História A Falsa vide de B.B. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Injustiça, Romance
Visualizações 1
Palavras 377
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Drogas, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Não é uma fanfic continua ( vão ser um 2 capítulos e pronto) mas se vocês quiserem ou gostarem tento fazer mais coisa (não prometo nada)

Capítulo 1 - O Começo


Uma mulher, em uma cama com o coração partido. Seu marido; traía ela com sua chefe no trabalho. Seu filho, a largou e foi produzir cristal com pimenta (Metanfetamina). Ela estava grávida e sua família não aceitava isso. Ela não tinha para onde ir à não ser que ela ficasse em casa sozinha. Vamos falar que a vida dela não estava nada legal, e isso era verdade.

    Seu nome era  Bella Buttler, mais conhecida como B.B, e nesse diário ela escrevia tudo o que acontecia com ela. Não importava o quão pesado fosse, ela continuava escrevendo. Para ela, escrever era uma forma de se libertar, desabafar e tirar tudo de dentro do seu coração. Uma coisa que com certeza ela não podia fazer com o marido, por motivos óbvios que logo saberemos.

    Bela era uma mulher solitária, tinha apenas 29 anos e um filho com 15. Seu nome era João Pedro, mas na rua, era mais conhecido como Surfista do cristal. Todos diziam que aquele era o melhor cristal da região e que vários produtores haviam parado por esse motivo. Eles queriam aprender a fórmula, e por isso, o “Surfista do Cristal” virou o cara mais procurado da cidade. Ele tinha tanto risco de ser assassinado que falou para sua mãe que estava doente, e que não conseguiria ir para a escola. Mas essa história não é sobre ele, então vamos ao caso.

Um certo dia, ela estava caminhando em um parque e viu um garotinho na pracinha, do outro lado da rua. Ele estava chorando, parecia que estava perdido e machucado. Ela não poderia levá-lo pra casa pois seu marido agredia ela, e isso seria mais um motivo. ela sofria não apenas com agressão física mas verbal também. Seu marido a chamava de vadia, prostituta e outras coisas do gênero. Ela tinha medo de denunciar pois ele já tinha ameaçado de matar o próprio filho se ela o fizesse.

Ela, levou o garoto para o hospital mas não o levou para casa depois. Ela apenas ligou para a polícia avisando o sequestro da criança. Um sequestro não esperado mas o garoto parou de chorar quando a viu e perguntou:

-Você vai cuidar de mim? -disse ele com uma voz melosa como se ainda estivesse com dor.

 


Notas Finais


Espero que tenham gostado (e como disse no início NÃO É UMA FIC CONTINUA) BJSSSS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...