1. Spirit Fanfics >
  2. A Família Real >
  3. Capítulo Único;

História A Família Real - Capítulo 1


Escrita por: KoryMikaelson

Capítulo 1 - Capítulo Único;


Capítulo Único

Por Kory

 

Hayley entrou no quarto da filha, de sete anos, encontrando-a sentadinha no banco, de frente para a tela onde pintava mais um de seus típicos desenhos com tinta aquarela. 

— Oi, meu amor — Hayley plantou um beijo no topo da cabeça de Hope e puxou um banco para se sentar ao lado dela. — O que está desenhando? 

— A minha maior obra prima, mamãe! — Hope sorri, orgulhosa e aponta com o pincel para a tela, por pouco não espirrando tinta e estragando sua linda pintura. 

— Oh, é mesmo? Deixe-me ver… 

Hayley observou bem o desenho, logo notando do que se tratava. Ou, pelo menos, tendo uma noção prévia.

Na tela, estava colorido um belo Pôr do Sol, atrás de um castelo que continha um campo de várias flores laranjas e por fim, três pessoas desenhadas em palitos melhorados, pois Hope podia desenhar e pintar muito bem para a sua idade, pela sua habilidade vinda do pai, mas desenhar pessoas não era seu ponto forte. As três pessoas tinham algo em comum: coroas desenhadas nas cabeças, e a pessoa do meio era visivelmente mais baixa que as outras duas, que também mostravam diferença de tamanho entre elas.

— É um castelo com a Família Real?

Hope suspirou, largando o pincel e colocando as mãos na cintura.

Ergueu a cabeça e esticou a coluna, com postura e exalando orgulho na expressão e na voz.

— Somos nós, mamãe. Você, eu e o papai — disse, apontando ao mesmo tempo em que falava, para a mulher — a Rainha, a pessoa menor — a Princesa e por último, mas não menos importante, o mais alto — o Rei, respectivamente. — Você é a Rainha, eu a Princesa e o papai, o Rei, é claro! — Jogou os fios lisos e ruivos para trás. — Você gostou, mamãe? 

Hayley abaixou a cabeça, contendo o riso. Sua filha tinha muito de Klaus dentro dela e isso não era nada mau, não mesmo.

Ergueu o rosto e encarou a pintura, mais especificamente a Família Real.

— Ficou lindo, querida!

Enquanto isso, uma presença nova e não convidada as vigiava com um sorriso satisfeito exibindo no rosto, estando de braços cruzados e com o coração mais quentinho — fato esse que só Hope conseguia fazê-lo sentir isso, mas em algumas ocasiões, estranhamente, Hayley também provocava essa quentura, logo nele, Niklaus Mikaelson. 

— E minha opinião sobre essa belíssima arte, não conta? — Sua voz vindo da porta chamou a atenção de ambas e Hope assim que o viu, gritou Papai saindo correndo para seus braços — que já estavam esticados e prontos para recebê-la.

— Conta sim, papai! O que achou? Eu te deixei bem bonitão, não deixei? 

Klaus olhou de relance para Hayley que segurava o riso.

— Me achei muito bonito, obrigada, minha garotinha — apertou-a em um abraço esmagador, mas nem tanto. E sussurrou em seu ouvido, apesar de estar ciente que Hayley o ouviria perfeitamente. — Você e sua mãe estão lindas, mas são ainda mais lindas fora da tela. Nem mesmo uma pintura tão maravilhosa quanto a sua, faz jus a beleza das minhas pequenas lobas.

Hope corou, ficando bem rosadinha nas maçãs do rosto, bem como Hayley — mesmo que bem menos que a criança. 

 


Notas Finais


• Referências à série: Klaus chamou Hope de princesa por ele ser o rei; Klaus disse sobre a tinta das flores laranjas no dia do reencontro dos dois
• Neste capítulo, Hope ainda é criança, como dito no capítulo, logo após Klaus ser liberto e se fazer presente na vida da pequena Hope
Espero que tenham gostado :)
Kisses da Mikaelson <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...