1. Spirit Fanfics >
  2. A falta de sinônimos. >
  3. Dizer-o-que. Único.

História A falta de sinônimos. - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Dizer-o-que. Único.


As palavras sumiram de minha garganta e evaporaram da minha língua, 

metonímia

Não havia murmúrio para mim, não havia metáforas na minha cabeça pesada, pencanda, para me expressar.

O quão cansativo isso é?!

E o quão desesperador é

pra mim, não ter sinônimos para me expressar, o quão pertubador é não ter uma rima, mínima, metáfora-rasa, para comtemplar 

o que há em mim?!

Os sentimentos acumulados no meu seio, morrem nos meus dedos e quase ferem às pontas rosadas, pela falta de sinônimos, vejos letras pulando e dançando embaralhadas, embasadas como 

vidro-frio-vazio chuva,

tão desconcertadas, há falta.

De nomeações e opções, há falta de saber, dizer, há falta.

depalavras.

Há faltas de sinônimos e metáforas para fazer.

Pra viver e entender,

e foi isso que ser desnuda de sinônimos me fez entender.

estoutão nua e embasadas que não 

há sinônimos

que eu possa dizer.


Notas Finais


@Marii-Ssii. Queria ter algo melhor que isto, algo mais interessante para trazer um significado importante, mais eu só tenho isso.

PS: Desculpe, é falta de sinônimos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...