1. Spirit Fanfics >
  2. A espera do meu primeiro amor (malec) >
  3. O baile

História A espera do meu primeiro amor (malec) - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


Estou de volta :D
Aproveitem este capítulo, pegação, drama e BARRACO >:DD
Boa leitura kkkk

Capítulo 11 - O baile


•Sebastian Verlac Point View•

Eu não estava acreditar no que eu tinha acabado de ouvir. Ela estava apaixonada pela pessoa que eu ia humilhar!! Não, não, NÃO. Podia tudo acontecer, TUDO, menos isto. Minha respiração tá acelerada, e tou a sentir uma tensão muito grande, minha vontade é de gritar, gritar e deitar a minha raiva toda.

-Sebastian? 

Ouvi a voz dela a me chamar .

-Como assim estás apaixonada por ela!? Eu disse com um tom de raiva

-Não sei.. Simplesmente estou apaixonada, e não quero continuar o teu plano

-Camille não me podes abandonar assim!

-Desculpa Sebastian, eu não vou continuar isto.

Ela alevantou-se pegou nos sacos dela e começou andar em direção a saida.

-Camille!! Volta aqui!! Eu praticamente gritei, mas ela me ignorou e continuou andar.

O meu plano está estragado, não isto não pode estar acontecer, e agora como vou humilhar aquela miúda. Preciso de alguém, preciso de ideias. Estou a enlouquecer. Não não, Sebastian controla-te, vai tudo correr bem, tu vais humilha-la a frente de todos. Me alevantei peguei no meu saco e foi em direção a saida a repetir para mim mesmo "eu vou dar lhe uma lição, com ou sem ajuda".

Cheguei a casa e ignorei tudo e todos, me tranquei no meu quarto em chances de fazer aquela noite a pior noite que ela já viveu. Tinha de me apressar o baile é daqui a 2 dias, mas vou arranjar uma maneira de a humilhar, eu sei que vou.

{2 Dias depois, as 9 da manhã}

             •Moon Point View•

São 9 da manhã e estou aqui deitada na minha cama, tou a pensar se mando mensagem a Camille. Ela deu-me o número dela, conversamos estes 2 dias, a Manu e a Sarah já sabem da minha paixoneta por camille, nem acredito que me apaixonei. Desde a minha última relação amorosa não fiquei muito emocionalmente, espero que ela não seija como a .... só de pensar o nome dela me dá uma vontade grande de chorar. Enfim, me alevantei da cama, me olhei no espelho e tinha uns calções masculinos que iam até ao meu joelho, e uma t-shirt larga que roubei ao meu irmão, e as minhas inseparáveis pantufas da lilo & stitch. Vou em direção a cozinha com as mãos nos bolsos, a Manu tá a preparar uma torrada, a Sarah ainda tá a dormir. Apoio a minha cabeça no ombro da Manu.

-Bom dia. Eu disse , ela sorriu

-Bom dia moon, preparada para o dia de hoje?

-Podemos dizer que sim. 

A campainha toca e eu olho confusa.

-Esperas alguém? Disse curiosa 

-Sim, o meu amigo Magnus, importas-te de ir abrir por mim? Por favorzinho.

-Tabom eu vou.

Fui em direção a porta e vi a Sarah a passar para a cozinha tipo furacão, acho que a campainha a acordou. Abri a porta e vi Magnus.

-Bom dia moon

-Bom dia

Dei espaço e o moreno entrou, fechei a porta e o levei para a cozinha, a Manu deixou as torradas em cima da mesa e abraçou Magnus, eu me sentei ao lado da Sarah e me encostei a ela.

-Sai moon

-Nossa , não tenho culpa que o amigo brilhante da Manu tocou a campainha e te acordou

-Te acordei? Mil desculpas

-Para com isso Magnus ela tem que acordar mesmo.

Eu comi a minha torrada só vendo aquela cena toda acontecer, fiquei rindo da cara da Sarah de fúria, por ter sido acordada.

{...}

Já tenho meu ter vestido, só falta por a minha máscara, eu visto um terno preto e uns sapatos pretos também, tenho um bolso no lado esquerdo do meu casaco, e umas letras brancas com o nome da marca, este terno costou o meu rim quase. Quando me casar vou usar este mesmo fato. Minha máscara era dourada, com uns detalhes com brilhantes porque a Sarah quer que eu chame atenção embora eu não goste muito. A Sarah vestia um vestido preto, com uma abertura no lado esquerdo da perna. Usava uma máscara preta, com alguns detalhes e uns salto alto preto também. Admito ela tá muito gata, puta que pariu. Olho para o lado veijo a manu ajeitar a sua máscara, ela tinha um vestido dourado, usava um salto preto, mas nem se notava que o vestido é tão comprido que nem se vê. A máscara dela também era dourada. Se não fossem minha amigas, quase irmãs eu pegaria as duas. E depois temos magnus, passou o dia connosco ele é uma boa companhia, ele vestia um terno azul escuro, por baixo uma camisa branca e a calça era um azul um pouco mais claro. E a sua máscara branca, com detalhes de preto. Coloquei a minha máscara no rosto e me olhei no espelho, estava com uma pose superior, como se eu manda-se em tudo, parecia que eu tinha o poder. Estávamos todos prontos e fomos para o baile, chegamos não tinha muita gente, mas a música já estava a dar, peguei numa bebida e me sentei em um dos bancos que havia lá.

•Magnus Bane Point View•

A noite estava a ser Incrível, a Manu e a Sarah passando o rodo em geral, e Alexander dançando comigo na pista. Decidi dar uma pausa na dança e fui pegar alguma bebida, a moon tava lá solitária, vendo todo mundo dançar , me sentei ao lado dela e fiquei olhando as pessoas enquanto dava um gole da minha bebida. Vi a Manu chegando sorrindo, até que ela esbarra numa garota. Olhei para a moon e ela tava se esforçando para não rir.

-Me desculpe você tá bem? Qual seu nome? A Manu disse, a menina se alevantou com a ajuda da Manu.

-Sou a bruna , sim estou bem

-Ainda bem, é da nossa a escola né?

-Uhum, sou do 9 D

-Legal. 

-Eu ia agora para a pista de dança quer me acompanhar?

-Seria um prazer. Elas sorriram e foram para a dança

Como alguém pode se tornar amiga de outro alguém Simplesmente esbarrando nela? O mundo é estranho, me alevanto para voltar para perto de Alexander, e consigo ouvir a Bia de Sebastian.

-Que vergonha mulher em um terno.

-Voce deve ser a vergonha da família, devem te odiar pelo seu estilo.

-Para nem falar, que parece lésbica

Ouvir o sebastian a rir e atenção da festa começou a ir para moon e Sebastian. Eu olhei para trás e vi a moon sentada, se contendo para não saltar para cima dele e o matar ali mesmo. Manu e a Sarah se aproximaram para ver , Alexander também.

-Tu é nojenta garota, fica dando em cima da minha amiga, se toca ninguém vai ficar com voce.

-Voce e suas amigas são nojentas.

Foi só ele falar da Sarah e da Manu, que ela se alevantou colocou o copo sobre a mesa e deu um soco nele. Ele caiu no chão e começou a sangrar.

-Voce é louca!!

Ela começou a ir em direção a ele, e ele se chegava para trás, alexander correu quase para agarrar ela.

-Repita oque disse, fala!! Ela gritou

-Seu imundo, vergonha tenhas tu!! Tenho pena da camille ser amigo de um merdas como tu!!

-Moon calma. Alexander tentou acalma-la

-entenda Sebastian, eu sou melhor que você, você sente inveja disso

-Melhor que eu? Nunca. Ele se alevantou com o nariz a sangrar.

-Não ouse falar mais alguma vês de Sarah e da Manu, passar bem seu imundo

Ela terminou a frase e saio, a Manu tava indo em direção a ele com um olhar raivoso eu a segurei.

-Manu não, isto vai dar problema já

-Não quero saber, aquele filha da puta tá tentando rebaixar a moon!! Nem eu e nem a Sarah vamos permitir isso!!

-É isso mesmo, sua cobra, aí de tu voltar a falar da moon desse jeito. A Sarah falou se aproximando dele 

E elas saíram atras da moon, admito se eu tivesse no lugar da moon também socava a cara dele. Mas isto não vai ficar assim, ela é vingativa..



Notas Finais


Oque acharam da treta? Eu tentei o meu melhor, pensavam que o baile não ia acontecer barraco? Estavam muito enganados kkkk


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...