História A espiã (Revisão) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


É isso gente. Byeee

Capítulo 10 - Quem é você?


 

Fevereiro 10.02.2017

As 03:32 PM

Na mansão de kim Namjoon.

 

 

- P-para... N-não podemos - Minhas palavras saíram falhas, mal conseguia respirar. Me recusava a saber o motivo, mas estava evidente, os toques dele...

- Diz que não pode? Quem te impede? - Ele pega minha coxa apertando a mesma, não pude evitar um gemido baixinho.

- N-não estou aqui para isso... - Pausadamente digo negando a ele e a mim mesma que não queria aquilo.

A pessoa ainda anônima riu e pôs as mãos por debaixo da blusa que eu usava, ouço ele rir soprado quando toca em meus seios descobertos, eu não estava de sutiã e ao sentir os toques das mãos dele, arfei. Senti meu corpo pegar fogo, mas o que eu queria era saber quem ele era..

- Q-Quem é você...- Ousei perguntar 

- Não importa agora, é mais interesse irmos brincar um pouco. - Ele me pega pelos braços me fazendo ficar de frete a ele.

Não conseguia ver seu rosto, isso me deixava aflita eu queria vê-lo mas o mesmo me fez perder a curiosidade tirando a boxer que eu usava. Segurei sua mão que estava perto de minha intimidade parando o mesmo que riu mais uma vez.

- Se não me deixar fazer isso vou ter que ser malvado com você. - Diz com uma voz manhosa sussurrando em meu ouvido me fazendo arrepiar.

Eu simplesmente fiquei calada deixando que ele me tocasse, talvez eu deixei por puro desejo, ele já tinha tirado a peça de roupa íntima que já estava sobre o chão, senti seu polegar passar pelos meu clitóris me fazendo tremer de prazer, ele acelera a cada gemido que eu dava, meu ápice estava próximo e ele sabia disso, então ele começou a cessar com os movimentos.

- NÃO, não pare! - peço quase implorando para o mesmo que me torturava da forma mais cruel naquela situação.

- Eu sei que você consegue pedir melhor que isso. - Ele riu soprado.

- P-por favor continue, e-eu quero mais - Imploro e logo sendo correspondida pelo mesmo.

Seus movimentos rápidos já estavam me fazenda delirar e eu já estava quase no meu limite, ate que chego no mesmo. Meu corpo totalmente fraco, já não estava mas aguentando ficar de pé então caio mas antes de chegar ao chão ele me segura e então apago

 

Ao acordar...

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...