História A famosa cura gay... - Capítulo 20


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Jikook
Visualizações 76
Palavras 1.727
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


E aí Mozão bora fechar?

Capítulo 20 - Cantar


Depois de Soon ter contado que tinha beijado uma garota, eu tentei entender melhor. Ela disse que foi uma brincadeira, aquela que até eu jogo o que me deixa preocupado com a minha maturidade. Foi no verdade e desafio. E acabei descobrindo que essa amiga, era a mesma em que a Soon ia pra casa dela quase toda semana. Por fim eu perguntei se ela sentiu alguma coisa, ou uma paixão, sei lá essas coisas. Segundo ela foi só um beijo e nada de mais, ela não sentiu nada. Graças a Deus, gente eu até deitei na cama dela de tão aliviado que eu fiquei.

— Você me assustou sabia? — disse olhando pra mesma

— Desculpa Oppa, mas eu não senti nada mesmo... talvez depois eu posso ter sentido mais algo.

— Tudo bem, você é nova ainda tem muito tempo pra pensar

— Jungkook eu tenho 14 anos, eu sei que com minha idade você já não era virgem — desde quando ela sabe disso??? Dei um pulo e sentei na cama

— Bom dia meu amor, que tipo de informação é essa que você tem e eu não tô sabendo? Sabe ler mente agora? Ver o passado?

— Eu tenho meus contatos — ela pisca — Como está o Jimin Oppa?

— Como você sabe...Foi o Taehyung que te contou tudo né?

— Sim, até sua crise de ciúmes com o Yugyeom — ela começou rir da minha cara

— Vocês dois são um naja. E eu não tava com ciúmes, só estava protegendo meu amigo — ela revira os olhos e me olha 

— Já já essa frase muda. E quer apostar quando que quando vocês assumirem e quando nossos pais forem viajar, eu vou escutar "A-ah Jimin hyung!! M-mais rápido"...ou será um "I-isso Jungkook-ah, mais rápido aaaah" — eu fiquei surpreso do tamanho da audácia que essa garota tem e comecei a dar uns tapas na mesma — Aí Oppa!! Quer dizer que é masoquista também?? Afinal você é ativo ou passivo??

— Ixi fia eu não te devo dar satisfação não tá? Tá achando que eu sou quem?

— Ativo?

— Sim 

— E o Jimin?

— Qual é a parte do o Jimin é hétero, comedor de meninhas  você não entendeu?

— Jungkook convenhamos, ele não vai ser hétero por muito tempo. Você que é sego e trouxa o suficiente pra não perceber que ele tem uma queda por você!

— Aham, sei, fala mais tô gostando dessa pena aí

— Aigoo... cansei. Agora vai fazer comida porque eles saíram enquanto a gente conversava. Foram pra Busan ajudar o vô na igreja.

— Tá achando que eu sou seu escravo?

— Não eu tenho certeza mesmo.


[...]


Eu tô muito feliz agora. Sério essa notícia fez o meu dia melhorar, eu posso ver unicórnios andando de mãos dadas pelo gramado da faculdade. Não, não estou usando LSD. Estamos na aula de ciências e o Jiminzinho fluentinho que fica se gabandozinho é pessiminho na materinha de ciênciasinha.

— Tira esse sorriso da cara, ao não ser   se você quiser um coelho sem um dente.

— Jimin eu não tô acreditando nisso, eu não tô entendendo ainda — tentei pagar de rir, tentando ficar sério, o que não funcionou e voltei a rir.

— Eu vou pedir pro Jin trocar de dupla.

— Meu bem o Jin é igual o Namjoon, ele quer ver sangue e nada mais, não perca seu tempo.

— Tá, tá pecador me ajuda nesse negócio de átomos.

— Tá desculpa, agora vamo sério — me ajeitei na cadeira e abri o caderno e o livro — em que parte você tá em dúvida?

— Que porra é um átomo?

— Ixi que boca suja

— O jogo viro né?

— Orra quer que eu limpe também?

— Quero

— Bom dia?

— Foco Jungkook!! — Jimin ri e eu reviro os olhos

— Tá, tá. para os pensadores do atomismo, cada uma das partículas minúsculas, eternas e que não podem ser divididas, que se combinam e desagregam movidas por forças mecânicas da natureza, determinando desta maneira as características de cada objeto

— Uau enciclopédia humana

— Eu sou que sou incrível — rio e continuo a falar — Enfim, a composição dela é um sistema energético estável, eletricamente neutro, que consiste em um núcleo denso, positivamente carregado, envolvido por elétrons.

— Então um átomo é tipo o menor pontinho que não pode ser dividido, é movido pela natureza e tem elétrons??

— Sim, isso mesmo — sorrio

— Aigoo, isso é só o começo.

— Eu sei, mas eu vou te ajudar vamos lá — percebo que ele sorri e acena com a cabeça.

Depois da aula fomos em um barzinho próximo a faculdade, era sexta e no sábado nós vamos fazer o tão esperado rapel. Namjoon e Jin chegariam mais tarde já que tinham que resolver negócios na facul, mas eu tenho certeza que eles iriam realizar um fetiche. Chegamos lá e Yoongi e Hoseok já escolheram uma mesa. Lá tinha um karaokê que com certeza iria ser usado mais tarde. Prevendo merda? Claro.

— Ah gente preciso falar uma coisa a vocês, na verdade a gente — Hoseok disse olhando pro Yoongi com um o pouco de vergonha.

— Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaao mentira que meu casal favorito vai assumir agora?? — eu falei com um sorriso de orelha em orelha.

— Aff Jungkook, não tem nem graça fala as coisas pra você — Dei um gritinho não muito másculo

— Licença que o meu shipp é real pessoas, agora eu posso morrer feliz.

— Agora só falta o meu ser real, mas o cu doce não colabora — Taehyung se pronuncia depois de ter ficado um pouco calado.

— E qual seria? — Jimin também se pronunciou

— Minha mão na cara do Jungkook, pra ele tomar vergonha na cara e ver se me pede em namoro logo — Taehyung faz um bico e fingi limpar uma lágrima.

— Tae eu já falei...Que seu amor não é correspondido — fiz uma pose dramática.

— Aloooo proposta pra participar de dorama — Jimin falou rindo 

— Tá, agora chega e vamos escolher uma música pra cantar e — meu celular vibra e eu recebi uma notificação de um amigo meu. Era um link então abri e arregalei os olhos — não.... não...NAAAAAAAAAO

— Meu Deus Jungkook tá tudo bem?? O que aconteceu? — Yoongi perguntou preocupado

— Sim uma coisa horrível... tô sem palavras... aquele merda me iludiu

— Quem te iludiu??? — todos perguntaram

— O Justin Bieber vai casar, ele mentiu pra mim — todos olharam incrédulos pra mim e Jimin começou a me bater — Ei!

— Seu merda eu pensei que alguém tinha morrido ou algo do tipo — ele disse ainda me batendo 

— Sim, alguém morreu, meu coração — agora Yoongi começou a me bater — Porra mano virei o que agora?

— Aish, vem, vamo cantar alguma coisa — Jimin para de me bater e me puxa para o karaokê. Isso é raro, ter um karaokê assim em um barzinho aberto eu só conhecia aqueles fechados. — Qual você quer?

— Uma que não seja do Justin Bieber

— Hum, okay — ele sorri maligno e eu só escuto tocar um Love Yourself.

— Nossa pesado 

— Eu sei, agora cala a boca e canta — ele me entregou um microfone.

Fechei os olhos e respirei fundo pegando o microfone. Aquela música era foda em todos os sentindos, eu chorei ouvindo ela? Que? claro que não, só todas as vezes que eu escutava ela. Ela fala de um amor complicado que acabou, mas ela ainda não superou. Deixa bem claro que falei ela porque é um casal hétero. Ela não deu valor a tudo que ele dava ou sentia e mostrava. É por isso que eu amo o refrão.

My mama don't like you and she likes everyone. And I never like to admit that I was wrong...— cantei de olhos fechados, sentido a letra

— ...And I've been so caugth up in My job. Didn't ser what's going on — Escutei a voz do Jimin e sorrio

— And now I know, I'm better sleeping on my own...— Cantamos juntos.

Eu já falei que amo cantar? Pois é, eu amo cantar. Me faz sentir em outro mundo, um mundo onde só eu e Jimin estamos cantando. Sem problemas, sem preocupações a única só de errar a letra. É...Cantar é vida.


[...]


Jin e Namjoon já tinham chegado, na hora em que Jimin e Jungkook foram cantar e eu só observava.

— Bendito seja Namjoon e Jin, se vocês não chegassem iria ficar de vela — disse enquanto observava Yoongi olhando pros dois cantarem.

— Vocês acham que vai dar namoro? — Yoongi virou para gente 

— Então, o cu doce é muito grande, não sei não — Falei tomando um gole da minha bebida

— Também não é assim Taehyung. Pensa, o Jimin ainda tá se descobrindo, ele vai se revelar gay ainda. Olha como ele olha pro Jungkook — Jin aponta discretamente para os dois e vimos ambos. É a cara do Jimin era de bem trouxa mesmo, coitado, se fodeu.

— Por que você acha que ele pode ser gay? Quer dizer, ele pode olhar assim por admiração tipo quando o Taehyung olha pro Yoongi.

Puta. Que. Lá. Merda.

— Bom dia chuchu?

— Não é hora disso, vamo voltar pro Jungkook e Jimin? Thanks — Namjoon disse deixando Jin continuar.

— Eu estudei na igreja do pai do Jimin a muito tempo, bem antes do Kookie entrar pra igreja. Jimin só escutava o pai dele e sua mãe...Sua mãe era uma pessoa maravilhosa — Ele sorri triste — Mas ela acabou morrendo muito cedo. Cedo até demais e muito suspeito. Enfim, sua mãe falava coisas boas, mas o pai dele sempre dizia que ela estava errada e "papai do céu não vai gostar se você fizer isso". Um grande babaca né minha gente. Jimin não pode ter escolhas, mas eu pude. Me afastei e meu pai não aceitou no começo mas depois ele ficou bem. No caso de eu ser gay é claro. O Jimin agora pode ter escolhas e ele me falou um pouco do Jungkook antes de saber que eles se conhecem.

— Eu aposto 30 — Yoongi bateu na mesa — que eles sei beijam até sábado que vêm

— Eu 50 — Coloquei o dinheiro junto com o Yoongi — Que eles vão enrolar mais um século

— Tô com o Suga — Hoseok também põe 30.

— Amanhã meus bebês — Jin coloca 100

— Eita porra, tá fazendo o quê nas horas vagas? — falei

— Você me respeite.

— Eu fico com isso por enquanto — Namjoon guardou o dinheiro.



Notas Finais


E aeee galera?
Gostaram? Será que poderá ter um Taeyoonseok? Q? Oi?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...