1. Spirit Fanfics >
  2. A Fã Inglesa >
  3. A mensagem

História A Fã Inglesa - Capítulo 4


Escrita por:


Notas do Autor


💚 Boa noite Baby Cakes ❤️

Meus docinhoooos,

Desculpaaaaaaaa a demora, arrumei um “trampo” e tá ruim para conciliar, mas estou tentando viu e vou mesmo tentar mesmo postar no prazo!

❤️ Boa leitura, espero que gostem... 💚

Capítulo 4 - A mensagem


Fanfic / Fanfiction A Fã Inglesa - Capítulo 4 - A mensagem

— Sim! – Digo sorridente e Julie a leva.

 

Pov Rebecca Off.
Pov Lana On.

 

—  Precisava me puxar assim.

— Você tá atrasada Lana! – Argumentou ela.

— E-eu ainda tenho tempo, que tal parar de implicar assim.

— Eu vi seu olhar Lana fala sério...

— Julie, relaxa, eu só tenho ajudado ela, algo bem inocente.

— Inocente?

— Sim, por que não?

— Te vejo no sorteio? – Ela me imita de um modo meloso.

— A sério Julie, por favor, neh, não enche...

— Não quero que faça o que está pensando em fazer!

— Você não sabe o que estou pensando, então só esquece, tá?

— Estou pensando que talvez você esteja se metendo numa roubada, o que acha?

— Acho que você está ficando velha demais e muito ranzinza, o que acha?

— Lana, isso é muito sério, o que acha de repensar sobre isso?

— Sobre o que?

— Sobre dá em cima de uma menor porra.

— E-ela não... – Eu mesma duvidei, ela parecia ter dezesseis anos, mas eu precisava defender minha causa.

— Não, ela não é, aposto o que quiser. – Assim que disse isso, eu mesma queria duvidar, mas no fundo eu sabia que ela poderia estar certa.

— Julie, e-ela não é de menor.

— Sério? Nem você acredita no que diz. Só quero que pense um pouco querida, isso é loucura demais.

— Juli, olha pra mim... – Peço com manha.

— Não vai me convencer!

— Acha mesmo?

— Sim, muito!

— Só quero pedir que confie em mim, e-eu sei o que estou fazendo.

— Não mesmo, não sabe tá se deixando levar pelo encanto dela e isso é ridículo.

— Ridículo?

— Lana, só não quero que se machuque de novo, por favor...

— E-eu sei, e te amo por isso, mas por favor, me deixa tentar.

— Ok, me desculpa, eu quero que seja feliz e vou confiar em você, mas me promete tomar cuidado?

— Claro! Obrigado!

— Mas me prometa algo!?

— O que quiser!

— Se ela for menor de idade pode cair fora?

— Claro que sim, você me conhece.

— Obrigada nanica.

— Relaxa boba! – Abraço ela.

 

Finalmente subi junto com o Sean no palco para anunciarmos os vencedores, e eu estava nervosa e esperava muito que a ruiva estivesse entre os nomes chamados, eu precisava que ela estivesse lá! Mas se não estivesse, eu daria um jeito, eu queria muito ver ela lá. Então Sean começa a chamar o primeiro nome, e soube ao palco um garoto que tinha uns 17 anos, de cabelos escuros. O menino nos abraça e pega o ingresso e fica de lado, onde deveria esperar. E era a minha vez de chamar, também chamo mais um menino, um loiro de olhos castanhos e ele também nos abraça e logo se posiciona. Sean finalmente chama uma menina, e eu esperava mesmo que ela fosse a tal Sarah que foi chamada, mas não era, Sarah tinha longos e lisos cabelos negro e sua pele era branca, mas sem sardas, longe de ser a ruiva. Depois de nos abraçar e ir para o lugar eu também chamei uma outra menina. Ally, ela tinha cabelos curtos e loiros e parecia ter mesmo uns vinte e cinco anos, não era com certeza a ruiva. Assim foi, Sean e eu chamávamos, e eu chamei a última menina e nem acreditei, era a Emilie, a loira de olhos claros, amiga da ruiva.

 

Pov Lana Off
Pov Bex On.

 

Mal acreditei que era o último nome e quando vi que era a Emi, me deu um turbilhão de emoções.

 

— AMIGAAA, SOU EUUU...Mas espera e-e você? – Emilie cai na realidade.

— Tá tudo bem, sobe lá e recebe seu ingresso boba... – Finjo não me importar, mas eu estava muito triste por não ir.

 

Pov Bex Off
Pov Lana On.

 

Assim que vi a loira subir, pensei que precisava fazer algo por ela, pela ruiva, que ela também merecia. A loira sorridente abraça o Sean e depois vem até a mim contente e sem pensar duas vezes sussurro no ouvido dela.

 

— Traz a ruiva, vou deixar o dela na entrada!

— E-ela vai ficar muito feliz, obrigada Lana! – Disse a loira, que comemorou bem mais.

 

Então tiramos uma foto oficial com todos ganhadores e logo Julie me levou precisava ir para o hotel descansar, no dia seguinte teria a festa de noite. Estava tão cansada que dormir no carro, encostada no ombro da Julie, só queria chegar e dormir.

 

Pov Lana Off.
Pov Rebecca On.

 

— Repete, que não consigo acreditar nisso!

— Eu estou dizendo Bex, ela disse isso, disse que você poderia vir que teria sua entrada aqui, o que acha?

— Acho que é claro que vou aparecer!

— Bex, o que acha que ela quer com você? Não acha estranho esse apego todo?

— Me diz você, o que tá pensando, porque eu não consigo pensar em nada!

— Nada? – Pergunta Emilie, que me conhecia muito bem e não acreditava nisso.

— Emi, se eu dizer, você vai dizer que enlouqueci, então esquece!

— E-eu sei o que é! Eu também acho que ela está caidinha por você, ela não resistiu aos seus belos e cacheados fios laranjas! – Brinca ela com meus fios avoaçados.

— Para Emi... – Peço sem graça. — Chegamos ainda bem...vai com calma hein... – Digo descendo do carro.

— Pode deixar mamãe!

— É sério, me avisa quando chegar hein, e lembra, amanhã é o grande dia! – Digo super empolgada!

 

Entro e todos da minha casa assistiam a um filme na tv, Rachel e mamãe no sofá e o papai em sua cadeira.

 

— Filha, que sorriso lindo é esse? - Papai nota o quanto estou feliz e me aproximo beijando o rosto dele!

— Pai, eu ganhei um ingresso para festa de amanhã, e-Eu estou tão feliz com isso! E-eu acho que nem merecia isso!

— Claro que merece, porque não mereceria?

— Nã-não sei! E-Eu estou tão feliz! Não quero pensar em nada mais!

— Isso é normal filha.

— Filha, que horas chega amanhã? - Pergunta minha mãe!

— Não sei! É-é uma festa a noite mãe e e-eu já sou adulta!

— Não precisa ficar na defensiva Rebecca! – Rachel brinca comigo.

— Rac, me erra! Mãe, tem jantar?

— Claro! Vai lá, tá com cara de quem tá morrendo de fome, e Rebecca vê se come, tá muito magra!

— Mãe, relaxa, eu estou bem! – Digo com um belo sorriso e subo para tomar um bom banho.

 

Assim que sair do banho vi meu celular acender, era uma mensagem, apostava qualquer coisa que era a Emi, mas me surpreendi. Nunca conseguiria acreditar em quem me mandava mensagem, se tudo isso fosse mesmo um sonho, eu jamais gostaria de acordar.

 

Mensagem On!

 

"Quero muito te ver na festa, por favor aceita o convite que vou deixar pra você" - Lana!

 

Mensagem Off

 

Meu coração quase explodiu, era uma mensagem da Lana, eu não poderia acredita que ela tinha conseguido meu número, e naquele momento eu não sabia o que sentir, estava nervosa, agitada, feliz e sentia vontade de gritar, mas sentia mesmo medo e uma grande dúvida, será que eu deveria responder? Mas a minha felicidade e empolgação não permitem tempo para o meu cérebro pensar e logo respondo!

 

Mensagem On.

 

" Eu jamais recusaria! Claro que vou!" - Rebecca.

"Ótimo, acho que será bem mais divertida com você! " - Lana.

" Mesmo?" - Rebecca.

"Claro, você é muito legal, me sinto bem perto de você! E sinto que te devo!" - Lana.

"Como me deve? Você não me deve nada!" - Rebecca.

"Sim, pelo incidente no meu camarim, não deveriam ter te tirado daquele jeito!" - Lana.

"Por favor, não se preocupa com isso! E-Eu já superei isso, nem imagina o que já passei por aqui! Kkkk, eu estou bem, de verdade! - Rebecca.

"Mesmo assim ruiva! Por favor, queria mesmo me explicar com calma e conversar com você! Já disse eu sentir mesmo uma ligação!" - Lana.

"Eu vou falar com você, com certeza, não vai escapar...kkkkk" - Rebecca.

"Nem você vai! Eu quero muito que você fique bem e se sinta querida, falando nisso, eu quero que fique no meu camarote, o que acha? Quer dizer isso se você..." - Lana.

"Se eu?" - Rebecca.

"Desculpa, eu não posso colocar menor de idade no camarote, o que me diz?!" - Lana.

" kkkkkkkk, não se preocupa, eu já sou maior de idade!" - Rebecca.

"Mesmo? Não me enrola hein...kkkkkkk" - Lana.

"Juro Lana" - Rebecca.

"Ok! Então, você vem para o meu camarote! " - Lana.

"Minha vez" - Rebecca.

"O que? Acho que sabe que sou maior de idade...kkkkkkk" - Lana.

" Ah sei sim! Mas a minha vez de perguntar" - Rebecca.

"Acho justo, o que quer saber?" - Lana.

"Como conseguiu meu número?" - Rebecca.

"Eu tenho contato com os organizadores, lembra? Kkkk" - Lana.

"Imaginei! Kkkkk" - Rebecca.

"Minha vez?" - Lana.

"Gosto desse jogo! Claro!" - Rebecca.

"Seu nome?" - Lana.

"Vou dizer assim que estiver no seu camarote, acho que assim posso tentar retribuir você" - Rebecca.

"Já disse que não precisa me retribuir nada!" - Lana.

"Preciso sim! Acho que desperdiçou sua pergunta! Kkkkkk" - Rebecca.

"Pelo visto sim! Kkkkkk! Nenhuma dica?" - Lana.

"Desculpa não! Minha vez! Por que a Julie me odeia?" - Rebecca?

"kkkkkkk, ela não odeia você” – Lana.

“Não é o que parece, tudo bem, pode falar” – Rebecca.

“Digamos que ela não goste que me distraíam no trabalho” – Lana.

“Ainda não entendi!” – Rebecca.

“Essa, vou ficar te devendo, eu te conto assim que me contar seu nome, na festa!” – Lana.

“Devo admitir que você é boa nesse jogo kkkkkk. Ok, na festa então” – Rebecca.

“Eu preciso ir, vou jantar com a Julie e resolvermos umas coisas pendentes, mas nos vemos amanhã, não é?” – Lana.

“Sim, é claro que sim, mal posso esperar para isso” – Rebecca.

“Ótimo, bjs!” – Lana.

“Bjus” – Rebecca.

Mensagem Off.

 

Eu me belisquei assim que soltei o celular, e não conseguia acreditar nisso. A Lana tinha me mandado mensagem e eu mal poderia acreditar nisso. Saindo um pouco dos meus devaneios, eu fui na frente de um espelho e me fitei da cabeça aos pés, todas aquelas sardas me deixavam louca, eu era estranha com todas elas ali, ou será que a Alisson me fez chegar a essa conclusão? Eu sempre me pergunto isso, e nunca consigo me responder, talvez um dia, eu consiga responder. Mas naquele momento eu só queria dormir, e sonhar com a Lana.

 

Pov Rebecca Off
Pov Lana On.

 

Eram onze da manhã quando acordei, ainda preguiçosa, não sair debaixo das cobertas e tateie o criado-mudo em busca do meu celular. Nele tinha muitas mensagens, mas uma muito importante.

 

Mensagem On.

 

“Eu não sabia se podia te mandar mensagem, ou se deveria, mas eu queria mandar, me desculpa se estou te incomodando, sei que não gosta disso, mas... bom dia! Eu espero que tenha dormido bem e tenha um dia maravilhoso” – Rebecca.

"Claro, que deveria, eu estou muito feliz por acordar com a sua mensagem! Bom dia, eu também espero que tenha um dia incrível! O que vai fazer hoje?" - Lana.

"Vou trabalhar! E a noite tenho uma festa incrível kkkk e você?" - Rebecca

"Aposto que sabe toda a minha agenda de hoje" - Lana

"Mais ou menos, tem um intervalo grande entre sua entrevista na rádio e ir até a festa" - Rebecca.

"Sim! Essa é a parte que te digo o que vou fazer kkkkkk, eu vou num spa, eu realmente preciso cuidar de mim um pouco kkkkk" - Lana

"Nossa, que incrível" - Rebecca

"Sim! Por que não vem comigo?" - Lana.

"Não posso, eu preciso trabalhar!" - Rebecca

"Não sabia que alguém trabalhava dia de domingo, além de mim! Kkkkkkk... mas vem comigo, não se ofenda, mas posso pagar seu dia" - Lana.

"Trabalho sim kkkkk! Nem pensar Lana, mas obrigada, eu tenho que ir é o jeito." - Rebecca

"Você não gosta dele?" - Lana

"Nem um pouco, é difícil ser garçonete!" - Rebecca

"Eu sei! Eu quero tanto falar com você, mas eu preciso mesmo ir! Assim que eu puder falo aqui" - Lana

"Ta bom! Eu vou escutar sua entrevista! Bjus!" - Rebecca.

"Ta bom, ruiva kkkkkkk! Bjos!" - Lana

 

Levanto, tomo um bom banho e me troco e logo a Julie me pega no quarto e vamos até a rádio! Depois de uma entrevista de uma hora na rádio, Julie me leva no spa e fico feliz de relaxar na lama. A Julie também havia ido comigo e sinto um olhar estranho dela.

 

— Conheço esse olhar, no que tá pensando Julie?

— Na-nada!

— Ju...fala!

— Ok, odeio como me conhece...convidou a ruiva para festa?

— Você também me conhece e sabe que sim!

— Por que?

— Sabia que chamaria ela, e ela é maior de idade, se isso que preocupa você!

— Dezessete e meio não é dezoito!

— Não sei exatamente quanto, mas ela não tem isso.

— Ah claro, com aquela cara de velha!

— Julie, me prometeu. Mas não é só isso, o que é?

— Nada!

— Julie...

— Tá, ok... você se envolvendo com uma fã, Lana, ela pode ser perigosa.

— Ok, eu já disse um milhão de vezes, ela não é perigosa, e-ela é gentil e doce.

— Você acha? Quanto tempo passou com ela? Uma hora? Consegue conhecer alguém falando apenas uma hora com ela?

— Sabe que não!

— Então Lana, por que está se iludindo assim?

— Não estou, e-eu só sinto que ela é especial, e-ela é incrível, eu sinto isso, sinto mesmo!

— Ok, já sei que não devo mexer com seus instintos.

— Obrigada, agora podemos apenas relaxar?

— Sim!

 

Depois do spa já era quase noite e voltamos para o hotel, eu subi e me arrumei colocando uma jeans e uma blusa preta, precisava ir mais cedo para ensaiar algumas premiações que teria no evento, então Julie logo passou no meu quarto e me pegou, faltavam duas horas para o evento e eu estava muito ansiosa para ver a ruiva!

 

Pov Lana Off.
Pov Rebecca On

 

Faltava apenas uma hora e meu coração mal cabia na boca, eu só queria mesmo estar com a Lana, mas eu também estava pensando em como contaria a Emilie que ficaria no camarote com a Lana, não sabia o quanto isso magoaria, mas ela parecia feliz ao me ver, bom, e se e chamasse ela, era ousada, mas a Lana não tinha mais ingresso. Essa dúvida estava me corroendo, mas decide que era melhor falar com a Emi, ela entenderia e logo corri para me arrumar, a Emi chegou e logo estávamos a caminho do local. Eu estava nervosa e comecei a pensar em como a Lana estaria vestida, pensei em um milhão de possibilidades, mas eu tinha certeza que não acertaria.

— Como acha que ela está? – Pergunta a Emi.

— Não faço ideia, mas sei que está com certeza linda!

— Linda e maravilhosa, e porque está tão nervosa?

— Emi, sério, para de ser assim! É-é que tem algo que quero contar!

— Conta Bex, sabe que não temos segredos!

— É-é que não sei como dizer, mas aí vai, a Lana me chamou para ficar no camarote, e-Eu não posso levar você amiga, mas se quiser não vou!

— Tá louca, isso é incrível demais, imagina a cara da vadia da Alisson, você vai sim!

— Mesmo amiga? E-Eu te amo sabia? - Abraço ela.

— Bex, vou bater o carro! - Disse sorrindo e me afasto.

— Emi, sério que não tem problema?

— Claro sua boba, mas faz a Alisson ver isso hein!?

— Pode deixar! - Digo rindo e sem demoras chegamos!

 

Pegamos meu ingresso, entramos e a festa já rolava a uns vinte minutos e tinha muita gente, o som era levado por um mega DJs e a música estava maravilhosa! Mas meus olhos só procuravam pela Lana!

 

* Pov Rebecca Off.

* Pov Lana On.

 

A festa já tinha começado a vinte minutos e eu estava fitando toda a festa até que vi a ruiva mais linda desse mundo! Ela estava com um vestido vermelho colado até os joelhos, os seios fartos quase pulavam para fora! O vestido tinha um grande decote, mas tinha mangas médias, ela estava incrivelmente mais bela, nem conseguir acreditar em como ela estava perfeita! Logo, sem demoras peço licença a Julie e ao Sean, e desço do camarote seguindo até a ruiva. Ela estava de costas, e não me viu, mas antes que eu chegasse lá a loira louca me pegou pelo braço e me puxou. Não sabia o que dizer, minha cara assustada pareceu lhe deixar bem constrangida, mas mesmo assim ela pegou seu celular e pediu que eu sorrisse batendo uma selfie.

 

— E-eu preciso ir! – Tento me libertar.

— Lana, obrigada pelos ingressos, não acredito que temos acesso ao camarote! – Disse a loira feliz.

— De nada, A...! – Ri sem graça, afinal, não lembrava seu nome.

— Ali, você lembra neh?

— Cla-Claro! – Minto descarada.

— Eu disse meninas! – Disse ela sorrindo e eu acabo conseguindo fugir dali.

 

Sigo até a ruiva que estava procurando por alguém, enquanto tomava algo.

 

— Me procurando? – Sussurro no ouvido dela.

— Ai meu deus, desculpa, tomei um susto! – Disse ela sorrindo assustada.

— Oi Emi, se incomoda se eu roubar ela?

— Nã-Não Lana! – Disse a Emi, ainda boba em me ver.

— Amiga, e-eu volto qualquer hora dessa!

— Não se preocupa vai lá! – Elas se despedem e Rebecca vira sorrindo para mim.

— Ótimo! Vem comigo, vou te levar ao paraíso hoje! – Pisco para ela e ela se deixa levar por mim.


Notas Finais


❤️ E aí meus docinhos o que acharam??? ❤️

💚 Não esqueçam: Favoritem, comentem e curta. 💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...