História A Família De Kakashi Hatake - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Asuma Sarutobi, Deidara, Iruka Umino, Jiraiya, Kakashi Hatake, Maito Gai, Naruto Uzumaki, Personagens Originais, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju, Yamato
Tags Naruto
Visualizações 55
Palavras 1.654
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Festa, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oie sei que demorei, mil perdões, a falta de criatividade foi fo**
Eu fiquei pensando julho inteiro no capítulo, mas hoje na aula me veio essa ideia, espero que gostem ^-^

LEIAM AS NOTAS FINAIS

Capítulo 9 - Obito


Pov Kakashi

Era hoje, o grande dia que irei ver Minato Hatake, meu pai, depois de longas meia hora cheguei na casa do mesmo e toquei a campainha e uma jovem atentedeu
-Pois não?
-Minato está?
-Sim, quem gostaria de ver o senhor Minato
Dou um risinho, ele odeia quando o chama de senhor
-É segredo, mas acredite, ele me criou - sorrio vendo os olhos dela arregalarem
-Ah mil perdões, Kakashi, pode entrar, seu pai está no escritório
-Certo, obrigado

Vou em direção ao escritório e apenas abro a porta e vejo ele focafo lendo uns papéis, mesmo depois de 40 anos, o velho não para de trabalhar

-Pai.....- ele olha pra porta e deixa a caneta cair no chão, ele arregala os olhos
-Fi..filho? - os olhos deles encheram de lágrimas e ele levantou correndo para me abraçar, e retribuo o mesmo abraço de urso dele
-Que saudades Kashi
-Também senti saudades sua pai
Ele me apertou ainda mais
-Nunca vai tirar essa máscara não é?
-Não mesmo - rio e ele tambem
-Seu rosto é tão lindo meu filho
-Obrigado pai
-Porque não trouxe as crianças?
-Queria um momento apenas para nós dois
-Ah sim, certo, vou pedir dois cafés - depois de 15 minutos conversando sobre coisas aleatórias, Lily, a jovem que me atendeu hoje mais cedo, trás o pedido meu pai
-Então, pai, onde está Tobi e Rin?
Ele engole em seco
-Obito está preso, e Rin está desaparecida desde daquela noite.....
-Se passaram mais de 20 anos e não acharam minha irmã? Policiais de merda, aliás o que Obito fez pra ser preso?
-Eu sei que é difícil Kashi, mas não existe pistas sobre onde ela está, e quanto a Obito, ele se envolveu com uns traficantes e foi pego vendendo 5 kilos de maconha, foi preso na hora
-Eu vivia dizendo pra ele não se envolver com isso, foi aqueles amigos dele, não foi?
-O grupo do qual chamam Akatsuki? Sim, foram eles
-Porque nunca me ouviu Obito Hatake? Que ódio - bebo um pouco do café amargo
-Calma meu filho, a sentença de pagamento é de 45.000 reais, eu não tenho esse dinheiro para tirar ele de lá
-Eu tenho......Amanhã mesmo eu vou na prisão que ele esta, onde fica?

Meu pai me deu o endereço
-Você não mudou nada pai
-Sério? Sinto que minha pele caiu um pouco
-Não, ainda parece o jovem de 23 anos que me criou
Ele sorri
-Obrigado Kashi

Conversamos muito mais, e se passaram 5 horas, me despedi dele e fui rumo a minha casa, estacionei o carro e abria a porta lentamente
A casa estava uma bagunça, tinha ursinho de pelúcia pelos ares, travesseiros sem o revestimento de plumas
-OS TRÊS QUERO EXPLICAÇÕES AGORA
Não ouvi nada, entrei na cozinha e vi Naruto em baixo do armário de panelas
-Naruto?
-Shiiiiii eles vão descobrir
Foi ai que eu tinha entendido, esconde esconde
-Narutinho, sasukezinho cade......PAI?
-Sakura Hatake, explicação?
-Er...er...er....CULPA DO NARUTO
-EU O QUE? FOI IDEIA SUA SAKY - Naruto grita de onde estava
-QUE NADA FOI DO SASUKE
-NÃO ME METE NISSO SUA TESTUDA
-GRRR....DEIXA EU TE ACHAR SEU FEDELHO, IDIOTA
Eu fiquei parado olhando a discussão dos três
"Calma Kakashi, respire"
-Vão agora pro banho - disse muito sério, e fiz a cara que eles tem medo, agradeço pro Yamato ter me ensinado a fazer essa cara, eles vão correndo pro quarto

||||||||||||||||||||π|||||||||||||||||||||

Era de tarde, provável uma 16h30, chamei uma empregada e ela limpou tudo
-Os três estão de castigo
Eles emburram e eu ignoro
Me levanto e vou pro meu escritório, pesquisar sobre a Prisão Woodstock
Marquei um encontro com os oficiais do local, seria amanhã as 14h00
Falei com Jiraya para ficar com as crianças ate umas 17h00 e ele aceitou
-Papi, onde você vai?
-Nenhum lugar em especial
-Me leve então
-Não
-Por favooooooooor - falou manhosa, apenas encarei ela sério e não falou nada, apenas saiu da minha sala
Me deito na cadeira
-Obito, Obito, Obito - nesse momento a campainha toca várias vezes, leventei e fui atender, abri a porta e vi uma figura loira
-Kakashi né? Me deixe entrar
-Deidara não é?
-Sim, rápido!!
-Entre - ele foi muito rápido
-Mesmo não gostando de vocês e seus amigos, me devem explicações
-Sobre o Tobi não é? - ele me questiona
-Sim
-Foi tudo muito rápido, eu estava com ele aquele dia, nós estavamos na praça com um cliente e uma mulher viu a gente e ligou para a polícia, nosso azar era que uma rondava na de trás da praça e ouvi a sirene, avisei pra ele sairmos, ja estávamos com o dinheiro, mas ele não me ouviu e ficou conversando com o cliente, os policiais já vinham em nossa direção e sai correndo, deixando ele pra trás, lembro dele gritando meu nome "Deidara-senpai", me desculpe Kakashi

Limpo a garganta
-Agora ele está preso Deidara, PRESO
-EU SEI, eu sei.......Se quiser me denunciar a vontade, ja estou sendo procurado mesmo, por isso vim correndo pra cá, há cinco viaturas aqui nesse bairro
-Não vou denunciar, eu deveria, mas vou te dar uma chance de mudar sua vida
-Eu não posso sair da Akatsuki, se eu sair eu morro
-Morreria também na prisão
Ele fecha a cara
-Olhe pra você Deidara! Parece uma mulher, corpo fino, cabelos longos, rosto feminino, aceite no mínimo você seria estuprado por lá
Ele olha pro chão
-Estou certo não?
-Sim, me deixe ficar aqui, por favor
-Uma semana, apenas
-Certo! Muito obrigado
-Porém, você irá cozinhar, limpar e cuidar dos meus filhos
-Você tem filhos? Posso vê-los?
-Pode, porém não mencione nada sobre seu grupinho, nem de Tobi
-Ok!

Saio da sala de estar e vou para o quarto chama-los
-Meu amigo uer ver vocês
Eles desceram e Sakura arregalou os olhos
-É UMA MENINA - ela foi correndo mexer nos cabelos de Deidara
Ele sorri torto - Não gosto que mexam no meu cabelo, criatura rosa - ela ri do apelido que ele dera a ela
-Mas é tão macio e lindo
-Obrigado, pare de enconstar
-Qual seu nome, garota? - Naruto o perguntou
-Sou um homem, un
-Um mega homem hein
-Sasuke - o repreendi e ele apenas bufou
-Seus filhos são lindos
-Valeu
-Como conheceu o papi?
-Éramos colegas da escola
-Vou te chamar de Dei-chan
-Ok!
Me sento no sofá, já era 21h00
-Crianças, pra cama
-Ta - os três sobem

Ficamos em silêncio
-Porque entrou na Akatsuki?
-Por causa do meu namorado, Akasuna no Sasori
-Entendi!
-Mas ele morreu.....
-Ah meus pêsames
-Está tudo bem, ja faz dois anos
-Bem, vou dormir, estou cansado, poderá ficar no quarto ao lado do meu, tem tudo lá, toalha no armário
-Muito obrigado novamente

||||||||||||||π|||||||||||||||||||

Sábado, 10h00

Leventei muito cansado e ansioso, ouvi risadas vindo de lá em baixo, me vesti e desci, vi Deidara com um avental e uma touca de chef, ele estava fazendo panquecas, as crianças estavam sorrindo, fiquei feliz
-Bom dia
-Bom dia
-Quer panquecas Kakashi-kun?
-Sim
Ele pega um prato e coloca três em cima da outra e põe mel, corto e coloco na boca para experimentar
-Nossa! Está muito boa
-Obrigado! - ele sorri
Termino de comer e me preparo para deixar as crianças com Jiraya
-Quer que eu cuide deles?
-Não vai incomodar?
-Que nada! Eles são uns anjinhos
-Ok
Liguei para Jiraya cancelando

Depois de algumas horas, vou em rumo a prisão
Longos 45 minutos, chego no local
Me sentia tenso, depois de 5 anos sem ver Tobi, irei vê-lo entre grades

Havia uma recepção, bem largada e suja
A policial me encara
-O que quer?
-Marquei uma visita para as 14h00
-Senhor Kakashi Hatake, quer visitar o prisioneiro Obito Hatake, correto?
-Sim
-Ok, irei avisar ao guardas, aguarde por favor
-Claro

Depois de 15 minutos, dois guardas vêem me buscar
-Não há nada em seus bolsos? Faca, telefone celular, papéis, entre outras coisas
-Apenas meu celular, mas não há nada nele, apenas fotos dos meus filhos que quero mostrar
-Me permite ver a galeria do celular?
-Sim - entrego o celular a ele e começa a vasculhar as fotos
-Nada de anormal, pode entrar

Entro em uma sala e espero meu irmão
Estava sentado e a porta se abre, uma figura com uniforme laranja, cabelos bagunçados e metade da máscara quebrada, Obito Hatake

-Tobi.....
-Ka...Kashi?
-Que saudades irmão - abraço ele e o mesmo retribui e sinto lágrimas molharem minha blusa
-Me perdoe, Kashi, fui um idiota, aqui é um inferno, ainda tenho 2 anos
-Não chore Tobi, irei te tirar daqui, Deidara está lá em casa
-O que? Ele não pode ficar lá! Não não não, Kashi, que estúpido como sempre, sua bondade me surpreende, ele vai instalar câmeras e microfones, seu idiota - ele me da um peteleco - Deidara não vale nada
-Mal ele sabe mas eu ja tenho câmeras instaladas lá
-Quando vai me tirar daqui?
-Talvez amanhã, irei pagar hoje, mas até liberar, tire essa máscara - ele tira
-Porque finge ser outra pessoa?
-Porque eu.............não sei
-Sempre indeciso - ele ri
-Sim, sim, sim
-Irei te tirar daqui, e você vai parar de andar com o pessoal da Akatsuki
-Irei fazer isso, pequenas as chances de sair, mas por você - sorrio com as palavras dele

-Ja deu a hora - um guarda diz com a cara emburrada
Me despeço dele e vou conversar com a polical que me atendeu antes
-Como faz para pagar a fiança?
-Obito Hatake?
-Sim
-Fiança de 45.000, vai mesmo pagar?
-Sim, afinal ele é meu irmão
-Apenas aceitamos em dinheiro vivo
-Certo, tenho a quantia certa aqui - entrego pra ela o dinheiro e a mesma abre algumas pastas do computador e fez algumas coisas
-Ele será liberado amanhã ao meio-dia
-Ok, obrigado - saio da prisão e coloco meus óculos de sol

Eu tinha certeza que Obito teria uma nova vida...


Notas Finais


Foi isso, espero que tenham gostado
Deixe sua opinião
E agora, eu pensei em fazer interações com vocês, por exemplo, fazer perguntas para os personagens e eles responderem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...