História A Família de Naruto e Hinata - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Família, Momentos, Naruhina
Visualizações 261
Palavras 2.922
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii pessoal! Sou nova aqui, espero que gostem. Se houver algum erro, ou algo do tipo, aceito críticas e sugestões.

Capítulo 1 - Boruto... meu milagre


Fanfic / Fanfiction A Família de Naruto e Hinata - Capítulo 1 - Boruto... meu milagre

Naruto e Hinata haviam se casado há 8 meses.

Tudo ia bem, Naruto era um excelente marido, se importava muito com Hinata, odiava ser chamado para alguma missão, porque odiava ficar longe de sua amada. Embora às vezes fosse meio lerdo, bobalhão, Hinata adorava isso nele.
Os dois conversavam muito sobre o futuro, Naruto queria ter 10 filhos, o que era um susto pra sua amada que queria só 2 ou até 3. Eles planejavam o futuro e sonhavam juntos. Mas não planejaram as perdas e as dores que viriam a seguir...


Naruto estava em missão, e Hinata em casa pensativa demais...
- Minha menstruação está atrasada há 19 dias, preciso ir ao hospital. Não pode ser, será? Será que estou grávida?
Então ela vai, e Sakura, que a atende, com um sorriso logo confirma a suspeita.
- Parabéns! Tem um anjinho vindo, e já tem 3 semanas.
Hinata se emociona começa a chorar, de felicidade imaginando a surpresa que faria para o marido. Logo ela recebe um abraço caloroso de Sakura muito feliz com a notícia.


Três dias depois


Hinata estava em casa, em seu quarto, na cama sentada tricotando dois sapatinhos de neném, um rosa, um azul, seria desse jeito que contaria a notícia ao seu marido, Naruto ainda não havia retornado da missão.
Ela desce as escadas pra beber água e sua irmã Hanabi bate na porta, a veio visitar.
- Irmãzinha que saudades. Entre, vou preparar um chá pra nós duas.
Hanabi simplesmente a abraça.
- Eu estou sentindo sua falta. Vim passar o resto do dia com você. Posso?
- Claro. Sempre que quiser.
Assim que Hinata se vira pra ir a cozinha sente uma tontura forte, sua visão fica escura, seu corpo arrepia de cólicas e ela quase tomba no chão. Sua irmã corre em sua direção e a segura.
- Hinata quando você se virou vi sangue na sua roupa. Está tudo bem?
Hinata então desmaia nos braços de sua irmã.

Horas depois
Hinata estava no hospital desacordada e com soro na veia.
Hanabi a olhava com pena, estava muito triste.

Enquanto isso na vila...
Naruto chega de missão e vai direto ao escritório do Hokage.
- Kakashi-sama retornei. Tudo ok, missão bem sucedida. Agora só preciso ir pra casa.                          Diz Naruto apressado. 

- Naruto, receio informar, mas Hinata está no hospital.
- HOSPITAL? COMO ASSIM?
- Não sei bem o que houve, é bom você ir lá.


No hospital


Hinata acorda e se vê deitada na cama com soro na veia, se lembra de ter desmaiado e só. Mas isso acontece com as mulheres grávidas não é? É normal, e ela estava ansiosa pra quando Naruto chegasse lhe desse a notícia.
Bom, passaram-se alguns minutos e Naruto entra eufórico no hospital e Sakura logo atrás com o olhar cabisbaixo.
- Hinata o que houve? Fiquei preocupado.
- Querido, que bom que voltou. Está tudo bem, foi só um desmaio comum, não é Sakura? Está tudo bem.
Nessa hora, Sakura fecha os olhos e abaixa a cabeça. Hinata percebendo começa a chorar.
- Sakura, eu perdi ele né?
Sakura não diz nada, só confirma com a cabeça que sim.
Hinata começa a chorar, Naruto fica sem entender nada.
- Sakura o que aconteceu? O que que a Hinata perdeu?
E naruto a abraça tentando consolar a esposa.
- Naruto, há alguns dias fiz uns exames e Hinata estava gravida de três semanas.
- Como assim estava?
Logo ele começa a chorar também junto da esposa.
- Sinto muito, lamento informar, mas Hinata perdeu o bebê. Foi um aborto espontâneo. Ainda não sabemos a causa, mas vamos estudar pra ajudar. Vou deixar vocês à sós, se precisar, só me chamar.
Sakura sai do quarto. Hanabi esperava do lado de fora, muito triste pelo que aconteceu com a irmã.
- Queria poder fazer alguma coisa.                                  Diz Hanabi.

- Infelizmente isso aconteceu. Mas eles vão superar. Só precisamos ajudá-los a serem fortes.

- Mas minha irmã é, ela vai superar. E Naruto também.


Dias depois


Após a perda , Hinata havia fica inconsolável.
Mas Naruto estava sendo paciente e a tratava com todo carinho. Hinata sabia o quando ele queria ter uma família , o quanto ele sonhava com isso. E se sentia muito mal.
- Hinata, minha princesa não quero mais te ver chorar. Por favor, a gente pode tentar outro daqui há uns meses. Quem sabe aquela não era a hora certa. Vamos meu amor, o dia tá tão bonito pra ser desperdiçado,vamos passear?
- Meu amor, eu estou triste porque quero te dar o que você sempre sonhou, e fico com medo de não poder te dar isso.
E ela desaba em lágrimas.
Naruto a abraça e olhando-a nos olhos diz:
- Hinata não repete mais isso, independente do que acontecer, do que a gente enfrentar daqui pra frente eu não vou sair do seu lado. A gente vai ter sim o nosso milagre. Eu te amo. Agora vamos sair?
- Eu também te amo Naruto-kun. Espera eu me arrumar?


6 meses depois 


Hinata estava em casa com Naruto, se sentindo enjoada demais e já havia vomitado duas vezes.
Sentia pequenas cólicas, até que pensou: - Minha menstruação está atrasada. Será ?
Naruto percebendo que a esposa está quieta demais diz: - Meu anjo está pensando em quê?
- Só vamos ao hospital. Quem sabe não pode ser dessa vez.
Naruto sorri, mas por dentro seu coração teme pelo pior, mas mesmo assim ele fica do lado da esposa.
E dito e feito, chegando lá, Hinata fez o exame de sangue que confirmou e a ultra-som que confirmou 1 mês de gestação.
- Doutor? Meu bebê está perfeitamente saudável?
- Sim, está perfeitamente saudável.
O casal fica feliz e ansioso, ambos os dois choram emocionados e se abraçaram.


1 mês depois


Naruto e Hinata estavam indo pro hospital pra um exame de rotina pra acompanhar a gravidez.
Sakura os atende.
Ao fazer o ultra-som Hinata muda seu semblante de feliz pra triste, pois não ouvia o som do coraçãozinho do seu bebê batendo no monitor.
Sakura com pesar de dar a notícia diz: - Sinto muito, mas não há mais feto, somente um ovo morto retido. Vamos precisar te recolher pra fazer a curetragem.
Naruto fica muito triste, e fica mais preocupado quando sua esposa começa a chorar, e a sua pressão sobe e ela desmaia.
Horas depois, Hinata estava na cama do hospital deitada pensando porque aquilo estava acontecendo. Porque Naruto e ela haviam se casado? Porque, se ela não pode lhe dar o que ele sempre quis? Família, família, uma casa completa de vida, de alegria, de esperança, de amor, e filhos. Seu coração doía demais em seu peito. Ela só fechou os olhos e deixou as lágrimas rolarem.
Naruto entra no quarto silenciosamente, e seu coração se quebra ao ver a esposa deitada, chorando, parecia estar quebrada em mil pedacinhos e ele faria de tudo pra juntar os caquinhos.
Ele acaricia o rosto de sua amada.
- Hinata, não chore meu amor.
Hinata só chora ainda mais.
- Me doi te ver assim... sabia?
- Eu não posso te dar o que você quer, porque isso tá acontecendo ?
- Meu amor vamos esperar mais um pouco.
- Já é a minha segunda perda Naruto-kun você acha que eu tenho chances? Eu sou uma mulher estéril, não tem razão pra você continuar comigo.
E ela chora, praticamente como uma criança.
- Não diga mais isso Hinata, nunca mais. Eu não vou te deixar, não vou meu amor. Eu te amo, isso que importa. Vamos enfrentar essa dor juntos.
- Mas...
Naruto põe o dedo indicador na boca da esposa , para que ela não falasse.
- Mas nada... Eu vou ficar do seu lado e isso que importa eu te amo.
- Eu também te amo.
Eles se abraçam, com o coração na esperança de que algo bom surgisse. Queriam esquecer a dor.


5 meses depois 


Hinata estava andando de um lado pro outro, Tenten que estava na casa da amiga a fazendo companhia enquanto Naruto estava em missão, estranhava a amiga.
- Hina? Tá tudo bem?
- Tenten, acho que posso estar gravida. Tive desejos estranhos, sem contar que está atrasada.
- O que está esperando? Vamos confirmar essa suspeita.
As duas vão direto pro hospital de Konoha.
Sakura imediatamente a recebe, e leva Hinata pra fazer o ultra-som.
- Hinata chega de fazer anjinhos né? Ja vai completar 2 meses, ele tem 6 semanas.
Hinata fica feliz, mas por dentro seu coração sente medo.
- Hinata, devido aos abortos que você sofreu, sugiro que não se esforce muito, que não se estresse, não tenha emoções fortes, seja notícias boas, tristes ou até mesmo um susto. Descanse bastante, beba bastante água, coma frutas , legumes. Durma bastante. Sua gravidez é de risco. Todo cuidado é pouco.
- Obrigada Sakura, fico muito feliz.
- Hinata e eu faço questão de cuidar de você até o Naruto voltar hein.
- Obrigada Tenten.
- Bom Hinata, siga meus conselhos. Dúvidas só me ligar ok?
- Entendido Sakura.
- Pode ir pra casa e descanse.

Dois dias depois Naruto chega em casa.


Hinata estava sentada na poltrona da sala terminando de tricotar aqueles dois sapatinhos lá do começo, ela não havia terminado porque perdeu as esperanças, mas dessa vez estava confiante. Enquanto isso Tenten preparava o almoço na cozinha.
- Cheguei querida.
- Bem-vindo de volta meu amor.
Naruto para ao ver o que Hinata tricota e sorri olhando nos olhos de sua esposa ele segura suas mãos e espera a notícia.
Hinata segurando em suas mãos , olha em seus olhos o beija e diz:
- Meu amor , tô gravida. E já vai fazer 2 meses.
Naruto sorri e abraça sua esposa.
- E eu fiz questão de cuidar da Hina enquanto você esteve fora. E quando eu for, é bom você cuidar direitinho hein.
- Obrigado Tenten, pode deixar eu vou cuidar muito bem da minha princesa. Eu te amo meu amor.
- Vamos almoçar??
- Só vou tomar meu banho.
E eles passam a tarde rindo e conversando, horas depois Tenten se vai.
A noite chega, Naruto e Hinata estão dormindo até que Hinata acorda naquela madrugada com dor, e vê sangue no lençol, ela tenta se acalmar , não podia ter emoções fortes, só pensava que o pior não poderia estar acontecendo. Ela acorda seu marido, que assustado olha pra sua esposa.
- O que houve Hinata?
- Me leva ao hospital.
Ele vê sangue pelo lençol e fica preocupado.
- Não, não pode ser. De novo não...
Após exames, o médico da a notícia.
- Hinata seu bebê está bem, o problema é que você está com descolamento do saco gestacional então está correndo risco. Mas, vamos te deixar de repouso até voltar pro lugar e quando você for pra casa vai ter que ficar de cama. Só levantar pra ir ao banheiro e pra tomar banho. Sua gravidez é de risco.
Hinata passa a noite deitada com as pernas pra cima pra que o saco gestacional voltasse pro seu lugar. Ela não queria perder mais um filho. 
Naruto estava o tempo todo ao seu lado.
O saco gestacional de Hinata só voltou pro lugar 12 dias depois, e Naruto como marido , recebeu atestados médicos pra que ficasse em casa até o período que o neném nascesse, mais quatro meses depois que nascesse. Toda atenção e cuidado com Hinata era preciso.
Eles ja haviam retornado para casa, Hinata ficava todos os dias de cama, deitada, sempre chamando Naruto, quando queria água, quando sentia seus desejos, que eram bem estranhos... muito estranhos , tomate com chocolate , manga com feijão, às vezes ramen, mas só do Ichiraku e muita das vezes de madrugada.
Hinata estava com 4 meses e Naruto a achava maravilhosa com aquela barriga, que ainda era pequena, ele amava falar com seu bebê e naquele dia, eles iriam descobrir o sexo.
Hinata andava o tempo todo de cadeira de rodas, todo cuidado era pouco, na hora do ultra-som quem os recebe é Sakura.
- Vamos descobrir se é um anjinho ou uma florzinha ?
Os dois já haviam até pensando nos nomes, Naruto escolheu se fosse menino, e Hinata se fosse menina. Ambos em homenagem a quem deu a sua vida, na guerra, que lutou com sua honra, Neji Hyuuga. Os nomes seriam: Boruto e Himawari.
Então o ultra-som foi feito e descobriram que Boruto chegaria logo logo.
Hinata completa 7 meses e como a sua gravidez era de risco, eles decidem interná-la, pra que ela tivesse ao alcance caso qualquer imprevisto acontecesse.
Naruto passava horas ao lado de Hinata , e com as excessoes que Sakura abria, ele sempre passava a noite com ela.
Alguns dias depois Hinata está no quarto do hospital e começa a sentir algumas contrações quem viam alguns minutos depois.
Os médicos já sabiam que a hora iria chegar e a encaminham pra sala de parto, Naruto estava em sua casa, e logo recebe ligação do hospital avisando e corre direto pra lá.
Hinata se retorce de dor na cama, as dores eram muito fortes e tudo o que ela queria era só gritar. Em meio a gemidos ela chorava e sentia medo, até que sentiu uma água escorrer entre suas pernas . Sabja que aquilo não era xixi, os médicos sabiam que estava na hora.
Hinata entra em trabalho de parto, e Naruto teve que esperar do lado de fora. Ele estava muito ansioso. Logo Hiashi e Hanabi chegam pra o fazer companhia.
Sakura estava ajudando com o parto de Hinata.
- Vamos , você consegue, quando sentir as contrações você empurrar.
Mas Hinata estava sentindo muitas dores e sua pressão estava caindo, ela estava sem forças pra empurrar. Os médicos temiam que ela desmaiasse, não podiam tentar uma cesariana, pois a criança já estava a caminho.
- Hinata! VOCÊ TEM QUE REAGIR VAMOS LÁ É SEU FILHO QUE ESTÁ A CAMINHO. Depois que ele nascer essas dores vão acabar. Confia em mim.
Diz Sakura.
Hinata então quase sem forças, se esforça pra Boruto nascer.
Depois de muito esforço, Boruto nasce, quando ele chora Hinata só desmaia. Sua pressão arterial havia caido.
Os médicos colocam Boruto na incubadora, ele nasceu prematuro.
Os médicos deixaram somente os familiares o verem. Hiashi, Hanabi e Naruto.
Naruto encosta o rosto no vidro e chora emocionado. Seu filho era tão lindo e era a cara dele. Ele ficou todo bobo.
Hiashi e Hanabi se encantaram com Boruto, até mesmo Hiashi que era aquele tipo todo sério, todo frio.
Após a pressão de Hinata normalizar os médicos levam Boruto para ela poder amamentar. Ela se emociona, ao ver o rostinho do seu anjinho.
Naruto entra no quarto.
- Meu amor nosso filho é lindo.                                        Diz Naruto.                                                                         - Ele se parece muito com você. 

- Lindo igual a mim. (Risos)

- Ele é nosso milagre.
- Eu te amo meu amor.
- Eu também Naruto - kun

Dias depois , Hinata volt a pra casa porém Boruto ainda permaneceria no hospital.
Enquanto isso eles ganharam muitos presentes dos amigos e depois 36 dias receberam a notícia de que Boruto poderia ir pra casa. Naruto planeja com os amigos uma festa surpresa na sua casa enquanto ele vai com Hinata no hospital.

Quando voltam , ele abre a porta e seus amigos abrem os braços falando em sussurro : - Surpresa!!!!
Não queriam assustar Boruto.
Todos se encantam com o filho deles, depois de mais presentes e mais mimos, os amigos se despedem.
Naquela noite enfrente ao berço, Naruto e Hinata observavam Boruto dormir.
Naruto abraça sua esposa, os dois estavam muito felizes.
- Eu te amo meu amor. Obrigado por você ter me dado o nosso filho.
- Eu também te amo. Obrigada por ter me escolhido pra fazer parte disso.
E eles se beijam apaixonadamente. Ambos se sentiam completos e felizes.
Nada poderia estragar aquela felicidade. Boruto veio pra mudar a vida dos dois, veio pra trazer alegria, pra trazer bagunça, pra trazer amor, pra trazer esperança, esperança de que tudo era possível. Ele era o milagre de Naruto e Hinata, que tanto esperaram por aquele sonho.
Boruto os tornou plenos, os fez se sentirem verdadeiros pai e mãe.
-Hina, eu estou com medo.
- do que meu amor?
- Se eu não for um bom pai ?
- É claro que você vai se sair bem.
- E se eu errar?
-Aí você vai saber onde acertar. E eu vou estar do seu lado.
- Eu também tenho medo, mas precisamos confiar e acreditar. Vamos dar o nosso melhor pra criar nosso filho.
-eu te amo Hinata.
- Eu também te amo Naruto-kun.

"Mãos tão pequenininhas... Sim esse é você.
E tudo o que você demonstra é simplesmente verdadeiro.
Eu aprecio sua respiração , isso me faz chorar.
Eu me pergunto como eu posso ter vivido minha vida?
Porque sem você, como eu pude suportar? Todos os meus dias, sem você ?
Agora vivendo com você, vejo que tudo é verdadeiro. Meu bebê é você, meu bebê, meu bebê, meu bebê.
Não fala nenhuma palavra, tão pequenininho e frágil, eu me apaixono profundamente, profundamente. Meu precioso amor, enviado do Céu, meu bebêzinho ... Deus, eu te agradeço. Deus, eu te agradeço.
Porque sem você como eu pude suportar? Todos os meus dias sem você. Agora vivendo com você, vejo que tudo é verdadeiro. Meu bebê é você, meu bebê, meu bebê, meu bebê."

~ FIM~



Notas Finais


Tentei fazer o melhor possível.
A música que deixei no final é da Britney Spears - My Baby


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...