História A famosa cura gay... - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook
Visualizações 80
Palavras 1.692
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu sei que a copa já passou, mas precisava fazer esse cap kskska

Capítulo 15 - 2x0



— Já ta tudo pronto? — Yoongi pergunta indo pra cozinha

— Sim está sim eu acho... Só falta o Jin chegar com o amigo dele — Hoseok fala se sentando ao meu lado, eu estava mexendo no celular já tinha perdido as esperanças de ganhar essa copa ou passar pra próxima fase. — Nossa que animação Jungkook

— Hobi saca só: a gente não vai ser qualificada pras quartas de finais e a gente vai perder feio. Velho, é a Alemanha. A-L-E-M-A-N-H-A. Ganhou de 7x1 do Brasil fi e a Coréia não tem uma boa seleção.

— Tu olhe bem — Yoongi brota na sala com as comidas e as bebidas já colocando na mesinha sentado ao lado de Hobi, ainda falta uma hora pro jogo termina— Esse jogo a gente vai ganhar, a gente vai sair arrasando.

— Se você acredita...Quem sou eu pra questionar

— Quem será esse amigo do Jin? Será que é o Jimin? — Yoongi pergunta rindo — Ele não tá tão ruim assim né

— Ele... só tá passando por alguns problemas.

— Gente NÃO tem como ser o Jimin, por que primeiro, o Jimin é um idiota. Segundo Jimin é de uma igreja que odeia gays. Terceiro o universo iria querer muito meu cu se isso acontecesse viado. E gente pelo amor de Deus vocês querem perdoar ele tão fácil assim? Sério?? Eu odeio aquele cara e ele me humilhou tanto que..

— Jungkook para de cu doce tá? Ele não te humilhou, ele só te ignoro. Ele teve que pagar de macho alfa porque

— OLHA SÓ O SON HEUNG-MIN — Taehyung grita enterrompendo a fala de Yoongi

— Vocês estão me escondendo alguma coisa?

— Que? Claro que não por que estaríamos escondendo? — todos falaram ao mesmo tempo...Huum...estranho, mas não deve ser nada.

— Esse amigo do Jin é alguém que ele considera muito, e independente de quem seja ele quer que nós o ajudamos entendeu?

— Tá, tá, mas não tem como ser o Jimin — Namjoon da um gole em sua bebida e eu pego meu celular novamente.

[...]

— JIN!! MEU DEUS A QUANTO TEMPO — abraço ele muito forte, fazia um certo tempo que não via o maior.

— Também senti sua falta meu pequeno — ele sorri e me abraça mais forte. — Seu pai está em casa?

— Está sim, por que Hyung?

— Posso falar com ele?

— Claro, vem — saio do abraço e o puxo delicadamente até a sala onde meu pai estava lendo algum livro, até que sua atenção veio a nós — Pai você se lembra do Jin?

— SeokJin! A quanto tempo meu caro — ele levanta da cadeira indo até o mesmo lhe dando um aperto de mão — como vão os estudos religiosos? 

— Vão ótimos, obrigado por perguntar. Posso levar o Jimin pra passar o tempo comigo e alguns amigos? Por favor?

— Claro, eu acredito em você, você é alguém confiante com um coração bom. Só tomem cuidado viu? — ele dá uma risada sarcástica e Jin segue rindo também. — Enfim se divertam — ele bate de leve no ombro do Jin e saí dela. Jin faz uma cara de poucos amigos e rola os olhos. Uau parece outra pessoa.

— Vamos sair daqui Jimin, rápido por favor — não tenho tempo de falar e ele sai me puxando.

— O que aconteceu com você?? 

— Jimin, meu bem eu já não sou o mesmo — fecho a porta de casa e entro no carro de Jin.

— Que? Como assim?

— Digamos...que eu conheci o lado bom da vida.... muito bom pra falar a verdade — ele ri e liga o carro

— Pera oi?

— Jimin eu sei que você não é burro assim.

— .....

— Eu sou gay Jimin

— PERA OI?

— É isso aí meu caro agora eu gosto de rol-

— Menos Jin, BEM menos. Eu... não tô acreditando.

— Jimin vamos ser sinceros que eu era uma criança bem afeminada... Só alguns conflitos me fizeram pensar que eu estava errado sobre isso. Eu posso ser feliz com quem eu bem entender.

— Mas...Deus não acha isso errado? As pessoas me deixam confuso.

— Ah Jimin.....O problema não são o que as pessoas pensam e sim o que você pensa nisso. Deus é uma pessoa boa, boa o suficiente para nos dar o livre arbítrio para se a qualquer um. Não é só porquê eu gosto de um menino que vou ser condenado ao inferno eterno, Deus não é assim. E afinal, o inferno já é a própria Terra. Aqui nós temos que aturar todo tipo de problema colocado pela sociedade. Bem, é nisso que eu acredito. Se você quiser parar de andar comigo pelo fato de ser homossexual... fique a vontade, não vou te impedir. Mas sei que não vai deixar.

— Por que você tem tanta certeza?

— Jimin...Eu já vi você, desde pequenos encarando alguns meninos e eu sei que não era só curiosidade. — ele fala e eu coro rápidamente soltando um "EI!" que quase rachou o vidro de tão agudo que minhas voz saiu. — Jimin isso não é errado!! Seu pai que tenta colocar ideia nessa sua cabeça que é errado. Entenda três coisas: primeira, Deus não vai te culpar por amar alguém do mesmo ou outro sexo. Não importa o que você prefere, e sim como você vai lidar com os problemas de sua escolha. Segundo, seu pai não tem poder contra você, você é livre pra amar quem bem entender, menos Namjoon porque ele é meu — rio e depois para pra pensa... Pera, Namjoon? Ele não é meu professor de inglês? — Sim eu sei que ele é seu professor e eu também vou ser, chupa mundo. E terceiro, a cura gay NÃO existe. Esse tratamento doentio que seu pai passa na igreja, me dá vontade de cometer um homicídio. Isso já foi comprovado cientificamente e psicológicamente que homossexualidade não é doença, e sim uma escolha de qualquer ser humano. Eu tenho um amigo que faz isso...por obrigação, os pais dele não o ama e ele só tá lá pela irmã...Ele é uma pessoa boa.

— Sim, eu também conheço alguém assim....Bom eu tinha feito amizade com alguns gays da minha sala por conta de trabalho. E digamos que....Eu fiquei curioso por um deles — ele já tinha estacionado o carro em frente a uma casa que me era familiar, mas não me lembro da onde...Afinal...Fazia uns três meses que eu não saía para me distrair. — Pra onde você tá me levando?

— Ah eu quero que conheça uns amigos meus, eles são bem gente boa. — já estávamos indo em direção a porta e sorrio para Jin. Eu tenho que agradecer a ele pela existência na minha vida. Um verdadeiro anjo. Ri com o meu pensamento. — Mas então, com quem você estava curioso? — ele disse abrindo a porta, mas ainda encaro o mesmo.

— Ah o nome dele era JunGKOOK? — Quando olho pra frente vejo ele mexendo em seu celular, mas na hora que eu chamo seu nome, ele fica surpreso e com cara de indignação

— JIMIN? AH NÃO É POSSÍVEL QUE O UNIVERSO QUEIRA TANTO ASSIM O MEU CU. — Olho para os outros no sofá e vejo eles pegando uma garrafa de alguma bebida alcoólica e tomando de uma vez — Pera... VOCÊS SABIAM? 

— Vocês se conhecem? — Jin pergunta confuso — Jun... Jungkook? Ah Jimin então era ele de quem tava falando? Aaaaaah nossa que coincidência!

— Puta que pariu o Jin fala demais meu Deus — Taehyung fala rindo 

— Parece que o anjinho tava falando de mim? Sente minha falta né? Eu sei que me ama, pode falar

— Ah pobre coitado! Além de pecador é iludido! 

— COMEÇO PORRA — Yoongi grita pegando o controle da TV aumentando o volume.

— Jimin senta do lado Jungkook. — Jin fala

— O QUE? — Eu e Jungkook falamos ao mesmo tempo — CE TA DE BRINKS?

— Não, eu que mando nessa porra — ele vai até o Namjoon e dá um selar.

— É isso aí Mozão.


[...]


— PUTA QUE PARIU OLHA OUTRO, OLHA, OLHA HOSEOK CARALHO TIW GOL, GOL, GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL PORRA CHUPA ALEMANHA.

— E aqui podemos observar um torcedor fiel ao seu país — Taehyung fala apontando para Yoongi

— Ah deixa o menino ser feliz, a gente ganhou fodasticamente — falei e rimos

— É bom te ter de volta Jimin

— Você diz só por você — Jungkook fala ainda mexendo no seu celular, provavelmente comemorando no twitter.

— Calma não precisa ter ciúmes pecador 

— Ciúmes? HÁ vai sonhando.

— Bom pelo menos eu sei escrever em inglês.

— Nisso eu concordo — Namjoon falou de longe abraçado com o Jin.

— Eu vou comer minha comida — Jungkook tava se intupindo de comida e não parava 

— Jungkook, assim você vai passar mal. — Jin falou preocupado

— Relaxa Hyung.

— E aí geral vai dormir aqui em casa? — Yoongi mais calmo pergunta após acabar o jogo — Jimin isso vale pra você também.

— Ah... Obrigado, mas

— Mas nada, você vai dormir aqui sim, seu pai sabe que está comigo então...Relaxa — Jin pisca e eu Sorrio.

— Se não for problema Yoongi...— Sorrio tímido.

— Eu já falei pra você, não importa, agora você é nosso amigo. E se você sair da rodinha de novo, eu te castro. — Yoongi disse ameaçando.

— eu já falei pra você, não importa, agora você é nosso amigo. E se sair da rodinha de novo, eu te castro — Jungkook faz uma voz fina e uma careta.

— Hososk pega a faca

— Tá, parei, parei!

— Então amanhã vocês vão fazer alguma coisa? — Hoseok pergunta — Porque de manhã eu e Yoongi temos curso.

— Eu e o Jin vamos resolver problemas da mudança — Namjoon fala

— Vou levar Yang Mi para o aeroporto — Taehyung fala

— MINTIRA? — Jungkook fala sorrindo — Minhas presses estão dando certo....— Jungkook me olha — Então Deus, nois tem que trocar umas ideias — reviro os olhos e Hoseok começa a rir

— Por que tá rindo? — Tae encara Hobi

— A gente podia sair pro cinema a noite né...e eu só ri porque de manhã o Jungkook e o — Yoongi abraça Hoseok

— Cinema? Gostei? Eu topo ceis topa? O maravilha agora vamo dormir? Bora.




Notas Finais


Continua? Gostaram?

Beijos no Kokoro <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...