História A Esperança de uma Estranha! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kotoura-san
Tags Amor, Comedia, Drama, Engraçado, Festa
Visualizações 12
Palavras 2.245
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Terror e Horror
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


What Time is it? Tea Time! ~~EmiYumiChan ♥~~

Capítulo 1 - Minha História Cruel!


Fanfic / Fanfiction A Esperança de uma Estranha! - Capítulo 1 - Minha História Cruel!

Bem, Minha história começa quando eu nasci.. Meu Nome é Yuki, tenho 15 anos. Quando eu nasci minha mãe estava tão feliz, Sempre cuidando de mim.. Como sua única filha! (Depois de algum Messes!) 
- Em um dia Ensolarado E Quente, Eu ouço alguém me acordando, Parecia minha mãe.. Talvez?
Mãe: Yuki... Yuki, Bom dia! O café da manhã está pronto.
Eu: O que temos para o café da manhã?
Mãe: Adivinha! 'K;Minha mãe rir~~
Eu: Já sei! Omelete! 'K; Levanto minhas mãos sorrindo~~
Mãe: Hã? Você Acertou! 'K;Minha mãe fala em um tom Alegre~~
Eu: EBA! 'K; Eu Pularia no colo da Minha mãe~~
Minha mãe foi pra cozinhar, Arrumar os pratos e os talheres.. Assim com meu pai, Conversando.
Mãe: Você gostaria de mais café, Querido?
Papai: Sim, Pode ser. Sirva-me Mais.
Eu: Mamãe, o Papai disse que preferia beber chá. (Nessa hora, eu não.. Não sei! Parecia que eu tinha lido o pensamento do meu pai!
Eles olham para mim, Assustados e Minha Pergunta para meu pai.
Mãe: É mesmo, Querido?
Pai: Bem.. Mas como é que você sabia, Yuki? 'K;Ele rir~~
Eu viraria a Cara e continuaria a comer meus ovos.
                                                                 ~~.
No dia da Escola!.~~
Eu e Minha Miga: Pedra, Papel ou tesoura!
Eu: Eu ganhei! 'K;Eu salto alegre~~ Então é a sua vez, Yuu!
Yuu: É Sempre a gente! Isso não é justo, Yuki!
Eu: Claro que é justo. Decidimos com pedra, Papel ou tesoura!
Profe: Você é muito boa nesse jogo, Yuki. 'K;A Profe chegaria perto sorrindo e impressionada~~ Por que você não joga contra mim, a rainha do pedra, papel ou tesoura?
Nós: Pedra, Papel ou tesoura! 'K; A professora perdi e solta um grito de brincadeira~~
???: Isso foi muito ruim, Professora.
Eu: É Fácil, Vocês estão todos dizendo o que vão mostrar. 'K; A Professora fica assustada~~
                                                                 ~~Em Casa!~~
Eu:Papai! Mamãe! Olha, Olha! 'K;Eu viraria de costa mostrando minha mochila nova rosinha~~ O vovô comprou para mim!
Mama: É muito bonita, Yuki! 'K; Ela dá um sorriso desajeitado~~
Pai: Sim, você cresceu muito.
Eu: Ei, Não me chame de "Baixinha"! 'K; Falo em um tom triste~~
                                                             ~~Na Escola de novo, Eu estava no 4° Ano~~
Aya: E aí, Pessoal, Há Alguém de que quem vocês gostem? 'K;Enquanto os meninos estavam correndo dentro da sala as meninas estavam reunidas~~
Hai: D-de jeito nenhum!
Kaoru: Os Meninos são tão infantis. Certo, Yuki?
Eu: Por que é que vocês estão todas mentindo? 'K; Todas falariam "Hã?"~~ A Aya gosta do Kousuke, certo? A Mai, Gosta do Hajime. E A Kaoru.. Ah! A Kaoru gosta do Kousuke também!
Kaoru: Você gosta do Kousuke, Aya?!
Aya: N-não! Eu não gosto de nenhum Menino!
Eu: A Kaoru já gostava dele desde o jardim de infância, Não é?
Kaoru: E-eu Nunca disse nada disso!
Hai: E-Eu não gosto do Hajime...
Eu: Você gosta dele desde aquela vez que ele ajudou você a se levantar depois de ter caído, não é?
Os Meninos se aproximam e falam:
Eles: De que é que vocês estão falando?
Eu: Ah, que bom! O Hajime também gosta de você, Mai!
Hajime: NADA DISSO! EU NÃO GOSTO NEM UM POUQUINHO DA MAI! 'K; A Mai começaria a Chorar e falava~~
Eu: Você é uma Boba, Yuki! Eu odeio você! 'K; Assim ela me empurrando~~
Elas: Eu não te conheço mais, Yuki! Não somos mais amigas!
                                                                 ~~~Depois de uns 3 dias~~
Mãe: Yuki é uma mentirosa Compulsiva?
Diretora: Sim... Tudo o que ela diz é bobagem, Entendeu.
Mãe: Mas... 
Dire: Vários colegas foram magoados e recebemos inúmeras queixas dos pais.
Depois de fala com a diretora minha mãe bate na mesa inconformada, Assim indo pra casa no seu carro~~
                                                               ~~~Em casa com o Papai~~
Pai: Vou deixar o assunto com você.
Mãe: Mas querido...
Pai: Educar uma criança é trabalho da mãe, não é? Amanhã tenho que trabalhar cedo. Vou dormir.
Minha mãe me levo em vários médicos, Minha mãe achava que eu tinha algum tipo de doença ou algum do tipo. Mas todos falaram que era nada! Assim deixando minha mãe super nervosa.~~
Eu: Eu estou doente, mamãe? 'K; Minha mãe me olharia com uma cara de choro~~
                                                              ~~Em casa depois do médico~~
Eu: Ninguém quer Brincar comigo! 'K;Começaria a chorar~~ Eles dizem que eu sou uma menina assustadora que só diz coisas estranhas. 'K; Uma ligação para minha tocaria, Assim ela atendendo~~
Mãe: Quando é que você vai voltar para casa, querido? Temos que falar sobre a Yuki!
Pai: Eu disse que ia deixar o assunto com você. E não acho que vou conseguir chegar em casa do trabalho hoje á noite. 'K; Assim meu pai desliga na cara da minha mãe~~
Mãe: Querido?! Querido!
~~Minha mãe me leva em um templo Monge para vê se tem alguma coisa comigo, Tipo: Um Youkai~~
Mãe: Algum demônios possuiu minha filha! Faça Algo para exorcizá-lo, Por favor! 'K;Minha mãe falaria desesperada~~
Monge: Mesmo que você peça... Eu sou apenas um sacerdote.
                                                              ~~Em casa, Minha estava bebendo~~
Mãe: Por que... Por que só a minha filha?
Eu: Mamãe.. O Papai vai voltar amanhã.
Mãe: CALADA! Quem você acha que é culpada disso tudo?! 'K; Minha mãe fala em um tom rude, Jogando um copo de vidro no chão~~
~~Eu estava desesperada, Sempre chorando.. Mas, Nunca deixei de ama minha mãe~~
                                                                ~~Na Casa do vovô~~
Eu: Vovô, A Mamãe anda bebendo muito e fica brava do nada. O Papai nem se preocupa em voltar a casa. A Mamãe, o papai e até os meus amigos...Será que eles todos me odeiam?
Vovô: Não fale bobagem. Você sabe que isso não é verdade.
                                                                  ~~Em casa com o Papai de volta~~
~~ Corro em direção do meu pai que chego, Assim abraçando ele com muita força!~~
Pai: Ei, Calma... 
Eu: 
Você vai ficar conosco o dia todo, certo?
Pai: Me desculpe, Yuki. O Papai tem planos para a noite.

Mãe: A mamãe também tem planos.
Eu: Você vai ir para um hotel com a Akiko, Papai? E você vai ir jantar com o Sr. Yoshino, Mamãe! Isso não é justo! Eu também quero ir!
Mãe: Explique já! N-Não conheço nenhuma mulher por esse nome!
Pai: E Você? Quem é esse tal Yoshino?
Mama: V-Você tem que acreditar em mim, Querido! Ela está dizendo o que ela quer e... 'K; Os dois me olham com um olhar de raiva e falam~~
Pai e mãe: Outra vez? Você anda nisso de você? Que cruel, Yuki! Quanto mais você vai arruinar as nossas vidas antes de ficar satisfeita?!
Eu: Papai... Mamãe..
                                                                  ~~Mamãe me deixo na casa do vovô, Assim me largando~~
Vovô: Espere, Kumiko! Não é só aquele homem, mas você também? O que vai acontecer com a Yuki?
Mãe: Pai... Eu não me importo mais com essa menina!
Vovô: Você Sabe o que está dizendo?!
Eu: Espere, Mamãe! Eu nunca mais vou fazer algo que te deixe brava! Eu até vou cozinhar e limpar! Então por favor, Mamãe, não vá! Não vá! Não v- 'K; Antes de eu terminar a frase, ela me empurro com muita força..~~
vovô: Yuki! Veja o que você fez, sua imbecil!
mãe: Eu nunca devia ter te dado á luz! 
Vovo: Kumiko!
Eu: Me desculpe... Me desculpe.. Me desculpe.. Me desculpe..
                                                              ~~Na Escola~~
???: Você não devia ter vindo, Monstro! Monstro! monstro! Monstro! monstro!
                                                             ~~Com 15 anos me decidi me mudar para outra escola~~
Pensamento do Profe: Essa criança vai ser um pé no saco.
Eu: Me desculpe Por ser um pé no saco.
???: Que foi aquilo? Que aberração. Coitado do Manabe, Ele vai ter que sentar ao lado dela.
Eu: É Sempre o mesmo para onde quer que eu vá. Se todo o mundo me ignorasse, como ele. Eu ficaria satisfeita 'K; Olharia para o tal Manabe~~
Manabe: Hmm? Quem é você? 'K; Eu ficaria surpresa e falaria "Hã?", Assim sentando no meu lugar na sala~~
~~Depois da aula do professora, eu ficaria lendo meu livro. Até duas meninas se aproximaram~~
???: Onde você vivia antes de ser transferida aqui, Yuki? 
Pensamento da F: Não é que eu queira saber, mas... Eu nunca devia ter aceito ser representante de turma.
Eu: Se você não quer saber, então não pergunte.
???: V-Você já decidiu qual é o clube ao qual vai se juntar?
Pensamento da F: Não se inscreva no clube de tênis, por favor...
Eu: Não se preocupe, não tenho interesse nenhum por tênis.
Diego: Ei..
Emi: Diego.
Diego: E aí, Emi.
Mori: Você se lembra do meu convite?
Diego: Ah, Para ir a sua casa?
Emi: Sim, Sim!
Diego: ME RECUSO! A sua casa é um dojo de caratê, não é? Não estou interessado.
Pensa do Diego: Ela fico tão desapontada. Ela deve gostar realmente das minhas habilidade de artes marciais.
Eu: Não é que ela goste ou não de quaisquer habilidade que você possa ou não ter. Eu te ouvi e falei isso em voz alta. Me desculpe
Diego: Hã? Você me ouviu? Será que eu falei aquilo em voz alta? Meu deus! QUE VERGONHA!
                                                                     ~~Uma semana depois~~
                                                                      ~~Duas semanas depois~~
                                                                    ~~Três semanas depois~~
'K; O Menino Diego na hora da refeição, sentaria na minha frente.. Para comer. Assim fazendo com que o pessoal olhe para ele~~
Diego: Vamos comer juntos, Yuki. 
Pensa dele: Parece gosto, Será que ela me deixa comer um?
Eu: Se quiser.
Diego: O quê? Sério? Beleza, valeu!
Pensa dele: Que delicia! Será que foi ela que fez?

 

Eu: Foi.diego: Que incrível! Você sabe mesmo o que estou pensando? É mesmo como o pessoal disse! Mas mantenha os truques de mágica no mínimo, tá legal? Se você abusar deles, as pessoas vão ficar com medo e vai ser difícil para você fazer novos amigos.
Eu: Isso não é problema seu, e não é nenhum truque de mágica..

 

Diego: O Croquete é meu! 'K; O diego pega meu croquete, sem mesmo pedir para mim!~~
Eu: Ei, Não coma isso sem pedir primeiro! 'K; Ele dá uma piscadinha pra mim e eu reviro os olhos~~
                                                                       ~~Outro dia na escola~~
Diego: Bom dia, Yuki! Bom dia! Bom dia! Bom dia!
                                                                        ~~Na educação física eu estava sozinha, sem dupla e o Diego veio ; - ;~~
Um, Dois, Três, quatro cinco..
Diego: Yuki! Seja a minha parceira! Não vou deixar você fugir!
???: Ei, Diego! Aqui!
                                                                    ~~Na Hora de comer, depois das aulas~~
~~Ele coloca os Hashis no nariz e na boca, Me fazendo rir sem parar~~
                                                                              ~~Na hora de ir em bora~~
Diego: Yuki! Vamos ir para casa juntos de vez em quanto!
Eu: A minha casa fica para a direita.
Diego: A minha casa é deste lado também!
Eu: É o que parece.
Diego: Já se acostumou com a escola? Está fazendo amigos? Fale comigo, por favor!
Eu: Por que é que você faz companhia?
Diego: Como assim por quê? É porque eu..Espera, Por que será?
Eu: Você é tão idiota.
Diego: Ah, Sim! Então, Me diga, Yuki.. Qual é o segredo do seu truque de ler mentes que você fez? É tão legal! Se eu pudesse ler mentes, eu poderia fazer o que bem entendesse!
Eu: Idiota. Ler mente não é nada legal. Seu idiota!
Diego: Ei, Por que você está me chamando de idiota?!
Eu: Eu chamei você de idiota porque você é um idiota! Você não sabe de nada!
Diego: Yuki!
                                                              ~~Dia seguinte em cima da escola~~
Diego: Eu estava te procurando. Você não estava na sala de aula. Então você decidiu vir até aqui... 'K;Eu guardaria meu lanche, Assim me levantando sem olhar na cara, Quando cheguei na porta..~~
Diego: Ei, Yuki! 'K; O Mesmo daria um sorriso malicioso~~
~~O Mesmo estaria pensando em pensamento pervertido sobre mim~~ ~~Eu Leria a mente dele e sairia correndo na direção do mesmo toda corada~~
Eu: O Que diabos você está pensando?!
Diego: Você consegue mesmo ler a mente das pessoas. É Telepatia?
Eu: Sim, é mesmo. Entendeu agora? Se você não quiser que continue a ler os seus pensamentos, não se aproxime mais de mim.
Diego: Mas.. Isso significa... Vou ter que controla os meus pensamentos Pervertidos! Que coisa Horrível! Telepatia vai ser o meu fim!
Eu: Você não... Está assustado?
Diego: Claro que estou! Se isso continuar desse jeito, você vai pensar que sou um pervertido!
                                                                        ~~Eu em casa~~
Eu: Estou cansada, O que foi tudo aquilo? Esse diego. É a primeira vez que conheço alguém tão estranho. Não. Eu não posso.
                                                         ~~Saindo do super mercado~~
                                                    ~~Apenas pedestres e Bicicletas.!~~
Diego: Ei! Como vai, Yuki? Ya-ho! Isso parece pesado. Deixe eu levar.
Eu: E Você quer um favor em troca, certo?
Diego: Nada disso! Sério.
Eu: Você não confia em você mesmo.
Diego: Ah, Qual é? Deixe eu levar. Estes são os ingredientes para o jantar? Você é uma boa menina por ajudar em casa.
Eu: Eu vivo sozinha.
Diego: Hã?
Eu: Fico verde!
Di: S-Sim... 'K; Assim nós dois estávamos atravessando a rua, Até que percebi que o Motorista não estava nem Ai para o sinal vermelho para ele~~
~~Assim eu empurro o Diego para trás, Para protege-lo.. Por o Imbecil estava distraido, Assim não deixando o motorista Atropela-lo~~
Diego: E-Essa foi por pouco!
Eu: Eu li os pensamentos do motorista. Ele não se importou com o sinal vermelho. 
Diego: Yuki..
Eu: Você finalmente Entendeu? Eu sou um monstro que consegue ler mentes sem--
Diego: Obrigado! 'K; Ele olharia meu joelho~~ Ei, você se machucou!
Eu: N-Não tem importancia!
Diego: Claro que tem! Sua casa é perto?
                                                      ~~Em casa..~~ The Be Continued.


 






 


 


Notas Finais


Olá Pessoinhas, Espero que tenham gostado! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...