História A Estrangeira - Imagine JungKook - - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 50
Palavras 1.003
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Acidente!


Fanfic / Fanfiction A Estrangeira - Imagine JungKook - - Capítulo 15 - Acidente!

Capítulo 15   - Acidente! -

 

{ Narrado Por Jeon JungKook... }

 

Essa voz eu conhecia... E não era de agora... Eu poderia reconhecer de longe... Sim, era ela... S/n estava bem atrás de mim... Ao nossos olhares se encontrar, eu paralisei por alguns segundos... A garota a minha frente havia ficado surpresa com o meu jeito de olhar Hye.

 

—E então JungKook?! Quem é HYE?! — A garota disse em um tom de voz um pouco alto, assim fazendo eu me despertar sobre meus devaneios... Posou-se com suas mãos na sua cintura, logo me jogando um olhar amedrontador... Seu semblante era de fúria... Eu podia perceber isso nela.

—S- s- s/n... — A única palavra que saiu foi essa... Mais acabei gaguejando demais, logo pude perceber sua feição mudar rapidamente... Era uma feição como se desconfiasse de algo...

—HYE? Ela também fez parte do seu planinho inútil?! — Se exaltou um pouco... Rapidamente me levantei da escada e me virei em sua direção, logo a olhando nos olhos... Tentei encostar minhas mãos em seu ombro para acalmá-la... O que não deu certo... Novamente S/n havia se exaltado, mais do que deveria.

—NÃO ENCOSTA EM MIM! NUNCA MAIS, ME OUVIU?! — Gritou e logo se soltou de meus braços. Eu me afastei.

—S/N! Você está ficando louca com esse assunto! Eu já disse, não fui eu que armei essa porcaria de plano! Eu nunca na minha vida, iria fazer algo desse tipo contigo! Me escuta, pelo menos uma vez na vida! — Gritei.

—Você não faria isso comigo, não é?! Mais COM CERTEZA FARIA PIOR!!! — Gritou na minha cara.

—Quer saber... EU! Vou embora! Já deu pra mim! Eu CANSEI DE VOCÊ JUNGKOOK! CANSEI! — Gritou mais uma vez, pegou sua mochila e desceu rapidamente as escadas, logo caminhando pelo passeio na rua, eu apenas a observava...

 

Mas quando foi atravessar uma rua... Não percebeu um caminhão vindo em sua direção, logo o mesmo foi de encontro com S/n, que foi rapidamente jogada no chão... Por causa do impacto... Um desespero tomou conta de mim... Desci as escadas rapidamente, e fui em direção ao acidente... Onde S/n havia caído, e lá estava ela... Esticada no chão, com a cabeça sangrando e seus braços ralados... A garota se encontrava desacordada.

 

Várias pessoas rodearam minha garota... Era uma multidão de gente em cima... Mal conseguia andar... Enfim, cheguei a ela, e me agachei, rapidamente uma lágrima escorreu em meus olhos, nunca queria ver minha garota nessa situação...

 

—Sai todo mundo de CIMA!!!! — Gritei, fazendo assim chamar atenção de toda aquela multidão, enquanto fazia sinal com minhas mãos, para darem espaço... Peguei meu celular no bolso da calça, e com minhas mãos trémulas, disquei o número da ambulância, rapidamente...

 

Quebra De Tempo...

 

A ambulância havia chegado, toda aquela multidão se distanciou... Colocaram minha garota na maca, e a levaram para dentro da ambulância, enquanto eu corria atrás do médico com uma ficha em mãos... Eu queria ir com ela... Eu estava desesperado.

 

—Por favor! Deixem eu ir com ela! Eu preciso ir com ela! Por favor!!! — Gritava desesperado, enquanto observava Hye rindo da situação... Eu já estava desconfiando...

—Por favor! Fale rápido... Você é o que dela?! — Perguntou o médico a minha frente, com sua ficha em mãos, ele também estava desesperado... E apressado.

—E- e- eu... S- s- sou... Namorado! Isso... Eu sou namorado dela! Por favor eu preciso acompanhar ela! — Falei desesperado...

—Tudo bem... Você pode ir junto, anda vamos logo!

 

Entramos na ambulância, e logo que a mesma deu a partida, seguimos caminho até o hospital, eu estava com um aperto em meu coração, ver minha pequena naquele estado... Naquela situação... Vê-la assim... Sofrendo... Me dava uma certa tristeza, não queria vê-la sofrendo, segurei em suas mãos e logo as apertei de leve, para dar segurança e calma a minha pequena, E fomos assim até o hospital...

 

Quebra De Tempo...

 

S/n já havia entrado na sala do médico, com certeza estaria dando pontos em sua cabeça, pois o corte foi fundo... E também o médico, disse que iriam fazer uns exames, principalmente na cabeça, onde foi a batida mais forte... Para ver se ouve alguma lesão, e se ela corre risco de perder a memória... Se Deus quiser ela estará bem...

 

Me encontrava tentando controlar meus nervos a flor da pele, enquanto apertava minhas mãos de nervosismos, esperando por alguma notícia do Doutor... Eu estava sentando na cadeira, na sala de espera... Eu estava muito aflito, rezando para Deus, que nada de grave teria acontecido... Que log logo, ela voltaria novinha em folha para casa, fico me culpando por tudo... Se eu não tivesse aparecido em sua casa naquele dia, nada disso estaria acontecendo comigo e nem com ela...

 

O Doutor apareceu, novamente depois de algumas horas, segurando uma caneta e uma ficha. Veio até a sala de espera, e logo chamou pelo responsável de S/n.

 

—Responsável por ( Seu Nome Completo )?!

 

Me levantei rapidamente, e fui até a direção do Doutor. Logo perguntando por alguma notícia...

 

—Sou eu! E ai como ela está Doutor?! Aconteceu algo de grave?! Ela está bem?! — Uma pergunta atrás da outra, fez o Doutor a minha frente, soltar um pequeno riso, por tamanha minha ansiedade por uma notícia...

—Fique calmo! Ela está bem agora... Felizmente não foi nada grave! Só precisa de mais dois dias de repouso aqui no hospital, e log terá alta! Quer ir vê-la?!

—Sim... Sim! Sim, claro! Nem precisava perguntar, por conta da minha ansiedade em vê-la!

—Tudo bem, só não a estresse muito, pois será um pouco prejudicial a ela... Não faça ela se movimentar muito, pouco esforço neste momento, apenas em descanso!

 

Assenti e logo que chegamos no quarto em que S/n estava, abriu a porta e eu entrei, logo virei meu rosto para trás em direção a porta, vendo assim a mesma fechá-la, virei meu rosto mais uma vez, em direção a S/n, que se encontrava deitada, com seus olhos fechados, deveria estar dormindo... Mas quando me aproximei da garota...

 

—O que você faz aqui?!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...