História "A esperança em forma humana." - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Blueberry, Demônio, Esperança, Lian, Pequena, Renox, Romance, Thomas
Visualizações 3
Palavras 711
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que gostem.
^¬^

Capítulo 7 - O Demónio de cabelos brancos


Fanfic / Fanfiction "A esperança em forma humana." - Capítulo 7 - O Demónio de cabelos brancos

Lian narrando...

Cheguei em casa anoite, e não havia ninguem na sala e nem na cozinha desesperado fui no quarto com medo deles terem feito algo que não deveriam, abrindo a porta vejo Thomas deitado na cama da Blue e a pequena estava em minha cama, ambos estavam dormindo. 

A de cabelos azuis se senta na cama ainda com os olhos fechados.

- Blue?-

A mesma não me respondeu, após abrir os olhos eles estavam totalmente negros, me assutando, ela se levanta parecendo estar sem a sua alma. Seu sorriso psicopata me lembra alguém, em sua mão formava uma fumaça azulada, sua orelhas estavam crescendo junto com suas unhas. Ao ver sua lagrima escorrendo de seus olhos, levo minha mão até sua cabeça a puxando em minha direção a abraçando a mesma se acalma se ajoelhando junto comigo, ficamos no chão abraçados e a mesma esclamou:

- Lian! Me ajude!-

Dizia chorando e meu coração se apertava ao ouvir isto. O sol nascendo batendo a luz em nos, vejo Thomas se levatando vendo nos dois abraçados no chão. O mesmo sai do quarto  após  perceber o clima que estava tenso.

A azulada olha para mim com os olhos cheios de lagrimas dizendo:

- Lian, o que eu sou?-

Ela pergunta e eu digo.

- Tu es a esperança deste mundo.-

Levantando seu cabelo que estava caido em sua testa lhe dou um beijo em sua testa que estava quente. Ela se levanta indo pro banheiro levando um vestido, ponho as mãos no rosto e me perguntando: " Sera ela mesmo?".

 Vendo Blue saindo do banheiro que estava linda. A campainha toca e escuto a risada de todos esses anos que estava tentando me lembrar. Mas quando a escutei lembrei! Lembrei de tudo o que tinha acontecido!

- Essa risada...-

A blue diz e eu fico sem entender, como ela sabe desta risada?

Ela abre a porta do quarto e eu me levanto indo para sala junto a ela. Thomas estava transformando seu fone em duas espadas douradas dizendo:

- Fugia com ela!-

Blue parecia esta traumatizada após ver o demónio dos cabelos brancos que enfrentei a anos atrás. E então a pequena sussurrou:

- Ele sempre esteve la.-

Eu seguro em sua mão que estava tremula e digo para o Thomas:

- Tome cuidado pivete!-

Abraço a pequena fazendo uma cruz com o dedoindicador  abrindo um portal para outro lugar mais seguro. E então em uma casa na fazenda dos meus antepassados ficamos por la. 

Ela cai no sono no chão em que forrei, e eu sai com uma garrafa de alcool olhando para o céu estrelado me perguntando se Thomas esta bem...

Thomas narrando...

Com minhas espadas na direção do demónio branco, ou seu nome verdadeiro:" Renox". Com um arranhãozinho ele fira fumaça sorrindo psicopatamente enquanto some.

Digo para mim mesmo:

- Essa não!-

Abro o portal indo para a fazenda, vejo a garrafa aberta na grama, desesperado abro a porta e vejo Blue dormindo calmamente enquanto tinha um demónio encia dela quase devorando sua cabeça. Correndo corto sua cabeça fora que logo vira pó.

- Blue! Cade o Lia?-

- Ha? Thomas? O Lian estava aqui.

Eu a ajudo a se levantar e a mesma escurrega me empurrando chão abaixo.

- Você é bem desastrada, ne!?-

Eu falo e fica de quatro encima de mim esfregando o olho, sem querer, querendo vejo seu decote junto ao seus seios delicados me deixamdo exitado, acho que o Lian consegue sobreviver... Seguro em sua cintura a trazendo para mim e a olhando tão proximo que era capaz de sentir sua respiração, e ela sussurra:

- Thomas... Nós temos que ir.-

Eu a solto e a azulada se levanta ajeitando sua roupa, tentando esconder o vermelho em seus rosto.

Abrindo um portal em forma de cruz vamos ao mundo de Renox, ele deve esta neste mundo concerteza. Mas não a perigo, os outros demonios ficam escontidos ate a ordem do demonio branco.

Olhamos ao redor e o mundo ers totalmente escuro com tons de roxo e vermelho, esta é a primeira vez que piso neste inferno em forma de planeta, e espero que seja a ultima...

Falo segurando a mão da  blue que parecia esta em choque ao ver tudo aquilo. Dando um sorriso transmitindo tranquilidade e esperando digo a ela:

- Vai ficar tudo bem, logo sairemos daqui.-

Ela me abraça tremula e logo tiro o sorriso do meu rosto, com medo de não conseguirmos vencer o Renox...


















Notas Finais


Gostaram? Que bom!
Desculpem por algum erro na escrita.
^¬^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...