1. Spirit Fanfics >
  2. A Fera - TodoBaku. >
  3. Um.

História A Fera - TodoBaku. - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii gente!
Aqui está mais um capitulo da fic que eu estou fazendo com muito amor.
Boa leitura e espero que gostem!

Capítulo 3 - Um.


Fanfic / Fanfiction A Fera - TodoBaku. - Capítulo 3 - Um.

Capítulo 01

Katsuki Bakugou

- Que merda é essa, Lucia?! – Gritei ao ver a rosa branca que ainda estava dentro da caixa transparente. – Me diz se isso aqui é uma rosa vermelha pra você? – Olhei para ela cerrando os dentes.

Bem, a Lucia é a nossa empregada, e eu sempre peço para que ela faça algo ou compre algumas coisas para mim. Pelo visto, dessa vez ela não fez exatamente o que eu pedi.

- Você é daltônica por acaso? – Bati as duas mãos no balcão onde ela estava passando o pano.

- E eu tenho culpa? Não tinha rosas vermelhas. Apenas brancas e outros tipos de flores. – Largou o pano no balcão e olhou para mim soltando um suspiro longo.

- E se essa rosa não ficar boa no meu terno?

- Ai menino! Para de ser negativo. – Pegou a caixa coma rosa e retirou um pequeno bilhete que havia sobre a caixinha. – Aqui. Está dizendo um pouco sobre ela. – Começou a ler. – “A rosa branca tem o belo significado de: Sou leal e digno de você”

Inspirei fundo e revirei os olhos já começando a me estressar com aquilo. Eu odeio que as coisas não saiam da forma que eu planejo. Parece que vai dar errado e eu não suporto isso. Eu sempre tomo o controle de qualquer situação.

- Tá, tá, tá. Mulher chata. Some da minha frente antes que eu jogue isso em você.

- Um dia você vai morrer por causa dessa sua impaciência em. – Disse pegando o pano e saindo da cozinha.

Fiquei encarando a rosa dentro da caixa transparente e suspirei fundo. Se ela não combinar com o meu terno, vou fazer o favor de demitir essa idiota da minha casa. Ouvi passos fortes vindo da sala e olhei rapidamente.

- Ah, então você esta ai! – A voz de meu pai ecoou em um tom alegre.

- Pai! – Dei um sorriso ao vê-lo na cozinha.

Ele não passa muito tempo em casa e quando está por aqui, eu fico feliz. Já que ele nunca tem tempo para mim. Quando o chamei, ele fez um sinal com a palma da mão mostrando que estava em uma ligação.

- Oi filho. – Abriu a geladeira e pegou uma garrafa de água. – Eu não estou falando com você e sim com o meu filho, idiota.

- O senhor nem sabe o que aconteceu hoje na escola.

- Então conte-me. – Falou colocando água em um copo. – Não quero saber! Apenas o demita! Não quero um vagabundo como esses na minha empresa.

Ele começou a mexer no celular e em seguida, bebeu um pouco da água. Logo, saiu da ligação com o cara, mas mesmo assim, esqueceu que estava “conversando” comigo. Como pode se notar, não é fácil conseguir a atenção do meu pai.

- Hum... – Cruzei os braços e peguei meu celular do bolso.

Mandei uma mensagem para ele dizendo: “Ganhei a eleição e agora sou presidente do grêmio estudantil”

Assim que ele recebeu a mensagem, olhou para mim sorrindo e se aproximou do outro lado do balcão.

- Parabéns filho! Eu estou muito orgulhoso de você. Me conte como foi tudo.

Quando eu abri a boca para falar, o celular dele tocou e ele puxou o ar entre os dentes atendendo.

- Tenho que ir. Até mais, filhão.

Deu as costas voltando a falar na ligação e soltei um longo suspiro tentando não me irritar com aquilo. Era decepcionante a forma que eu me relacionava com o meu pai. Em seguida, senti meu celular vibrar e o liguei entrando no whatsapp. O pessoal estava conversando no grupo, então, eu resolvi dar uma olhada.

~Grupo: Os Melhores da H.S.U.A~

Mina:

E ai, gente! Já decidiram a roupa que vocês vão usar na festa de amanhã à noite?

Sero:

Ah, você com certeza tá perguntando para as meninas, porque os meninos vão obviamente usar terno, né.

Ojiro:

Sei não... A gente nem tem mais o que esperar do Ayoama.

Ayoama:

Isso mesmo. Não esperem nada de mim, porque eu sempre me destaco entre todos vocês.

Tetsutetsu:

Ih mano, fica na tua que tu vai já chamar a atenção do Bakugou.

Você:

Deixa ele se iludir, todos sabem que eu sou o melhor mesmo.

Mina:

Falando desse jeito, eu espero ver você arrasando amanhã, Bakugou-Kun.

Kirishima:

Tenho algo que você vai gostar de saber, Bakugou-Chan.

Você:

Fala logo, Baka!

Kirishima:

Fiquei sabendo que não convidaram a bruxa e o grupinho dela.

Denki:

Droga. Não está planejando algo, ou está, Bakugou-Chan?

 

Desliguei o celular e sorri de lado o pondo no bolso. Quer dizer que a bruxinha não foi convidada para a festa. Acabei de ter uma ótima idéia...

 

“Aquela vadia vai ter o que merece, se não, eu não sou o melhor de todos...”


°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°


No outro dia, assim que cheguei na escola,imediatamente procurei a vadia da Yaoyorozu. Não demorou muito e eu a encontrei passando por um corredor com as mãos no bolso e com aquele olhar frio de sempre. 

Me aproximei dela e acompanhei seus passos rápidos que eram meios desajeitados.

- O quê você quer? - Perguntou sem olhar para mim.

- Eu queria te convidar para ir a festa comigo.

Ela parou de andar e se virou para mim séria. 

- Está brincando com a minha cara? 

- Não.

- Por quê isso?

- Porque eu não quero ser um idiota e gostaria de ter uma garota como você me acompanhando.

- Você sabe o que dizem de mim por aí,não é? - Se aproximou um pouco passando a língua entre os lábios.

- Eu não ligo... As pessoas só sabem falar besteiras.

Ela soltou um riso sarcástico e eu coloquei as mãos no bolso sorrindo de lado.

- Eu não sei qual é o seu joguinho, Bakugou. Mas eu vou entrar. - Falou com o rosto bem próximo ao meu.

- Tudo bem... Vou esperar por você,hoje a noite.

- Um aviso... Se você estiver planejando alguma brincadeira, saiba que eu sou boa em joguinhos em. 

Apenas assenti com a cabeça e ela deu as costas voltando a caminha. Acompanhei a mesma com o olhar e sorri convencido. De repente, vi Todoroki passando com uma garota, eles conversavam bem animados, tenho uma certeza que ele vai a festa tambem. 

Deixei me levar e fiquei olhando para ele por um certo tempo até que ele cruzou o seu olhar com o meu fazendo eu desviar e volta a andar.


ONTINUA...

 

 


Notas Finais


Ihhh, o que será que o Kazinho está pensando em aprontar?
Até o próximo capitulo, galera!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...