História A Estranha Cullen - Capítulo 5


Escrita por:

Visualizações 253
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção Científica, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Mutilação, Necrofilia, Nudez
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - Natasha


Graças ao celular que ganhei,ficou tudo mais fácil,embora eu ainda mande cartas.

Tânia gostou de saber disso e sempre manda fotos do Alasca e de sua família. Ela também contou que Garret e Kate estão se conhecendo melhor. Fico feliz por ele. E Kate também gosta das cartas que mando. Eleazar sempre pergunta por mim. Falei que quando eu parasse de crescer eu seria loira,como ela e tia Rose,ela ficou bem animada.

Enquanto meus pais não chegam,eu arrumo a casa e depois,subo em uma das árvores dali, e mando uma mensagem a Garret.
"Oie!! Espero que dê certo seu namoro com a Kate. Peça a ela que não lhe dê muitos choques. Quero ir no casamento e pode arrumar um passaporte para mim? Beijos de seu anjo"

Jane ficou feliz em saber que eu havia ganho um celular,eu e ela nos tornamos amigas através das cartas. E uma irmã a qual nunca tive, e nunca terei. Também acho Leah legal,embora nunca tenha conversado muito com ela. Reneesme não a suporta por causa de Jacob. A única pessoa que sabe o que passo em casa é vovô Charlie. Só dele me abraçar eu já me sinto melhor. E Jane me pergunta por que não conto aos meus tios, o que acontece em casa,Bella tem aquela cara de sonsa,quem acreditaria que eles me deixam de lado? Na frente deles,eles me tratam bem. Mas quando meu crescimento parar vou embora daqui. Aro sempre manda presentes, e Caius também,ele acha os meus olhos fascinantes.

Nosso aniversário esta próximo, e tia Alice fará uma festa,infelizmente toda rosa. Mais pelo menos terei uma festa. Eu irie comemorar meu aniversário no colégio,já que é dia de semana, e no sábado será a grande festa.

Tia Rose quer me levar para fazer compras e tio Emm nos levara. Perguntei se eu poderia levar amigas na festa, e ela disse que sim,já que Nessie levaria.

Daqui uma semana seria nosso aniversário de 10 anos. Esse é o numero que teríamos no bolo,já que também iriam humanos. Jane havia mandado mensagem avisando que viriam a festa e que Demetri tinha alugado um depósito em Port Angeles,para guardar meus presentes caros,grandes ou de pessoas que meus amados pais não sabiam. Fiquei feliz,eu sempre fico quando alguém faz algo por mim. Também avisei Tânia,Garret e Alistair sobre a festa. Os Denali viriam juntos,já Alistair não dava certeza,mais mandaria o presente. Peter e Charlotte,viriam mais só a noite,por causa dos Volturis.
De humanos iriam os "quileutes",vovô Charlie e minhas 3 amigas da escola.
Jane havia avisado que os Volturis que viriam me trariam presentes,mais deixariam no depósito e trariam lembrancinhas a Nessie. Isso seria bom,já que papai e mamãe já a enchiam de presentes. Viriam Aro,Jane,Alec,Demetri e Caius.
A todos que eu escrevia,sabiam que não podiam contar a nenhum dos Cullens.

A semana se passou lenta e eu convidei minhas amigas. Elas ficaram felizes. Elas sabem que não me dou bem com os de casa, e não comentariam nada.
Eu estava ansiosa para sair com meus tios,sem minha querida irmã encher o saco.

Dias depois...
Amanhã seria meu aniversário e tia Rose com tio Emm iriam me buscar. Mas teria que aguentar Nessie falando que eu não tinha ninguém para convidar. Tia Alice uma vez disse que eu era a mistura perfeita dos dois,mas mamãe não gostou. Eu chorava muito quando era pequena,mamãe tinha pensamentos ruins sobre mim e eu chorava, e vovó Esme me dava chás.
Hoje depois que estavam em casa os 3 começaram a me humilhar,fui forte e não chorei na frente deles,terminei de comer na cozinha,lavei minha louça,escovei os dentes e desci para o meu quarto,onde coloquei o escudo,e liguei para Jane,conversamos muito.

Acordei com os dois cantando parabéns a Reneesme,coloquei o travesseiro no rosto,mais a audição é perfeita,então me levantei,coloquei uma muda de roupa na mochila,junto do celular que quando vi,havia várias mensagens e minhas canetas.
Subi tomei banho, e voltei para o meu quarto. Nem fiz questão de olhar na cara dos três. Havia um bolo  de chocolate e alguns doces na mesa.
Peguei minhas coisas e me sentei em um tronco caído que havia ali e fiquei esperando tio Jasper. Logo ele vinha em meu encontro sorrindo e com ele tia Alice,que me abraçou e rodopiou. Tio Jas também.
_Esta ansiosa pela festa querida? perguntou tia Alice entrando no carro comigo.
_Estou sim tia,os Volturis vem? perguntei e ela disse que sim.
_Eles querem acompanhar o crescimento de vocês duas. disse tio Jas completando.

Quando cheguei na escola,as 3 estavam no portão me esperando e acenaram ao tio Jas e tia Alice ficou feliz.
_Tome você deve estar com fome.disse Eiza me entregando um pacote do Mc, o irmão dela trabalha em um.
Peguei o pacote e fomos nos sentar para esperar o sinal.
Quando entramos na sala todos começaram a cantar parabéns. Tinham feito uma festa surpresa. Minha professora me abraçou e me entregou um embrulho simples. Sorri.
Todos me abraçaram. Não teríamos aula e todos estavam felizes. Nas mesas que estavam juntas,havia de tudo. Um bolo,brigadeiro,minis cachorros quente,salgadinhos,refrigerantes e coisas do Mc que Chloe havia comprado.
Todos me deram presentes.
Bloquinhos de anotações de 2 dólares,canetas,folhas coloridas. Dália minha professora,havia me dado uma pasta. Todos sabiam que eu gostava de escrever. Chloe me deu caderno com folhas pretas e canetas,Nique e Eiza me dariam o  presente sábado.
Comi e tirei foto o dia todo,o dia estava sendo legal e eu poderia ficar um ano sem comprar caneta.

Quando eu estava saindo,vi tia Rose no portão e fui andando com minhas amigas até ela e a abracei.
_Meninas essa é minha madrinha,Rose.
As meninas arregalaram os olhos.
_Boa tarde senhora Cullen. disseram as três e me abraçaram em seguida.
Tia Rose quase chorou.
_Boa tarde,meninas. Vou ter que levá-la agora. Até sábado! disse tia Rose acenando e indo em direção ao banco do carona,tio Emm estava dirigindo e pegou minha mochila.
_O que tem aqui ursinha? perguntou  assim que eu entrei no carro.
_Fizeram uma festinha surpresa para mim tio Emm,e ai dentro e nesta sacola estão as coisas que eu ganhei e algumas coisas que sobrarão.
Eles estavam felizes por mim.

Chegando ao shopping,fomos em várias lojas,tia Rose me comprou,3 vestidos,3 calças,3 blusas e um estojo de maquiagem com um perfume. Tio Emm me deu dois ursos,um pequeno e um grandão. Tomamos lanche e fomos em um parque de diversões que tinha chego a cidade.

Quando cheguei em casa todos estavam deitados,nem em importei. Entrei no meu quarto,expandi meu escudo e fui arrumando minhas coisas. Eu perguntaria a Jane se ela sabia fazer algum feitiço.Liguei pra ela e ficamos conversando,eu não preciso dormir tanto quanto Reneesme,já que minha parte vampira é maior.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...