História A Estrangeira - Imagine JungKook - - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 48
Palavras 851
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 16 - Hospital


Fanfic / Fanfiction A Estrangeira - Imagine JungKook - - Capítulo 16 - Hospital

Capítulo 16   - Hospital -

 

{ Narrado Por S/n... }

 

Uma garota a frente de JungKook, aparentava ter uns 19 anos... Porém era morena, e coreana, muito bonita por sinal, se aproximou de JungKook, enquanto o mesmo se encontrava de cabeça baixa, parecia estar pensando... O que não me preocupou, ele deveria pensar muito sobre o que fez comigo...

 

A garota a frente de JungKook, qual aparentava ter 19 anos, falou... Enquanto eu me aproximava de JungKook por trás...

 

—JungKook! Olha quem voltou?! — Falou a garota a sua frente, JungKook rapidamente levantou sua cabeça, para poder ver quem era que tinha falado, se surpreendeu ao ver a garota... Deveria ser algo sua do passado, um aperto em meu coração começou a existir, não saberia explicar o porquê de eu estar assim... Só sei que não era bom...

—Hye?! — Falou Jeon com seu semblante surpreso, parecia feliz em ver a garota a sua frente... Porém eu não... Novamente aquele aperto em meu coração, uma sensação ruim demais... Deduzi que ela também fazia parte de seu plano inútil.

 

Me aproximei por trás, e então falei, fazendo JungKook ficar intacto e lentamente, virar seu rosto para me olhar.

 

—Quem é Hye?! — Falei, e com um pouco de receio, JungKook em seguida apenas pode pronunciar meu nome, pude ver que estava surpreso com minha presença também... Porém seu semblante era de nervoso... E assustado.

 

O garoto não falou nada, apenas ficou em silêncio, parecia estar pensando no que falar... E novamente eu quebrei o silêncio que se formou...

 

—E então JungKook?! Quem é HYE?! — Falei e logo ele falou...

—S- s- s/n... — Apenas saiu meu nome de sua boca, ele estava bem nervoso e assustado...

—HYE? Ela também fez parte do seu planinho inútil?! — Me exaltei, e rapidamente ele se levantou e ficou frente a frente a mim, tentou me segurar levemente pelos ombros, pois não deixei, não queria ele nunca mais me tocando na vida, o empurrei e novamente me exaltei...

—NÃO ENCOSTA EM MIM! NUNCA MAIS, ME OUVIU?! — Gritei, me soltei de seus braços e ele se afastou assustado.

—S/N! Você está ficando louca com esse assunto! Eu já disse, não fui eu que armei essa porcaria de plano! Eu nunca na minha vida, iria fazer algo desse tipo contigo! Me escuta, pelo menos uma vez na vida! — Gritou ele, senti um pingo de verdade em sua fala e seu jeito de mostrar... Porém não queria acreditar que era verdade o que ele dizia, afinal... Todos estamos envolvidos...

—Você não faria isso comigo, não é?! Mais COM CERTEZA FARIA PIOR!!! — Gritei em sua cara, eu não queria ter dito aquilo, se doeu nele... Imagina em mim... Eu sei que ele estava triste... Mas eu não podia... Eu não podia...

—Quer saber... EU! Vou embora! Já deu pra mim! Eu CANSEI DE VOCÊ JUNGKOOK! CANSEI! — Peguei minha mochila, e desci as escadas da entrada do colégio rapidamente, fui de encontro com a rua, e quando fui atravessar na mesma, não percebi o caminhão vindo em minha direção, eu só estava preocupada comigo, eu só pensava nas minhas lágrimas, e na minha tristeza por estar passando por isso, o impacto foi tão grande que acabei sendo jogada no chão, minha testa sangrava, meu corpo estava totalmente ralado... E nesse momento, eu não via e ouvia nada... Tudo estava escuro, nada fazia sentindo... Ou seja! Eu estava desacordada.

 

Quebra De Tempo...

 

Já me encontrava deitada na maca do hospital... Eu já estava acordada, porém havia curativos por todo o meu rosto e corpo, eu literalmente estava bem machucada, escutei vozes vindo do corredor, pude identificar de quem era... Fechei rapidamente meus olhos, e logo escutei a porta sendo aberta e fechada... Senti uma aproximação... Abri meus olhos e olhei para a pessoa a minha frente...

 

—O que você faz aqui?! — Falei... E Jeon se aproximou mais uma vez, logo se sentando ao meu lado na maca, assim pegando em minha mão com cuidado, pois estava conectados cabos nele...

 

Fiquei intacta com o ato do maior a minha frente, eu queria ele perto, mais ao mesmo tempo não queria... Não queria sofrer... Porém queria sofrer... Por ele! O que estava acontecendo comigo?! Eu não sabia, nada se passava por minha cabeça, uma confusão tremenda, eu não conseguia entender o que se passava comigo...

 

—Eu vim te ver... Eu vi o acidente que você sofreu, fiquei desesperado, e... — Falou e logo abaixou a cabeça, um suspiro do maior pude escutar.

—E?... — Pronunciei, esperando ele terminar de falar.

—S/n... Eu queria poder me explicar... Por favor, tenta entender... Não fui eu que fiz aquilo... Eu nunca faria!

—JungKook... Não temos provas! Acho melhor você ir embora...

—Mas eu acabei de chegar....

—JungKook... Por favor... Vá embora!

 

Abaixou a cabeça e suspirou novamente, se levantou em me olhou nos olhos, sua tristeza pude sentir e ver em seus olhos... Ele parecia arrependido... Por tudo!

 

Se virou e saiu, fazendo a porta se fechar lentamente... Após isso, meus olhos foram parar no teto do quarto em que eu estava... E assim suspirei, e logo fiquei entre meus pensamentos e devaneios!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...