1. Spirit Fanfics >
  2. A essência da vida >
  3. Capítulo 3- The truth about the notebook

História A essência da vida - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Capítulo 3- The truth about the notebook


Fanfic / Fanfiction A essência da vida - Capítulo 3 - Capítulo 3- The truth about the notebook

Sai do abraço que o mesmo me deu e me olhou sorrindo eu dei um sorriso leve 

- Amor ! - alguém grita e o mesmo olha pra traz indo em direção a um garoto Moreno de sardas com os cabelos escuros e olhos mais escuros ainda,E lhe dá um beijo e logo em seguida o abraça 

Olho pra eles e sorrio lembrando de Oliver 

- O que foi Candy ? - me pergunta o outro gêmeo que eu presumi que fosse Danny - eles são um casal maravilhoso ,né? 

- com certeza - sorri com ternura - Bom tenho que ir, tenho coisas pra fazer 

- Candy Esperaaaaaa - Jack fala - agente pode ir com você? - ele me pergunta e eu olho pros meninos 

-Se vocês quiserem ver um barraco que eu vou fazer com o diretor por me fazer mostrar a escola pra voces sem o meu consentimento , claro- eles me olham um pouco triste- não, não não é nada com vocês, gostei de mostrar a escola pra voces ,mas ele não precisa saber - pisco pra eles e eles sorriem 

- Adorooooo um barraco - ele fala  com um olham um tanto quanto maléfico e engraçado- a eu nem apresentei Candy esse é o Mark meu namorado , Mark essa e a Candy- ele sorri abraçando o braço do mesmo 

- prazer em conhecer- ele fala sorrindo 

- Prazer- sorrio de leve 

- Chega ,chega ,chega ,vamo ,vamo quero ver o pau comer - ele fala me arrastando pra sala do diretor 

Eu olho pra trás e eles vêm correndo atrás de mim , depois do Jack me puxar por quase toda escola nois paramos em frente à sala do diretor 

- Iai ,como vc vai entre ? Chutando a porta ? Chegando logo gritando?aiii???? Quero ver o pau comer - Fala  Jack um tanto animado fazendo gestos 

- O pau vai comer lá dentro e vocês aqui fora - falo entrando na sala e vendo o diretor comendo a moça da limpeza até que ele percebe a minha presença 

- aaa... errrrrr.... Eu volto outra hora - falo andando pra trás e saido pela porta e me encosto na mesma - vamo embora , agora , nesse exato momento - falo empurrando eles pra longe da porta do diretor 

- Megan Candy Justice -ouço o diretor gritar mas simplesmente ignoro e vamos pra sala na qual seria a próxima aula 

-Seu nome e Megan????? - pergunta todos um pouco assustados 

Eu não respondo nada e a professora entra na sala e começa a explicar a matéria. Depois de um tempo sinto alguém abaixando ao meu lado e era Jão 

- Eiii - ele fala sussurrando 

- O que foi ? - sussurro 

- O que ouve lá dentro , voce saiu varada de lá- ele me pergunta um tanto preocupado 

- Nada, nada com que precise se preocupar, tá bom? - falo com toda calma ,ele me olha um pouco desconfiado 

- tudo bem- ele fala em tom de ternura e volta pro seu lugar 

Quando já estava quase no final da aula eu pego minha mochila e peço permissão pra ir no banheiro, e a professora eventualmente concorda e eu vou em direção ao meu armário e pego o caderno e a caneta e coloco e vou em direção ao banheiro e sigo até o fundo e me sento colocando o caderno apoiados nas minhas pernas e começo a escrever 

Dia 01 de março,  as 13:30  vítima: Sr: Michel Mhor. Assunto: traição de sua esposa. Motivo: ¿¿¿¿¿¿¿ 

Termino de escrever colocando o caderno dentro da minha mochila e  indo em direção ao pátio e me deito em um banco em frente à uma árvore que ficava no meio da escola e fico lá até umas 16:00 e mato as aulas de história  já que era uma matéria que eu era relativamente boa. Depois que acharam as aulas nois tínhamos esse horário vago e vejo Jack vindo correndo até  mim 

- Pra onde se foi menina ???? - Jack pergunta com uma cara estranha 

- Resolver uma coisa - falo e eles se sentam uns no banco outros sentados na terra perto da arvore. Viro minha cabeca pra tras e vejo Jão e ele sorri e eu sorrio um pouco fraco maz devolta 

Nois estávamos discutindo sobre o trabalho de física que a professora passou e combinamos de fazer todos na casa dos meninos.Alguns minutos depois o Dary vem este mim casado como se tivesse vindo correndo e apaga na minha frente 

- Candy - ele fala com um pouco de dificuldade - O diretor tá  enchendo no seu armário procurando alguma coisa - ele me olha com um olhar ,eu sábia o que ele estava procurando- vai na frente e não deixa eles pegarem nada - ele foi correndo até o meu armário - Meninos eu posso confiar de verdade em vocês  ? Mas não e confiar mesmo 

- Claro ,Mas... o que - eu interrompo Jão, eu tiro o caderno preto de dentro da mochila e seguro o mesmo e suspiro 

- preciso que guardem isso é não abram nem leiam de jeito nenhum , preciso que façam isso por mim - eles me olham e eu pego as mãos de Jão e coloco o caderno nas mãos dele -cuidem desse caderno como se uma vida dependesse disso... por que depende 

- A vida de quem ? - pergunta Danny 

-A minha... Não leiam ,não abram não entreguem a ninguém não façam nada só guardem em algum lugar seguro que ninguém pegue, quando eu voltar voces me entrgam, e se alguem perguntar voces nunca viram nada ,nao sabem de nada , OK ? 

Todos concordam e eu pego minha mochila e vou direto no meu armário  e vejo o diretor e os seguranças no meu armário e Jenn ao lado deles, os meninos tentando impedir mas era em vão 

- O que querem no meu armário ? - pergunto sem esboçar nenhuma emoção 

 Jenn vem até mim ficando cara a cara comigo 

- Cadê o caderno do Oliver ? -Mas pergunta já estressada e os meninos me olham assustados 

- Olha senhor diretor o meu armário não é tão grande assim se tivesse alguma resquício desse tal caderno vocês já teriam encontrado ,não é ? - falo olhando pro diretor 

- Megan o caderno não está nas coisas dele, não estão no seu quarto, não estão no seu armário- ela pega minha mochila que estava pendurada apenas em um braço e joga as coisas no chão, vejo Jão e os meninos vindo em nossa direção (PUTA merda ,fudeo de vez ) 

- primeiramente é Candy, seguidamente porque ele deixaria essa poha desse caderno comigo, em ? - falo olhanso pros dois 

- Meninos - fala o diretor se referindo aos gêmeos e a Jão e ao Mark - viram a Srta: Justice com um caderno de capa preta ? -o professor pergunta em tom de calmaria 

- Caderno? Não ,vocês viram  ?- pergunta Jack 

Todos negam e eu simplesmente olho pro mesmo que estava com a sua cara de filha da puta

- Srta: justice e Jenn ,vamos conversar na minha sala 

Eu olho pros meninos e Dary segura meu braço me abraça colocando um papel em meu bolso, abaixo indo coloca as coisas na mochila mas Jão segura meu braço me falando que ele arrumava isso é eu simplesmente sigo o diretor e minha irmã. Quando chegamos na sala ele se sentou em sua cadeira e eu fiquei de pé e Jenn se sentou na cadeira onde ele estava transando com a mulher 

- Senta Candy- ele fala com sua voz significantemente irritada 

- Eu tô bem aqui , porque eu tô aqui mesmo ?- pergunto em tom de deboche 

- Megan sabemos que está com o caderno, sabemos que sabe de tudo e queremos que devolva ,agora - fala o diretor -queremos para que possam abrir uma investigação pra descobrir quem é o culpado da morte do seu irmão

-- eles já justificaram suicídio,  não tem o que investigar, e além do mais que caderno e esse ? Porque querem um caderno dele ,ele mal estudava porque ele teria um caderno guardado  ? - me faço de idiota fingindo não saber de nada e faço isso muito bem, aprendi com o melhor - Olha se vocês me dão licença tenho coisas mais importantes pra fazer- antes que possa sair a Jenn para na minha frente e me vai me empurrando até a cadeira me fazendo sentar na mesma e ficando de frente pra mesma 

- Você quer enganar quem  ?A ele ne? Porque a mim voce nao engana, ,eu sei da exixtencia desse caderno porque eu mesma ja vi com meus proprios olhos, tudo que tem naquele caderno, voce vai me dar esse caderno nem que wu te torture psicologicamente pra isso - ela fals com um olhar pscopata nos olhos 

- Mesmo que esse caderno exista, eu provavelmente já teria lido, então de que adianta eu te dar se eu já saberia de tudo ? VOCE não pensa nas coisas. 

- Megan ,não sei se voce se lembra a 3 anos atrás o quando eu quase matei o Oliver por esse caderno, uma pessoa que ele chamava de Angel , não é  ? Bom já que você não acredita na existência dele então provavelmente não se importaria de ter seus próprios segredos escritos nele, nao e ? 

3 anos atrás 

Estávamos sentados eu, Oliver e mais alguns amigos dele em uma rampa de skate no centro da cidade então Oliver pediu pra que eu fosse em casa buscar meu celular e um papel que estava em seu quarto, e eu fui 

Oliver On

-certo temos 20 mim até minha irmã voltar , trouxe o que nois combinamos- falo olhando diretamente pra Jenn 

- Tá aqui, agora eu quero o caderno, e eu quero agora - ela me entrega um papel com um endereço

- o caderno está em perfeitas mãos,  nas pequenas e delicadas mãos da Candy ,ele esta seguro 

- Você ficou Louco ???? Voce deixou uma coisa tao importante com a Candy ?? E se ela ler ?? Você disse que me entregaria o caderno  - a Jenn comeca a entrar em despero 

- Então parece que somos dois mentirosos, e alem do mais  ela é quem escreve pra mim , ela sabe de tudo então não precisa se preocupar com isso, e se acontecer alguma coisa comigo agora tudo que esta naquele caderno será liberado em tudo quanto e tipo de midia ,carta o caralho que for -eu falo acendendo um cigarro 

- Você perdeu a noção?? Se tudo aquilo for liberado a nossa família vai acabar, nois vamos...

- Ou seja você nao liga pra saberem que  voce foi estuprada, voce quer saber de nao ficar sem dinherio ,ne? Você e realmente uma pessoa dispresivel - falo tragando um pouco 

-como se chantagear as pessoas pra conseguir o que quer não fosse desprezível, não é mesmo? - ela fala com uma certeza 

-Nunca disse que era a madre Teresa mas também nunca menti sobre quem eu sou, nossos pais que tem a ideia errada de mim, eu apenas faço meu trabalho ,existir -sorrio fraco 

-Vai chegar um momento em que você terá a chance de fazer a coisa certa - ela fala me olhanso em tom de desgosto 

- Eu adoro esses momentos. Gosto de acenar pra eles quando eles passam -sorrio - entanda Jenn o mundo e assim, ela passa e você nem percebe - ela vai embora chorando e é eu pego meu celular pra ver a hora e espero a mesma chegar 

- Oliver ,e onde está esse caderno ?pergunta J.P 

- Esse caderno está muito bem guardado-, eu sorrio lhe dando um selinho -muito bem guardado 

CANDY On

AGORA:

Quando ela citou o nome Angel meu mundo caiu um pouco pois no caderno tinha uma página com uma tal de Angel, ele sempre colocava os nomes como codinomes e no final da folha os nomes era uma coisa dele, só que nessa página não tinha o nome no final, eu já havia perguntado milhares de vezes sobre quem era essa pessoa mas ele sempre dizia que não importava e eu acabei deixando de lado, mas agora que eu sei quem é eu comecei a pensar ,será que nossos pais sabiam disso ? 

- Quem seria Angel ? Pra mim Angel e anjo mas se pra você e alguém, isso é problema seu- não deixei aquilo me abalar, o fato de saber que minha foi estuprada por 7 homens não abala o fato pela maneira que ela me tratou durante quase toda minha vida, sim deve ter isso difícil,sozinha e ainda sendo chantageada mas eu nao tinha nada aver com isso, nao fui eu que eatuprei ela , nao fui eu que chantagei ela, entao porque o odio dela por mim ? - Agora se vocês me dao licensa twnh ocoisas mais importnates pra fazer ,alem de ficar aqui ouvindo voces me acusarem de... eu nem faço ideia do que voces estao me acusando, então se vocês me dão licensa tenho resolver questoes sobre o meu trabalho

Saio da sala e vou direto procurar os meninos que estavam ajoelhados com os cotovelos apoiados no banco com as mãos juntas... rezando ????

- CANDY - O Jão me abraça e os outros meninos vem me abraçar também, quando todos me soltam Danny me abraça sozinho 

- Candy que bom que você tá bem, o que ouve porque eles querem aquele caderno, o que tem nele ,porque aquela garota tava aqui - ele ms fazia 5 perguntas por segundo até eu tampar sua boca 

- vocês não leram o caderno ? Pergunto um pouco assustada 

- Não, voce falou pra não lermos ,entao nao lemos - fala Jão com as mãos na mochila segurando a contra seu peito

-Gente sinto muito ,não posso meter mais vocês nisso, já estão envolvidos de mais -Abaixo minha cabeça, eu não sou de abaixar a cabeça assim mais, eu senti que pude confiar neles e tinha razão  - eu confiei minha vida a vocês e você me ajudaram então,não posso meter vocês nisso 

- Nisso o que? - pergunta Mark- Candy nois já nos envolvemos a partir do momento que você nos estragou esse caderno, tudo que podemos fazer é confiar em você e você na gente - quando ele fala isso meus olhos já estavam cheios de lagrimas eu acabo me ajoelhado e abaixando a cabeça 

- Candy... o que tem nesse caderno ?- Jack me pergunta calmo tirando o cabelo do meu rosto e enchugando minhas lagrimas 

- Segredos, segredos que voces nem imaginaria , segredos que podem destruir famílias, amizades, até mesmo me matar ,matar quem está envolvido na minha vida esses segredos podem arruinar vidas - falo baixo s calma 

- Então porque simplesmnte não destrói ? Queima ? - Pergunta Mark 

- Era do meu irmão, ele " Se matou" a dois dias, esse caderno era da pessoa que eu mais confiava, ele era a única pessoa na qual eu confiei a  minha vida, até hoje- eu olho pros mesmos -nao quero que aconteceu com ele aconteça com vocês, então se alguém pergunta, não sabem,não viram e muito menos sabem da existência disso , Jão toma minha mochila e me da a sua - ele faz o que eu pedi e eu me levanto - Eu te devolvo ela amanhã e só pra não precisar tirar daqui de dentro, tudo bem ?

- Claro, claro-  ele vem até mim me ajudando a levantar - Eiii não se preocupa, não importa o que tenha dentro desse caderno, voce confiou sua vida na gente então agente confia nossas vidas em você 

- Por favor  nao façam isso, se algo acontecer com vocês eu acho que eu faço mesmo - ele me abraça desesperado 

- Não, não, não, não, Seja lá o que acontecer com agente vai ser por escolhas nossas, não vai ser sua culpa de forma alguma ,tá bom? 

Eu concordo e nois nos despedimos. Já eram 19:15 e eu está a indo de pe pra casa ate que tenho ua ideia. Eu continua andando ate o portao do cemiterio.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...