1. Spirit Fanfics >
  2. A estrela de Mirkwood >
  3. Parte do coração arrancada

História A estrela de Mirkwood - Capítulo 7


Escrita por:


Capítulo 7 - Parte do coração arrancada


Fanfic / Fanfiction A estrela de Mirkwood - Capítulo 7 - Parte do coração arrancada

Quando Ayeriel tinha apenas onze anos de idade, sua mãe faleceu por conta de uma forte febre. A família ficou desconsolada por causa de  sua morte. Ayeriel ficou arrassada pela perda da sua mãe; parecia que uma parte de seu coração foi arrancado á força sem ao menos ter a chance de defendê-lo . Mas as últimas palavras de sua mãe no leito de morte, foram para que ela seguisse seus sonhos e jamais olhar para atrás, e retroceder diante das dificuldades da vida. Ayeriel sentiu-se culpada por não poder fazer nada para evitar a morte de sua mãe, ela não poderia arriscar, usando seu conhecimento de medicina na sua mãe, que provavelmente poderia piorar a situação de sua mãe. Mas sentiu-se pior quando os médicos não puderam salvar sua vida, e o que ela sabia sobre medicina era somente o básico, não era o suficiente para salvar sua mãe. 

Seu pai e irmão também estavam em um estado deplorável de muita tristeza e melancólia. Mas Anranibiel lhe disse no seu leito de morte que era para eles seguirem em frente e viver a vida, e que um dia iria vê-los de novo .

Enterraram o corpo de Lady Anranibiel Lossom no lugar onde foram sepultados todos os membros da família Lossom que morreram . Puseram uma estátua dela em cima de seu sepulcro com seu nome e sobrenome numa placa nos pés da estátua. 

A família ficou quatro meses de luto, até se conformarem com sua partida e voltaram aos poucos sua rotina cotidiana, porém a ausência de Anranibiel era perceptível, pois ela era o coração da casa. 


Passado um ano, Ayeriel decidiu viajar e procurar o mago Radagast, se ela queria seguir em frente ela teria que conhecer mais a fundo a medicina e o mundo fora da sua casa. Ela foi conversar com seu pai sobre esse assunto, mas ele insistia a ela que era perigoso andar sozinha, que ela era muito jovem para isso :

-Você pode acabar sendo atacada por algum bandido  nessa viagem minha filha! O que não falta nessa terra é monstros, orcs e trolls; não suportarei perder outra pessoa que mais amo nessa vida! Prometi a sua mãe que enquanto eu viver, vou proteger meus dois bens mais preciosos da minha vida. 

-Eu sei meu pai. Mas eu preciso continuar a seguir com que eu pretendia fazer: ser médica, tenho que seguir em frente como minha mãe disse. Quero aprender mais sobre plantas medicinais e ajudar quem precisa de mim! Esse mago pode garantir isto!  

- És muito jovem para isso Lyanna! Espere mais alguns anos. Só tens doze anos!  -insistia seu pai. 

-Já esperei tempo suficiente, agora é hora de realizar o que eu planejei. Não se preocupe meu pai, caso aconteça alguma coisa de mal comigo, sei exatamente o que fazer, e o senhor sabe do que eu sou capaz .

-Está bem. Mas me mande notícias suas todo mês, para que eu tenha a convicção de que você está bem querida. 

-Obrigada por compreender meu pai, te amo papai. 

-Também te amo minha pequena borboleta. Você é com certeza uma Lossom, o sangue nas suas veias estão te impulsionando para voar para o além. 

-Sei bem disso meu pai. 

-Lhe desejo sorte nesta jornada perigosa, para chegar em Rhosgobel irá demorar meses para encontrar esse mago. Tem certeza que não quer que os meus guardas a acompanhem até lá? 

-Não papai preciso aprender a voar para o além sozinha. 

-Está bem. Venha aqui e me dê um abraço minha pequena borboleta. - Disse seu pai erguendo os braços para abraça-la.

Ayeriel se aproximou e abraçou seu pai intensamente.

-Minha mãe me chamava assim quando criança, me recordo muito bem.

-Eu sei, eu a ouvia chama-la assim, parecia que você queria voar de qualquer jeito. 

-As borboletas antes de aprenderem a voar, são apenas largatas em seu casulo, até que um dia elas criam assas e voam para bem longe. 

-Por isso o lema da nossa família é voando para o além. Então voe para o além Ayeriel. 

-Obrigada por me apoiar, pai.

-Eu sempre apoiarei você em tudo minha filha. Se isso te faz feliz, então eu apoiarei você nisto. Seus sonhos são mais importantes agora, siga em frente. 

-Obrigada papai, sentirei saudades do senhor e do Jonibiel. 

-Nós também sentiremos sua falta aqui, te amamos muito Ayeriel. Quando você voltar estaremos aqui te esperando. 




Notas Finais


Sempre vamos ter dias difíceis na vida, e não foi diferente com Ariel. Ela perdeu sua mãe, a mulher que a inspirava na vida, mas ela decidiu seguir em frente porque era a vontade da sua mãe e o sonho de Ayeriel aprimorar seus conhecimentos. Então siga em frente com seus sonhos, sem medo de nada. Beijos eu realmente espero que a personagem Ayeriel esteja inspirando vocês. 👌😍❤😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...