse no início, tentarei postar o 12 hoje.

Espero que tenham gostado deste capítulo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...