História A família Manson - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias 50 Tons de Cinza, A Família Addams, Dita Von Teese, Marilyn Manson
Personagens Christian Grey, Dita Von Teese, Marilyn Manson, Personagens Originais
Tags Chicago Manson, Dita Von Teese, Marilyn Manson, Salles Manson
Visualizações 7
Palavras 366
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction A família Manson - Capítulo 1 - Prólogo

— Dita ... Você ouviu oque a sua filha falou?. Ela me apunhalou pelas costas!.

Gritou Marilyn jogando uma almofada em umas das paredes frias do aposento do casal.

— Meu bem ... — começou Dita com sua voz aveludada enquanto se aproximava da cama. — Chicago não lhe apunhalou pelas costas, é só um namoradinho da escola, você sabe o fim que ele vai ter, ela não vai se aguentar e vai acabar fazendo oque vampiros fazem!.

Marilyn se levantou em um baque e lançou um sorriso sombrio enquanto acariciava o rosto da mulher.

— Você vai mexer os "pauzinhos" para dar fim nesse patife, né?.

Perguntou o marido.

A mulher deu um sorriso torto dizendo.

— Sabe que não posso, isso seria mágia negra, não prático magia negra, apenas mágia branca ... Matar é serviço seu!.

Marilyn mordeu os lábios e murmurou.

— Vontade é oque não falta, mas ela ia descobrir que tem o meu dedo na morte do patife, ou melhor, minhas presas ... Minha morceguinha nunca ia me perdoar, detesto o fato da minha filha ter um namorado, mas detesto ainda mais a ideia de ver a minha morceguinha brigada comigo por mais um século!.

Dita olhou para sua bola de cristal sobre uma mesa no canto da parede, respirou fundo e se deitou dizendo.

— Paciência, ela é muito paciente conosco, é hora de sermos com ela!.

Marilyn bufou e se deitou na cama ao lado esposa a puxando para um beijo sensual, não precisa dizer oque aconteceu depois, pois toda a mansão ouviu os gemidos.

...

No quarto ao lado, uma bela jovem de pele pálida e cabelos negros tentava dormir, mas os gemidos de seus pais no quarto ao lado a impediam.

Ao ouvir um barulho de algo batendo no vidro de sua janela, a menina foi ver oque era.

Ao olhar, viu um jovem moreno com cabelos negros, calça jeans, camiseta e uma mochila nas costas.

A menina abriu a janela e o menino escalou a parede até chagar no terceiro andar e entrar pela janela.

— Boa noite, Chicago! .

Sussurrou o menino dando suaves beijos nos lábios da menina.

— Boa noite, Davis!.

Cumprimentou a menina.

A porta do quarto foi aberta de forma agressiva, era Marilyn com feições impassivas, mas seu olhar indicava raiva e ciúmes.

...



Notas Finais


Galera, eu estou com uma história original, quem puder dar uma olhada só para ver se gosta, o link é esse:

https://www.spiritfanfiction.com/historia/dr-leclerc-13985576


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...