História A Família Uzumaki - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia), Eden's Zero (Edens Zero), Fairy Tail, Free!, Haikyuu!!, Kuroko no Basuke, Naruto, Shingeki no Kyojin (Attack on Titan), The Seven Deadly Sins (Nanatsu no Taizai), Vocaloid
Personagens Akashi Seijuro, Elizabeth Liones, Eren Jaeger, Farlan Church, Haruka Nanase, Isabel Magnolia, Izuku Midoriya (Deku), Jiraiya, Kagami Taiga, Katsuki Bakugou, Kenma Kozume, Kuroko Tetsuya, Kushina Uzumaki, Levi Ackerman "Rivaille", Lucy Heartfilia, Luka Megurine, Makoto Tachibana, Mavis Vermilion, Meliodas, Miku Hatsune, Minato "Yondaime" Namikaze, Nagisa Hazuki, Naruto Uzumaki, Natsu Dragneel, Ochako Uraraka (Uravity), Rebecca, Rei Ryugazaki, Rin Matsuoka, Sasuke Uchiha, Shiki Granbell, Shouto Todoroki, Shouyou Hinata, Sousuke Yamazaki, Tenya Iida, Tobio Kageyama, Zeke Yeager, Zeref
Tags Akakuro, Ereri, Kagehina, Lumi, Makoharu, Melizabeth, Narusasu, Shibecca, Tododeku, Zervis
Visualizações 190
Palavras 1.412
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Famí­lia, LGBT, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - Entre a faca e a espada!


Fanfic / Fanfiction A Família Uzumaki - Capítulo 11 - Entre a faca e a espada!

Natsu ㅡ Irmã? Como assim?! ㅡ berrou para Lucy. 

Shiki ㅡ Pensei que você era irmã dos Uzumaki... ㅡ comentou confuso. 

Lucy ㅡ Essa desgramada fugiu de casa e tudo sobrou para mim. ㅡ revirou os olhos. 

Rebecca ㅡ Acho que o Naruto deixou bem claro que todos nós fomos adotados pelos pais dele. ㅡ revelou para Shiki que abriu a boca, como se estivesse lembrando da cerimônia. 

Shiki ㅡ Eu esqueci... Foi mal! ㅡ sorriu sem graça. 

Lucy ㅡ Agora vamos ao que interessa... Você vai voltar pra casa! ㅡ apontou para Rebecca. 

Rebecca ㅡ Nem fudendo! 

Lucy ㅡ Se você não voltar, direi ao pai que você está estudando aqui. ㅡ encarou a irmã mais nova com raiva. 

Rebecca ㅡ Diga... Ele não é meu pai mesmo. Aliás, os meus pais de verdade já fizeram tudo por mim. Agora, eu sou realmente uma Uzumaki... Até troquei meu sobrenome, oficialmente! ㅡ sorriu de canto. 

Lucy ㅡ Eles não podem fazer isso! O papai com certeza irá resolver... ㅡ encarou a irmã com um sorriso. 

Rebecca ㅡ Em quesitos de poder financeiro, com certeza, o meu pai vence de lavada. ㅡ revirou os olhos. 

Lucy ㅡ Dúvido! ㅡ gargalhou. 

Rebecca ㅡ Continue duvidando... Não ligo. ㅡ deu as costas para a irmã. 

Lucy ㅡ Deixe de birra e volte para casa! Você não sabe o que eu tive de passar, porquê você fugiu... Toda a sua responsabilidade veio para as minhas costas! Até o seu contrato de casamento absurdo... ㅡ comentou com raiva. 

Rebecca ㅡ Oh, está sentindo na pele,  o que eu passei com apenas oito anos? ㅡ sorriu de canto. 

Shiki ㅡ Você foi forçada a casar com oito anos? ㅡ perguntou para Rebecca. 

Rebecca ㅡ Sim... E com um velho de cinquenta. ㅡ revirou os olhos, mais uma vez. 

Natsu ㅡ Isso é terrível. ㅡ olhou para baixo. 

Lucy ㅡ Por que está a protegendo? Agora sou eu que terei de me casar com o velho. ㅡ bufou irritada. 

Rebecca ㅡ Deixa de ser irritante e fuja de casa... No final das contas, quero ver se o papai vai mandar a mãe casar com o velho. ㅡ sorriu de canto. 

Lucy ㅡ Não ouse falar da nossa mãe! ㅡ socou a cara de Rebecca. 

Rebecca ㅡ Você ficou maluca?! ㅡ puxou a irmã pela gola. 

Lucy ㅡ Nossa mãe nem está viva para você estar falando dela. ㅡ os olhos de Lucy ficaram marejados. 

Rebecca ㅡ Como...? ㅡ engoliu as palavras de antes, em seco. 

Lucy ㅡ Ela ficou doente quando você fugiu... E depois o papai começou a dizer que eu precisava assumir a responsabilidade e a mamãe ficou mais doente com isso. Até que ela chegou em seu limite e não aguentou mais... ㅡ uma lágrima escorreu pelo canto do olho de Lucy. 

Rebecca ㅡ Eu... ㅡ ela queria falar algo de consolo para a sua irmã. ㅡ Ainda acho que você é uma retardada, deixando aquele velhote montar nas suas costas! Fuja de casa enquanto pode! 

Lucy ㅡ Eu acabei de falar da morte da nossa mãe e você quer que eu fuja? ㅡ ficou abismada. 

Rebecca ㅡ Pelo menos é o que eu acho que a mãe queria para nós...ㅡ olhou para as mãos.

As únicas boas lembranças da infância de Rebecca são as com sua mãe. A mulher fazia de tudo para proteger as suas filhas, a todo custo. Infelizmente, ela foi ficando doente e mais doente, até não conseguir proteger mais as suas garotas. Nesse tempo Rebecca fugiu de casa e a mulher piorou. Lucy teve que ficar com toda a responsabilidade da casa, nas costas. Algo bastante duro para uma garota de dez anos de idade. 

Lucy ㅡ Eu vou indo... ㅡ segurou na mão do rosado e sumiu nos corredores. 

Rebecca ㅡ Acha que ela ficou com raiva? ㅡ perguntou a Shiki. 

Shiki ㅡ Tenho certeza que ela absorveu o que você quis dizer. ㅡ abraçou a garota por trás. 

Rebecca ㅡ Que porra você tá fazendo?! ㅡ olhou para o moreno de canto. 

Shiki ㅡ Dando consolo para a minha querida amiga. ㅡ repousou a sua cabeça no ombro da loira. 

Rebecca ㅡ Hm... ㅡ sua respiração falou ao senti sua orelha sendo mordida.

Mavis ㅡ Oh a putaria no corredor! ㅡ surgiu do nada. 



Enquanto isso... 



Miku estava cantando sozinha na parte mais afastada da escola. Ela costumava a fazer isso em casa, quando estava frustrada. Hoje o motivo de sua frustração foi encontrar uma bela donzela, porém sabe que a Elizabeth está longe de seu alcançe. Sorriu com os olhos carregados de tristeza. A sua voz está transmitindo toda a sua tristeza. No fim das contas, ela sempre acaba sozinha. 

Miku ㅡ Eu quero falar com você... Eu quero alcançar você... ㅡ sussurrou com dificuldade, antes de sua voz sumir por completo. 

??? ㅡ Acho que voce ficaria mais linda, cantando uma música alegre. ㅡ uma voz feminina mais grave surgiu. 

Miku ㅡ Quem?! ㅡ olhou ao redor e encontrou uma bela garota de cabelo rosado. 

Luka ㅡ Meu nome é Luka... E você é a Miku, certo? ㅡ sorriu gentilmente. 

Miku ㅡ Sabia que é feio ficar espionando os outros? ㅡ olhou com desprezo para a garota em sua frente. 

Luka ㅡ Não estava espionando, só estava agraciando uma boa música. ㅡ se aproximou com um sorriso no rosto. 

Miku ㅡ Vou fingir que acredito! ㅡ sorriu com sarcasmo. 

Luka ㅡ Sua canção era como se uma garotinha perdida estivesse gritando. Foi tão triste, que quase chorei... ㅡ  seus olhos azulados, mesclavam com a cor do céu. 

Miku admirou a beleza da garota, principalmente os seus olhos. Eles refletiam o próprio céu, ou até mesmo o mais belo dos mares. A garota de longos fios verdes sorriu para si mesma. Como uma pessoa tão linda, conseguiu sentir a tristeza de sua música? 

Miku ㅡ Você está alucinando. ㅡ deu as costas para a rosada. 

??? ㅡ Então aqui estava você! ㅡ um homem de cabelo azul acenou na direção de Miku. 

Luka ㅡ Kaito, eu não quero saber de você. ㅡ revirou os olhos. 

Kaito ㅡ Mas você é minha namorada! ㅡ resmungou irritado. 

Luka ㅡ Já terminei com você mais de sete vezes essa semana... Essa é a oitava vez que você vem atrás de mim dizendo que estamos namorando! Então, terminamos novamente. ㅡ encarou o azulado com raiva. 

Kaito ㅡ Não existe ninguém melhor do que eu para ser seu namorado, Luka. ㅡ ele se aproximou dela, porém Miku se meteu entre os dois. 

Miku ㅡ Odeio caras pegajosos, principalmente os que não sabem ser rejeitados. ㅡ encarou o azulado. 

Kaito ㅡ E quem é você? 

Miku ㅡ Uma garota que irá te dar uma surra, se você não deixá-la em paz. ㅡ cerrou os dentes com raiva. 

Luka ㅡ Miku, não se introme... 

Miku ㅡ Não se preocupe, meu anjo, irei te proteger a qualquer custo. ㅡ ficou na ponta dos pés e beijou a testa da rosada. 

A garota de belos fios rosados ficou surpresa com a atitude da baixinha de belos olhos esverdeados. Ela queria impedir que algo de ruim acontecesse entre seu ex e a Miku, porém Luka não conseguia se mover. 

Kaito ㅡ Você está ficando maluca se acha que pode me deter! ㅡ avançou em cima de Miku segurando em seu pescoço. 

Miku ㅡ Eu não acho... E-Eu posso... ㅡ o ar começou a faltar. 

Miku é a única da família que não aprendeu artes marciais com o seu avô. Ela sempre dependeu de seu irmão gêmeo Izuku e por isso, ela não precisava dessas coisas. Seu corpo começou a tremer e seu pulmão está pegando fogo. Luka ainda não conseguia se mover, a única coisa que ela fez foi sussurrar um pedido de ajuda. 

Mavis ㅡ Solta a minha irmã, filho da puta! ㅡ socou a cara do azulado, que ficou revoltado e lhe devolveu o soco na mesma intensidade. 

Zeref ㅡ Como ousas? ㅡ fez uma expressão assustadora. 

O moreno nocauteou o azulado sem piedade, logo indo verificar o rosto de Mavis, que agora está inchado. Miku se ajoelhou no chão e começou a tossir, preocupando a sua irmã mais nova. Luka conseguiu se mover ao ver as lágrimas da esverdeada. 

Luka ㅡ Sua tola... Por que me protegeu?! ㅡ segurou nos ombros da garota a sua frente, que agora está com um belo hematoma no pescoço. 

Miku ㅡ Eu sou uma Uzumaki... Lembre-se disso!


Notas Finais


Eaeee meus amigos!! Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...