História A espiã - Capítulo 11


Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Romance, Violencia
Visualizações 10
Palavras 528
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Luta, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Oi galerinha do balacubacu desculpem a demora tava sem net dicupa eu.

Bora lê

Capítulo 11 - Cap 11



Point Of View Danyelli
Eu não acredito que Marcos fez isso, eu sou seu dono, ata, idiota, ninguém faz a Nínive chorar desde aquele tempo. Como ele a torturou desse jeito, ela mesma diz que chorar é para os fracos.
Chegamos ao quarto da Nínive. Eu entro.Marcos estava deitado na cama olhando para teto.
Pego a uma pequena espada que fica apoiada na minha perna e aponto para seu pescoço. 
-os equipamentos da Nínive por favor.
-Dany por que estavam na floresta a noite?  - diz sem demonstrar medo-
- Nínive já disse, estávamos treinando, tanto que fui eu que convenci ela a treinar comigo, se não ela ficaria com você seu idiota
-ta ta. -ele olha para a Nínive-
-Mas porque Nínive, eu já pedi desculpas sobre aquilo
-isso dói mais do que você pensa Marcos, muito mais -diz Nínive-
-mas eae vai devolver ou não. 
-só mais uma pergunta -diz Marcos, ele tá me irritando-
-quem é Victor?
Vejo Nínive desviar o olhar. 
-será que posso esperar lá fora? Não estou me sentindo bem. 
-ok Nínive vai embora desse assunto dnv.
 -olha como fala bobão -digo pressionando um pouco a espada em seu pescoço-
Nínive olha com raiva pra ele. 
-você não é meu dono. -diz e sai do quarto batendo forte a porta-
-vou responder um pouco sua pergunta. Victor é alguém que ja fez muito mal a Nínive. Ela nunca chorou antes do que ele fez a ela. Ela era a mais rebelde,não tinha medo de nada, era nossa inspiração. Depois de tudo o que aconteceu ela chora escondido. 
-ah....  eu... fiquei preocupado.
-preocupado nada, você acha não te conheço né Marcos, se você não sabe vou te contar, mas ai de você se alguém ficar sabendo, estou aqui em missão, observar o desenvolvimento de Nínive para ser uma pessoa normal, e antes de você se entrometer ela tava indo bem. Eu pesquisei sobre sua vida, você tem fama de pegador, se acha que vai conseguir levar a Nínive pra cama fácil, iludido. Nínive já sofreu muito e como sua irmã eu não vou deixar ela sofrer mais.
-irmã?
-é, falo que somos amigas mas nós duas nascemos em laboratórios então somos irmãs. Mas agr devolva os equipamentos da Nínive. 
-toma. Não quis fazer mal a Nínive.  - ele diz me entregando os equipamentos-
Eu saio do quarto o deixando sozinho,Nínive não estava do lado de fora,provavelmente está no lago. 
QDT.
 
Estou no lago, logo avisto Nínive. Esta com cara de pensativa.
-Ni?
-oi Dany. 
-aki estão seus equipamentos. -digo entregando a ela -
-Dany qual é o meu problema? Por que Victor fez aquilo comigo? 
-eu diria que você é tão encantadora que os homens não resistem. 
-as vezes eu não queria ser bonita.
-Ni, você é uma espiã, não precisa ter medo deles agr. 
-eu sei mas, não importa o quanto eu esteja forte hj, não vai mudar o quanto eu me senti indefesa naquele tempo,e la no fundo eu sempre serei fraca,por mais que eu me fortaleça, não posso mudar o passado.
Fiquei quieta.
-queria poder ajudar. - digo e olho o lago-
-e vc pode
-como?
-você tem um violão? 




Notas Finais


Gente reamente me desculpe pela demora de vdd


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...